VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

FELIZ 2016 !!!!



"Quem poderia acusar os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? Cristo Jesus, que morreu, ou melhor que ressuscitou, que está a mão direita de Deus, é quem intercede por nós!" (Rom 8,33-34).



Seja Bem-vindo 2016
Seja Bem-vindo Espírito Santo


Não há nenhuma acusação para aqueles que estão no Senhor, 2015 foi marcado pelo poder de Deus em em nossas vidas, louvado seja Deus. Oramos  e confiamos que 2016 será o ano da graça, da Misericórdia e do Senhorio de Jesus para nossas famílias.


Este ano gritamos  para que todos ouçam principalmente as forças do mal espalhadas nos ares que na RCC Camocim e nas casas daqueles que participam do Grupo Renascer: "Jesus Cristo é o Senhor"
" Tudo concorre para o bem daqueles que esperam no Senhor.
Esperamos  ansiosos as novidades de Deus para nossa vida neste ano que vem chegando, proclamamos  e profetizamos  um ano de VITÓRIA em nome de Jesus.
Agradecemos aos nossos servos fiéis que foram instrumentos do Espírito Santo na Evangelização e a todos Nossos Visitantes do Blog para que o Senhor Derrame Benção em Abundância!   


Que venha 2016!
Que venha as bençãos!
Que venham as almas para Jesus!
Que se abram os reservatórios dos ceús!

 São os votos do Blog Grupo Renascer Camocim.

Conselhos de três grandes santas da Igreja para você

Santas
No início de cada ano as pessoas geralmente se imputam alguns objetivos para serem cumpridos ao longo do ano. Assim, para a vida espiritual, propomos também uma meta e, para isso, nada melhor que tomar como modelo três conselhos de três grandes santas da Igreja: Santa Teresa de Jesus, Santa Catarina de Sena e Santa Teresa de Lisieux, seguindo as indicações extraídas da obra “Doctoras de la Iglesia”, do Padre Antonio Royo Marín.
O primeiro conselho vem de Santa Teresa d’Ávila, que conseguiu progredir espiritualmente de uma forma extraordinária mesmo não tendo diretores espirituais satisfatórios. Na época dela, havia a convicção de que quando a pessoa crescia espiritualmente deveria deixar de lado a reflexão sobre a humanidade de Cristo, sua Paixão, o quanto Ele nos amou, enfim, a meditação concreta sobre o Evangelho. Para eles, quanto mais alto o nível de vida mística, maior deveria ser a contemplação da Trindade.
Santa Teresa de Jesus, como grande doutora, notou o erro desse tipo de pensamento. Para ela, em todas as etapas da caminhada espiritual é imprescindível a meditação sobre a humanidade de Cristo. Ele é o caminho. Em sua obra “Caminho de Perfeição”, ensina às monjas que utilizem de imagens de Cristo crucificado, chagado e, a partir da imagem, meditem sobre o grande amor que Deus tem pela humanidade.

O ano novo e a verdadeira Paz

verdadeira paz
Qual seria o sentimento mais desejado na virada de ano? Acho que você concordará comigo: A Paz. Todos desejam uns aos outros a paz, vestem-se de branco, esperam um ano seguinte melhor do que o foi o ano passado. Bons sentimentos nos invadem nestas festas de final de ano, ressurge uma esperança de uma vida melhor, de uma família mais unida, de menos confusão e mais paz.
A paz que desejamos é geralmente sinônimo de sossego, ausência de guerras, menos intrigas, uma convivência mais agradável. Mas aqui se encontra um primeiro erro, achamos que a paz se faz através de cumprimentos, votos e desejos de final de ano, mas não é assim! A Paz não é um sentimento, a paz se faz com atos.
Se queremos a paz que significa tranquilidade, ao invés do branco deveríamos no vestir de rede, fantasiar-nos de folha de coqueiro e espalhar cocos pela casa, simbolizando que, em 2015, o que mais queremos é o sossego de uma rede debaixo de um coqueiro. Mas acho que não é bem isso que queremos. Talvez em alguns dias no ano, mas já pesou isso durante o ano todo? Não sei se daria muito certo. Então queremos o quê?

