VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sexta-feira, 31 de março de 2017

MUTIRÃO DE CONFISSÕES NA PARÓQUIA SÃO FRANCISCO DAS CHAGAS EM CAMOCIM

Imagem relacionada
A confissão ou sacramento da penitência é indispensável na vida daqueles que querem viver na fidelidade com Deus. Quando pecamos perdemos a comunhão com o senhor e só pela confissão recebemos o perdão e do retorno à vida da graça.

O Sacramento da Penitência é o sacramento da conversão profunda, porque realiza, de maneira sacramental, o apelo de Jesus à conversão e o esforço de regressar à casa do Pai, do qual o pecador se afasta pelo pecado. Diante do sacerdote o pecador confessa os seus pecados, reconhecendo o delito e pedindo a santidade de Deus e a sua infinita misericórdia.

Na Quaresma, existe esta tradição muito bonita de procurar a Misericórdia de Deus na confissão pedindo perdão pelos pecados cometidos. Vivencia-se nesse período um verdadeiro retiro de 40 dias em preparação para a Páscoa; a grande festa do cristianismo. Esse tempo favorável, tempo da graça, tempo da misericórdia, é um grande convite do Senhor a vivermos uma virada em nossas vidas.



Para facilitar o atendimento dos fiéis, a paróquia São Francisco das Chagas de Camocim promove, na próxima  terça-feira, dia 04 de abril, o mutirão de confissões.

participe!

Pe. Raniero Cantalamessa: “O Espírito Santo nos introduz no mistério”

“O Espírito Santo nos introduz no mistério” foi o tema da IV Pregação da Quaresma do Pe. Raniero Cantalamessa, ofmcap ao Papa Francisco e à Cùria, na Capela Redemptoris Mater, no Vaticano. Eis o texto na ìntegra:

“Refletimos nas duas primeiras meditações quaresmais sobre o Espírito Santo, que nos insere, nos introduz, na plena verdade sobre a pessoa de Cristo, fazendo-nos proclamá-lo Senhor e verdadeiro Deus. Na última meditação passamos do ser para o agir de Cristo, da sua pessoa para as suas obras, e, especialmente, para o mistério da sua morte redentora. Hoje nos propomos meditar sobre o mistério da sua e da nossa ressurreição.

São Paulo atribui abertamente a ressurreição de Jesus da morte, à obra do Espírito Santo. Ele diz que Cristo “foi constituído Filho de Deus com poder, segundo o Espírito de santidade, em virtude da ressurreição dos mortos” (Rm 1,4). Em Cristo, tornou-se realidade a grande profecia de Ezequiel sobre o Espírito que entra nos ossos secos, ressuscita-os dos seus túmulos e faz de um grande número de mortos “um grande exército” de ressuscitados à vida e à esperança (cf. Ez 37, 1-14).

Mas, não gostaria de continuar a minha meditação seguindo essa linha de raciocínio.  Fazer do Espírito Santo o princípio inspirador de toda a teologia (intenção da assim chamada Teologia do terceiro artigo!) não significa colocar o Espírito Santo, à força, em toda afirmação, nomeando-o a cada passo. Não estaria na natureza do Paráclito que, como aquela da luz, ilumina todas as coisas permanecendo, ele próprio, por assim dizer, na sombra, como nos bastidores. Mais que falar “do” Espírito Santo, a Teologia do terceiro artigo consiste em falar “no” Espírito Santo, com tudo o que esta simples mudança de preposição comporta.

Vaticano e os maiores atrativos do menor país do mundo

Se você ainda não escolheu seu pacote para a Convenção Shalom 35 anos, corra! Pois a programação acontece em meados de setembro próximo e alguns eventos acontecerão no Vaticano ou em suas proximidades. Então, prepare-se para visitar um dos lugares mais belos e impressionante desta viagem inesquecível.

Mas o que tem no menor país do globo, que abriga 800 moradores, para reunir pessoas de várias partes do mundo e visitas em um só lugar? Primeiro, o Estado da Cidade do Vaticano é o núcleo oficial da Igreja Católica, gerida pelo bispo romano, o Papa, que reside no Palácio Apostólico; tem o italiano e o latim como idiomas oficiais.

