VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Papa: a saúde é um direito de todos

O Papa Francisco recebeu em audiência, nesta sexta-feira (10/02), na Sala Clementina, no Vaticano, cerca de trezentos participantes do encontro promovido pela Comissão Caridade e Saúde da Conferência Episcopal Italiana, por ocasião dos 20 anos do Departamento Nacional da Pastoral da Saúde e do 25º Dia Mundial do Enfermo, celebrado neste sábado (11/02).

Francisco agradeceu a Deus pelo caminho realizado até hoje em prol da cura integral dos doentes e pela generosidade de muitos homens e mulheres que acolheram o convite de Jesus a visitá-lo na pessoa dos enfermos.

Missão

“Louvamos ao Senhor por muitos profissionais de saúde que com a ciência e a consciência vivem o seu trabalho como uma missão, ministros da vida e partícipes do amor efusivo de Deus Criador. As suas mãos tocam todos os dias a carne sofredora de Cristo e isto é uma grande honra e responsabilidade. Alegramo-nos pela presença de vários voluntários que, com generosidade e competência,  trabalham para aliviar e humanizar os longos e difíceis dias de muitos doentes e idosos sozinhos, sobretudo pobres e indigentes.”

7 coisas que deve saber sobre São José Sánchez del Río

“Joselito”, como é conhecido o pequeno que deu testemunho de Cristo, foi torturado e assassinado em 10 de fevereiro de 1928 pelos oficiais do governo de Plutarco Elías Calles porque se recusou a renunciar a sua fé.
A guerra cristera no México começou depois da legislação anticlerical de 1926 promovida por Calles. Os católicos que se levantaram com armas em defesa da fé foram chamados cristeros.
A seguir, confira 7 coisas que deve saber sobre a vida de São Joselito, explicado pelo postulador da causa de canonização, Pe. Fidel González Fernández , em diálogo com o jornal ‘El Pueblo Católico’.
1. Ele pediu a Deus a graça de morrer mártir
Quando a sua família se mudou para Guadalajara, José visitou a tumba do advogado Anacleto González Flores, martirizado no dia 1º de abril de 1927. Ali, o menino pediu a Deus a graça de poder morrer como Anacleto em defesa da fé católica.

Vaticano mantém relações diplomáticas hoje com 182 países.

reuters1908763_articolo
Na manhã de segunda-feira, 9 de janeiro de 2017, o Papa Francisco recebeu em audiência no Vaticano os Embaixadores acreditados junto à Santa Sé, quando em seu discurso analisou a conjuntura mundial.

De fato, são 182 os Estados que atualmente mantém relações diplomáticas com a Santa Sé. Em 9 de dezembro de 2016, foram estabelecidas relações diplomáticas com a República islâmica da Mauritânia, em nível de Nunciatura Apostólica e de Embaixada. Aos supracitados Estados, somam-se a União Europeia e a Soberana Ordem Militar de Malta.

As Chancelarias de Embaixada com sede em Roma, incluídas aquelas da União Europeia e da Soberana Ordem Militar de Malta, somam 88, às quais se soma durante o ano, a Embaixada da Palestina, com a entrada em vigor do Acordo Global entre a Santa Sé e o Estado da Palestina de 26 de junho de 2015, e da Malásia.

Vem aí a legalização do “casamento grupal”? Conheça o “poliamor”

gmlv96x4h8zu9skpkloiksx-4xx0iwg2q5m1dgbhklldpzazaunq_vebyufr8f74cxt6ziqsj09tuhyljtouonlb8wapO sucesso da campanha de 2015 na Irlanda pelo reconhecimento legal das uniões homossexuais como equivalentes ao casamento natural gerou grande excitação entre os defensores da “redefinição” do casamento no resto do mundo (ocidental, pelo menos).

A união homossexual, porém, não é a única forma de relacionamento que pretende ser equiparada ao matrimônio natural. Há uma longa fila de “amores” aguardando reconhecimento social e, nessa lista de espera, encontramos o assim chamado “poliamor”.

