sábado, 26 de dezembro de 2015

O Postal de Natal do Papa


images-51a8feb939040c5b772c4ae60d897cc7_3O Papa Francisco escolheu uma frase de São Leão Magno, ‘Exultemus in die salutis nostrae’ («Exultemos no dia da nossa salvação), para o seu cartão de votos natalícios deste ano.
No postal foi reproduzida a imagem ‘Os anjos em adoração ao Menino Jesus’ de Carlo Maratti (Maratta).
Nascido em 1625 em San Germano di Camerano (Ancona), Maratti foi uma figura central da pintura italiana da segunda metade do século XVII.
Formado em Roma (onde faleceu em 1713) na escola de Andrea Sacchi, entre os máximos expoentes do classicismo, é autor de importantes obras sacras que ainda hoje é possível admirar no Vaticano e nalgumas igrejas da cidade.
Fonte: Ecclesia

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

O Senhor está no meio de nós!

jesus-menino
Eis que vos anuncio uma grande alegria: nasceu para nós Aquele que é a luz que ilumina as trevas do mundo, e Ele veio para salvar a todos do pecado e do mal. Veio para ser o caminho novo, tecido na obediência à vontade do Pai que nos quer todos santos.
Por isso, a volta do ano trouxe-nos a santa celebração do Natal do Senhor Nosso Jesus Cristo. Historicamente, o natalício do Cristo, nosso Deus, ocorreu há mais de dois mil anos; no entanto, na potência do Santo Espírito, o Natal acontece hoje misticamente nos santos mistérios que celebramos com piedade e unção. Cada um de nós que participa desta celebração sagrada conserve no coração essa certeza: nos gestos, nas palavras, nos ritos da Santa Liturgia, a graça do santo Natal do Senhor faz-se realmente presente e verdadeiramente inunda a nossa vida! Para nós, aqui reunidos, o Natal é hoje, o Natal é agora. Aquele que veio e que virá, vem hoje para nós!
O Evangelho nos anuncia: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós!” Em outras palavras: o Filho eterno do Pai, Luz gerada da Luz, Deus verdadeiro gerado eternamente do Deus verdadeiro, para salvar o mundo com a sua piedosa vinda, hoje nasceu homem verdadeiro, homem entre os homens, de Maria, a Virgem!

Papa Francisco, Maria e o “sim” que mudou a história da humanidade


papa nossa senhora
A oração do Papa Francisco em uma noite de Natal foi dirigida à Nossa Senhora. “Olhemos o presépio e façamos este pedido à Virgem Mãe: Ó Maria, mostrai-nos Jesus!”, afirmou o pontífice na Missa da Vigília de Natal de 2014.

O Papa reza à Maria porque sabe que ela, como ninguém, pode nos mostrar Jesus, que nos mostra o Pai. Porque o “sim” da jovem de Nazaré, sinal da intimidade e comunhão total com Deus, foi determinante para mudar a história da humanidade. Ela pode nos ajuda a amar e a acolher o Salvador.
Confira artigo do professor Felipe Aquino:
Santo Agostinho disse que: “Adão, sendo homem, quis tornar-se Deus e perdeu-se. Cristo, sendo Deus, quis fazer-se homem para a salvação do homem. Por seu orgulho, o homem caiu tão baixo que só podia ser levantado pelo abaixar-se de Deus”.
O pecado original nos fez perder a filiação divina; a humanidade foi expulsa do paraíso; e só poderia se reconciliar com Deus se houvesse a salvação por meio de Deus mesmo.
Mas, para que o Filho de Deus pudesse se tornar também homem, e nosso Salvador, sem deixar de ser Deus, era preciso que fosse concebido por uma mulher. Desde a queda de Adão e Eva Deus já tinha prometido que a salvação da humanidade viria por meio de uma Mulher, já que o demônio seduziu a primeira mulher para injetar seu veneno na sua descendência. Deus disse à Serpente maligna: “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gen 3,15). Esta Mulher prometida no Protoevangelho era Maria.
Este projeto de Deus para a nossa salvação se realizou como São Paulo explicou: “Mas quando veio a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, que nasceu de uma mulher e nasceu submetido a uma lei, a fim de remir os que estavam sob a lei, para que recebêssemos a sua adoção. A prova de que sois filhos é que Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai!” (Gal 4,4). Por meio da Virgem Maria veio o Salvador, que nos reconciliou com Deus por Sua morte e ressurreição. Nele nos tornamos novamente filhos de Deus por adoção, pelo Batismo, e Deus enviou o Espirito Santo aos nossos corações.

* O milagre de Madre Teresa, contado por um dos médicos especialistas: “é realmente incrível, não há precedente”

WIKI-Madre_Teresa_2
“A minha experiência profissional colocou-me várias vezes diante de eventos difíceis de explicar de uma perspectiva científica, mas o que aconteceu em 2008, com um engenheiro brasileiro, é realmente incrível…”. São as palavras do Professor. Carlo Jovine, perito oficial da Congregação para as Causas dos Santos, neurologista principal do hospital São João Batista da Ordem de Malta.
O prof. Jovine participou da Junta Médica designada pelo Vaticano para analisar, de uma perspectiva científica, a cura extraordinária de Marcilio Haddad Andrino, engenheiro mecânico nascido em Santos, perto de São Paulo, por intercessão de Madre Teresa de Calcutá. O milagre pelo qual o Papa Francisco autorizou a Congregação a promulgar o decreto dando o  sinal verde para a canonização.
Em dezembro de 2008, aos 35 anos, o engenheiro Andrino foi hospitalizado com urgência. Tinha ficado doente de repente e apresentava graves distúrbios neurológicos. Os testes especializados tinham mostrado a presença de oito abcessos cerebrais, oito seja, oito pontos com infecção na área do cérebro.

Padre Pio. Os Papas o admiravam, mas o Santo Ofício emitiu decretos de condenação. Entenda o que aconteceu.

pio

 Padre Pio sofreu ao longo de sua vida a incompreensão e a hostilidade de muitos. No entanto, todos reconhecem hoje que foi um grande homem e um santo frade.
Para tentar entender e explicar como e por que o frade de Pietrelcina provocou reações tão controversas, Renzo Allegri publicou o livro La passione di Padre Pio (A Paixão de Padre Pio), publicado pela Mondadori.
Para desvendar o significado do que aconteceu com o pe. Pio, o famoso escritor investigou milhares de documentos guardados no arquivo secreto do Vaticano e também do Santo Ofício.
Allegri também trabalhou nos documentos dos arquivos da Ordem dos Frades Capuchinhos da Província Capuchinha de Foggia e arquivos privados de leigos, que tiveram papeis importantes neste caso. Muitos desses documentos são inéditos.
Renzo Allegri já escreveu outros nove livros sobre São Pio de Pietrelcina, todos publicados pela Mondadori, todos best seller, todos traduzidos para várias línguas.
O escritor disse que este último livro “é o mais importante porque coloca o dedo na ferida do mal, ou seja, Satanás que, para arruinar a obra de Deus, constrói armadilhas diabólicas que podem enganar até mesmo os representantes da Igreja. Uma questão extremamente importante e também atual”.
***

Conheça o país onde celebrar o natal é crime com pena de 5 anos de cadeia.

map-brunei-location-1
Cinco anos de cadeia: esta é a pena que um pequeno país muçulmano da ilha de Bornéu pode aplicar a quem cometer o crime de… celebrar o Natal!
O sultão da monarquia absolutista de Brunei, Hassanal Bolkiah (foto), de 67 anos, estabeleceu esta pena para quem for descoberto aderindo de algum modo às festividades natalinas, ainda que seja apenas mediante o envio de augúrios de Natal a parentes e amigos (The Telegraph, 22 de dezembro).
Os não muçulmanos até podem celebrar o Natal no país, desde que seja apenas dentro das próprias comunidades e com a devida permissão das autoridades.
O Ministro de Assuntos Religiosos declarou que as medidas “antinatalinas” pretendem evitar “celebrações excessivas e abertas, que poderiam prejudicar a aqidah (fé) da comunidade muçulmana”. Dos 420.000 habitantes do país rico em petróleo, 65% são muçulmanos.
brunei-hassanal_bolkiahNo início deste mês, um grupo de imãs divulgou mensagem aos fiéis islâmicos de Brunei advertindo contra celebrações “não ligadas ao islã”. Para eles, “os muçulmanos que seguem os atos daquela religião (o cristianismo) ou usam os seus símbolos religiosos, como a cruz, velas acesas, árvore de Natal, cantos religiosos, augúrios natalinos, decorações e sons que equivalham a respeitar aquela religião, vão contra a fé islâmica” (Borneo Bulletin).
“Alguns podem achar que a questão é frívola, mas, como muçulmanos, (…) nós devemos evitar as celebrações de outras religiões para não influenciar a nossa fé islâmica”, arremataram.
Apesar das medidas intolerantes, não faltam residentes de Brunei que rejeitaram a proibição e postaram fotos natalinas nas redes sociais, usando a hashtag #MyTreedom (trocadilho com “tree“, árvore, e “freedom“, liberdade, em inglês).

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

São José e o Santo Natal



União-de-José-e-Maria-1-427x400
“José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, pois o que nela foi gerado vem do Espírito Santo. José, ao despertar do sono, agiu conforme o Anjo do Senhor lhe ordenara e recebeu em casa sua mulher. Mas não a conhecer até o dia em que ela deu a luz um filho. E ele o chamou com o nome de Jesus” (Mt 1,20-25).

Quase todos os cartões de Natal que nós recebemos no tempo do Santo Natal, com certeza, haverá um homem em pé, no fundo da cena, olhando por sobre o ombro de Maria, mostrada em destaque o cuidando do bebê Jesus. Seu nome é José e, após as narrativas do Natal, pouco se ouve falar dele. Se não soubéssemos algo mais, pensaríamos que José era um espectador insignificante ou, na melhor das hipóteses, uma mera necessidade de respaldar a reivindicação de Jesus ao trono de Davi.

Shalom realiza ação natalina no Hospital Regional em Sobral


12399324_965240450203436_343644277_nO Hospital Regional do Norte, em Sobral, entrou em clima de natal na última quarta-feira (17). Membros da Comunidade Católica Shalom juntamente com funcionários do HRN realizaram visitas a pacientes de diversos setores levando um pouco do espírito natalino. Muita emoção marcou a ação, que faz parte do Projeto Mãe das Dores, realizado pela comunidade.
Na oportunidade, foram visitados os setores UTI Pediátrica, Setor de Neonatologia, Clínica Pediátrica, Centro de Reprodução e Assistência a Mulher, Clínica Médica e Emergência Adulta e Pediátrica. Os missionários da Comunidade Shalom buscaram transmitir uma mensagem de esperança e paz aos pacientes através da apresentação cantada da música ‘É Natal’.
Celebração Eucarística
O HRN também realizou na sexta-feira (19) uma Missa presidida pelo Padre Airton, que contou com a presença do diretor do Hospital,  Daniel Hardy, além de colaboradores de diversos setores. A celebração foi animada pelo ministério de música da Comunidade Católica Shalom. Ao final, foi exibido um vídeo produzido pelo grupo de humanização do Hospital, deixando uma mensagem de Natal a todos.

Papa nomeia sucessor de Dom Erwin para Xingu


nomeacao
O Papa acolheu na manhã de quarta-feira (23/12) o pedido de renúncia de Dom Erwin Kräutler, que deixa, por razão de idade, a condução da Prelazia do Xingu após 35 anos.

