sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Mãe de Jesus, Nossa Senhora dos muitos títulos

Maria é mãe e modelo da Igreja, que acolhe na fé a Palavra divina e se oferece a Deus como ‘terra fecunda’ onde Ele pode continuar a cumprir o seu mistério de salvação
(Papa Bento XVI. Homilia de 1° de Janeiro de 2012. Solenidade da Santíssima Mãe de Deus).
 
altPorta do Céu, Estrela da Manhã, Nova Eva, Virgem Puríssima, Rainha da Paz, Senhora de Pentecostes, Arca da Aliança... Muitos sãos os nomes com os quais podemos chamar a Mãe de Jesus. Por isso ela é, também, a Senhora dos mil nomes. Particularmente, gosto de repetir algo que ouvi certa vez e chamá-la de “a primeira carismática”, pois ela, mais que todos, experimentou plenamente o Espírito Santo em sua vida, que a cumulou de dons e a fez “Cheia de Graça” (Lc 1,28).
Maria é para nós o modelo do cristão. Recorda-nos aquilo para o que fomos feitos. O plano original de Deus para a humanidade. E, ao nos recordarmo-nos nela, ela intercede por nós a fim de que também possamos dizer o nosso “Sim” constante e diário à Vontade do Pai. A propósito, escutamos com muita frequência sobre o Fiat de Maria pronunciado quando da anunciação do anjo e que lemos no Magnificat. Como disse, certa vez, o pregador da Casa Pontifícia, Pe. Raniero Cantalamessa: “Na verdade, Maria nunca disse ‘Fiat’, porque não falava latim, nem sequer grego. O que com toda probabilidade saiu de seus lábios é uma palavra que todos conhecemos e repetimos frequentemente. Disse ‘Amém!’. Esta era a palavra com a qual um hebreu expressava seu consentimento a Deus, a plena adesão a seu plano”¹.
Maria é o Amém do Pai, o puro e incondicional “Sim” à Sua Santa Vontade. E é nesta escola mariana que precisamos aprender como fazer da nossa vida um sim cotidiano. Desde que Jesus deu Maria por mãe a João: “Mulher, eis aí teu filho” (Jo 19,26), fazendo dela a Mãe da Igreja, esta, por sua vez, vem aprendendo e ensinando tal realidade a todos os fiéis, pois deste dia em diante, Nossa Senhora passaria não apenas a olhar por João, mas a partir deste Apóstolo, ela deveria proteger e ensinar a todos os discípulos de Jesus, dentre os quais estamos você e eu.
Não há porque ter restrições a Maria. Uma vez que Deus a constituiu a mãe de Nosso Senhor, é impossível separá-la de Jesus. A vida de Maria só pode ser entendida a partir da vida de Jesus. Do mesmo modo, não se pode separar Maria do Espírito Santo, pois sua vida foi toda repleta e preenchida por Ele. Por tamanha união, ela é a esposa do Espírito Santo. A própria existência do Filho implica uma união da esposa e do esposo para gerá-Lo. Esta união é Maria e o Espírito Santo. União que não há como separar mais um do outro, pois é eterna. O que o Espírito operou em Maria, assim o faz com a Igreja, da qual Nossa Senhora é “espelho”.
Se quisermos ser cheios do Espírito Santo, devemos aprender na escola de Maria. A escola de Pentecostes onde ela é a Mestra e, ademais, juntos com os primeiros discípulos aprendemos a chamá-la de Mãe e Mestra. Se quisermos chegar ao Pai e experimentar o seu amor, devemos nos achegar à Maria. Ela, sobre quem o Pai manifestou o seu amor à humanidade fazendo sair de um ser humano o seu Divino Filho. Finalmente, se quisermos ir a Jesus, precisamos passar por Maria. Assim como ninguém vai ao Pai senão pelo Filho, o meio mais rápido e eficaz de chegar ao Filho é pela Mãe. Isto é uma realidade inegociável: precisamos passar por Maria! Por isso ela é a Porta do Céu. E para irmos ao céu, podemos atravessar pela porta que é a Mãe.
Por ela passam todas as graças do Filho, por ela passaremos todos também quando findar nossa vida. Vemos em tudo isso o poder de sua intercessão e por esta razão intensificamos nossas orações ao pedir para ela rogar por nós: agora e na hora de nossa morte. Amém.
___
Nota:
1 – Pe. Raniero Cantalamessa. Conferência Nacionalde Teologia - Pastoral "O Espírito Santo, o Senhor e doador da vida". 11 de fevereiro de 1998. Acesso em http://www.cantalamessa.org/?p=1953.
 