O turismo de natureza religiosa, também atrai as pessoas aos principais pontos mais visitados: a Praça de São Pedro, onde o Papa encontra os fiéis por meio das celebrações e eventos e a Basílica de São Pedro, lugar de oração e das mais belas obras de arte e arquitetura.

Portanto, fique de olho em cada detalhe no Vaticano, para que nada se perca:

Fora Basílica de São Pedro

Localizada no Vaticano, é a maior e mais importante Igreja católica do mundo. Observe a cúpula de 132 metros de altura que equivale a um prédio de 44 andares. Ela pode ser vista de quase toda a cidade de Roma e não é de impressionar só pelo lado de fora. Para apreciar a vista 360º mais alta e mais surpreendente de toda a cidade de Roma você pode subir os 551 degraus até o interior da cúpula ou utilizar o elevador. A vista é belíssima!

Eu espero por alguém que conte a Deus o quanto é grato por me amar

Para que apressar o relógio se existe o tempo certo para tudo? Para que me encher de dúvidas se entreguei tudo a Deus?

Eu não quero alguém ao meu lado para me bajular, ignorar os meus erros e nunca me confrontar. Tenho aprendido a cada dia mais que o amor não é aceitar tudo, mas fazer o possível para me tornar o melhor que posso ser para quem amo e também para mim. Não espero alguém perfeito, mas com toda a certeza espero alguém de verdade, que sinta com tudo de si e saiba me amar da forma que devo ser amada. Assim como eu também preciso sentir com tudo de mim e amar o outro como deve ser amado.

Não me desespero por estar no tempo da espera, mas me esforço para ter a paciência de esperar sem questionar. Para que apressar o relógio se existe o tempo certo para tudo? Para que me encher de dúvidas se entreguei tudo a Deus? O meu coração está sob os cuidados Dele, onde deve sempre estar. Não me importo tanto assim se for preciso esperar tanto tempo parar estar com quem amo, porque não o espero para ser preenchida, porque com Deus eu já sou completa.

Que doença eu tenho, doutor Google?



Conselhos para quem costuma pesquisar assuntos de saúde na internet

Atire a primeira pedra quem nunca foi direto para o Google pesquisar o nome da doença e seus tratamentos depois de sair do consultório médico com uma informação importante sobre sua saúde!

Alguns estudos falam que mais de 50% das pessoas conectadas à internet neste momento estão pesquisando informações sobre saúde de forma direta ou indireta e, o que é mais importante, que a informação que elas vão encontrar impactarão em suas decisões.

Na internet, existem mais de 10 milhões de páginas sobre saúde. Estas páginas desenvolvem aplicativos que estão cada dia mais disponíveis nos tablets e smartphones. As informações também se movem através de fóruns e redes sociais. De fato, saúde, viagem e jogos são os principais temas mais presentes na internet e que motivam o desenvolvimento de novos produtos tecnológicos.

O que queremos é nos transformar em especialistas em nossas doenças. Isso é bom, porque um cidadão informado é um paciente empoderado, que quer tomar suas decisões sobre sua saúde e sua doença.

No entanto, na internet tem de tudo: informação validada e não-validada, rumores, mentiras e falsos conselhos. Durante um tempo, foram desenvolvidos selos de qualidade que garantiam que a informação de determinada página tinha suporte científico e não incluía informações falsas.

Entretanto, muitas informações de saúde não ficam só nas páginas oficiais. Fóruns, Twitter, Facebook e até mensagens de WhatsApp compartilham avisos sobre hipotéticos ou reais efeitos secundários de medicamentos, dietas que curam doenças e pedidos de ajuda financeira para supostas crianças doentes.

Você sabe qual é o país mais feliz do mundo?

Brasil aparece em 22º lugar no ranking das nações com maiores índices de felicidade

O que torna um país mais feliz do que o outro? Acesso de sua população à saúde? Renda? Belezas naturais?

Para a Rede de Solução em Desenvolvimento Sustentável, que todos os anos elabora o relatório sobre os países mais felizes do mundo, são seis os itens que devem ser estudados para estabelecer o ranking da felicidade: PIB per capita, expectativa de vida saudável, generosidade, exposição da corrupção, liberdade para fazer escolhas e apoio social. O estudo é feito a pedido da ONU (Organização das Nações Unidas)

Estes critérios foram analisados pela Rede com base em indicadores e em entrevistas feitas com os moradores de 155 países. Neste ano, a Noruega foi considerada o país mais feliz do mundo, desbancando a Dinamarca, que, no ano passado, ficou em primeiro lugar na classificação geral. O top 4 da lista ainda conta com outros países nórdicos: a Islândia ocupa o terceiro lugar e a Suíça, o quarto.

No outro extremo da lista, estão os países tidos como os “menos felizes do mundo”: República Centro-Africana,  Burundi, Tanzânia e Síria.

 América Latina

A Costa Rica é o país mais feliz da América Latina e ocupa o 11º lugar na classificação global. A nação é seguida pelo Chile (20º lugar no ranking mundial), Brasil (22º lugar do mundo), Argentina (24º lugar) e México (25º).

Brasil

O Brasil caiu 5 posições no ranking global do ano passado para cá. Em 2016, o país ocupava o 17º lugar na classificação mundial. Este ano, ficou em 22º. As notícias de corrupção, alta no desemprego e a crise econômica podem explicar este desempenho.

quarta-feira, 29 de março de 2017

MUTIDÃO DE CONFISSÕES NA PARÓQUIA S. BOM JESUS DOS NAVEGANTES


A PARÓQUIA S. BOM JESUS DOS NAVEGANTES em   Camocim, realiza , um mutirão de confissão para os fiéis de toda a comunidade, no próximo dia 04 de Abril, a partir das 8 da manhã.

Todos os anos, no período quaresmal, a Igreja Católica propicia os mutirões em todas as paróquias da Diocese, a fim de levar os cristãos a vivenciarem o tempo de penitência com mais intensidade buscando a conversão pessoal e de toda a sociedade para a construção de um mundo melhor para todos, conforme a proposta de Jesus Cristo. 

Sobre a Confissão

Confissão ou Penitência é o Sacramento instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo, para que os cristãos possam ser perdoados de seus pecados e receberem a graça santificante. Também é chamado de sacramento da Reconciliação.
Para se fazer uma boa confissão são necessárias 5 condições:
a) um bom e honesto exame de consciência diante de Deus;
b) arrependimento sincero por ter ofendido a Deus e ao próximo;
c) firme propósito diante de Deus de não pecar mais, mudar de vida, se converter;
d) confissão objetiva e clara a um sacerdote;
e) cumprir a penitência que o padre nos indicar.
O católico deve confessar-se no mínimo uma vez por ano, ao menos a fim de se preparar para a Páscoa

O mutirão será realizado durante todo o dia!

Papa Francisco convida a crer em Deus para sair do desespero e da morte




Na catequese desta quarta-feira na Audiência Geral, o Papa Francisco recordou a figura de Abraão, “Pai da fé”, que acreditou contra toda esperança, confiou e descobriu que Deus faz sair do desespero.

Abraão também “é pai na esperança e isso porque em sua vida já podemos acolher o anúncio da ressurreição, da vida nova que vence o mal e a própria morte”.

“O Deus que se revela a Abraão é o Deus que salva, o Deus que faz sair do desespero e da morte, o Deus que chama à vida. Na história de Abraão, tudo se torna um hino ao Deus que liberta e regenera, tudo se torna profecia”.


O Papa comentou a carta de São Paulo aos Romanos, que diz que Abraão, “acreditou, sólido na esperança, contra toda esperança”, dado que Deus lhe tinha prometido descendência embora fosse idoso e sua mulher estéril. “Neste ponto, Paulo nos ajuda a compreender a relação muito estreita entre a fé e a esperança”, acrescentou.

Desconhecidos invadem Igreja para roubar hóstias consagradas


O objetivo era roubar as hóstias consagradas, pois deixaram tudo o que tinha valor material, expressou frei Gilberto Urbaez, pároco da igreja de Nossa Senhora da Consolação, em Maracaibo (Venezuela), ao denunciar a profanação que o templo sofreu na noite de 24 de março.

A Conferência Episcopal Venezuelana (CEV) informou que o roubo ocorreu entre as 23h (hora local) e a meia-noite. “Um vigia perto escutou alguns ruídos e acreditou que vinham de um centro comercial vizinho. Chamaram a polícia e os funcionários perceberam um pedaço oco em uma das portas laterais. Jogaram uma pedra e a madeira cedeu”.

