VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Católicos e muçulmanos marcam presença nas redes sociais.


Yuri Gonzaga, jornal Folha de S. Paulo
Enquanto o Facebook se aproxima de seu primeiro bilhão de usuários, duas redes sociais surgem como alternativas religiosas: o site Salamworld, muçulmano, e a rede Aleteia, católica. Salamworld, o ‘Facebook islâmico’, deve ser lançado em novembro.
Salamworld, baseado na Turquia, já funciona em fase de testes, apenas para convidados, e será aberto ao público em novembro. De olho na ampla população jovem dos países islâmicos, os criadores querem atrair 150 milhões de usuários dentro de três anos.
“Estamos quebrando o estereótipo conservador ao desenvolver uma rede global e inovadora, que dá à juventude muçulmana uma plataforma para levar seus projetos adiante”, propagandeia Ahmed Azimov, 35, vice-presidente do site, em entrevista por e-mail à Folha.
Com escritórios também no Egito e na Rússia, a rede nascerá internacional: seu corpo diretor é composto por pessoas de 17 países diferentes, e o site tem versões em árabe, francês, inglês, malaio, persa, russo e turco.
Sobre os recentes conflitos no Oriente Médio, o executivo defende que o possível advento da rede não estimulará animosidades entre o mundo árabe e o Ocidente. Pelo contrário: “Seremos uma ponte entre os muçulmanos e a comunidade global que existe na web”. Para evitar que conteúdo com haram (infrações à lei islâmica) seja difundido na rede, o site conta com um time de moderadores, por quem todo o conteúdo suspeito deve passar antes de ser aprovado ou rejeitado.

Uruguai: Um voto de diferença e a morte quase “legalizada” de inocentes. Misericórdia, Senhor!



Revista Exame
Por 50 votos a favor e 49 contra, a Câmara dos Deputados do Uruguai aprovou, na noite desta terça-feira, um projeto de lei que descriminaliza o aborto até a 12ª semana de gestação,14ª em caso de estupro e prazo indeterminado em caso de risco para a saúde da mãe. O texto aprovado muda a proposta que já havia sido aprovada pelo Senado, em dezembro. Agora, o projeto volta ao Senado, onde não deve ter problemas para sua aprovação final, já que o partido governista da Frente Ampla tem maioria absoluta

Se o projeto for ratificado, o Uruguai será o primeiro país da América do Sul a descriminalizar o aborto. A proposta do partido do governo, foi rejeitada em duas oportunidades. A última delas, a denominada Lei de Saúde Sexual e Reprodutiva, foi vetada pelo ex-presidente Tabaré Vázquez, em 2008. O então presidente justificou sua decisão a “razões filosóficas e biológicas” e provocou uma crise em seu partido. O presidente José “Pepe” Mujica já anunciou que não vetará o projeto.

Papiro que fala de suposto casamento de Jesus é falso, afirma especialista

G1
O jornal vaticano “L’Osservatore Romano” afirmou nesta quinta-feira (27) que o papiro recentemente apresentado no qual aparece a frase em copta “Jesus disse a eles, minha esposa …”, que alimentou a teoria que Cristo fosse casado, é “falso”.
O vespertino da Santa Sé publicou em sua edição de hoje um artigo do professor italiano Alberto Camplani, especialista em língua copta e professor de História do Cristianismo na Universidade La Sapienza de Roma, no qual analisa o papiro recuperado pela professora americana Karen King, que levantou a polêmica.
Pedaço de papiro traz a inscrição: 'Jesus disse a eles, minha esposa' (Foto: Karen L. King/Harvard/Divulgação)
Pedaço de papiro traz a inscrição: ‘Jesus disse a eles, minha esposa’ (Foto: Karen L. King/Harvard/Divulgação)
Em seu artigo, Camplani afirma que Karen apresentou o papiro como do século 4 e que o texto pode ter sido escrito no século 2, “quando se debatia sobre se Jesus esteve casado”.
Camplani expressou sua “reserva” sobre esse ponto e disse que, perante um objeto desse tipo, “que, ao contrário de outros papiros, não foi descoberto em uma escavação, mas provém de um mercado de antiguidades, é preciso adotar precauções, que excluam que se trata de algo falsificado”.