Papa abre amanhã a porta santa da Basílica de Santa Maria Maior

porta santa santa maria maiorÀs 17h de sexta-feira 1 de janeiro de 2016, solenidade de Maria Santíssima Mãe de Deus, na basílica papal de Santa Maria Maior, o Papa Francisco abrirá a Porta santa e celebrará a missa.
Santa Maria Maior foi o primeiro templo dedicado no Ocidente a Nossa Senhora, onde o Papa costuma rezar sempre que parte e retorna de suas viagens apostólicas internacionais. O título Nossa Senhora Salus Populi Romani é o mais querido pelo povo da “cidade eterna”. Ao longo dos séculos, muitos Papas tiveram uma especial devoção pela Virgem. A Basílica de Santa Maria Maior foi o primeiro lugar que Francisco visitou para rezar publicamente, no dia seguinte de sua eleição como pontífice.
A história dessa veneração tem início no século IV. A Virgem apareceu a um rico casal e, ao mesmo tempo, ao Papa Libério, pedindo-lhes que construíssem uma basílica, em sua honra. Na manhã do dia seguinte, 5 de agosto, em pleno verão romano, foi-lhes indicado pela providência onde deveriam construir a grande igreja: o Monte Esquilino apareceu, nevado. Daí vem a devoção da Virgem ou Nossa Senhora das Neves, como é também conhecida.
papa19O apelido “salvadora dos romanos” remonta aos acontecimentos dos finais do século VI, quando os habitantes de Roma sofriam por causa de uma peste. No ano 590 o papa Gregório Magno levava esta imagem da Virgem, precedendo a uma procissão suplicante pela salvação da cidade. Em algum momento visualizou um anjo no céu que estava escondendo a espada do castigo. Em pouco tempo, a peste cessou.
Da redação, com Rádio Vaticano

Município na Indonésia proíbe comemorações de Ano Novo

indonésiaPelo terceiro ano consecutivo os cidadãos cristãos da cidade de Banda Achém, capital da província de Achém (Indonésia), não poderão celebrar a festa do Ano Novo em locais públicos. O município é o único lugar na Indonésia que adota a Lei Sharia, uma interpretação extremista do livro sagrado do islamismo, o Alcorão.
O comunicado foi feito pelo vice-prefeito de Banda Achém, Zainal Arifin. Ele justificou que as comemorações não fazem parte da cultura islâmica. “Chegamos a um acordo com as lideranças sociais de Banda Achém que as celebrações para o ano novo estão proibidas, porque não são eventos do calendário islâmico e não fazem, portanto, parte da cultura islâmica”, destacou.
Não muçulmanos
A proibição vale apenas para os muçulmanos: “Do ponto de vista moral – destacou Arifin – é totalmente errado que os muçulmanos de Achém comemorem a festa de Ano Novo. Permitimos aqueles que não são muçulmanos de festejar a data, mas não devem fazê-la em público perturbando a população local”.
Illizza Sa’aduddin Djamal é a primeira prefeita de Banda Achém favorável às regras. A província, no entanto, é governada por Zaini Abdullah, ex-ministro do exterior e do Movimento por Achém Livre, grupo separatista islâmico que intermediou um acordo de paz com o governo da Indonésia.

Fonte: Rádio Vaticano

Enquanto celebrávamos o natal, no Vietnã centenas de católicos foram proibidos de celebrar o nascimento do salvador.

view

As Missas de Natal de duas paróquias de uma Diocese vietnamita não puderam celebrar o Natal por causa das restrições impostas pelas autoridades comunistas locais, segundo denunciou a AsiaNews. Este fato deixou ao menos oito mil fiéis católicos sem a possibilidade de celebrar o culto divino na Solenidade, o que constitui uma clara violação da liberdade religiosa e as leis locais.
A primeira paróquia afetada foi a de Dak Lak, na municipalidade de Dak Mon, que conta com ao menos cinco mil fiéis católicos. A segunda é a de Xe Dang, na vila de Kon Pia, no distrito Tumoron, onde mais de três mil pessoas haviam se reunido para as celebrações religiosas.
A justificativa dada pelas autoridades comunistas é o veto realizado previamente aos dois sacerdotes destas paróquias. Os membros do Comitê do povo local, de orientação comunista, enviaram uma carta ao Bispo no qual se convidava ao prelado para registrar e a realizar um pedido por escrito para todas as eucaristias futuras, assim como para enviar novos sacerdotes em substituição dos que catalogaram como “não gratos”.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Papa destaca a humildade como o grande mistério de Deus

papa humildade
Milhares de peregrinos participaram da última Audiência Geral do ano, na Praça S. Pedro. Como de costume, antes de pronunciar a sua catequese, o Papa saudou os presentes a bordo do seu papamóvel, fazendo a alegria dos fiéis.
Ao se dirigir aos peregrinos, Francisco refletiu sobre a devoção ao Menino Jesus, o protagonista do presépio nesses dias natalinos. Muitos santos e santas cultivaram essa devoção, como por exemplo Santa Teresa de Lisieux, que como monja carmelita escolheu o nome de Teresa do Menino Jesus. Ela soube viver aquela “infância espiritual” que se assimila justamente meditando a humildade de Deus que se fez pequeno por nós.
“E este é um grande mistério, Deus é humilde! Nós que somos orgulhosos, repletos de vaidade e acreditamos ser grandes, e somos nada! Ele é grande, é humilde e se faz criança. Este é um verdadeiro mistério!”, disse o pontífice, acrescentando que toda a vida terrena de Jesus é revelação e ensinamento, sendo a morte e ressurreição a expressão máxima do seu amor redentor.
Para crescer na fé, afirmou Francisco, seria necessário contemplar com mais frequência o Menino Jesus, não obstante se saiba pouco de sua infância: da apresentação ao Templo e a visita dos Reis Magos, há um salto de doze anos até a peregrinação de Jesus com Maria e José para a Páscoa. Todavia, prosseguiu, podemos aprender muito de sua vida se olharmos para o modo de ser das crianças.

22 agentes pastorais da Igreja Católica assassinados em 2015

missa
Agência Fides, do Vaticano, diz que número é a «ponta do icebergue» de perseguição global contra cristãos
A agência Fides, do Vaticano, revelou hoje que 22 agentes pastorais da Igreja Católica foram assassinados em 2015, número que apresenta como a ‘ponta do icebergue’ de uma “perseguição global contra cristãos”.
“O Estado Islâmico, o Boko Haram, a discriminação nos vários países em que a religião é um assunto de Estado tornam árdua e heroica a situação dos cristãos, sujeitos a atentados e massacres”, refere o relatório anual, divulgado esta manhã.
Pelo sétimo ano consecutivo, o maior número de mortes aconteceu na América, onde houve oito assassinatos; a África registou cinco mortes, a Ásia sete e dois na Europa.
O elenco refere-se não só aos missionários, mas a todo o pessoal eclesiástico que faleceu de forma violenta ou que sacrificou a sua vida consciente do risco que corria.
A agência de notícias sublinha que a maior parte das mortes aconteceu após “tentativas de assaltos” violentos.
Segundo os dados da agência do Vaticano para o mundo missionário, entre 2004 e 2015 morreram mais de 275 agentes pastorais da Igreja Católica, incluindo três bispos.

A médica ateia que avaliou 1.400 milagres e os confirmou: “Eles existem!”

jacalyn-duffin

A hematologista canadense Jacalyn Duffin estava observando no microscópio “uma célula letal de leucemia”.
Olhando para a data do exame, concluiu: “Fiquei persuadida de que o paciente cujo sangue estava examinando tinha que ter morrido”.
Entretanto, o paciente estava bem vivo.
A hematologista não sabia: ela estava participando da investigação de um milagre.
Duffin, 64, é também uma prestigiosa historiadora, tendo presidido a Associação Americana de História da Medicina e a Sociedade Canadense de História da Medicina, além de ser catedrática dessa disciplina na Queen’s University, de Kingston, Canadá.
O fato se deu em 1986 e foi o seu primeiro contato com as canonizações da Igreja.
A amostra de medula fora tirada de uma jovem de 30 anos ainda viva. Estudava-se a veracidade do milagre no contexto do processo de canonização da primeira santa canadense, Maria Margarida d’Youville (1701-1771), fundadora das irmãs da Caridade, elevada à honra dos altares 14 anos depois.

McDonald’s causa polêmica ao divulgar nome de Jesus.

