VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

domingo, 29 de maio de 2016

Papa se solidariza com as crianças migrantes e refugiadas

papa com criancasNo final da manhã deste sábado (28/5), o Santo Padre encontrou, no Átrio da Sala Paulo VI, no Vaticano, numerosas crianças que participam da iniciativa “O trem das Crianças”.
Trata-se de uma iniciativa promovida, pelo segundo ano consecutivo, pelo Pátio dos Gentios, uma estrutura do Pontifício Conselho da Cultura, que tem como lema “Trazidos pelas ondas”. O trem das crianças, que partiu da Calábria, sul da Itália, trouxe ao Vaticano cerca de 400 crianças, que vivem em centros de acolhida de migrantes.
Antes do pronunciamento do Santo Padre, o Cardeal Gianfranco Ravasi, Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, explicou sobre o objetivo da vinda das crianças ao Vaticano: encontrar o Papa e entregar-lhe uma carta.
Depois, algumas das crianças dirigiram umas breves saudações ao Papa Francisco, em nome das demais: um menino nigeriano, um do Sri Lanka, uma professora e o responsável do Centro Esportivo “Sem Fronteiras”.

A seguir, o Papa tomou a palavra e falou, em forma de diálogo com as crianças, sobre a Carta que lhe entregaram, com um desenho feito por elas, que representa as ondas, o pôr-do-sol, a indiferença e a fraternidade, e disse:
“Todos nós, todos, somos diferentes, diversos, mas também todos somos iguais porque somos irmãos. Mas, há um perigo: as crianças são obrigadas a fugir da sua terra, com seus pais e famílias, por causa da guerra, da fome… pegam grandes barcos e correm tantos perigos, sobretudo o de não chegar ao destino devido aos naufrágios”.
Por outro lado, o Papa recordou outro grande perigo: aquelas pessoas que fazem de tudo para que as embarcações não cheguem à meta final: a Europa.
Fonte: Rádio Vaticano

Nenhum comentário: