VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Podemos ser bons sem Deus e sem a Igreja?


bondade

Podemos ser bons ser Deus?, pergunta o apologista católico Todd Aglialoro em seu blog. E responde dizendo que, sem dúvida, há pessoas não crentes que são boas pessoas, mas que ter fé faz uma grandíssima diferença. E dá quatro poderosas razões:
1. Deus determina o que é bom. Por nós mesmos, poderíamos considerar bom roubar ou matar, seria o caos. Só Deus tem autoridade para definir o que é bom.
2. Deus oferece uma perspectiva eterna. Saber que o que fazemos aqui determina onde passaremos a eternidade nos motiva a ser bons, ao contrário de quem pensa que não existe um Deus a quem um dia prestará contas.
3. Deus nos dá um verdadeiro humanismo. Todos nós amamos nossos entes queridos e ajudamos os necessitados, mas os crentes estão dispostos a fazer algo que muitos não crentes consideram insensato e inclusive repulsivo: amar os inimigos, perdoar, fazer o bem a quem nos fez um mal, defender a vida da concepção até seu fim natural.
4. Deus dá sua graça. Todos nós pecamos, mas os crentes contam com a graça de Deus para livrar-se do pecado.

Castidade de Lutador de MMA deixa mundo da luta ” Surpreso e questionado”.

mma
O lutador peso-galo Michael McDonald, de 22 anos, causou polêmica recentemente ao afirmar durante uma entrevista que está em abstinência sexual há três anos e meio. O lutador comentou sobre o assunto quando questionado no programa “UFC: Road to the Octagon”, na rádio “KMRQ Rock 96.7″, sobre sua opinião a respeito da prática de sexo antes da luta.
- Na verdade, estou em abstinência há três anos e meio já. É um bom argumento (que isso me traz benefícios) – afirmou a jovem promessa o UFC, que é noivo de Rachel Esteller.
A declaração de McDonald repercutiu no meio esportivo, por ele trilhar um caminho diferente de outros jovens que se destacam em diversos esportes, sempre relacionados à vida agitada – com luxo, badalação e mulheres.

Internautas cristãos disparam críticas contra Ivete Sangalo nas redes sociais por saudação a iemanjá: “Tá repreendido”

Internautas cristãos disparam críticas contra Ivete Sangalo nas redes sociais por saudação a iemanjá: “Tá repreendido”
A cantora Ivete Sangalo entrou na mira de internautas cristãos após publicar uma imagem de iemanjá em sua página no Facebook no último domingo, 02 de fevereiro, data em que os adeptos de religiões afro prestam homenagens à entidade.
Conhecida como “deusa das águas”, iemanjá foi saudada pela cantora baiana, e logo os internautas cristãos que seguem a artista na rede social reagiram com mensagens como “tá repreendido”, “só Jesus na causa!” e “só tenho um pai, Deus criador dos céus e da terra”.
Os comentários críticos à crença de Ivete Sangalo renderam outros comentários de internautas que discordavam da postura dos cristãos: “Salve! Vocês que não concordam com a crença das religiões afro, estão em seu direito, mas lembrem-se, respeitar é bom, eu particularmente não sigo essas crenças, mas seus adeptos têm meu respeito”, escreveu um usuário do Facebook.
“O povo que é de outras religiões arruma demônio em tudo né? Acho que eles deveriam cuidar de suas vidas ao invés de criticar a crença dos outros”, disparou uma jovem, que foi acompanhada em sua opinião por outro rapaz: “Ô povo ignorante… Cada um com sua fé, vamos respeitar a religião do próximo, ninguém precisa aceitar mas tem a obrigação de respeitar! Salve Yemanja, Ori ôôôô!”.
Mas a postura dos fãs cristãos da cantora em criticar a publicação não foi dobrada: “Não terás outros deuses além de mim. Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra”, escreveu uma internauta, parafraseando um trecho dos Dez Mandamentos do Êxodo.

Em diários pessoais revelados recentemente o papa João Paulo II se questionou se estava realmente servindo a Deus

Em diários pessoais revelados recentemente o papa João Paulo II se questionou se estava realmente servindo a Deus

Diários privados do papa João Paulo II publicados nessa quarta-feira revelaram detalhes surpreendentes sobre a vida do líder católico, que esteve à frente da Igreja Católica desde o ano de 1978 até sua morte, em 2005. Entre as informações reveladas está a de que João Paulo II passou décadas questionando se era digno do papel que desempenhava na igreja e se estava realmente servindo a Deus.
- A palavra do Senhor. Eu amo a palavra de Deus? Eu vivo por ela? Eu o sirvo de bom grado. Ajuda-me, Senhor, a viver de acordo com sua palavra – escreveu João Paulo II em uma das anotações recentemente divulgadas.
Segundo a Reuters, os diários publicados são notas feitas pelo papa, e que ele queria que fossem destruídos, mas que foram mantidos por seu assessor. Vistas por muitos não como um diário, mas como uma série de reflexões, as anotações foram publicadas em um livro por Stanislaw Dziwisz, que era seu assessor pessoal.
Nascido Karol Wojtyla, no sul da Polônia, em 1920, o homem que veio a se tornar líder da maior organização religiosa do muno desempenhou um papel público muito ativo na era comunista da Polônia e, principalmente, durante seu período como papa. Porém, os eventos públicos tem pouquíssimo espaço em suas anotações, onde ele agonizou sobre se estava fazendo o suficiente para servir a Deus.

