sábado, 23 de janeiro de 2016

Uma mulher sem-teto deu à luz perto de São Pedro; o Vaticano oferece-lhe uma casa.




1424989635307Uma mulher sem-teto deu à luz uma menina na noite passada perto da colunata de Bernini, a poucos passos da Praça de São Pedro; mais tarde, foi socorrida por dois policiais de Inspeção do Vaticano e hospitalizada na estrutura de saúde Santo Espírito. Esta manhã foi visitada pelo esmoleiro do papa, mons. Konrad Krajewski, que lhe ofereceu uma residência por um ano em uma das casas pertencentes ao Vaticano.
A mulher, romena e sem-teto na Itália, estava com seu parceiro e havia buscado abrigo para suportar o frio da noite, particularmente intenso nestes dias, sob a colunata da Praça Pio XII, onde dormem muitos sem-tetos a quem o esmoleiro do Papa oferece normalmente comida quente.
A mulher, de acordo com alguns meios de comunicação, começou a sentir contrações com maior frequência por volta das duas horas da madrugada; seu companheiro saiu para chamar ajuda e encontrou dois policiais que estavam de serviço na Praça de São Pedro.

Os policiais acudiram e ajudaram a mulher e chamaram imediatamente uma ambulância próxima ao Hospital Santo Espírito. A menina nasceu enquanto ela chegava, mas ambas foram imediatamente levadas para o hospital, onde mãe e filha encontram-se em boas condições de saúde.
O padre Federico Lombardi disse que o esmoleiro do Papa já conhecia a mulher e que ela mesma havia utilizado em algumas ocasiões os serviços que oferece a esmolaria aos arredores do Vaticano. Informou também que mons. Krajewski foi visita-la esta manhã e lhe ofereceu a possibilidade de viver em uma casa do Vaticano durante um ano; a residência é para mães e filhos e se encarregam delas as freiras de Madre Teresa.
Iacopo Scaramuzzi, publicada por Vatican Insider

Nenhum comentário :

 

©2012 Grupo Renascer | Template Grupo Grupo Renascer by