CNBB divulga nota “Eleições Municipais 2012 – Voto consciente e limpo”.


Durante entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, 27 de setembro, a presidência da CNBB apresentou a sua mensagem para as eleições municipais 2012. O texto foi aprovado durante a última reunião do Conselho Episcopal Pastoral (Consep), realizado esta semana na sede da entidade, em Brasília (DF).
A seguir, a íntegra da nota.
Eleições Municipais 2012 – Voto consciente e limpo
O Conselho Episcopal Pastoral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, reunido em Brasília de 25 a 27 de setembro, considerando as eleições municipais do próximo mês de outubro, vem reforçar a importância desse momento para o fortalecimento da democracia brasileira. Estas eleições têm característica própria por desencadear um processo de maior participação em que os candidatos são mais próximos dos eleitores e também por debater questões que atingem de forma direta o cotidiano da vida do povo.
A Igreja louva e aprecia o trabalho de quantos se dedicam ao bem da nação e tomam sobre si o peso de tal cargo, em serviço de todas as pessoas (cf. GS 75). Saudamos, portanto, os candidatos e candidatas que, nesta ótica, apresentam seu nome para concorrer a um cargo eleitoral. Nascido da consciência e do desejo de servir com vistas à construção do bem comum, este gesto corrobora o verdadeiro sentido da atividade política.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Revista satírica espanhola publica charge sobre Maomé

"Mas... alguém sabe qual
é a aparência de Maomé?"
Em sua edição mais recente, a que chegou às bancas ontem (26), a revista espanhola de sátira política “El Jueves” aborda a polêmica do insulto que é para os muçulmanos qualquer representação de Maomé. 

A revista colocou na capa vários muçulmanos em uma delegacia, um do lado do outro, para a identificação de um deles como suspeito de algum crime, sob o título: "Mas... alguém sabe qual é a aparência de Maomé?".

Aparentemente, a revista adotou uma abordagem cautelosa, porque o Maomé pode não estar entre os muçulmanos caricaturados. Ou seja, quem acusar a revista de infâmia vai ter de dizer qual das caricaturas é a de Maomé.

Mayte Quilez, a responsável pela revista, disse ao Huffington Post: “Se ninguém pode retratar Maomé, quem poderá dizer quem é ele nas caricaturas?”

A imprensa internacional já perdeu a contagem do número de pessoas que morreram por causa dos protestos em países de cultura islâmica contra o filme feito nos Estados Unidos com o objetivo de criticar o islamismo, o  “Inocência dos Muçulmanos”.

Na semana passada, a revista satírica francesa “Charlie Hebdo” publicou várias charges com o profeta. Em seguida, a satírica alemã Titanic anunciou que a sua edição de outubro terá Maomé na capa.
Com informação das agências.

Rússia está a um passo de se transformar em Estado clerical


Cruz da Igreja Ortodoxa e urubus
combinam com céu cinzento russo
 
O Estado laico já débil russo está prestes a ser substituído pelo Estado clerical. Com o apoio dos quatro partidos do país, começou a tramitar nesta semana no Parlamento um projeto de lei que introduz na legislação a figura do “sentimento religioso”.

É quase certo que o projeto de lei será aprovado com facilidade. Do total de 450 deputados, ele conta com a adesão de 414.

Assim, quando a nova lei entrar em vigor, quem profanar lugares (como templos) ou objetos de culto cometerá crime cuja punição será de cinco anos de prisão. A atual lei já prevê essa condenação, mas apenas nos casos de “vandalismo” e “extremismo”.

Agora, pela proposta da nova lei, será julgado como criminoso quem “profanar lugar e objetos de veneração, lugares destinados à celebração de serviços divinos, outros rituais religiosos e cerimônias de associações que praticam religiões que são parte inseparável da herança histórica dos povos da Rússia”.

Autoridade Espiritual



Este é mais um ensino da série "Formação para Coordenadores de Grupos de Oração"
Introdução

Neste ensino, veremos que o princípio da autoridade parte do se sentir chamado e do envio para a missão: “Jesus reuniu seus doze discípulos. Conferiu-lhes poder de expulsar espíritos imundos e de curar todo mal e toda enfermidade” (Mt 10,1).

