VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 8 de dezembro de 2012

"Em Maria Imaculada, a humanidade se abre para Deus"


O dogma da Imaculada Conceição de Maria é um dos dogmas mais queridos ao coração do povo cristão. Os dogmas da Igreja são as verdades que não mudam nunca, que fortalecem a fé que carregamos dentro de nós e que não renunciamos nunca.

A convicção da pureza completa da Mãe de Deus, Maria, ou seja, esse dogma, foi definida em 1854, pelo papa Pio IX, através da bula "Ineffabilis Deus", mas antes disso a devoção popular à Imaculada Conceição de Maria já era extensa. A festa já existia no Oriente e na Itália meridional, então dominada pelos bizantinos, desde o século VII.

A festa não existia, oficialmente, no calendário da Igreja. Os estudos e discussões teológicas avançaram através dos tempos sem um consenso positivo. Quem resolveu a questão foi um frade franciscano escocês e grande doutor em teologia chamado bem-aventurado João Duns Scoto, que morreu em 1308. Na linha de pensamento de são Francisco de Assis, ele defendeu a Conceição Imaculada de Maria como início do projeto central de Deus: o nascimento do seu Filho feito homem para a redenção da humanidade.

Transcorrido mais um longo tempo, a festa acabou sendo incluída no calendário romano em 1476. Em 1570, foi confirmada e formalizada pelo papa Pio V, na publicação do novo ofício, e, finalmente, no século XVIII, o papa Clemente XI tornou-a obrigatória a toda a cristandade.

Quatro anos mais tarde, as aparições de Lourdes foram as prodigiosas confirmações dessa verdade, do dogma. De fato, Maria proclamou-se, explicitamente, com a prova de incontáveis milagres: "Eu sou a Imaculada Conceição".

O Papa: Relativismo e violência são produto do esquecimento de Deus



Em audiência com os membros da Comissão Teológica Internacional, o Papa bento XVI explicou que o esquecimento de Deus na sociedade atual leva a uma forma de relativismo que, indevidamente, gera violência. Esta, ao contrário do que afirmam alguns, não deve ser atribuida às religiões monoteístas.

O Pontífice assinalou que “hoje, este mesmo sentido sobrenatural da fé dos crentes leva a reagir com vigor também contra o preconceito segundo o qual as religiões, e em particular as religiões monoteístas, seriam intrinsecamente portadores de violência, sobretudo por causa do argumento de que elas têm a pretensão da existência de uma verdade universal".

"Alguns acreditam que apenas o “politeísmo de valores” garantiria a tolerância e a paz civil seria conforme o espírito de uma sociedade democrática pluralista. Nesta direção, o vosso estudo sobre o tema “Deus Trino, unidade dos homens. Cristianismo e monoteísmo” é de viva atualidade. Por um lado, é essencial lembrar que a fé no Deus único, Criador do céu e da terra, atende às exigências racionais da reflexão metafísica, a qual não é enfraquecida, mas reforçada e aprofundada na Revelação do Mistério de Deus-Trino".

Mãe italiana celebra doze anos do seu “milagre” de Natal



No Natal  do ano 2000, a italiana Lucrecia Tresoldi recebeu um milagre: seu filho Maximiliano despertou do estado de inconsciência no qual esteve por quase dez anos após sofrer um acidente automobilístico.

“Max” tinha apenas 20 anos quando ficou paralisado como “um tronco morto sem possibilidade alguma de recuperação”, tal como os médicos o diagnosticaram em 15 de agosto de 1991, após um terrível acidente de automóvel.

No 28 de dezembro de 2000 Lucrecia Tresoldi deitou o Max como o fazia a cada noite desde que saiu do hospital e nesta ocasião, não tomou sua mão para lhe fazer o sinal da cruz, sentia-se deprimida e sem forças. “Já não posso mais, não quero rezar nem nada”, disse ao filho.

Não obstante, como explica Lucrecia “o sinal da cruz foi realmente sua salvação”. Naquele exato momento Max tirou forças para consolar sua mãe, elevou a mão e fez ele mesmo o sinal da cruz. Depois, abraçou-a.

Relativismo e violência são produto do esquecimento de Deus, afirma o Papa.


Em audiência com os membros da Comissão Teológica Internacional, o Papa Bento XVI explicou que o esquecimento de Deus na sociedade atual leva a uma forma de relativismo que, indevidamente, gera violência. Esta, ao contrário do que afirmam alguns, não deve ser atribuida às religiões monoteístas.

O Pontífice assinalou que “hoje, este mesmo sentido sobrenatural da fé dos crentes leva a reagir com vigor também contra o preconceito segundo o qual as religiões, e em particular as religiões monoteístas, seriam intrinsecamente portadores de violência, sobretudo por causa do argumento de que elas têm a pretensão da existência de uma verdade universal”.


“Alguns acreditam que apenas o “politeísmo de valores” garantiria a tolerância e a paz civil seria conforme o espírito de uma sociedade democrática pluralista. Nesta direção, o vosso estudo sobre o tema “Deus Trino, unidade dos homens. Cristianismo e monoteísmo” é de viva atualidade. Por um lado, é essencial lembrar que a fé no Deus único, Criador do céu e da terra, atende às exigências racionais da reflexão metafísica, a qual não é enfraquecida, mas reforçada e aprofundada na Revelação do Mistério de Deus-Trino”.

O Papa explicou que “é necessário salientar a forma que a Revelação definitiva do mistério do único Deus toma na vida e morte de Jesus Cristo, que vai ao encontro da Cruz como “cordeiro conduzido ao matadouro” (Is 53,7). O Senhor dá testemunho a uma rejeição radical de cada forma de ódio e violência em favor do primado absoluto da ágape”.

Twitter do Papa chega a 774 mil seguidores. Primeiro tweet dia 12.



O Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais no Vaticano considera que o Papa Bento XVI poderia chegar ao milhão de seguidores no Twitter dia 12 de dezembro, Festa da Virgem de Guadalupe, data em que o Santo Padre escreverá seu primeiro tweet.

“É razoável pensar que chegaremos ao milhão de seguidores no dia do lançamento”, comentou ao grupo ACI Mons. Paul Tighe, Secretário do mencionado dicastério. Segundo a autoridade vaticana, após o primeiro tweet do Papa os usuários desta rede social também farão seus  tweets, “o que fará que mais pessoas venham a bordo”.

Até o fechamento desta edição, a quantidade de seguidores do Santo Padre superava os 774 mil, sendo a conta em inglês a que contava com maior número de seguidores com 528 mil, enquanto que a de espanhol estão em pouco mais de 120 mil. Os outros idiomas, nos que serão escritos os tweets aprovados pelo Pontífice, são o francês, árabe, polonês, português, italiano e alemão.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Papa e as pregações do Advento: evangelizar um mundo pós-cristão



O Papa Bento XVI participou esta manhã, na Capela Redemptoris Mater, no Vaticano, da primeira pregação do Advento, feita pelo Pregador da Casa Pontifícia, Fr. Raniero Cantalamessa.

O tema desta primeira pregação foi dedicada ao tema “O Ano da Fé e o Catecismo da Igreja Católica”.

A nossa situação, afirma Fr. Cantalamessa, voltou a ser a mesma que no tempo dos apóstolos. “Eles tinham diante de si um mundo pré-cristão para evangelizar; nós temos diante de nós, pelo menos até certo ponto e em alguns ambientes, um mundo pós-cristão para evangelizar. Devemos voltar para o método dos apóstolos, trazer à luz "a espada do Espírito", que é o anúncio, em Espírito e poder, de Cristo morto pelos nossos pecados e ressuscitado para a nossa justificação.”

Será lançado em 2014 filme sobre a vida de Bento XVI.



A Odeon Film anunciou em Mônaco da Baviera uma produção internacional sobre a vida e a obra do Papa, baseada na biografia de Peter Seewald que deverá sair em 2014
Por Salvatore Cernuzio
A vida do Papa Bento XVI nas telas do cinema de todo o mundo. Não é uma estratégia publicitária, nem apenas um boato qualquer, mas o anúncio dado pela Odeon Film em dias passados em Mônaco de Baviera.
Os produtores afirmaram, de fato, a assinatura do acordo entre a H & V Entertainment e Peter Weckert para a “produção internacional de um filme sobre a extraordinária vida e obra de Joseph Ratzinger, desde o seu nascimento em 1927 ao seu pontificado”, como indicado em um comunicado.
Peter Weckert não é novo em produções sobre o Papa Bento. Além do documentário em 2011, intitulado “Francisco e o Papa”, sobre a história de um jovem cantor  de um coral selecionado para fazer um solo na frente do Santo Padre, a sua equipe tem acompanhado e filmado as viagens apostólicas do Papa na África e em Israel .
A Odeon Film declarou, além do mais, que a produção sobre Bento XVI estará baseada na biografia de Ratzinger escrita pelo jornalista alemão Peter Seewald, que será publicada na primavera do 2014.
Também Seewald é uma personalidade conhecida pelo Santo Padre, como autor de vários livros de entrevistas com Joseph Ratzinger-Bento XVI: “O sal da terra”, “Deus e o mundo” e o mais recente “Luz do Mundo”, publicado em 2010 e traduzido em 30 idiomas.
De acordo com o informado pelo comunicado, o jornalista estará envolvido, de fato, como consultor na escrita do roteiro.
(Trad.TS)

ANO DA FÉ – A MISSA PARTE POR PARTE 1

     Estamos no Ano da Fé que tem como objetivo avivar a fé dos católicos, e também ajudar a quem esta afastado a redescobrir o tesouro da fé em Jesus. Um dos primeiros passos esta em viver c/ o coração o maior milagre de Jesus: a Eucaristia.
     Existe o perigo de cair na atitude de uma rotina religiosa, onde a missa passa a ser vista como obrigação. Talvez, muitos ainda não entenderam que é o próprio Jesus que desejou este encontro. Antes de celebrar a Eucaristia disse, em Lc 22,15:“Tenho desejado ardentemente comer convosco esta Páscoa…”. E durante a ceia, em Lc 22,19:“fazei isto em memória de mim.”
     Para que este encontro se torne fonte de graças, é necessário preparar-se. A preparação começa em casa demonstrando a alegria de estar com Jesus. Aí deveríamos fazer uma primeira oração. O passo seguinte é o de procurar chegar antes da missa começar, para saudar Jesus. Poucos são os lugares nos quais se permite chegar atrasados como à missa.Para um show, cinema, trem, avião, médico, trabalho o horário é condição, entretanto para a missa….por quê? O Santo Cura d’Ars dizia que para preparar-se corretamente para a missa eram necessários 15 minutos. São Carlos Borromeu completa: “Quem reclama que ao entrar na missa tem a mente cheia de distrações, deve se examinar e perguntar a si mesmo: como entrei na igreja? Como me preparei para estar com Jesus? Fica recolhido com Deus,evita as conversas desnecessárias.”. Como sugestão para a preparação em casa e ao chegar na igreja, o meu livro Acenda a Luz, na pág 121 (http://migre.me/cdylk), traz algumas orações próprias para estes dois momentos.
     Ao chegar a Igreja é importante jamais perder de consciência que estamos entrando em um pedaço do céu. E isso exige reconhecer que ao atravessar a porta estamos passando por Jesus.“Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim será salvo.” (Jo 10,9). O nosso primeiro gesto é a genuflexão (onde se vê o sacrário), ou a reverência ao altar, e o sinal da cruz com a água benta.
Vale a pena falar de um sinal pouco entendido: os sinos. Por que eles batem? Eles tem uma magnífica função: ser a voz de Deus que nos convoca a estar com Ele. É como se Deus nos disse-se: “Eu estou esperando por vocês.”
 Ritos iniciais
     A missa começa com uma procissão de entrada. De pé, a assembléia, olhando para a procissão, acolhe a Jesus, representado pelo celebrante. A meta desta entrada é o altar, lugar onde será celebrada a Eucaristia. O altar representa Cristo, por isso, padre ministros e acólitos fazem uma breve inclinação. O mesmo vale para todos os que passam diante do altar. O sacerdote beija o altar como gesto de veneração a Cristo, a quem se coloca a serviço. O altar é o lugar mais sagrado de toda a igreja, deste modo fica no centro, visível para todos. Quando vemos sacerdote beijar o altar, nós estamos também aí representados. É importante acompanhar este gestos iniciais, a inclinação e beijo do altar, unindo-nos espiritualmente ao sacerdote. Em nosso pensamento e coração rezemos: “Que eu vos beije também, ó meu Jesus, com todo o amor e toda a vontade de viver vossa Palavra. Neste altar jorram todas as graças para a minha vida.
Nas próximas semanas continuaremos este estudo.
 Autor: Pe. Alberto Gambarini
FONTE:  blog Pe. Alberto Gambarini .

Campanha para hospedagem da JMJ Rio 2013 busca 1.5 milhões de locais de acolhida

Com o lema: "O coração do mundo bate aqui", a campanha para hospedagem para a JMJ Rio 2013 busca conseguir milhão e meio de locais de acolhida. Envolvendo todos os setores da sociedade como artistas, apresentadores, esportistas, entre outros, a mensagem da campanha mostrará diversas possibilidades de locais de acolhida.

Nomes como a cantora Elba Ramalho, a atriz Christiane Torloni e os ginastas Daniele e Diego Hypólito estarão apresentando a campanha.

A divulgação nacional será realizada por meio de comerciais nas principais emissoras de televisão, além de anúncios na mídia impressa, rádios, outdoors e internet.

Em entrevista ao portal oficial da próxima Jornada Mundial da Juventude, a diretora do setor de Hospedagem da JMJ Rio2013, irmã Graça Maria afirmou: "Nós trabalhamos no primeiro semestre para a comunidade católica, ou seja, a campanha foi toda voltada para o público interno. Agora começaremos atingir a sociedade, queremos mobilizar todo o povo carioca para abrir suas casas ao acolhimento.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Preparemos para o Natal cheios de paz e esperança

Imagem de DestaqueFaz-se caminho, caminhando. Não tem como ser diferente, a não ser passando por itinerários de rejeição aos princípios que dinamizam propostas saudáveis e centralizadas na experiência sempre crescente do amor. Isto significa que o verdadeiro caminho só pode acontecer quando estiver ancorado em Deus.

A história de vida das pessoas é construída com os olhos fitos em objetivos, avaliados em sua profundidade a partir de uma visão de Deus. Para isto é necessário que acolhamos, com simpatia e compromisso, a Palavra do Senhor. Só ela é capaz de nos transformar totalmente para o bem e para uma vida mais comprometida com o caminho de vivência cristã.

No Advento, fazemos uma trajetória de preparação para o Natal, a qual sensibiliza nosso coração e nossa consciência em relação verdadeira ao sentido da vida. É necessário ouvir a Palavra e deixar-se interpelar por ela, mudando até de rumo, caso isto seja necessário para vivenciar um Natal de paz e de esperança."

“The Pope”: Aplicativo sobre o Papa será lançado em breve, afirma autoridade vaticana.


O Presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, o Arcebispo Claudio Maria Celli, anunciou que se está preparando um “app” para smartphones dedicado ao Papa Bento XVI.

O aplicativo “The Pope” para iPhone e iPad será enviado à Apple na semana que vem para sua aprovação, explicou Gustavo Entrala, da sociedade de comunicação espanhola 101, e deveria estar disponível, grátis, na Apple Store antes do fim do ano.

Também está sendo preparada uma versão para o sistema Android.

O App permitirá seguir ao vivo os discursos e as homilias do Papa, além de ver o que está acontecendo no Vaticano e em Castelgandolfo, o lugar de descanso do Papa nos subúrbios de Roma, graças a uma série de webcams interconectadas.

Também será possível receber notificações sobre as atividades do Papa e estará conectado com os diferentes órgãos de comunicação vaticano, como a Rádio Vaticano (que já dispõe de “apps” para iPhone e Android) e o portal www.news.va.

“Sanya”, no Japão. Esquecida pelos homens mas não pela Igreja.




Parece ser grande e verdadeira a ideia de que a pessoa sábia medita sobre a história para organizar seu presente e projetar seu futuro. Contudo existe também a atitude contrária. `É o caso de Sanya no distrito de Tóquio, que, no passado, foi um grande distrito e hoje não está em nenhum mapa.
Para entender o motivo do cancelamento de Sanya no mapa é preciso fazer um retrospecto histórico.
Durante o período Edo(1603-1868), que marca a reestruturação do Japão, trabalhadores de couro, caçadores, açougueiros, preparadores de corpos para os funerais e criminosos eram confinados em Sanya. Foram chamados de “burakumin” ou “eta-hinin”. Não eram considerados seres humanos. Por isso deviam viver no gueto. Discriminá-los era um dever. Por exercerem trabalhos considerados sujos, deveriam dedicar-se única e exclusivamente a eles. Era uma classe de pessoas intocáveis, sujas e proibidas de se misturar com outras pessoas.
Embora Sanya não apareça em nenhuma indicação de trânsito ou estações de trem, pode-se ler um letreiro “Namidabashi”, traduzido, “Ponte das Lágrimas”, sobre a qual os condenados à morte acenavam aos familiares, antes de serem levados para o campo de execução, hoje coberto pela malha ferroviária.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Cruz da JMJ e Ícone de Maria no Paraguai e no Uruguai



Depois de peregrinar por mais de 230 dioceses brasileiras, os símbolos da JMJ foram ao encontro de jovens do Cone Sul, em sinal de unidade da Pastoral Juvenil em todo o continente Latino-americano.
A peregrinação começou na capital paraguaia, Assunção, no dia 30 de novembro e deve ficar até o dia 6 de dezembro percorrendo várias regiões do país guarani. Depois, de 7 a 14 de dezembro, os jovens uruguaios serão os protagonistas da peregrinação que será iniciada em Montevidéu.
A peregrinação iria passar pela Argentina e pelo Chile, porém, por questões de logística, os símbolos da JMJ não irão a esses países e retornam no meio de dezembro para o Rio Grande do Sul.
Roteiro
O itinerário da peregrinação da Cruz e do Ícone no Paraguai e no Uruguai podem ser acompanhados (de 04 a 14 de dezembro) pelo roteiro que abaixo publicamos.

Leia Carta Apostólica de Bento XVI sobre “o serviço da caridade


“Intima ecclesiae natura”
Carta Apostólica de Bento XVI na forma de “Motu proprio” sobre o serviço da caridade
Publicamos a seguir a Carta Apostólica do Papa Bento XVI na forma de Motu proprio com o título “Intima Ecclesiae natura” sobre o serviço da Caridade.
***
«A NATUREZA ÍNTIMA DA IGREJA exprime-se num tríplice dever: anúncio da Palavra de Deus (kerygma-martyria), celebração dos Sacramentos (leiturgia), serviço da caridade (diakonia). São deveres que se reclamam mutuamente, não podendo um ser separado dos outros» (Carta enc. Deus caritas est, 25).
Portanto, também o serviço da caridade é uma dimensão constitutiva da missão da Igreja e expressão irrenunciável da sua própria essência (cf. ibidem); todos os fiéis têm o direito e o dever de se empenharem pessoalmente por viver o mandamento novo que Cristo nos deixou (cf. Jo 15, 12), oferecendo ao homem contemporâneo não só ajuda material, mas também refrigério e cuidado para a alma (cf. Carta enc. Deus caritas est est, 28). A Igreja é chamada à prática da diakonia da caridade também a nível comunitário, desde as pequenas comunidades locais passando pelas Igrejas particulares até à Igreja universal; por isso, há necessidade também de «organização enquanto pressuposto para um serviço comunitário ordenado» (cf.ibid., 20), uma organização articulada mesmo através de expressões institucionais.
A propósito desta diakonia da caridade, sublinhei na Carta encíclica Deus caritas est que «é consonante à estrutura episcopal da Igreja o facto de, nas Igrejas particulares, caber aos Bispos enquanto sucessores dos Apóstolos a primeira responsabilidade pela realização» do serviço da caridade (n. 32), e observava como «o Código de Direito Canónico, nos cânones relativos ao ministério episcopal, não trata explicitamente da caridade como âmbito específico da actividade episcopal» (ibidem). Entretanto «o Directório para o ministério pastoral dos Bispos aprofundou, de forma mais concreta, o dever da caridade como tarefa intrínseca da Igreja inteira e do Bispo na sua diocese» (ibidem), mas permanecia a necessidade de preencher a referida lacuna normativa, para aparecer adequadamente expressa, no ordenamento canónico, a essencialidade do serviço da caridade na Igreja e a sua relação constitutiva com o ministério episcopal, delineando os contornos jurídicos que este serviço comporta na Igreja, sobretudo se for praticado de forma organizada e com o apoio explícito dos Pastores.

Na Espanha: Lançam ao mercado “Presépio gay”.




ACI

O lobby gay na Espanha começou a divulgar a venda de presépios homossexuais, nos quais em vez de São José e a Virgem Maria, junto ao menino Jesus aparecem casais de homens gays ou de lésbicas, assim como três “rainhas magas”.

Os produtos são promovidos como “Beleneggays”, pois se tratam de ovos (eggs, em inglês) vestidos, que, conforme revelou sua criadora, Lola Soria, procuram “refletir os diferentes modelos de sociedade, aplicá-los ao Natal atual”.

A loja que distribui estes presépios se encontra em Madrid.

Os promotores do negócio, no site Web Ambiente G, ironizaram dizendo que “este ano (o presépio) pode ser um tanto diferente. Primeiro porque Bento XVI disse que no Presépio não deve ter havido boi nem jumento. E segundo, porque este ano vocês podem ter um Presépio do mais gay”.

Por sua parte, o presidente da Associação Colibri de Gays Cristãos, Alain Brouze, disse ao informativo espanhol La Sexta que “me parece muito bem (a iniciativa de presépios gay), porque a família de Jesus já é um pouco estranha. Poder-se-ia comparar a uma inseminação artificial ou uma adoção”.

Conforme denunciou a plataforma espanhola pró-família HazteOír, um leitor de seu website advertiu que este presépio gay constitui “um produto insólito e ofensivo para os cristãos”.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Primeiro tweet do Papa será na Festa de Nossa Senhora de Guadalupe



Hoje no Vaticano foi lançada a conta oficial de Twitter do Papa Bento XVI e a Santa Sé divulgou que o primeiro tweet do Santo Padre será emitido no dia 12 de dezembro, Festa da Virgem de Guadalupe.

Os tweets do Papa estarão em oito idiomas: inglês, italiano, português, alemão, polonês, árabe, francês e espanhol. No nosso idioma o usuário do Santo Padre é @pontifex_pt. Não se descarta que no futuro outros idiomas sejam incluídos. Até o momento da publicação desta notícia a conta do Papa em português já tinha quase 2 mil seguidores.

Em geral, os tweets do Papa serão publicados na quarta-feira, dia de suas habituais audiências gerais no Vaticano.

A Sala de Imprensa do Vaticano informou ainda que será possível enviar perguntas ao Papa sobre "a fé e a doutrina" da Igreja até nos dia 12 de dezembro. As interrogantes podem ser enviadas em qualquer dos 8 idiomas mencionados, utilizando o hashtag #askpontifex.

Em uma nota informativa sobre este lançamento, destaca-se que "a presença do Papa no Twitter é uma expressão concreta de sua convicção de que a Igreja deve estar presente na arena digital. Esta iniciativa se compreende melhor no contexto de suas reflexões sobre a importância do espaço cultural que se abre ao estar presentes nas novas tecnologias".