Em seu lugar, foi nomeado o franciscano João Muniz Alves, que até o momento era o Guardião da Comunidade Franciscana de São Luís do Maranhão. Dom João Muniz Alves 8 nasceu em 8 de janeiro de 1961 em Carema, município de Santa Rita, na Arquidiocese de São Luís do Maranhão. Emitiu seus primeiros votos na Ordem dos Frades Menores em 1986 e os votos solenes em 1991. Foi ordenado em 1993. Depois de estudar filosofia e teologia em Teresina, no Piauí, obteve o doutorado em ambas em Roma.
Já como sacerdote, foi vigário paroquial, mestre de postulantes, pároco e definidor da vice-Província franciscana da diocese de Bacabal (MA). Em 2014 foi visitador geral da Província franciscana de Moçambique. Atualmente, exerce seu ministério como guardião da comunidade de São Luís do Maranhão, Vigário paroquial, formador e professor de teologia moral.
Até a sua posse, Dom Erwin Krautler permanece na condução da Prelazia, como Administrador Apostólico.
Fonte: Rádio Vaticano

Como a Itália está respondendo a imposição da Ideologia de gênero nas escolas? Indo alem do não!


download
Contra a tentativa de impor a ideologia de gênero nas escolas italianas, centenas de milhares de pessoas saíram às ruas gritando “Defendamos nossos filhos” na histórica manifestação de 20 de junho, em Roma. A ação cidadã penetrou nos corredores dos prédios institucionais e teve os primeiros efeitos práticos. Como resposta à ideologia de gênero, já se espalham por toda a Itália cursos de educação da afetividade e da sexualidade com abordagens, métodos e conteúdos bem diferentes dos propostos pelos defensores daquela ideologia.
Uma realidade que destaca as “boas práticas educativas” é Il Filo e la Rete, “que surgiu há um ano dentro das seções locais do Fórum das Associações Familiares, intérpretes do desconforto de muitos pais que tiveram de lidar com cursos impregnados pela ideologia de gênero nas escolas”, disse à ZENIT Lodovica Carli, ginecologista e presidente do Fórum de Associações Familiares da Apúlia, região do sul da Itália.
Coordenadora da iniciativa Il Filo e la Rete, Carli explica: “Faz um ano, estavam se formando as primeiras comissões para oferecer alternativas à ideologia de gênero. Nós entramos em contato com eles para conceber em conjunto os instrumentos jurídicos necessários para que os pais pudessem fazer valer o seu direito e dever de educar os filhos opondo-se à interferência da ideologia de gênero”.

O matrimônio e a família são, para a ideologia de gênero, ‘dois modos de violência permanente contra a mulher’. Igreja discorda profundamente.

Ideologia-de-Genero
“Em última análise, nesta sociedade tão turbulenta, a Igreja é a única que está defendendo os pequenos da ideologia de gênero ou do aborto… e atacam a Igreja porque é a única instituição que falta para cair. Por isso não temos que dobrar-nos, e essa é a mensagem de Jesus”. Assim falou Mons. Juan José Omella, arcebispo eleito de Barcelona, na apresentação do livro “Relativismo e ideologia de gênero” (Voz de papel) que aconteceu no passado dia 14 em Logroño, na paróquia de São Paulo, perante 120 pessoas.
Depois de felicitar o padre Pedro Trevijano pela atualidade e oportunidade do seu livro, o prelado, de origem aragonesa, manifestou que “é preciso ter coragem e humildade para pregar a verdade em todo momento”.
Em seu discurso, o arcebispo eleito de Barcelona referiu-se ao Papa Francisco, “tão querido e social, mas que, ao mesmo tempo, prega uma doutrina clássica. O Papa diz: ‘Eu não julgo ninguém, mas não estou de acordo com isso e aquilo…; eu não condeno, mas nem sequer estou de acordo com tal coisa…’”.
Assim, Mons Omella alertou para a ameaça da ideologia de gênero em nossa sociedade: “Somos todos iguais, é verdade, mas com dignidade. Mas somos diferentes fisicamente, psicologicamente … não confundamos, somos iguais em dignidade, mas o homem e a mulher são diferentes”.