O Episcopado acrescentou que “tudo indica que os intrusos se dirigiram diretamente ao sacrário, onde estavam guardadas as hóstias consagradas”.

“Foi um roubo limpo. Geralmente quando entram assim em uma igreja, buscam coisas de valor material. Havia computadores, telefones, objetos, mas só levaram o corpo de Nosso Senhor e o livro de leituras que usamos para ler a Palavra. Isso nos causa uma profunda dor”, indicou o sacerdote na nota divulgada pela CEV.

Famoso músico católico Martín Valverde sofre acidente de carro junto com sua família


 O famoso músico católico Martín Valverde sofreu um acidente de carro ontem, em Guadalajara (México), junto com a sua esposa Lizzy e o seu filho Jorge Pablo.

Segundo informou em um vídeo no Facebook o também músico Kiki Troia, depois de conversar com os médicos que atendem a família Valverde, “os prognósticos de todos é encorajador, mas ainda não chegam a fazer estudos”.
“Os três estão conscientes, um pouco doloridos, sobretudo Martín que está com o pescoço dolorido”, disse Troia e explicou que os médicos “fizeram tomografias” e “estão descartando questões graves”.

“Até agora não encontraram nada grave em nenhum dos três, embora o acidente tenha sido muito violento, foi muito forte”, assinalou.

ACI

Messiah: Netflix prepara série sobre “segunda vinda” de Jesus

Uma das novas produções anunciadas pela Netflix é uma série chamada Messiah [Messias], que mostrará como o mundo de hoje reagiria a um homem que começa a fazer milagres no Oriente Médio.

Classificado como “drama”, o material está em fase inicial e será escrita por Michael Petroni (A Menina que Roubava Livros). A ideia foi do casal de produtores Mark Burnett e Roma Downey, responsáveis pela minissérie “A Bíblia”, do canal History que foi sucesso no mundo todo.

Ambos são evangélicos e repetidas vezes disseram que pretendem usar seus talentos para anunciar o Evangelho.
Segundo o Deadline, a premissa de Messiah é mostrar a “segunda vinda de Jesus”. Contudo, não se trata do arrebatamento. O Messias do título seria uma espécie de exercício teológico que coloca Cristo desenvolvendo seu ministério hoje em dia de maneira similar ao que fez dois mil anos atrás.
Ainda não há muitos detalhes sobre o roteiro, que acaba de receber o sinal verde da Netflix. Não há previsão de estreia, mas não deverá ser antes de 2018.

Símbolo secreto cristão: por que o peixe?

Além de código para se reconhecerem nos tempos de clandestinidade, o anagrama era uma proclamação de fé!

O cristianismo continua sendo a religião mais perseguida do planeta (confira os números neste relatório). Considerando que o próprio Cristo foi crucificado, é fácil imaginar que os inícios da fé cristã não tenham sido nada fáceis. E não foram mesmo: as perseguições contra os cristãos já eram frequentes e brutais nos três primeiros séculos do cristianismo, quando a fé em Cristo precisava ser vivida praticamente na clandestinidade por grande parte dos conversos.

Num contexto tão cruel, como um cristão poderia saber se outra pessoa também era cristã?

Além de tomar as precauções mais evidentes, como informar-se sobre a outra pessoa previamente sempre que possível, os primeiros cristãos utilizavam “códigos secretos” para confirmar se estavam mesmo diante de um irmão da mesma crença.

O único medo da santa que viu Nossa Senhora de Lourdes

Havia guerra e pavor ao redor, mas o que ela temia era de outra natureza: "Eu só tenho medo dos maus católicos"

Santa Bernadette Soubirous é a menina para quem Nossa Senhora apareceu em Lourdes. Algum tempo depois das aparições, ela entrou para a vida religiosa, no convento de Nevers, adotando o nome de Irmã Marie-Bernard.
Em 1870, a guerra franco-prussiana rumava para o seu fim, com a derrota de Napoleão III. No entanto, os soldados da Prússia que marchavam pelo norte da França ainda representavam uma real ameaça e causavam pavor à população.
Por volta de 9 de dezembro, com os prussianos já nos limites do departamento de Nièvre, cuja capital é Nevers, o cavaleiro Gougenot des Mousseaux foi visitar a religiosa no convento para lhe fazer algumas perguntas.

Você sabe o que é a tibieza ?