Libertar-se da mentira


                No Advento destaca-se a figura marcante de João Batista, e sua mensagem de conversão: Mt 3,2.3" Fazei penitência porque está próximo o Reino de Deus. Uma voz clama no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas"
Este é o desafio da conversão, da coragem de mudar a rota da nossa vida, reconhecendo ser este é o único caminho para a felicidade.
                Endireitar significa romper com o espírito da mentira, por ser a porta de entrada de todos os outros pecados e males da nossa vida.
                A mentira gera a desonestidade, a infidelidade matrimonial, fraude, engano, hipocrisia, o fingimento, a calúnia. leva para o vício do álcool, drogas, o abuso do sexo, com a desculpa de estar buscando a alegria e prazer.
                A mentira, não importa qual seja,é sempre contrária a Deus, pois Nele somente existe a verdade.A posição do cristão é uma só: mudar o seu proceder. Em 1 Pdr 3,10 lemos:"quem quiser amar a vida e ver dias felizes, refreie sua língua do mal e seus lábios de palavras enganadoras;"
                Para dar este passo e perseverar, é necessário ir a Jesus. Por quê? João Batista nos diz em Mt 3,11:"Eu vos batizo com água, em sinal de penitência, mas aquele que virá depois de mim é mais poderoso do que eu e nem sou digno de carregar seus calçados. Ele vos batizará no Espírito Santo e em fogo."
                Ser batizado é ser mergulhado no amor de Deus, e receber um efeito interior duplo:
                - primeiro ficamos cheios do Espírito Santo que nos dá a força e coragem para viver com entusiasmo a fé.
                - e a seguir, o fogo de Deus queima o pecado da mentira, para que possamos testemunhar a verdade de Deus no mundo.

“Os Simpsons” são multados na Turquia por ” zombarem de Deus”



Terra | AFP

O Alto Conselho do Audiovisual (RTUK) turco aplicou uma multa de 22.600 euros ao canal de televisão turco CNBC-E por ter exibido um episódio da série animada Os Simpsons em que Deus aparece servindo uma xícara de café a Satã, informou a imprensa local.

O RTUK justificou sua decisão alegando que o episódio “debocha de Deus”. Na história, Deus também encoraja os jovens a consumir álcool por ocasião do Ano Novo e a morte é incentivada por “ordem divina”, segundo o jornal Hurriyet.

“A Bíblia é publicamente queimada e Deus e Satã são mostrados sob a forma de humanos”, denuciam as autoridades citadas pelo jornal.

A AFP não conseguiu contatar o RTUK para comentar esta decisão.

Vaticano confirma Twitter oficial do Papa Bento XVI.


Agora é oficial. O Papa Bento XVI aderiu ao Twitter por meio do perfil @pontifex, anunciou o Vaticano nesta segunda-feira.
O pontífice de 85 anos, que já conta com 1,2 bilhão de “seguidores” no mundo real, terá outro tipo de “fiel” quando enviar o seu primeiro tuíte a partir de 12 de dezembro, dia da festa da Nossa Senhora de Guadalupe.
- O perfil é bom. Significa “papa” e também significa “construtor de pontes” – contou Greg Burke, consultor sênior de mídia para o Vaticano. “O papa quer alcançar a todos.”
Os primeiros tuítes papais serão respostas a perguntas enviadas usando o hastag #askpontifex.
Os tuítes serão enviados em espanhol, inglês, italiano, português, alemão, polonês, árabe e francês. Outros idiomas serão adicionados no futuro.
- Vamos enviar uma mensagem espiritual. O papa não vai sair andando por aí com um Blackberry ou um iPad e ninguém vai colocar palavras na boca do papa. Ele vai tuitar o que ele quiser tuitar – disse Burke.
Primordialmente, os tuítes virão do conteúdo de sua audiência geral semanal, bênçãos dominicais e homilias sobre os principais feriados da Igreja. Eles também incluirão a reação aos acontecimentos mundiais importantes, como desastres naturais.

Reflexões acerca do Advento

Dom Alberto Taveira Corrêa
Assessor eclesiástico da RCCBRASIL
Arcebispo de Belém/PA
 
Há relatos de pessoas mais velhas, carregadas de sabedoria e de experiência de vida, que dão conta de um tempo no qual um “fio de bigode” significava compromisso, palavra dada que não podia ser quebrada. E as crianças sempre se impressionaram com um adulto que diz que “palavra de homem não volta atrás”. Muitos de nós sonhamos ser adultos, porque chegaria o tempo em que nossa palavra seria valorizada e não nos mandariam ficar longe, quando se tratava de conversa de gente grande. Palavra dada, sinal de compromisso e exigência de coerência!
 