Autoridade não é sinônimo de autoritarismo, o autoritarismo gera insatisfação, mágoas, e falta de comprometimento de servos novos, ao passo que autoridade espiritual não só expulsa o demônio como confirma que é o Senhor que vai a frente. Aí está o segredo da autoridade, a convicção da missão.

Desenvolvimento

Há pelo menos cinco condições para que a autoridade espiritual exista e funcione. Também chamadas de colunas da autoridade espiritual que são: retidão, relacionamento com Deus, unção, fé, obediência.
Jesus no Evangelho de São Mateus 28,18 diz: “Toda autoridade me foi dada no céu e na terra”. Ele reconhece que tudo vem do Pai.

É impossível?

                Por que ainda não confiamos plenamente que nada é impossível para Deus?
                Na sagrada escritura no livro de São Mateus 19,26b lemos, "... Aos homens isto é impossível, mas a Deus tudo é possível." E isto não é apenas uma promessa, encontramos na bíblia testemunhos de muitas realizações aparentemente impossíveis aos olhos humanos em que Deus agiu, como no caso de Abrãao e Sara, que já eram idosos e não tinham filhos. O Senhor concedeu a graça de Sara dar a luz, apesar da idade avançada.
                O problema que esta diante de nós pode ser resolvido de uma forma muito melhor do que nós esperamos e desejamos. Basta que tenhamos a certeza de que Deus é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos e pensamos.
                Não há impossíveis para Deus! Quando entregamos nossa vida a Ele podemos ter certeza de que nossa causa está diante Daquele que tem a solução para tudo.
                Nós, por muitas vezes, ao invés de acreditarmos na solução que Deus é capaz de nos dar, aumentamos o tamanho de nosso problema, se surge um pequeno problema de saúde, ou alguma dificuldade financeira ou ainda a falta do emprego, já desabamos nos entregando a um clima de pessimismo total, desanimo e desesperança.
                No lugar de olhar o tamanho do nosso problema, devemos olhar para a grandiosidade do nosso Deus e crer que o seu poder pode operar grandes maravilhas a nosso favor, se tivermos fé, experimentaremos deste poder em nossas vidas, não apenas para realizar os nossos desejos, mas para vivermos de forma a agradar a Deus e a seguir os seus preceitos.
                Confie, acredite, alcance!

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

150 católicos sequestrados na Síria

150 católicos foram sequestrados na aldeia síria de Rableh, entre a fronteira com o Líbano e a cidade de Qusayr, província de Homs, informa a agencia Fides. O patriarca greco-católico de Damasco, Gregório III Laham, pediu a libertação destas pessoas "inocentes e pobres": "Apelo a todos os beligerantes para que respeitem os civis e poupem vidas".
Lideres cristãos locais estão em contato com organizações internacionais pedindo ajuda diante de uma "situação trágica".
Abou Fadel, pai de uma das vítimas, disse à agência Fides que o sequestro aconteceu no campo, onde as pessoas se encontravam recolhendo mel. "Esta região está completamente sob controlo de grupos armados" disse Fadel.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
por
GaudiumPress

Pe. Zezinho recebe alta e estado de saúde é estável



Padre Zezinho, SJC, recebeu alta do hospital e sua melhora é progressiva, segundo o boletim médico Padre José Fernandes de Oliveira, 71 anos, conhecido como padre Zezinho, SCJ, recebeu alta do Hospital Pio XII nesse domingo, 23.

O sacerdote estava internado, em São José dos Campos (SP) desde a última quarta-feira, 19, após sofrer uma isquemia cerebral.

Segundo o boletim médico divulgado na manhã desta segunda-feira, o sacerdote apresentou boa evolução clínica, mostrando sinais de recuperação da leve disfunção neurológica.

De acordo com o médico responsável, Dr. Elisio Barros Avidago, os exames realizados não mostraram alterações significativas e o estado de saúde de padre Zezinho é estável, com melhora progressiva.


por cn noticias

Semana Missionária de Granja,é destaque no Site RCC Brasil


Foram  iniciadas no último dia 13 de setembro as Semanas Missionárias no Ceará, tendo como primeiro destino a Cidade de Granja, distante 320 quilômetros da capital cearense.