Conhecer a verdade sobre si mesmo


espelho     Aderir ao Projeto de Deus é mergulhar em uma via de amor que, em meio aos desafios inerentes ao caminhar rumo ao desconhecido, nos leva a profundas descobertas de quem somos de fato, da nossa verdade, e na descoberta da verdade encontramos a Deus que é a Verdade absoluta.
     Santo Agostinho, no seu livro “Confissões”, diz: “Onde encontrei a verdade, aí encontrei o meu Deus, que é a própria verdade, da qual nunca mais me esqueci, desde o dia em que a conheci”. É este encontro com Deus que nos tira das nossas cegueiras espiritual e humana e nos leva a descobrir a verdade que muitas vezes, ou quase sempre, nos é dolorosa pelo fato de nos vermos como realmente somos: pecadores, fracos, lentos, imperfeitos, miseráveis até.

A Rainha Elizabeth II visitará o papa Francisco

A Rainha Elizabeth II visitará o papa FranciscoO diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, confirmou ontem que o Papa Francisco receberá à Rainha Elizabeth II da Inglaterra no dia 3 de abril no Vaticano.

Faz alguns meses, o Palácio de Buckingham anunciou que a rainha visitaria o Vaticano em 2013, mas a viagem foi adiada para uma data prévia a 21 de abril de 2014, dia no qual a soberana inglesa faz 88 anos de idade.

A Rainha chegará ao Vaticano acompanhada pelo seu marido, o duque de Edimburgo e terá uma audiência privada no Palácio Apostólico do Vaticano com o Papa Francisco, conforme anunciou nesta terça-feira a coroa britânica. A viagem da rainha a Roma responde a um convite do presidente italiano, Giorgio Napolitano, com quem a monarca terá um almoço em privado esse mesmo dia.

Passaram 14 anos desde que Elizabeth II visitou por última vez o Vaticano em 17 de outubro de 2000, ocasião na qual foi acolhida em audiência privada pelo Beato João Paulo II.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Quando chega o desânimo…


Quando chega o desânimo…

A alma parece envolta numa espécie de torpor


A vida espiritual também é permeada por securas, tempo de aridez, falta de gosto, solidão, desânimo…


Nestes períodos, somos privados das consolações sensíveis e espirituais. Isso, mesmo que a gente não entenda, favorece nosso crescimento na vida de oração e na prática das virtudes.


Apesar de muitos esforços, de disciplina na vida espiritual a pessoa não sente gosto na oração; ao contrário, experimenta-se nela o cansaço, o desânimo, a ausência da presença de Deus, como se Ele tivesse se esquecido de nós e o tempo parece que não tem fim.

Outro Cardeal da Igreja é atacado por feministas do “Femen”.

femenvale

15848_unas_activistas_pro_aborto_de_femen_asaltan_al_cardenal_rouco_a_la_entrada_de_la_parroquia_santos_justo_y_pastor_de_madrid

rouco_femen_parrocos
Cinco ativistas do grupo feminista Femen atacaram na noite deste domingo o arcebispo de Madri, cardeal Antonio María Rouco, de 77 anosaos gritos de “o aborto é sagrado” e jogando sobre ele peças íntimas manchadas com tinta vermelha. A agressão ocorre após a apresentação do projeto de lei do governo espanhol que deve reverter a lei do aborto no país, tornando-o novamente ilegal.
Segundo jornais espanhóis, como o ABC, as feministas estavam com os seios de fora e levavam o nome do movimento pintado no corpo. Elas atacaram o cardeal idoso no momento em que ele saía do carro para celebrar missa numa paróquia da região. Rouco foi socorrido pelos padres que o aguardavam e a igreja teve de fechar as portas. Mesmo assim, as manifestantes continuaram a gritar “o aborto é sagrado” pelas ruas do local.
Hostilidades grosseiras fazem parte da agenda do Femen por toda a Europa, e suas vítimas, em geral, são vinculadas à Igreja Católica. Segundo o site espanhol Religion em Libertad, especializado em notícias sobre liberdade de credo, as ativistas nem sempre são manifestantes autênticas, vinculadas à alguma causa, mas sim mulheres pagas para realizar ações específicas. A remuneração só ocorre se o ato alcançar a mídia.
No ano passado, o Femen atacou o arcebispo de Bruxelas, na Bélgica, durante uma entrevista, atirando-lhe copos de água, e interrompeu uma missa celebrada pelo arcebispo de Colônia, na Alemanha, onde encenaram um aborto. O motivo ? Nunca fica muito claro. Sempre há berros, ofensas, obscenidades. Nunca argumentos.

Depois do beijo na novela, história em quadrinhos juvenil da Luluzinha traz um “casal” de meninos.


lulu57

luluzinha2
Não é de hoje que a graphic novel Luluzinha Teen e sua Turma tem, entre seus personagens, um gay.Edgar apareceu no número 49 da revista mensal para integrar a banda e logo se ‘assumiu’.
Duas edições depois, o garoto apareceu de mãos dadas com Fábio. Na revista que chega agora às bancas, a 57, o casal volta à cena e tem de lidar com a “intolerância” dos pais de Fábio, que aparecem numa festa para brigar com o garoto e levá-lo embora. Com um tom didático e prefessoral, o diretor da escola onde a festa está sendo realizada entra na discussão e pede mais diálogo. 
Personagens gays não são raros em HQ’s, mas talvez esta seja a primeira vez em que a questão é abordada tão abertamente num gibi nacional voltado para o público juvenil. O lançamento ocorre quase uma semana depois que os atores Mateus Solano e Thiago Fragoso protagonizaram o primeiro beijo entre homens numa novela da Globo.
Ao todo, 50 mil exemplares da revista que tem roteiro de Marcel R. Goto e arte de Labareda Design estão à venda nas bancas brasileiras.
Fonte:  Estadão
luluzinha3
Adicionar legenda

DEUS É FIEL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTE N°