Na própria Irlanda, uma ex-participante do reality show Big Brother, chamada Jade-Martina Lynch, assumiu e resumiu a sua vivência do “poliamor” dizendo: “A minha alma é tão livre que eu não poderia manter um relacionamento monogâmico”.

Uma definição mais longa foi divulgada pelo grupo californiano Saturnia Regna, que define o “poliamor” como “muitos amores ou um amor compartilhado entre muitas pessoas. A palavra tem sido usada pelo menos desde o início do século XX para descrever a escolha de amar mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Esta forma responsável de não-monogamia não implica clandestinidade nem traição. O poliamor consiste em acordos mútuos com pessoas que você ama, mantendo tudo aberto e tratando as pessoas amadas de uma forma ética, consensual e comprometida”.

Como posso mandar uma carta ao Papa Francisco?

Pope-Francis"Uma ligação mudou a minha vida: o Papa Francisco me disse que, se fosse preciso, ele batizaria o meu filho.” Quem conta isso é Anna, uma jovem romana que, ao ficar grávida, descobriu que o pai da criança era casado e não tinha intenção alguma de cuidar do filho nem de continuar com ela.

Apesar de tudo, ela decidiu continuar com a gravidez e, como desabafo, já que se sentia solitária e infeliz, escreveu uma carta ao Papa Francisco há alguns meses. Para a sua surpresa, há poucos dias, ela recebeu uma ligação do Pontífice em pessoa, quem a motivou e lhe deu esperança, garantindo-lhe que, se tiver problemas pela sua condição de mãe solteira, ele mesmo batizaria o menino.

Como esta, o Papa Francisco recebe centenas de cartas por dia, milhares por semana. Algumas das pessoas que lhe escrevem recebem uma ligação pessoal do Papa; outras recebem uma resposta por escrito, com a ajuda dos seus colaboradores. Mas todas são lidas e atendidas, por meio de um escritório da Secretaria de Estado, que organiza a correspondência do Papa.

“Artista” invade Igreja na Alemanha para fazer exercício em cima do altar


Screenshot_of_artist_doing_pushupUm artista foi multado em 700 euros pelo tribunal da cidade alemã de Saarbrücken depois de publicar um vídeo no YouTube no qual aparece fazendo 27 flexões sobre o altar da Basílica de São João.

Alexander Karle, de 38 anos, que estudou arte em uma universidade de Saarbrücken, publicou o vídeo no YouTube intitulado: “Pressure to Perform” (Pressão para executar).

Assegurou que queria “estudar os vínculos entre a religião e a necessidade de se ajustar aos altos padrões atuais”, segundo relatórios de fontes de notícias russas e alemãs.

O vídeo chamou a atenção dos funcionários da Igreja pela primeira vez quando foi exibido em um centro de arte em fevereiro do ano passado. A paróquia apresentou denúncias contra Karle, acusando-o de profanar um lugar de culto.

7 coisas que você nunca deve dizer a uma freira ( ou a uma jovem consagrada)

freirasDevo esclarecer, antes de mais, que a maioria das pessoas com quem eu me encontro são amáveis e ficam felizes de conversar com uma religiosa. Ateus. Muçulmanos. Ciclistas. Ex-católicos. Punks. Pessoas de todos os tipos e pontos de vista amam as freiras.

E isto faz sentido. As crianças sabem que podem voltar para casa e contar para a sua mãe a coisa mais decepcionante, chocante ou escandalosa, e ela ainda vai amá-las. Acho que é por isso que a maioria das pessoas se sente confortável perto das freiras. Nós somos como as mães. Nós amamos primeiro e perguntamos depois.

Dito isto, devo observar, também, que muita gente nos diz algumas coisas irritantes. Estas são algumas delas: nós as ouvimos vezes e mais vezes e gostaríamos de nunca mais ouvi-las!

1. “Você é tão sortuda! Tudo o que você tem a fazer é rezar o dia inteiro!”