Em alguns períodos da nossa vida, podemos detectar em nós alguns dos sintomas da tibieza: a frieza, a apatia, o desânimo, a insatisfação com Deus e conosco mesmo, a falta de estímulos para a oração diária, e até mesmo a falta de forças para decidir por algo ou desistir de alguma coisa. Se sofremos deste mal, há esperança para nós e o remédio é infalível: precisamos de um novo, belo e santo Pentecostes!


É preciso, em primeiro lugar, tomar consciência da nossa condição de necessitados de uma renovação constante do Espírito Santo em nossa vida. O clamor constante e a abertura necessária à ação da graça farão de nós homens e mulheres fervorosos, capacitados pelo Espírito a transbordar no mundo o amor infinito de Deus.

Uma alma tíbia é uma alma morna, fraca, preguiçosa, desanimada e sem fervor. Esta “doença” traz sérias conseqüências, não só à nossa vida espiritual, mas a todas as realidades da nossa existência. Ela é consequência do pecado e desenvolve-se com facilidade nas almas que não são muito amigas das renúncias, sacrifícios e orações. Mas pouco adianta dizer, simplesmente, que é preciso aplicar à doença da tibieza o remédio do fervor. Seria como dizer a um doente que o remédio para ele é a saúde, ignorando que este é o seu problema: a falta de saúde.

* Meu grande “erro” foi assistir a uma missa católica – Ex-protestante, agora padre católico – Carter Griffi

4695cb3b19cbf906e45dac0da0913068_L


é um sacerdote da Arquidiocese de Washington, DC. Presbiteriana Renovada, ele se converteu ao catolicismo, enquanto freqüentava a Universidade de Princeton.

Meu grande erro foi assistir a uma missa católica. Tudo começou inocentemente, visitando uma amiga católica que participou de uma universidade do sul, uma jovem mulher que eu queria impressionar pelo meu desejo grande de espírito de ir à igreja com ela. Mas a minha vida nunca mais foi a mesma desde que daquele domingo de abril de 1992 No dia seguinte, retornando para Nova Jersey onde frequentava a faculdade, eu tinha oito horas para refletir a experiência daquela Missa. Ele tinha feito uma impressão indelével, e ao retornar para o dormitório, perguntei a um amigo católico sobre me levar para o padre de sua paróquia. Eu tinha algumas perguntas que precisavam ser respondidas.

Eu cresci em uma família presbiteriana, bastante consistente, e eu sempre tinha abrigado um interesse na religião. Os negócios do meu pai nos levaram no estrangeiro, quando eu era muito jovem, e a maior parte da minha infância foi passada em países da América Latina. A maioria dos meus amigos que eram “sérios” sobre religião eram de fato católicos, então eu cresci tocado por uma visão favorável da Igreja. Quando vivemos no Brasil, participei de uma escola católica de língua Inglesa, e eu lembro vividamente de ser uma das poucas crianças que não tinham condições de receber a Sagrada Comunhão durante a missa semanal. Era aquela fome de receber Nosso Senhor, da graça da conversão e da fé para crer na presença real de Cristo na Eucaristia.

Conheça alguns documentos oficiais da Igreja Católica contra a escravidão.


sem ttulo-1
1 – Em 13 de Janeiro de 1435, através da bula Sicut Dudum, o papa Eugénio IV mandou RESTITUIR À LIBERDADE os cativos das ilhas Canárias.
2- Em 7 de setembro de 1462, o papa Pio II (1458-1464) deu instruções aos bispos contra os tratamentos dos negros proveniente da Etiópia condenando o comércio de escravos como magnum scelus (grande crime)
3- Em 1537, o papa Paulo III (1534-1549), através da bula Sublimus Dei (23 de Maio) e da encíclica Veritas ipsa (9 de Junho), lembrava aos cristãos que os índios “das partes ocidentais, e os do meio-dia, e DEMAIS GENTES”, eram SERES LIVRES POR NATUREZA.
4- Em 1571 Tomás de Mercado, TEÓLOGO DE SEVILHA, declarava DESUMANA E ILÍCITA A TRAFICÂNCIA DE ESCRAVOS. Em sua Summa de TRATOS Y CONTRATOS, este autor afirmava não haver justificativa para negócio tão infame.

DEUS É FIEL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTE N°