quinta-feira, 14 de abril de 2016

XIV reunião do Conselho dos Nove Cardeais (C9) para a reforma da Cúria romana.


padre_federico_lombardi
Realizou-se nesta quarta-feira (13/04), na Sala de Imprensa da Santa Sé, a coletiva sobre a XIV reunião do Conselho dos Nove Cardeais (C9), para a reforma da Cúria romana. A reunião do C9 teve início na última segunda-feira (11/04) e se concluiu na tarde desta quarta.

Junto com o Papa Francisco estiveram presentes todos os cardeais, exceto o indiano Oswald Gracias, por motivo de saúde.
“Um método circular.” Assim, Pe. Lombardi descreveu o andamento do diálogo em vista da nova Constituição Apostólica “Pastor bonus”, sobre a reforma da Cúria Romana, porque “se fala sobre os vários dicastérios com observações e propostas”. Segundo o jesuíta, ainda não se há conclusões, mas já se começou a recolher e organizar as contribuições e assuntos importantes para a reforma da Cúria.
“Hoje, o dia foi dedicado a recolher e reorganizar as contribuições que foram dadas nas várias reuniões do Conselho, relativas aos vários dicastérios e organizá-las a fim de que o conjunto da estrutura da Constituição comece a ter uma forma. Portanto, não se limitar a ver singularmente os vários dicastérios, mas buscar posicionar as teclas que são obtidas com esses trabalhos, com essas reflexões, num esquema que gradualmente se completa a fim de constituir a proposta que o Conselho dá ao Papa em vista de uma nova Constituição. Este foi um pouco o trabalho de hoje”, frisou Pe. Lombardi.

O jesuíta explicou que o trabalho de apresentação das propostas foi concluído, mas nos encontros que o Papa Francisco faz com o Conselho de Cardeais, instituído pelo Papa com o seu quirógrafo de 28 de setembro de 2013, não se fala somente de reforma. É uma ocasião para Francisco pedir a opinião dos purpurados que formam o conselho sobre vários assuntos.
Pe. Lombardi cita a coleta de informações para a nomeação de novos bispos. Trata-se de identificar as pessoas adequadas para o compromisso episcopal. Nesse sentido, existem procedimentos, contatos, critérios, objetivos, aprofundamentos e conversa com o núncio no país interessado.
As reuniões são também ocasião para se atualizar sobre a atividade da Secretaria para a Economia e da Comissão para a Tutela de Menores. Pe. Lombardi confirmou que assim se procedeu no XIV encontro dos cardeais.
As próximas reuniões se realizarão de 6 a 8 de junho, de 12 a 14 de setembro, e de 12 a 14 de dezembro.
Por Rádio Vaticano

Nenhum comentário :

 

©2012 Grupo Renascer | Template Grupo Grupo Renascer by