sábado, 18 de maio de 2013

Peregrinação promovida pelo Shalom a Roma e Terra Santa começa nesta sexta



Igreja de São Lorenzo em DamasoNo Ano da Fé os cristãos são convidados pela Santa Sé a peregrinar rumo à renovação de sua esperança no Evangelho. Em obediência à voz da Igreja, a Comunidade Católica Shalom promove, de sexta-feira, 17, a 27 de maio, a peregrinação “Pentecostes com o Papa” em Roma e na Terra Santa.

“Queremos, como comunidade, peregrinar a Roma, para nos colocar mais uma vez 'aos pés de Pedro' e ali ser renovados, no espírito de Pentecostes, para ser instrumentos do anúncio do Evangelho aos confins da Terra, às periferias do mundo, onde jazem aqueles que desconhecem a beleza do amor de Deus”, afirma o fundador do Shalom, Moysés Azevedo.

Entre as principais atividades, estão a vigília e a Missa de Pentecostes com o Santo Padre e a visita aos lugares da Terra Santa: Mar da Galiléia, Monte Tabor, Rio Jordão, Monte das Oliveiras, Caná da Galiléia, Jerusalém.

Confira a programação da viagem a Roma e veja os locais no mapa abaixo:

*Os peregrinos receberão em Roma a programação da viagem à Terra Santa.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

CNBB divulga nota sobre “uniões estáveis de pessoas do mesmo sexo”.


Na quinta-feira, 16 de maio, na coletiva de imprensa que apresentou o balanço da reunião do Conselho Episcopal Pastoral (CONESP), foi divulgado uma nota sobre uniões estáveis de pessoas do mesmo sexo, diante da Resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que dispõe sobre a “habilitação, celebração de casamento civil, ou de conversão de união estável em casamento, entre pessoas de mesmo sexo”. De acordo com a entidade, “o matrimônio natural entre o homem e a mulher bem como a família monogâmica constituem um princípio fundamental do Direito Natural”.
Nota sobre uniões estáveis de pessoas do mesmo sexo
Nós, bispos do Conselho Episcopal Pastoral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, reunidos em Brasília-DF, nos dias 14, 15 e 16 de maio de 2013, dirigimo-nos a todos os fiéis e pessoas de boa vontade para reafirmar o princípio da instituição familiar. Desejamos também recordar nossa rejeição à grave discriminação contra pessoas devido à sua orientação sexual, manifestando-lhes nosso profundo respeito.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Igreja Católica, mãe das universidades



Os estudantes universitários normalmente têm um conhecimento pouco profundo sobre a Idade Média; e porque muitos são mal informados, acham que foi um período de ignorância, superstição e repressão intelectual por parte da Igreja católica. No entanto, foi exatamente na Idade Média que surgiu a maior contribuição intelectual para o mundo: o sistema universitário.
A universidade foi um fenômeno totalmente novo na história da Europa. Nada como ele existiu no mundo grego ou romano afirmam os historiadores.
O ensino superior na Idade Média era ministrado por iniciativa da Igreja. A Universidade medieval não tem precedentes históricos; no mundo grego houve escolas públicas, mas todas isoladas. No período greco-romano cada filósofo e cada mestre de ciências tinham “sua escola”, o que implicava justamente no contrário de uma Universidade. Esta surgiu na Idade Média, pelas mãos da Igreja Católica, e reunia mestres e discípulos de várias nações, os quais constituíam poderosos centros de saber e de erudição.

Sacerdote culpado de abusos no Chile foi expulso do estado clerical.