540x350_donald

Nos últimos dias, uma imagem da frente de uma lanchonete da rede McDonald’s no estado do Tennessee tem gerado muita polêmica.
O motivo é que os funcionários pintaram a imagem de um presépio e escreveram a frase “O nome dele é Jesus” em uma das vitrines. Ao lado, a palavra “Alegrai-vos”.
Além da família sagrada (José, Maria e Jesus), o desenho mostra anjos, uma vaca, um pastor e uma ovelha. Um usuário do Facebook publicou uma foto da lanchonete e ela se tornou um dos assuntos mais comentados dos últimos dias na rede social.
No primeiro dia ela viralizou, com mais de 133.000 pessoas curtindo, 82.484 compartilhando, e quase 7.000 comentários.

Uma missa no inferno

cracolandia_1-608x400 

De volta do Brasil para a França, Jean-Marc Potdevin testemunha a ação de alguns frades no coração das periferias devastadas pelas drogas

 A Cracolândia é um “conceito” chocante não só para os brasileiros, mas também para os estrangeiros que visitam essas ruas de São Paulo tomadas por viciados em drogas e por uma sujeira indescritível. Os rostos são cadavéricos, as órbitas vazias. Eles parecem zumbis; doentes, vegetam sobre pedaços de papelão, colchões e cobertores velhos em meio ao lixo, quando não deitados sobre o próprio asfalto.
O crack é uma das piores drogas existentes, viciante na primeira experiência: uma verdadeira prisão feita de química. Crianças jogadas nas ruas começam na droga muito cedo. Aos 9 anos. Ou menos.
Colidem na minha mente as imagens dessas pessoas deitadas no asfalto com a das pessoas deitadas nas praias do Brasil. Como foi que estas vieram parar aqui?
Em meio a essa visão do inferno, caminham outras pessoas, bem conhecidas na vizinhança. É a Fraternidade O Caminho. Espiritualidade franciscana. Jovens consagrados, radiantes de uma alegria quase nunca vista em contextos de maior conforto material. Eles vivem na pobreza por escolha, na periferia da Cracolândia, lançando-se toda semana, todo dia, à “pesca” daquelas pessoas para tentar tirá-las do inferno.
“Recuperar” é a palavra que eles usam: trata-se tanto de resgatar das ruas e das drogas quanto também de restaurar aqueles homens e mulheres no âmbito físico, psicológico, social e espiritual.
 O testemunho completo, em francês, está disponível no site Cahiers Libres.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Além de anúncio querigmático, Jesus no Litoral (MA) prepara apelo pela paz


alt200 missionários das 12 dioceses do Maranhão estão inscritos na 6ª edição da missão Jesus no Litoral (JNL) – Uma Virada Radical. O evento acontece nos dias 27/12 a 02/01 de 2016 , sempre nas praias da capital do estado, São Luís (MA), que é a segunda maior extensão litorânea do país. Nesse ano, além das atividades esportivas, de dança, teatro e toda evangelização, os missionários irão realizar duas grandes ações de pedido pela paz, uma nos quatro principais terminais de integração da cidade (Cohama, Cohab, São Cristovão e Praia Grande) e uma Caminhada, no dia 1º de janeiro, na Avenida Litorânea. Toda programação será gratuita e aberta ao público.
Desde o mês de outubro até os dias da missão, toda a RCC do Maranhão está envolvida em uma Campanha de Oração, organizada pelo Ministério de Intercessão. Foi feita uma Novena de Pentecostes, como intenção pelos missionários, coordenação e todas as pessoas que serão alcançadas pela missão.
Nesse ano, o JNL traz como principal diferencial a mudança na abordagem durante o querigma, proposta com base na avaliação feita na Conferência para Líderes Jovens do Ministério Jovem (MJ), em Brasília. A nova abordagem levou em consideração a avaliação dos métodos aplicados durante a apresentação do querigma (em até três minutos), desenvolvida pela equipe da missão do Paraná, estado idealizador e propagador da missão, desde 2002 e aplicado até o ano passado, por todos os estados que realizam a missão, no Brasil. Com base na experiência adquirida no decorrer desses anos e aprofundamento doutrinário, a equipe atualizou o método de anúncio do querigma feito no JNL.

DEUS É FIEL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTE N°