Francisco Elvis Rodrigues Oliveira
Grupo de Oração Comunidade Católica Transfiguração
Fortaleza - CE

Olhar para Maria sedentos dos sinais de Deus


altMaria, Mãe de Deus e nossa Mãe, Nossa Senhora de Nazaré, aqui estamos, mais uma vez, para conversar contigo e de ti aprendermos a viver com Jesus, de Jesus e para Jesus. Conduze-nos a Ele, para que recebamos seu amor e sua graça.
Muitas imagens e pinturas foram feitas para retratar-te, ó Maria. Quantos títulos foram cunhados pelos poetas e pelo povo, porque Deus te deu a graça de manifestar-te, modelo e intercessora, em muitas partes desta terra de nosso Deus. Aqui no mundo do Círio, és chamada de Nossa Senhora de Nazaré! Deixa-nos entrar um pouco no mistério que revelas em tua imagem. Deixa-nos levá-la por nossas ruas, porque sabemos que entraste, Viva, Senhora, Irmã e Mãe, em nossos corações. Permite-nos estender as mãos e olhar para ti, como gente sedenta dos sinais que nos conduzem a Deus!
Ao olhar para tua imagem de Nazaré, nós te contemplamos Mãe, simples e amiga. Teu rosto mostra seriedade e serenidade, delicadeza e firmeza. Por isso olhamos para ti, pois nos mostras o que sonhamos e o que desejamos testemunhar. Sim, ó Virgem de Nazaré, tu és bendita entre as mulheres, a honra de nosso povo, e em ti se encontra o que queremos ser! Obrigado por nos atraíres a ti, à tua glória, tua berlinda e tua presença amorosa.
E vemos que tu tens nos braços o Menino Jesus, em cujas mãos está o mundo. Uma criança, com o mundo nas mãos! Parece tão pequena e tão grande esta criança, capaz de carregar o peso de tudo o que o mundo é! Tu tiveste com o Menino Jesus tamanha intimidade, que participaste de seus sentimentos e o acompanhaste, quando crescia em idade, sabedoria e graça diante de Deus e dos homens. Com ele caminhaste pelas estradas do mundo, tu o levaste pelos caminhos do Egito, com ele voltaste a Nazaré, dali a Jerusalém, Caná, Galileia das Nações, ruas e Cenáculo, sempre estiveste com Ele e para Ele viveste, Mãe e Discípula. Dá-nos entrar contigo no mistério do mundo! Ajuda-nos a anunciar a todos a salvação que Ele nos trouxe.
Tudo foi feito por Deus em Jesus Cristo e sem Ele nada se fez. Deus fez todas as coisas para um destino de felicidade, tanto que olhou para a sua obra e ficou muito feliz. Olhamos contigo para o bem que existe na Obra realizada por Deus. Desejamos descobrir sempre as entranhas de bondade presentes em toda a sua Obra. Contigo queremos passear pelo mundo, sonhando com o Jardim que Deus criou!

Filho perdoa pai que lhe injetou o vírus do HIV para não pagar pensão alimentícia.


article-0-0D282AAB000005DC-498_468x409

O americano Brryan Jackson, 22 anos, concedeu uma entrevista ao canal Fox News 2 contando que perdoa seu pai e que está orando por sua salvação, uma reação surpreende já que seu pai está preso por tentar matá-lo quando ele ainda era um bebê.
Quando tinha 11 meses de idade Brryan foi infectado com sangue contaminado pelo vírus HIV. Foi Brian Stewart, seu pai, quem injetou o vírus com uma seringa querendo matá-lo para não pagar pensão alimentícia.
Stewart foi processado por agressão de primeiro grau e foi condenado à prisão perpétua. Brryan tem o vírus da AIDS desde os cinco anos e não guarda mágoas de seu pai, dizendo que a fé cristã o ensinou a ter compaixão.
Apesar da doença, o jovem não se abateu e com apoio de médicos conseguiu estudar e evitar obstáculos como o preconceito. Hoje ele trabalha em uma ONG voltada para ajudar pessoas contaminadas com HIV e pretende seguir carreira política e trabalhos missionários.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Ministério para Crianças: Uma resposta ao clamor espiritual dos pequeninos


altFrancisco de Assis Barbosa de Albuquerque é um alagoano que, aos 45 anos, vive intensamente a realidade econômica e social que crianças de seu bairro enfrentam com as drogas, prostituição, violência física e alcoolismo. Por isso, sentiu em seu coração a necessidade de coordenar o Ministério para Crianças da RCC de Maceió e junto dele, o PROJETO COMUNIDADE CRIATIVA JAC- Jovens Amigos de Cristo - CCJAC – localizada entre os Bairros Chã de Jaqueira e Santo Amaro , na cidade de Maceió.
altO projeto iniciado em 11 de junho de 2012 busca resgatar crianças, adolescentes e seus familiares para se achegarem a Cristo e buscarem uma nova realidade em suas vidas. Francisco conta que iniciativa se deu pela concretização de um chamado, feito a ele: “Durante três dias fui acordado com barulhos de tiros vindo do Complexo (conjunto de grotas), que fica próximo a minha residência. No último dia, uma voz falava alto em meu interior O som tem que ser outro’.  Fiquei inquieto e passado uma semana desci e falei com Murilo, um líder comunitário, expliquei para ele do meu desejo, e de como tinha acontecido o chamado”.
Desta forma, Francisco conseguiu uma casa centralizada para começar um trabalho com as crianças. Para isso, ele precisou ser apresentado aos moradores, para ser conhecido por eles e falar de seu projeto.

Redescubra o valor da devoção mariana

Imagem de DestaqueOutubro e a Virgem Maria
 
 Enquanto celebramos, aqui em nossa Arquidiocese, as festividades de Nossa Senhora da Penha há 378 anos – uma antiga devoção da Igreja que peregrina no Rio de Janeiro – muitas outras manifestações em louvor a Bem-Aventurada Virgem Maria estão acontecendo, pois o mês de outubro é rico em devoções marianas. A festa de Nossa Senhora do Rosário, aqui celebrada com a festa da “Senhora do Rosário”, e as tradições da Região Norte presentes nesta capital como o “Círio de Nazaré”, se unem a todo o Brasil com a festa da padroeira principal de nosso país.

Apóstolo Valdemiro Santiago forma dupla sertaneja com o cantor Valdemiro Goiano e lança novo CD: “Na hora de Deus”

Apóstolo Valdemiro Santiago forma dupla sertaneja com o cantor Valdemiro Goiano e lança novo CD: “Na hora de Deus”
O apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus (IMPD), lançou recentemente o seu terceiro CD. Intitulado “Ap. Valdemiro Santiago & Valdemiro Goiano – Na hora de Deus”, o disco é o primeiro trabalho musical do fundador da IMPD ao lado de outro cantor, e é marcado pelo estilo sertanejo de raiz.
O cantor Valdemiro Goiano, que faz dupla com Santiago no CD, já vem acompanhando o líder da Igreja Mundial em eventos promovidos pela denominação. Lançado pela gravadora WS Music, empresa ligada a Valdemiro Santiago, o CD contém dez músicas e, na 11º faixa, uma oração feita por Santiago e por sua esposa, a bispa Franciléia.

