VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 14 de dezembro de 2013

Alegria do Evangelho



Alegria do Evangelho
O Papa Francisco define ainda mais nitidamente o horizonte norteador da Igreja Católica neste tempo com a sua recém-publicada Exortação Apostólica, intitulada “A alegria do Evangelho”. Obviamente, trata-se de uma exortação que nasce da “escuta”, na dinâmica da vida da Igreja e do que é próprio da graça de Deus. O Papa Francisco, com frescor próprio do coração de pastor enraizado no chão latino-americano, reaviva, com singularidades, a recuperação de sentidos genuínos na vivência do Evangelho. O conhecimento da Exortação do Papa é determinante na compreensão e no tratamento do mais importante desafio da Igreja Católica na contemporaneidade: a insubstituível tarefa de anunciar o Evangelho no mundo atual.

Ao falar sobre alegria, um capítulo determinante da vida e um interesse comum a todos os corações, é imprescindível compreender que o Evangelho de Jesus Cristo não é um simples conjunto conceitual alternativo para aprendizagem, ou simples referência quando necessário. A alegria do Evangelho é duradoura. Enche o coração dos que, no cotidiano, vivenciam a experiência do encontro pessoal com Jesus Cristo. Trata-se de uma alegria que não é como muitas outras, que seduzem, mas são passageiras e não têm força para resgatar o vazio interior, o isolamento e a tristeza. O Papa Francisco adverte que o grande risco do mundo contemporâneo, com a oferta múltipla e opressora de consumo, é uma tristeza individualista que brota do coração acomodado e avarento, da busca doentia de prazeres superficiais.

Por eleição de Dilma, governo do PT faz recuo estratégico e freia PL-122 – por enquanto – para ganhar apoio da bancada cristã. Alguém ainda acredita?

pl122
Pelo telefone, a ministra Ideli Salvatti orientou bancada a só votar a proposta depois das eleições, condição imposta por evangélicos em troca de apoio para a reeleição da presidente
Preocupado com o risco de ficar sem o apoio de evangélicos na campanha para a reeleição da presidente Dilma Rousseff no próximo ano, o governo começou a orientar a base no Senado a ceder ao desejo dos religiosos e não votar neste ano do projeto que criminaliza a homofobia (PLC-122).
Como parte da estratégia para orientar a bancada, a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, entrou em campo nesta semana. Ela telefonou para senadores governistas para pedir que a proposta fosse deixada para depois das eleições ou, de acordo com relatos de senadores, quando houver consenso sobre o assunto. O acordo pedido pela ministra teria que conciliar interesses das igrejas e dos gays, até agora considerados pelos dois lados como inconciliáveis.
A proposta também é um pleito histórico no PT, que se antecipou à movimentação do Planalto e divulgou na semana passada uma nota na qual reforça a posição em favor da votação do projeto. “O Planalto tem afirmado que se houver ameaça a liberdade de expressão das igrejas, o relatório deve ser melhorado”, defendeu o líder do PT no Senado, Wellington Dias (PT-PI). “Não acredito que haja alguma igreja que defenda o ódio”, argumentou.

Importância da Verdade

Importância da Verdade

Há momentos na vida que nos convidam a um exame de nossas atitudes, uma verificação interior sob o olhar de Deus. Algo diferente do que costumamos fazer cada dia. Assim como alguém que, ao longo de uma viagem, para por instantes, observa o percurso andado, consulta o itinerário, julga o esforço despendido, avalia as reservas, alonga a vista para o futuro.


Constatar a realidade é sempre útil. O princípio de cada ano nos oferece uma oportunidade para examinar nossa atuação no período que termina a aperfeiçoar a missão de discípulos de Cristo e membros de uma Nação. Em dois campos essas reflexões são necessárias: o civil e o religioso, pois somos cidadãos de duas Pátrias e ambas estão intimamente relacionadas entre si. O critério básico, entretanto, é um só, o Evangelho, e é a Ele que se deve recorrer como parâmetro e como iluminador nos julgamentos e decisões.