ACI

A Arquidiocese de Santiago do Chile informou que depois do devido processo penal feito ao Padre Héctor Valdés Valdés, acusado de abusos sexuais contra dois menores de idade, o presbítero foi culpado e foi condenado à pena perpétua de demissão do estado clerical e foi, além disso, expulso do instituto religioso ao que pertencia.
Em um comunicado de imprensa divulgado pelo Departamento de Comunicações da Arquidiocese de Santiago, informa-se que em maio de 2012 a Congregação para a Doutrina da Fé encarregou ao Arcebispo de Santiago, Dom Ricardo Ezzati, instruir um processo administrativo penitenciário contra o Padre Valdés.
Logo depois de concluído o processo penal e conforme o Direito Canônico e as normas da Santa Sé sobre os delitos mais graves, o “sacerdote Valdés foi declarado culpado do delito de abusos sexuais de menores de idade contra duas vítimas, e de abuso de ministério”.
O texto precisa ademais que “com a autorização da Congregação para a Doutrina da Fé, condenou-se o Padre Valdés à pena perpétua de demissão do estado clerical e de demissão do Instituto religioso ao que pertence. Em consequência, fica retirado por toda a vida do exercício do ministério sacerdotal e da vida religiosa”.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Rede de Intercessão - Maio 2013

FotoA Palavra de Deus na Intercessão

A intercessão deve ser exercida com profetismo e por isso não podemos exercer o Ministério apenas na dimensão da súplica; é necessário dialogar com o Senhor e escutá-lo para que Ele mesmo dirija a nossa oração e assim poderemos exercer também a dimensão profética no exercício do nosso Ministério.

Para que o intercessor desenvolva a capacidade de escutar o Senhor na oração é fundamental que ele seja assíduo na meditação da Sagrada Escritura. Não somente meditar a Palavra, mas experimentá-la em sua vida e nos momentos de intercessão.

Jesus é a Palavra encarnada, por isso devemos exercer nosso ministério na força e no poder da Palavra de Deus, pedindo sempre ao Espírito Santo que nos dê o dom do entendimento para podermos compreendê-la. Uma forma eficaz para o intercessor meditar e compreender a Palavra de Deus é a Lectio Divina.

Primeira carta da Beata Elena Guerra para o papa Leão XIII


altNeste tempo de preparação à Festa de Pentecostes, vamos publicar algumas cartas da Beata Elena Guerra para o Papa Leão XIII sobre o Espírito Santo.
 
Em 17 de abril de 1895.

Santíssimo Pai,

Uma pobre filha de Vossa Santidade, já há mais de sete anos, deseja ardentemente manifestar ao comum Pai dos Fiéis, um vivo desejo; depois de ter por tanto tempo guardado e rezado, finalmente lhe decide expor com tanto apreço.

Santo Padre, o mundo é mal, o espírito de satanás triunfa na pervertida sociedade e uma multidão de almas se distancia do Coração de Deus. Nestas tristes condições, os cristãos não pensam em dirigir unânimes súplicas Àquele que pode “renovar a face da terra”.

Fazem tantas novenas e isso é bom. Mas, a única que foi pedida pelo próprio Salvador e feita por Maria Santíssima e os apóstolos, é agora quase completamente esquecida.

São louvados pelos pregadores todos os santos, mas uma pregação sobre o Espírito Santo, quem a faz?

Sexualidade, forte expressão do amor de Deus



A fonte do amor autêntico é o Deus amor – Deus Trindade – fonte e vida de comunhão, e as três dimensões deste amor – Eros, Amizade e Ágape, que estão sempre interagindo na única realidade do AMOR.

O amor autêntico, numa humanidade marcada pela inclinação ao egoísmo, ao hedonismo e às satisfações desmedidas do ego, frutos do pecado original, precisa ser aprendido e alimentado na sua Fonte.

A vivência desse amor vai amadurecendo a pessoa e tornando-a capaz de doar-se inteiramente por amor e, assim, encontrar a verdadeira alegria, sendo também instrumento de paz nas relações familiares e sociais.

“Deus contemplou toda a sua obra e viu que tudo era muito bom!” Ao criar a diversidade, Deus cria para a relação, como é a sua essência de amor. Relacionar-se envolve todo o ser da pessoa, inclusive e, especialmente, sua sexualidade.

A sexualidade faz parte da identidade mais profunda do ser humano: “É um componente fundamental da personalidade, um modo de ser, de se manifestar, de se comunicar com os outros, de sentir, de expressar e de viver o amor humano”.

