VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 16 de novembro de 2013

SINTONIZE TODOS SÁBADO NA RADIO PINTO MARTINS "PROGRAMA CRISTO É VIDA"




Desde sua Estreia neste sábado(16/11) na rádio Pinto Martins,o programa  católico Cristo é Vida, vem sendo mais um dos meios de Evangelização. O programa liderados pelos servos do grupo Cristo é Vida Gessivandro Queiroz, Cassio José e Kiko,  vai ao ar todo sábado  às 14:00 hs sendo  um novo espaço para a Renovação Carismática Católica divulgar os eventos, projetos e missões, além de abordar conteúdos de evangelização, levar noticias dos eventos paroquiais, formação e o melhor da musica católica.

Todo o conteúdo do programa será produzido pelo grupo de Oração Cristo é Vida, visando à formação dos católicos e promovendo a divulgação da Renovação Carismática e Nossa Igreja católica. O programa Cristo é Vida vai ao ar todo sábado, às 14:00, na rádio Pinto Martins 98,7 de Camocim-CE.

Você pode acompanhar o programa  CLICANDO  NA IMAGEM ABAIXO, através do site da rádio: 
http://fmpintomartins.webnode.com.br/


sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Programe-se! Hoje começa o Rejubilar 2013, micareta católica de Sobral

A REJULBILAR
Vivemos em meio à cultura de morte, jovens sendo violentados por vícios, exclusão, indiferença, depressão, um grande vazio existencial. Podemos sim, como igreja proporcionar um NOVO ACONTECIMENTO na vida dos jovens. O Papa Francisco nos diz: SEJAM REVOLUCIONÁRIOS. SAIAM DOS MUROS. VÃO AS RUAS…

O Rejubilar acontece há 17 anos, como forma de proporcionar um jeito novo para a juventude que gosta de som, ritmo, cores, luzes, diversão, encontro com amigos. Uma realização da Renovação Carismática Católica da Diocese de Sobral. Agora com o NOVO FORMATO, estilo de Micareta, estamos sentindo que a juventude tem aderido demais.
Mas não podemos nos conformar só com isso, temos muito a fazer pela juventude. Temos que abrir portas para o jovem descobrir Deus na alegria, diversão sadia.
DIAS: 14 A 16 NOV 2013
SOBRAL-CE
ABBAPAI – 20,00
PARA TIPOS DE HOSPEDAGEM – 88 96134449 / 9440.8670
ATRAÇÕES – COSME, DIEGO FERNANDES, KATIANE SILVA, DIVINA LUZ, SWINGUERA DE CRISTO E MUITO MAIS….
ENCAMINHE PARA TODOS OS SEUS CONTATOS. DEUS ABENÇOE A TODOS.
Fraternalmente,
Robério Cavalcante
Coord RCC-Diocese de Sobral
88 96134449

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Encontro Nacional reunirá presbíteros em 2014

Encontro Nacional reunirá presbíteros em 2014
Presbíteros de todo o Brasil participarão entre os dias 5 e 11 de fevereiro de 2014 do 15º Encontro Nacional de Presbíteros, no Santuário Nacional de Aparecida.

A partir do tema “Concílio Vaticano II e os presbíteros da Brasil: testemunhas de fé, esperança e caridade”, o evento de porte nacional trabalha as virtudes teologais da Fé, esperança e caridade.

“Antes de tudo, o padre é um homem de Fé, esperança e caridade, que vem do meio do povo, e deve ser testemunha dessas virtudes”, explicou o Padre José Maria Ribeiro, presidente da Associação Nacional de Presbíteros do Brasil.

Ainda segundo o sacerdote, os regionais de todo Brasil estão se preparando para o encontro de Aparecida à partir de um texto-base que foi elaborado por dois teólogos da Arquidiocese de São Paulo.