Igrejas protestantes reinventam natal com personagens de Star Wars: “Natal cósmico”!

star_wars_nativity
O novo filme da série Star Wars, “Episódio VII: O Despertar da Força”, foi lançado mundialmente nesta quinta (17). É a temporada de Natal, onde os cinemas acabam atraindo um público maior que a média no restante do ano.
Algumas igrejas americanas também querem atrair pessoas para seus cultos natalinos e decidiram “mesclar” as duas coisas. O resultado são ‘presépios’ com os personagens da saga no lugar das tradicionais figuras de José, Maria e até Jesus.
Na cidade de Morristown, Nova Jersey, a Liquid Church, uma das igrejas que mais crescem no estado, realizará o “Natal cósmico”. Além do presépio vivo com a princesa Leia, Han Solo, Chewbacca, além dos androides C3PO e R2D2, serão três semanas com o sermão focado nos paralelos entre a mitologia de Star Wars e os princípios cristãos.
No estado de Illinois, a igreja United Community Church, de Middletown, está recontando a história de Natal através de um concurso com a temática de Guerra nas Estrelas. A Christian Church da cidade de Clarendon Hills, no mesmo estado, está apostando que a estratégia atrairá pessoas “que estão mais familiarizados com a saga “Star Wars” que com os dois primeiros capítulos do Livro de Lucas”.

“Se você julga as pessoas, você não tem tempo para amá-las”. Deixemo-nos converter por frases inesquecíveis da Beata Teresa de Calcutá.

Madre-Teresa-de-Calucutá
1) Se você julga as pessoas, você não tem tempo para amá-las.
2) A maior doença do Ocidente hoje não é a lepra nem a tuberculose; é ser indesejado, não ser amado e ser abandonado. Nós podemos curar as doenças físicas com a medicina, mas a única cura para a solidão, para o desespero e para a desesperança é o amor. Há muitas pessoas no mundo que estão morrendo por falta de um pedaço de pão, mas há muito mais gente morrendo por falta de um pouco de amor. A pobreza no Ocidente é um tipo diferente de pobreza – não é só uma pobreza de solidão, mas também de espiritualidade. Há uma fome de amor e uma fome de Deus.
3) Qual é o meu pensamento? Eu vejo Jesus em cada ser humano. Eu digo para mim mesma: este é Jesus com fome, eu tenho que alimentá-lo. Este é Jesus doente. Este tem lepra ou gangrena; eu tenho que lavá-lo e cuidar dele. Eu sirvo porque eu amo Jesus.
4) Sejam gentis uns com os outros na sua casa. Sejam gentis com as pessoas. Eu acho que é melhor você errar na bondade do que fazer milagres com falta de bondade. Muitas vezes, uma só palavra, um olhar, um gesto rápido, e as trevas enchem o coração da pessoa que amamos.

Esta é a oração rezada pela família do miraculado que levará à canonização de Madre Teresa

O milagre alcançado por um brasileiro por intercessão de Madre Teresa de Calcutá aprovado pelo Vaticano para a canonização da Beata teve início com uma oração e a fé de uma família. O homem da Diocese de Santos (SP) foi curado de maneira inexplicável após seus familiares receberem de um sacerdote um santinho de Madre Teresa e intensificarem suas orações.
O miraculado tinha múltiplos tumores no cérebro. Seus parentes tiveram contato com a Beata Madre Teresa por intermédio de Padre Elmiran Ferreira, que os acompanhou na época da doença, tendo visitado o homem no hospital. 
O sacerdote deu uma oração de Madre Teresa para que a família rezasse de maneira intensa e assim o fizeram. Segundo ele, “a Madre Teresa tornou-se conforto e alento naquela longa jornada”.
 