Cariocas ganharão dois dias feriados por ocasião da JMJ, prevê prefeitura do Rio.


Jornal do Brasil
 
Com um público estimado em 1,5 milhão de pessoas, a prefeitura do Rio de Janeiro se diz atenta à “imprevisibilidade” da Jornada Mundial da Juventude, o primeiro grande evento da Igreja Católica sob o comando do Papa Francisco – que parece disposto a quebrar o protocolo e fazer alterações de última hora na própria agenda, divulgada na semana passada. Para minimizar o impacto do megaevento – que, segundo estimativas da prefeitura, concentrará um público semelhante a três Réveillons em Copacabana (foto) - na rotina da cidade entre 23 e 28 de julho, os cariocas ganharão ao menos dois dias de feriado em pleno inverno, com a possibilidade de que a folga se estenda até a manhã do dia 29.
O decreto dos feriados depende de aprovação da Câmara Municipal, mas a prefeitura já dá como certa a folga nos dias 25 e 26 de julho, quinta e sexta-feira. Em entrevista exclusiva ao Terra, o presidente da Rioeventos – empresa municipal criada para coordenar os grandes eventos que acontecem na capital fluminense até o próximo ano -, Leonardo Maciel afirmou que a prefeitura ainda estuda a possibilidade de ampliar o decreto até a manhã de segunda-feira, para facilitar a saída dos peregrinos que participarão dos eventos.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

SEJA UM MEMBRO DA FAMILIA DOS ROMEIROS DO SANTUARIO DE FÁTIMA EM SÃO BENEDITO-CE

Unidos pela fé, evangelizando com amor!
Essa nossa família de fé nasceu com o objetivo de melhorar e ampliar as estruturas do Santuário de Fátima da Serra Grande, bem como promover a dignidade do povo de Deus por meio de ações sociais. A cada está aumentando o numero de devotos que chegam a este espaço sagrado para agradecer a Deus e a Nossa Senhora de Fátima pelas graças alcançadas.
Por que participar?
Queremos que os devotos compartilhem conosco das maravilhas que essa abençoada serva de Deus promove na vida de milhares de pessoas. Unidos nessa família de fé vamos difundir o Evangelho e colocar em pratica o amor ao próximo. Com você ao nosso lado vamos trilhar uma linda historia de amor e fé.
Como fazer parte da família dos Romeiros de Fatima da Serra Grande?
Para participar da campanha você precisa fazer seu cadastro, preenchendo uma ficha com todos os dados necessários. Ao fazer isso, você vai ingressar conosco numa linda missão de fé. Também passará a receber, todos os meses uma correspondência com um boleto e nosso informativo.
Saiba que sua doação será espontânea, ou seja, você vai nos ajudar com o quanto puder. Seu ato de caridade e amor poderá ser concretizado numa casa lotérica ou agencia bancaria. O mais importante para nós é saber que você esta ao nosso lado, sempre fiel, com suas mãos estendidas para nossos projetos evangelizadores.

Nossa Senhora de Fátima




                É a grande aparição da Virgem Maria no século XX. Até 1917 era praticamente desconhecido o pequeno lugar de Fátima, não apenas fora de Portugal, mas mesmo dentro do país.
                Perto de Fátima encontra-se a aldeia de Aljustrel, onde nasceram as três crianças Lúcia, Francisco e Jacinta. Os dois últimos eram irmãos e primos da primeira.
                Lúcia era a mais nova de cinco irmãos e foi batizada a 22 de Março de 1907. Era a mais velha dos três videntes da Virgem de Fátima e a que mais diretamente tratou com a Virgem Maria, talvez por ser a mais velha. Tendo falecido os seus dois primos, entrou nas Religiosas Doroteias, em Pontevedra (Espanha) mais tarde, com desejos de viver retirada do mundo, abraçou a vida religiosa carmelita contemplativa. Hoje vive em Coimbra.
                Francisco e Jacinta eram irmãos e filhos de António dos Santos e de Olímpia de Jesus. Francisco nasceu a 11 de Junho de 1908, e Jacinta a 10 de Março de 1910.
                Os três eram simples, humildes e de famílias muito cristãs. Receberam uma formação bastante rigoroso e desde muito pequeninos viram-se obrigados a trabalhar para poderem comer. O seu trabalho consistia especialmente em cuidar das ovelhas.