Fonte: Gaudium Press

Igrejas cristãs arrecadam bilhões de reais em dízimos e ofertas todo ano, segundo a Receita Federal

Igrejas cristãs arrecadam bilhões de reais em dízimos e ofertas todo ano, segundo a Receita Federal
O dízimo e outras contribuições financeiras para igrejas estão entre os temas mais controversos quando o assunto é religião. Vista por muitos cristãos como um “princípio bíblico” e criticada por muitas pessoas, sobretudo devido à famigerada teologia da prosperidade, a prática de doar a décima parte de seus ganhos à igreja movimenta bilhões de reais anualmente no Brasil.
Por meio da Lei de Acesso à Informação, a Receita Federal divulgou recentemente os números das doações feitas por fiéis em igrejas evangélicas e católicas, revelando que R$ 39,1 milhões são entregues diariamente às instituições religiosas.
No ano de 2011, foram R$ 20,6 bilhões arrecadados pelas igrejas (católicas e evangélicas), dos quais R$ 14,2 bilhões vieram exclusivamente das doações, o equivalente ao orçamento anual do estado do Amazonas. Segundo a Receita, do total arrecadado pelas igrejas, R$ 3,47 bilhões vêm por meio do dízimo e R$ 10,8 bilhões por outras doações voluntárias. As igrejas arrecadaram ainda, em 2011, R$ 3 bilhões através da venda de bens e serviços, e R$ 460 milhões em aplicações financeiras.
Apesar de muitos acreditarem que o rol de dizimistas das igrejas, principalmente evangélicas, é formado apenas por apenas fiéis sem instrução, mais vulneráveis à persuasão dos líderes religiosos, uma reportagem da Folha de S.Paulo mostrou que entre os dizimistas estão também fiéis com alto grau de instrução.

Rede Nacional de Intercessão: O Amor fraterno

altSentimo-nos na obrigação de incessantemente dar graças a Deus a respeito de vós, irmãos. Aliás, com muita razão, visto que a vossa fé vai progredindo sempre mais e desenvolvendo-se a caridade que tendes uns para com os outros. De sorte que nos gloriamos de vós nas igrejas de Deus, pela vossa constância e fidelidade no meio de todas as perseguições e tribulações que sofreis. (ITes 1,3-4).
Percebemos neste trecho da carta aos Tessalonicenses que São Paulo atribui à caridade (ou amor fraterno) entre os irmãos um papel fundamental no fortalecimento e na manutenção da fé do cristão. Para o apóstolo, o amor fraterno é um imperativo que todo cristão deve praticar afim de que sejam considerados nascidos de Deus.
O amor fraterno é um sentimento de carinho, de dedicação, de interesse pelo outro, gerando sentimentos positivos e construtivos, podendo até em certos momentos, levar o indivíduo a fazer grandes sacrifícios, que só seria capaz de fazer por ele mesmo.
Geralmente, este sentimento fraternal acontece entre irmãos, que podem ter afinidade sanguínea ou não. É um sentimento de dedicação absoluta, sem qualquer outro interesse, que não seja o fazer o bem,  sem jamais desejar algo em troca. Muitas vezes estes sentimentos de afeto que ligam as pessoas, são decorrentes não só de laços familiares, como religiosos ou patrióticos.

O sol da justiça brilhe para nós


alt"Eis que o Dia há de chegar, como forno aceso a queimar. Os atrevidos, os que praticam injustiças, o Dia que há de vir, como palha, vai incendiar – diz o Senhor dos exércitos –, sem deixar-lhes sobrar nem raízes nem ramos. Mas para vós que tendes o meu temor, o sol da justiça há de nascer, trazendo o alívio em suas asas. (Ml 3, 19-10). "Océu e a terra de hoje estão sendo reservados para o fogo, guardados para o dia do juízo e da perdição dos ímpios.Ora, uma coisa não podeis desconhecer, caríssimos: para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos como um dia. O Senhor não tarda a cumprir sua promessa, como alguns interpretam a demora. É que ele está usando de paciência para convosco, pois não deseja que ninguém se perca. Ao contrário, quer que todos venham a converter-se. O dia do Senhor chegará como um ladrão, e então os céus acabarão com um estrondo espantoso; os elementos, devorados pelas chamas, se dissolverão, e a terra será consumida com todas as obras que nela se encontrarem. Se é deste modo que tudo vai desintegrar-se, qual não deve ser o vosso empenho numa vida santa e piedosa, enquanto esperais e apressais a vinda do Dia de Deus, quando os céus em chama vão se derreter, e os elementos, consumidos pelo fogo, se fundirão? O que esperamos, de acordo com a sua promessa, são novos céus e uma nova terra, nos quais habitará a justiça (2 Pd 3, 8-13).