Sabemos que a palavra entrou em crise e a verdade foi relativizada. Assistimos a espetáculos de corrupção, as opiniões têm preço e até elimina-se a vida em função de interesses vis. Sonhamos com o cumprimento das promessas dos homens públicos e de novo apostamos, de tempo em tempo, acreditando que um dia as coisas vão mudar. Já é um sinal positivo sempre recomeçar pela expectativa positiva, quando chega o final de um ano e todos se rejubilam com o futuro a ser acolhido e conquistado. Começando de cada um de nós, é bom recobrar o valor dos compromissos assumidos. E vamos ser sinceros, pouco a pouco nos tornamos mais sérios e responsáveis!

Deus Cuida da gente?



 

 SERÁ QUE DEUS CUIDA DA GENTE? Toda Bíblia e toda nossa história são uma história de amor de Deus por nós. Deus nos ama. Deus cuida de nós. Deus é fiel.
     Vejamos em Isaias 49,15-16 o que Deus diz: “Mas pode a mãe esquecer seu nenê, pode ela deixar de ter amor pelo filho de suas entranhas? Ainda que ela se esqueça, eu não me esquecerei de você. Veja, eu tatuei você na palma da minha mão”.
     Vamos ler o Salmo 27,1: “Javé é minha luz e salvação: de quem terei medo? Javé é a fortaleza da minha vida: frente a quem tremerei?” e no versículo 10 diz: “Meu pai e minha mãe me abandonaram. Javé, porém, me acolhe!”.
     Veja o que diz o Livro do Eclesiástico 34,14-17: “Quem teme ao Senhor não tem medo de nada e não se assusta porque o Senhor é a sua esperança. Feliz aquele que teme ao Senhor. Em que se apoia? Quem é que o sustenta? O Senhor cuida daqueles que o amam. Ele é escudo poderoso e sustentáculo forte, abrigo contra o vento sufocante abrigo contra o calor do meio dia, proteção contra os obstáculos e socorro contra as quedas. O Senhor eleva e ilumina os olhos, concedendo saúde, vida e bênção”.
     Jesus, no Evangelho de Mateus 6,25-34 diz coisas lindas sobre a confiança que devemos ter em Deus: “Por isso é que eu lhes digo: não fiquem preocupados com a vida, como o que comer, nem com o corpo, com o que vestir. Afinal, a vida não vale mais do que a comida? E o corpo, não vale mais do que a roupa? Olhem os pássaros do céu: eles não semeiam, nem colhem, nem ajuntam em armazéns. No entanto, o Pai que está no céu os alimenta. Será que vocês não valem mais do que os pássaros”?
     Jesus é a imagem perfeita do Pai. Ele diz em João 14,9: “Quem me vê, vê o Pai.” E em João 10,30: “O Pai e eu somos um.”

                                                 PARA CONVERSAR:
     Vamos comentar estes textos bíblicos: O que eles nos ensinam?
     Você já sentiu o amor de Deus por você? Como?
     Reze o Salmo 27.
     Desde já desejo a todos um Feliz e Abençoado Natal e 2013 de muitas bênçãos...

 


Formação Paroquial: Dezembro de 2012
Texto: Padre Sebastião de Lima – Vigário Paroquial da Paróquia Senhor Bom Jesus dos Navegantes de Camocim-CE

Disponível: www.gruporenascer-rcc.blogspot.com


segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Imigrantes e o Natal nas intenções do Papa para dezembro



A Santa Sé divulgou as intenções do Papa Bento XVI  para o mês de dezembro. Nelas está a acolhida dos imigrantes, especialmente entre os cristãos, e seu desejo de que Cristo Se revele a toda a humanidade com a luz que procede de Belém.

A intenção geral do Apostolado da oração  do Papa para o mês de dezembro é: " ara que, em todo o mundo, os emigrantes sejam acolhidos, especialmente pelas comunidades cristãs, com generosidade e autêntica caridade".

Sua intenção missionária é: "Para que Cristo Se revele a toda a humanidade com a luz que procede de Belém e se reflecte no rosto da sua Igreja ".


Por: ACI Digital

Pastor denuncia suposta perseguição do PT. Denuncia é grave.