Por que o ateísmo é tão comum nas universidades?

fonte: blog carmadelio

Antes de a pergunta: “por que o ateísmo é tão comum nas universidades” ser respondida é preciso definir qual o significado da palavra “ateísmo”. Muitas pessoas detém-se na definição etimológica dela, ou seja, a-teísmo quer dizer não-deus. O ateu, portanto, é aquela pessoa que diz que Deus não existe.

Todavia, segundo o Catecismo da Igreja Católica, o ateísmo é algo bastante complexo, com inúmeras facetas. Vejamos:

“Muitos de nossos contemporâneos não percebem de modo algum esta união íntima e vital com Deus, ou explicitamente a rejeitam, a ponto de o ateísmo figurar entre os mais graves problemas do nosso tempo.

O termo ateísmo abrange fenômenos muitos diversos. Uma forma frequente é o materialismo prático, de quem limita suas necessidades e suas ambições ao espaço e ao tempo.
O humanismo ateu considera falsamente que o homem é ’seu próprio fim e o único artífice e demiurgo de sua própria história‘.
Outra forma de ateísmo contemporâneo espera a libertação do homem pela via econômica e social, sendo que a ‘religião, por sua própria natureza, impediria esta libertação, na medida em que, ao estimular a esperança do homem numa quimérica vida futura, o desviaria da construção da cidade terrestre.” (2123-2124)

“Ajuda à Igreja que sofre” doa mais 1 milhão de YouCats aos jovens do Brasil.


ACI

Após distribuir em 2012 meio milhão de Catecismos YouCat para jovens por meio das dioceses do Brasil, a Ajuda à Igreja que Sofre começa a distribuir mais 1 milhão de exemplares do YouCat.


No início a meta foi, através das dioceses, alcançar os jovens engajados e que iriam à JMJ Rio. Já nesta segunda distribuição, a AIS buscou contatar diretamente os diversos grupos de estudo do catecismo jovem pelo Brasil e também atender às poucas dioceses que não foram contempladas no primeiro envio.

“A receptividade das dioceses durante a primeira campanha foi tão grande que os catecismos acabaram rapidamente. A demanda foi muito maior do que poderíamos prever”, afirma José Corrêa, diretor da AIS no Brasil. “Por isso decidimos promover uma nova doação, agora com mais 1 milhão de exemplares”, explica. “Agora, contamos mais uma vez com a generosidade e a ação cristã de nossos benfeitores para que consigamos cobrir o 1 milhão que estamos distribuindo”, completa o diretor.

domingo, 12 de maio de 2013

O que a Ascensão de Jesus diz ao cristão de hoje?

Imagem de Destaque
Corações voltados para o alto!

O futuro é fruto do que semeamos nos campos da vida. Não há colheita sem o devido cuidado com a plantação. No campo da vida, o amor é essencial, para que possamos produzir os mais belos frutos de um tempo novo, nascido da esperança que cultivamos com a fé. O céu que esperamos começa a ser construído no hoje de nossa história. Na esperança da glória futura estão impressas as marcas do amor.

Na solenidade da Ascensão do Senhor voltamos nosso olhar para Aquele que nos aponta a esperança de nossa vida futura juntos do Seu amor. O hoje de nossa história é tempo teológico para sacramentalizarmos o amor em gestos concretos de vida em plenitude. O Cristo que olhamos é o mesmo que esteve e continua entre nós. O cotidiano da vida é uma preparação para um tempo novo que sonhamos. Um futuro onde cada um de nós terá uma participação plena na vida de Deus.