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Semana Nacional de liturgia celebra 50 anos da Sacrosanctum Concilium

27semanaliturgia2013As celebrações litúrgicas revelam a compreensão e o jeito de ser Igreja. Com este pressuposto, a Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da CNBB promove a 27ª Semana Nacional de Liturgia, de 14 a 18 de outubro, em São Paulo. O evento celebra os 50 anos da publicação da constituição Sacrosanctum Concilium, do Concílio Vaticano II.
“Nosso objetivo será reavivar a consciência da profunda relação que há entre a liturgia renovada pelo Concílio e a Igreja, Povo de Deus, ouvinte da Palavra, aberta ao diálogo e ao serviço do Reino no mundo”, explica o assessor da Comissão, frei Faustino Paludo. As outras constituições conciliares também deverão ser estudadas no evento, inclusive o decreto Unitatis Redintegratio, sobre o ecumenismo.
Paludo explica que a reflexão a ser feita na Semana Nacional retoma a proposta de uma liturgia que seja, de fato, fonte e cume da vida da Igreja. A pauta do evento inclui uma retomada histórica sobre as adaptações feitas do Concílio para a realidade brasileira, bem como do movimento de renovação litúrgica. O bispo auxiliar de São Paulo, dom Edmar Peron, estará presente no evento e tratará da relação entre a liturgia e a Palavra de Deus.

JESUS NO LITORAL 2014 – UM NOVO JÁ TEMPO COMEÇOU

Está chegando mais uma vez o momento de vermos a juventude reunida, caminhando pelas ruas e anunciando o Amor de Deus. Falta menos de três meses para a 3ª edição da Missão Jesus no Litoral – Uma Virada Radical no estado do Ceará.
Se você não conhece esta Graça, este texto foi escrito para você. E se você conhece ou já participou das duas primeiras edições leia também, pois Cristo quer reinflamar o carisma que há em ti.
O Jesus no Litoral nasceu com a juventude carismática do Paraná, logo após a Jornada Mundial da Juventude de Toronto no Canadá, em 2002, cujo tema foi “Vós sois o sal da terra... Vós sois a luz do mundo" (Mt 5,13-14), após as fortes palavra do Beato João Paulo II sobre a missão da juventude, quando dizia:
O mundo que haveis de herdar tem, desesperadamente, necessidade de um sentido renovado da fraternidade e da solidariedade humanas. Trata-se de um mundo que precisa de ser sensibilizado e curado pela beleza e pela riqueza do amor de Deus. O mundo contemporâneo precisa de testemunhas deste amor... 
Como apóstolos do terceiro milênio, cabe a vós conservar e manter viva a consciência da presença de Jesus Cristo, nosso Salvador... 
Seguindo Cristo, deveis transformar e melhorar o "sabor" da história humana. Com a vossa fé, esperança e amor, com a vossa inteligência, fortaleza e perseverança, deveis humanizar o mundo em que vivemos.
Até mesmo uma pequena chama pode dissipar o obscuro véu da noite. Quanto maior será a luz que vós fareis se, todos juntos, vos unirdes como um só na comunhão da Igreja! Se amais Jesus, amai a Igreja! Não desanimeis perante os pecados e as faltas de alguns dos seus membros. (Homilia – 28/07/2002)