A seguir, a oração que a família do miraculado rezou:

“Beata Teresa de Calcutá,
tu permitiste ao sedento amor de Jesus na Cruz tornar-se uma chama viva dentro de ti.
Chegaste a ser luz do Seu amor para todos.
Obtém do coração de Jesus... (pedido)
Ensina-me a deixar Jesus penetrar e possuir todo o meu ser, tão completamente, que a minha vida também possa irradiar a Sua luz e amor para os outros.
Amém.”

Dez santos cujo exemplo nos ajudarão a viver o Ano da Misericórdia


O Jubileu da Misericórdia foi iniciado no dia 8 de dezembro e acontecerá até o dia 20 novembro de 2016. Apresentamos agora uma lista de dez Santos cujo testemunho nos animará a viver a misericórdia durante este Ano Santo.
São João Paulo II (1920-2005)
Teve uma juventude muito dura pelo ambiente de ódio e destruição da Segunda Guerra Mundial. Durante seus mais de 25 anos de pontificado, São João Paulo II teve um espírito missionário. Realizou 104 viagens apostólicas fora da Itália e 146 no interior deste país.
Seu amor pelos jovens o levou a iniciar as Jornadas Mundiais da Juventude. Promoveu o diálogo inter-religioso.
Um de seus gestos mais recordados foi pedir perdão pelos pecados da Igreja em toda sua história.
Perdoou ao turco Alí Agca, que atirou nele na Praça de São Pedro, e inclusive o visitou na prisão.
Santa Faustina Kowalska (1905-1938)
A esta santa polonesa, Deus revelou o mistério de sua misericórdia conhecida como o Terço da Divina Misericórdia, cuja festa é celebrada no segundo domingo de Páscoa.
Irmã Faustina teve uma vida de piedade e caridade. No convento foi cozinheira, jardineira e porteira.
Também conseguiu um alto grau de união com Deus e lutou por vencer-se a si mesma e alcançar a santidade.
O Senhor concedeu a Irmã Faustina revelações, visões do céu, do purgatório e do inferno; o dom da profecia, a graça de ler as almas e os estigmas ocultos.

Que o Espírito Santo seja mais conhecido e mais honrado


alt“Quem, ó Santo Padre, pode fazer com que o Espírito Santo seja mais conhecido e mais honrado, senão o Vigário de Jesus sobre a terra (...). Portanto, Santo Padre, somente o senhor, pode fazer com que os cristãos retornem ao Espírito Santo, para que o Espírito Santo retorne a nós, abata o domínio do demônio e nos conceda a desejada renovação da face da terra”. É com essa ousadia de profeta que Elena Guerra se dirige ao Santo Padre Papa Leão XIII e inicia o grande marco, dos últimos séculos, da graça de Pentecostes sobre a face da terra.
Convencida pelo próprio Espírito Santo, a Beata Elena escreve cartas ao Papa Leão XIII, a fim de difundir na Igreja uma maior atenção ao culto e devoção a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade. Expressões inspiradas por Deus no coração da freira Italiana, essas cartas foram recebidas pelo Papa, que instaurou um novo tempo para a Igreja, um benefício para todo o mundo, especialmente para, o movimento que nasceria muitos anos depois, a Renovação Carismática Católica. O pedido da beata, levou o Papa a consagrar o século XX ao Espírito Santo.
Cheia de profetismo, as cartas da apóstola do Espirito Santo, depois de mais de um século em que foram escritas, chegam até os dias atuais. E mesmo tantos anos mais tarde, esses escritos convidam cristãos, de todo o mundo para um retorno ao Cenáculo.
 

©2012 Grupo Renascer | Template Grupo Grupo Renascer by