Igreja inicia Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

André Alves
Da Redação, com CONIC


CONIC
De 12 a 19 de maio Igreja celebra Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos (SOUC)
A Igreja celebra entre os dias 12 e 19 de maio, a edição 2013 da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos (SOUC), no hemisfério sul. O tema da Semana será “O que Deus exige de nós?”.  Inspirado em Miquéias 6,6-8, o material foi todo preparado pelo Movimento de Estudantes Cristãos da Índia, com a consultoria da Federação de Universidade Católica de Toda a Índia e do Conselho Nacional de Igrejas na Índia.
O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC), por sua vez, se encarregou de produzir todo o material que será utilizado por igrejas e movimentos ecumênicos.

A Semana de Oração é promovida mundialmente pelo Conselho Pontifício para Unidade dos Cristãos (CPUC) e pelo Conselho Mundial de Igrejas (CMI) e acontece em períodos diferentes nos dois hemisférios.

Papa Francisco: A verdadeira oração faz-nos sair de nós próprios..



A verdadeira oração é a que nos faz sair de nós mesmos e nos abre ao Pai e aos irmãos mais necessitados: recordou o Papa Francisco neste sábado, dia 11 de maio, na homilia da Missa celebrada na capela da Casa de Santa Marta, com a participação de alguns agentes da polícia do Vaticano e um grupo de jornalistas argentinos, com as respetivas famílias.

“Por vezes, aborrecemo-nos na oração” – considerou o Papa, observando que mais do que pedir isto ou aquilo, a oração é antes de mais, como lembrava o Evangelho de hoje, “a intercessão do próprio Jesus diante do Pai, fazendo-lhe ver as suas chagas”.

"Ele reza por nós diante do Pai…. Eu sempre gostei disto. Jesus, na sua ressurreição, teve um corpo bonito: as chagas da flagelação, dos espinhos, desapareceram, todas elas. Os hematomas dos golpes, desapareceram. Mas Ele quis ter sempre as chagas, e as chagas são precisamente a sua oração de intercessão ao Pai: "Mas ... olha ... este Te pede em meu nome, olha!". Esta é a novidade que Jesus nos diz. Diz-nos esta novidade: ter confiança na sua paixão, ter confiança na sua vitória sobre a morte, ter confiança nas suas chagas. Ele é o sacerdote, e este o sacrifício: as suas chagas. E isso nos dá confiança, hein?, nos dá a coragem para rezar".

O que Deus exige de nós?




                Dom Francisco Biasin
                Bispo de Barra do Piraí-Volta Redonda (RJ)

                Não é uma novidade afirmar que nesta última década, não só no Brasil, mas em âmbitos eclesiais mais amplos, iniciou uma fase mais difícil para o ecumenismo, depois do florescimento que despertou muitas esperanças na segunda metade do século passado.     Alguém chegou até a falar de "inverno" do ecumenismo, outros consideram esta conjuntura como um retorno necessário a um realismo que carrega o grande peso da separação vivida ao longo de muitos séculos, outros enfim a enxergam como uma pausa de reflexão que permite recolher e valorizar os frutos do trabalho destas últimas décadas.
                Talvez seja mais alentador enxergar este momento histórico como um inverno que está passando, continuando a cultivar, através do trabalho e de atitudes de diálogo persistentes em todas as Igrejas, a esperança cristã que garante a chegada de uma nova primavera.
                Sem dúvida o sinal mais forte da nova primavera foi a eleição do novo bispo de Roma, o Papa Francisco, que despertou a esperança de tempos novos para a Igreja Católica e para o diálogo ecumênico. Ao receber no dia 20 de março na sala Clementina representantes de Igrejas, comunidades eclesiais e de outras religiões reiterou "a firme vontade de prosseguir no diálogo ecumênico" e inter-religioso, recomendado pelo Concílio Vaticano II, que nestes últimos tempos proporcionou "não poucos frutos".
 

©2012 Grupo Renascer | Template Grupo Grupo Renascer by