Maior líder muçulmano da Arábia Saudita volta a pedir a destruição de todas as igrejas cristãs.



ataques_cristaosDiante do crescente movimento anticristão em diferentes países do Oriente Médio e do norte da África nos últimos meses, o sheik Abdullah bin Abdul Aziz, afirmou que é necessário “destruir todas as igrejas” da região.
Ele é o grão-mufti da Arábia Saudita, maior autoridade espiritual da nação que é berço do Islamismo. Segundo a Missão Portas  Abertas., é o segundo país que mais persegue os cristãos. O líder religioso é o chefe do “Conselho de Ulama” [eruditos islâmicos] e da Comitê Permanente para a Investigação Científica e Emissão de Fatwas (decretos religiosos). Suas palavras sempre têm grande repercussão, sobretudo entre os muçulmanos sunitas.
Sua afirmação recente é a mesma que foi divulgada no ano passado. Desta vez o motivo foi a divulgação que enquanto países como o Kuwait proíbem a construção de novas igrejas, em junho foi inaugurado um novo templo cristão perto de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Outra está em construção em Abu Dhabi.

A cura do cego de Jericó, a nossa cura

A cura do cego de Jericó, a nossa cura

Uma das certezas mais fortes revelada nos evangelhos é a de que receber a Jesus, significa também receber a cura p/ todas as enfermidades.


Neste espírito, vamos juntos abrir as nossas Bíblias em Marcos 10,46-52. Este evangelho não fala somente de mais uma das curas de Jesus.


Ele é especial! Por quê?


Este evangelho é diferente, é a única cura onde é revelado o nome da pessoa.


Em Marcos 10,46 lemos:
“Chegaram a Jericó. Ao sair dali Jesus, seus discípulos e numerosa multidão, estava sentado à beira do caminho, mendigando, Bartimeu, que era cego, filho de Timeu.”

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Pontifícias Obras Missionárias do Brasil promovem campanha

Pontifícias Obras Missionárias do Brasil promovem campanha
‘Juventude em missão’ é o tema da campanha deste ano promovida pelas Pontifícias Obras Missionárias do Brasil com o objetivo de chamar a atenção dos cristãos sobre seu compromisso com a missão universal da Igreja, durante o mês missionário celebrado em outubro.

O Secretário Nacional da Pontifícia Obra de Propagação da Fé, Pe. Marcelo Gualberto, lançou aos jovens brasileiros um convite a uma maior participação nas atividades missionárias e explicou à Agência Fides “como a missão deve contar com o dinamismo e generosidade da juventude”.

O Papa reza pelas vítimas do naufrágio em Lampedusa

O Papa reza pelas vítimas do naufrágio em Lampedusa
Em suas palavras pronunciadas depois da oração do Ângelus, o Papa Francisco recordou as vítimas do recente naufrágio de imigrantes africanos na ilha de Lampedusa (Itália).


Lampedusa é, há muitos anos, o ponto de chegada de vários imigrantes que tentam entrar na Europa.


Na quinta-feira, 3 de outubro, uma embarcação com aproximadamente 518 imigrantes naufragou nas águas do Mediterrâneo, deixando um saldo de pelo menos 300 vítimas.

Católicos nos EUA ainda conservam as taxas mais baixas de divórcio

Católicos nos EUA conservam as taxas mais baixas de divórcioUm estudo revelou que apesar de contar com taxas de divórcio significativas, os católicos nos Estados Unidos têm menos probabilidades de divorciar-se que aqueles que professam outras religiões.
“Embora as taxas de divórcio dos católicos sejam menores que a média de divórcios nos Estados Unidos, a cifra continua sendo desalentadora”, informou o Centro de Investigação Aplicada ao Apostolado da Universidade de Georgetown em Washington DC.
Em 26 de setembro, o grupo de investigação explicou no seu blog oficial que o divórcio entre os católicos “representa mais de 11 milhões de pessoas”, muitas das quais “provavelmente estejam precisando de um maior alcance e contínuo ministério da Igreja”.
Agora “os católicos representam 28 por cento dos casais que se divorciaram”. 40 por cento do resto não tem filiação religiosa, 39 por cento se confessa protestante e 35 por cento de outra confissão religiosa.
Segundo as cifras, os católicos que se casam com outros católicos também têm menos probabilidades de divorciar-se que os católicos casados com pessoas de outras religiões.
 

©2012 Grupo Renascer | Template Grupo Grupo Renascer by