Em nome de nossa Fé, a Igreja da qual somos parte integrante, exige de nós, antes de tudo, apesar das contingências humanas uma fidelidade inalterada. Essa interpretação se bifurca embora de uma só fonte promanem os erros.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

JMJ 2016 lança campanha interativa de oração



O comitê da Jornada Mundial da Juventude de 2016, na Cracóvia/Polônia, está promovendo uma campanha de oração, como preparação para o grande evento de jovens católicos do mundo todo, chamada “P2P: People to People, Prayer to Prayer” – pessoa a pessoa, oração a oração”.
O site oficial chama à atenção logo no início: “a Jornada Mundial da Juventude não está se preparando por si mesma. Se nós queremos que ela seja extraordinária, nós precisamos agir agora! É hora de se concentrar”.
O tempo escolhido para a campanha foi o Advento, tido como “a oportuni
dade perfeita para começar”. E se tratando de um evento universal, não há iniciativa mais propícia para um grande começo das preparações, do que a oração comum, a unidade. “E se vamos orar, o rosário é indispensável. Porque o rosário é o povo. Povo vivo”, explica o site.
Ainda de acordo com o texto base do P2P, o rosário não é apenas um método de oração, devoção da igreja, ato religioso de louvor, mas também é uma pessoa viva, com tudo o que ela carrega de si mesma, com toda a sua vida, com todos os seus segredos. Por isso, no tempo do Advento, o desejo é que todos sejam reavivados por esta oração.

Grupo satanista move ação na Justiça para erguer símbolo satânico ao lado de famoso monumento cristão

Grupo satanista move ação na Justiça para erguer símbolo satânico ao lado de famoso monumento cristãoUm grupo satanista quer erguer uma estátua ao lado de um monumento aos dez mandamentos no estado norte-americano de Oklahoma, Estados Unidos.
O monumento cristão de dois metros de altura, feito em granito, com os dez mandamentos dados por Deus a Moisés entalhados na pedra foi colocado no exterior do prédio da Assembleia Legislativa em 2012, por um grupo conservador.
Agora, exigindo igualdade de direitos, o grupo satanista quer erguer sua própria estátua em alusão ao seu deus. A ação que pede autorização para o monumento foi protocolada em nome da American Civil Liberties Union, uma entidade que luta pelos direitos civis nos Estados Unidos.
O grupo satanista é sediado em Nova York, e afirma que o monumento terá bom gosto arquitetônico: “Nós acreditamos que todos os monumentos devem ser de bom gosto e de acordo com os padrões da comunidade”, escreveu Lucien Greaves, representante dos satanistas, em carta a funcionários do governo. “Nosso monumento proposto, como uma homenagem ao histórico/literário satanás, certamente vai cumprir essas diretrizes”, acrescentou.

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Francisco de Assis e a reforma da Igreja por meio da santidade.Primeira pregação de Advento do Pe. Raniero Cantalamessa.


Saint-Francis-711x1024
 Na manhã desta sexta-feira o pregador da casa pontifícia, Pe. Raniero Cantalamessa, OFM, Cap, dirigiu a primeira pregação de Advento. Publicamos a seguir o texto na íntegra:

***
Pe. Raniero Cantalamessa, OFM Cap.
Primeira pregação de Advento
FRANCISCO DE ASSIS E A REFORMA DA IGREJA POR MEIO DA SANTIDADE
O propósito destas três meditações do Advento é preparar-nos para o Natal na companhia de Francisco de Assis. Dele, nesta primeira meditação, gostaria de destacar a natureza do seu retorno ao Evangelho. O teólogo Yves Congar, em seu estudo sobre “Verdadeira e falsa reforma na Igreja” vê em Francisco o exemplo mais claro de reforma da Igreja pelo caminho da santidade[1]. Gostaríamos de procurar compreender em que consistiu a sua reforma pelo caminho da santidade e o que o seu exemplo implica para cada época da Igreja, inclusive a nossa.
1. A conversão de Francisco
Para entender um pouco da aventura de Francisco é preciso partir da sua conversão. Desse evento existem, nas fontes, diferentes descrições com notáveis diferenças entre si. Felizmente temos uma fonte absolutamente confiável que nos dispensa de escolher entre as várias versões. Temos o mesmo testemunho de Francisco no seu Testamento, a sua ipsissima vox, como se diz das palavras certamente ditas por Cristo no Evangelho. Diz:
«O Senhor concedeu a mim, irmão Francisco, que começasse a fazer penitência assim: quando eu estava nos pecados parecia-me muito amargo ver os leprosos: e o próprio Senhor conduziu-me entre eles e fui misericordioso para com eles. E ao afastar-me deles, o que me parecia amargo foi-me trocado por doçura de alma e corpo. E, depois, demorei só um pouco e saí do mundo” » (FF 110).
É sobre esse texto que justamente se baseiam os historiadores, mas com um limite intransponível para eles. Os historiadores, mesmo os mais bem intencionados e mais respeitosos com as peculiaridades da vida de Francisco, como era, entre os italianos Raoul Manselli, não conseguem entender o porquê último da sua mudança radical. Detêm-se – e com razão, por causa do seu método – na porta, falando de um “segredo de Francisco”, destinado a permanecer assim para sempre.

“Perseguidos e esquecidos?”. É cada vez pior a situação dos cristãos em 20 países do mundo devido à perseguição e descriminação.



tumblr_lqijd8kQJM1qbgton
A organização católica internacional Ajuda à Igreja Que Sofre (AIS) denunciou em um recente relatório como a situação dos cristãos em 20 países do mundo piorou gravemente devido à perseguição e descriminação religiosas.
Um resumo do relatório, intitulado “Perseguidos e esquecidos?” feito para chamar a atenção sobre este grave problema que atrai pouca atenção no Ocidente, foi entregue pelo chefe de imprensa da AIS no Reino Unido, John Pontifex, à agência UCA News, com sede em Hong Kong.
“Todos os relatos dos incidentes da perseguição indicam que a mesma é cada vez pior e mais inclemente: igrejas incendiadas, cristãos pressionados a converter-se, violência de bandos contra lares cristãos, sequestro e abuso de meninas cristãs, propaganda anticristã nos meios e por parte de governos, discriminação em escolas e lugares de trabalho… e a lista continua”, expressou.
A Igreja no Oriente Médio poderia desaparecer
O relatório apresenta seus resultados por regiões, identificando os problemas que afetam os fiéis e sua condição atual. A primeira região analisada foi o Meio Oriente, qualificada como “a de maior preocupação”.
Nos países da região o fenômeno mais notório é o êxodo das comunidades cristãs que fogem da violência e das atrozes consequências dos conflitos sociais, como a guerra na Síria. Os efeitos da chamada “primavera árabe” foram a prepotência de grupos islâmicos radicais e a multiplicação da violência contra os cristãos em diversos países.

domingo, 8 de dezembro de 2013

A Inquisição Protestante que poucos conhecem.

images (2)