Após anunciar que faria denúncias no seu programa Vitória em Cristo, o pastor Silas Malafaia usou parte do espaço da transmissão do dia 01/12 para falar do que classifica como “denúncia grave, gravíssima”. Embora não tenha dado nomes, deixou implícito que existe uma tentativa do PT em tentar desmoralizá-lo perante os evangélicos.
Desde o dia 25 de outubro, ele explicou no seu site Verdade Gospel, que dirigentes do Partido dos Trabalhadores estariam planejando prejudicar sua imagem. Malafaia afirmou que espera para breve ver factoides (notícias falsas) sobre ele e sua conduta serem noticiadas pela mídia.
Afirmou ainda que “tem muito interesse em calar a minha voz” e pediu às pessoas que o acompanham durante anos: “não se assustem se uma cambada de imbecis plantarem notícias para me denegrir, é para tentar tirar a minha influência, porque eles estão com medo da influência dos evangélicos na sociedade.”
Esse “esquema articulado” teria como objetivo enfraquecer sua influência na formação da opinião. O pastor disse que amigos seus, que trabalham em “órgãos de informação, imprensa e política partidária”, que poderia ser vítima de boatos e acusações. Mas afirmou não ter medo de devassa fiscal, quebra de sigilo bancário nem pessoal nem de suas empresas.

domingo, 2 de dezembro de 2012

"O Advento significa vinda e presença" - disse o Papa no Angelus


Como habitualmente aos domingos, também neste dia 2 de Dezembro, primeiro domingo de Advento, Bento XVI apareceu à janela dos seus aposentos para rezar as Aves Marias juntamente com os numerosos fieis ali reunidos.

Antes da oração, o Papa referiu-se ao novo Ano Litúrgico, segundo o Rito Romano, que inicia com este domingo de Advento, um caminho que é ulteriormente enriquecido com o Ano da Fé, a 50 anos da abertura do Concilio Vaticano II. O Santo Padre explicou que a palavra Advento significa "vinda", "presença". No mundo antigo indicava a visita do rei ou do imperador a uma província. Na linguagem cristã refere-se à vinda de Deus, à sua presença no mundo: o mistério que envolve inteiramente o Cosmos e a História, mas que tem dois momentos culminantes: a primeira e a segunda vinda de Cristo. A primeira é a Encarnação, a segunda é o retorno glorioso no fim dos tempos. Estes dois momentos, cronologicamente distantes - disse o Papa - na realidade tocam-se profundamente, porque com a sua morte e ressurreição Jesus já realizou aquela transformação do homem e do cosmos que é a meta final da criação. Mas antes do fim, é necessário que todos os seus inimigos sejam postos debaixo dos seus pés. Este desígnio de salvação de Deus, que está sempre em ato, requer sempre a livre adesão e colaboração do homem:

A isto nos convida hoje a Palavra de Deus, traçando as linhas de conduta a seguir para estar prontos á vinda do Senhor.

Podemos rezar pela vida financeira?



             Um dia destes recebi uma carta curiosa com a seguinte pergunta: posso rezar para pedir a benção de Deus para a minha vida financeira? A resposta é afirmativa. Deus esta interessado em abençoar todas as áreas da nossa vida. Inclusive a vida material, para que nunca nos falte o pão de cada dia.
                Esta certeza fica evidente quando conhecemos alguns dos nomes pelos quais Ele se revelou para que melhor o conhecêssemos. Conhecer o nome de Deus é também receber a manifestação do seu significado.
                Um destes nomes diz respeito à provisão que Ele deseja dar a seus filhos na vida material. Ele é chamado de Javé Jiré - O Senhor que provê: "Isaac disse ao seu pai: "Meu pai!" "Que há, meu filho?" Isaac continuou: "Temos aqui o fogo e a lenha, mas onde está a ovelha para o holocausto?"Deus, respondeu-lhe Abraão, providenciará ele mesmo uma ovelha para o holocausto, meu filho." E ambos, juntos, continuaram o seu caminho.Abraão chamou a este lugar Javé-yiré, de onde se diz até o dia de hoje: "Sobre o monte de Javé-Yiré." (Gen 22:7-8.14). Ele provê tudo o que necessitamos, prove a nossa libertação e alimento em tempo de fome.

Louve, louve




                Quem lê o Antigo Testamento fica às vezes confuso com os meios usados para enfrentar graves problemas.
                Um destes testemunhos é o do rei Josafá, rei de Judá. O seu reino estava correndo o risco de ser conquistado por um exército inimigo. Ele não tinha nem soldados e nem armas suficientes. Como era um homem de fé, Josafá desafia o povo a rezar e jejuar.
A resposta de Deus a este ato corajoso foi a promessa de 2Cro 20,15: "Não temais, não vos deixeis atemorizar diante dessa multidão imensa, pois, a guerra não compete a vós, mas a Deus.".
                A seguir coloca diante do exército os cantores e músicos para proclamarem louvores a Deus. O efeito foi o de derrotar os inimigos sem usar arma alguma.
                A lição para a nossa vida é muito clara: ao invés de reclamar sobre a nossa sorte, é melhor louvar a Deus. Perdemos muito tempo afirmando: "Tenho muitos problemas, não ganho o suficiente, minha saúde vai mal, ninguém me entende, não tenho a chance que mereço.". A escolha é sua. Quem reclama, vai continuar reclamando, e vive como perdedor. Se ao contrario você passa a louvar, descobre uma nova dimensão para a sua vida.