A importância do Batismo no Espírito Santo

A importância do Batismo no Espírito Santo

O acontecimento decisivo para a Igreja iniciar a missão recebida de Jesus deu-se por ocasião do seu batismo no Espírito. Todos os presentes no cenáculo de Jerusalém foram mergulhados ou imersos no poder do Espírito Santo. Esta experiência pentecostal passará a ser prática normal para a vida e crescimento da Igreja. O ensino bíblico e também da Igreja primitiva, não deixa margens para dúvidas: a vida cristã autêntica começa com a decisão de seguir a Jesus, que para se manter necessita do dom do Espírito Santo. O motivo é muito simples: Jesus é aquele “ que batiza no Espírito Santo” (Mt 3,11; Mc 1,8; Lc 3,16; Jo 1,33). A vinda do Espírito Santo em Pentecostes abriu as portas do cenáculo para a Igreja ser apresentada para o mundo com impacto “ veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso…”(Atos 2,2). Neste dia cumpriram-se as promessas de Jesus:


“ Eu vos mandarei o Prometido de meu Pai; entretanto, permanecei na cidade, até que sejais revestidos da força do alto.”(Lc 24,49);

Conheça Nicolás, o menino que emprestou o seu anjo da guarda ao Papa

Conheça Nicolás, o menino que emprestou o seu anjo da guarda ao Papa
Nicolás Marasco é um adolescente argentino de 16 anos que sofre de encefalopatia crônica não evolutiva, não pode falar; porém, graças a seus pais pôde “escrever” uma carta ao Papa Francisco para dizer a ele que “todas as noites” pede ao seu anjo da guarda que o cuide e lhe ajude em seu pontificado.


A carta, escrita por Marisa e Fernando, é a seguinte:


“Querido Francisco: sou Nicolás e tenho 16 anos. Como eu não posso te escrever (porque ainda não falo nem caminho), pedi aos meus pais que o façam no meu lugar, porque eles são as pessoas que mais me conhecem.


Quero contar-te que quando tinha seis anos, no meu colégio que se chama AEDIN (Associação em Defesa do Infante Neurológico) o Padre Pablo me deu a primeira comunhão, e neste ano, em novembro, receberei a crisma, algo que me dá muita alegria.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Restos mortais de São Pedro serão expostas pela primeira vez na História ao público, dia 24 de Novembro, com a presença do Papa Francisco.

Tumulo de Sao Pedro, graffiti
Pela primeira vez, os restos venerados como os de São Pedro, primeiro apóstolo e primeiro Papa da Igreja, sairão das grutas localizadas sob a basílica vaticana para serem expostos ao público, anunciou um prelado do Vaticano.
Este evento excepcional irá ocorrer para celebrar o encerramento do “Ano da Fé”, no dia 24 de novembro, na presença do Papa Francisco.
Em uma coluna publicana na edição deste sábado do jornal do Vaticano, o Osservatore Romano, o presidente do Conselho Pontifício para a Nova Evangelização, o arcebispo italiano Rino Fisichella, anunciou que um último gesto para coroar este ano consistirá em “expor pela primeira vez as relíquias que a tradição reconhece como as do apóstolo que deu aqui sua vida pelo Senhor”.
Bento XVI lançou o “Ano da Fé” em outubro de 2012 e foram realizadas múltiplas celebrações na praça de São Pedro
**

A emocionante descoberta dos ossos de São Pedro

“Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja” (Mt XVI,18). 
As divinas palavras de Jesus concedendo o primado a São Pedro convidam os católicos de todos os tempos a se interessar, cheios de veneração, por tudo o que se refira ao primeiro Papa. 
E, pelo contrário, os anticatólicos tendem a atacar o quanto podem o primado do Príncipe dos Apóstolos.
Os protestantes chegaram a impugnar gratuitamente até a autenticidade daquelas palavras de Nosso Senhor a São Pedro. 
Negaram mesmo, junto com racionalistas e comunistas, que ele tenha estado em Roma e, portanto, que tenha exercido lá o papado.
Mas através dos séculos foram surgindo documentos provenientes dos mais diversos pontos da cristandade primitiva, confirmando a tradição católica. 
As provas foram tão acachapantes, que os anticatólicos praticamente ficaram reduzidos ao silêncio quanto a esses pontos. 
Um dos principais historiadores protestantes, A. Harvach, reconheceu que já não merece o nome de historiador quem puser em dúvida que São Pedro tenha exercido seu ministério em Roma.