O artigo que segue, revela em rica bibliografia, os números de mortos, e requintes de crueldade dos incomparáveis tribunais eclesiásticos protestantes. E deixará claro que as levianas acusações protestantes contra a Igreja Católica sorrateiramente mudaram o significado da palavra “inquisição”, que quer dizer apenas: “sindicância”, “investigação”, em sinônimo de “matança de pessoas”. Ainda hoje, esse erro circula no meio protestante. Tal quimera caiu por terra, quando o renomado historiador Agostino Borromeo, após demorado estudo sobre a inquisição, concluiu que não chegaram a cem, o número de mortes, cometidas por católicos que em desobediência ao Papa, empregaram pena de morte contra os inquiridos.
Antes, abramos um parêntese, para de fato mostrarmos conforme os historiadores, que muita calúnia se lançou contra a Igreja Católica, no que concerne a falsa acusação de matança de “centenas”, “milhares” e até “milhões” de pessoas. Pura lenda, que na verdade não passava de mentira estratégica protestante, fomentada por anticatólicos como: Russel Hope Robbins, o apostata Doelling, Jules Baissac, Jean Français e Reinach.
O próprio Rui Barbosa quando principiante inexperiente, traduziu “O Papa e o Concílio” uma obra de um deles, Doelling, e se arrependeu mais tarde, proibindo no prefácio a publicação da mesma, pelas calúnias apaixonadas. Dizia mais tarde Rui Barbosa, quando maduro e experiente:“Estudei todas as religiões do mundo e cheguei à seguinte conclusão: religião ou a Católica ou nenhuma.” (Livro Oriente, Carlos Mariano de M. Santos (1998-2004) artigo 5º).
Publicou a Agência europeia de notícias Zenit: [CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 16 de junho de 2004 (ZENIT.org).- [Atualmente, os pesquisadores têm os elementos necessários para fazer uma história da Inquisição sem cair em preconceitos negativos ou na apologética propagandista, afirma o coordenador do livro «Atas do Simpósio Internacional “A Inquisição”».

Advento: significado e origem


Advento
Todos os grandes eventos exigem uma preparação. Por isso, a Igreja instituiu, na Liturgia, um período que antecede o Natal: o Advento.


 Mas, ao longo da história da Igreja, tomou diversas formas.

Receber uma visita é uma arte que uma dona de casa exercita com freqüência. E quando o visitante é  ilustre, os preparativos são mais exigentes. Imagine o leitor que numa Missa de domingo seu pároco anunciasse a visita pastoral do bispo diocesano, acrescida de uma particularidade: um dos paroquianos seria escolhido à sorte para receber o prelado em sua casa, para almoçar, após a Missa.


Certamente, durante alguns dias, tudo no lar da família eleita se voltaria para a preparação de tão honrosa visita. A seleção do menu, para o almoço, o que melhorar na decoração do lar, que roupas usar nessa ocasião única. Na véspera, uma arrumação geral na casa seria de praxe, de modo a ficar tudo eximiamente ordenado, na expectativa do grande dia.


Essa preparação que normalmente se faz, na vida social, para receber um visitante de importância, também é conveniente fazer-se no campo sobrenatural. É o que ocorre, no ciclo litúrgico, em relação às grandes festividades, como por exemplo o Natal. A Santa Igreja, em sua sabedoria multissecular, instituiu um período de preparação, com a finalidade de compenetrar todas as almas cristãs da importância desse acontecimento e proporcionar-lhes os meios de se purificarem para celebrar essa solenidade dignamente.

Está pronto o mosaico do Papa para a Basílica de São Paulo

Está pronto o mosaico do Papa para a Basílica de São Paulo
Na próxima segunda-feira o mosaico com a imagem do Papa Francisco será colocado na galeria que circunda o interior da Basílica de São Paulo Extramuros na Via Ostiense (em Roma), lugar no qual estão retratados todos os Pontífices da Igreja, desde o Apóstolo São Pedro até o Papa Bergoglio.

O mosaico foi apresentado ao Santo Padre no arco dos Sinos no Vaticano antes da Audiência Geral desta quarta-feira, 4,  pelo Cardeal Arcipreste da Basílica Dom James Michael Harvey, o Abade Beneditino de São Pulo, Edmund Power, o Cardeal Angelo Comastri, e o Presidente e delegado da Fábrica de São Pedro o Bispo Vittorio Lanzani.

Também estiveram presentes na apresentação da imagem, os artesãos do Estudo do Mosaico do Vaticano da Fábrica de São Pedro que desenharam o mosaico redondo. O rosto do Pontífice foi tirado de uma fotografia.Este mesmo estúdio de arte, logo depois de um incêndio em 1823, foi o que realizou os mosaicos  de todos os Pontífices da história exibidos no interior da Basílica Maior de São Paulo.


Fonte: ACI Digital

DEUS É FIEL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTE N°