Granja foi escolhida pela RCC Ceará como o primeiro destino para os missionários no estado. A cidade faz parte da Diocese de Tianguá e se prepara desde junho deste ano para a missão, que segundo os responsáveis locais vai dar um novo ardor ao município, que tem enfrentado diversos problemas sociais, bem como um grande afastamento por parte do seu povo da Igreja.

Em quatro dias de missão, foram visitadas casas, comércios, hospitais, além do presídio. Foram feitas caminhadas pelas ruas e praças, denominadas invasões, bem como shows e momentos de evangelização denominados “Incendeia”. A chegada dos missionários foi marcada por uma Missa de envio na noite do dia 13. Já no dia seguinte, a missão se espalhou pelos três polos de evangelização: São Pedro, Nossa Senhora de Fátima e Centro.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

POR QUE A GENTE SE "BENZE"?


         
POR QUE  FAZER O SINAL DA CRUZ? VOCÊ SE "BENZE"?

          A gente se "benze" porque o mal está ao nosso redor. Pedimos a Deus que nos proteja.
          Quando o povo estava sendo mordido pelas cobras venenosas Deus mandou fazer uma serpente de bronze e pôr sobre uma haste, uma cruz, quem olhasse para a serpente sobre a cruz ficaria curado.
Vamos ler nesta passagem em nossa Bíblia de Números 21,4-9.
           Em Ezequiel 9,4-6 Deus diz: "PERCORRA A CIDADE DE JERUSALÉM E MARQUE COM UMA CRUZ NA TESTA DOS INDIVIDUOS QUE ESTIVERAM SE LAMENTANDO E GEMENDO POR CAUSA DAS ABOMINAÇÕES QUE SE FAZEM NO MEIO DELA.
OUVI QUANDO ELE DIA PARA OS OUTROS: "PERCORRAM A CIDADE ATRÁS DELE, PARA MATAR SEM DÓ NEM PIEDADE VELHOS, MOÇOS, MOÇAS, CRIANÇAS E MULHERES. MATEM, ACABEM COM ELES. SÓ NÃO MATEM OS INDIVIDUOS MARCADOS COM A CRUZ".
         A CRUZ AFASTA DE NÓS OS PERIGOS, OS MALES, O MAL.
         Jesus nos ensina que Deus é Pai, Filho e Espirito Santo.
A gente se "benze" para que Deus nos proteja do mal, do inimigo.
por isso a gente diz: "Pelo Sinal da Santa Cruz, livra-nos Deus Nosso Senhor, de nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo".
         A gente também faz o sinal da cruz porque foi na cruz que Jesus entregou sua vida para nos salvar. Nos benzemos para dizer que Deus é importante na nossa vida, por isso pedimos sua bênçao e proteção. Assim, como São Paulo nós dizemos: "Quanto a mim, que eu não me glorie, a não ser na cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo". Gálatas 6,14.
        Nos benzemos para mostrar o nosso amor ao Deus que nos ama: Deus Pai que nos criou, Deus Filho, Jesus, que nos salvou, e Deus Espirito Santo que nos ilumina e dar força e coragem para fazer sempre o bem.
        Nos benzemos porque a cruz é o sinal do cristão e porque nós amamos a cruz de Cristo.
        Tem gente que não gosta da cruz, não carrega ela no peito, não se "benze", não põe cruz na cova. Você conhece pessoas assim?
        A Bíblia diz em Filipenses 3,18-19: "Uma coisa eu já disse e repito muitas vezes, e agora repito com lágrimas: há muitos que são inimigos da cruz de Cristo. O fim deles é a perdição".

        Para conversar:
Você costuma se benzer? Por quê? É certo ou errado se benzer?
Você é amigo ou inimigo da cruz de Cristo? Por quê?

                                           FESTA DA SANTA CRUZ, Camocim, 14 de Setembro de 2012.

                                                Pe. Sebastião de Lima
                                                  Vigário Paroquial.
Formação Paroquial: Setembro de 2012
Texto: Padre Sebastião de Lima – Vigário Paroquial da Paróquia Senhor Bom Jesus dos Navegantes de Camocim-CE
Digitação e adaptação: Gessivandro Queiroz, membro do grupo Renascer RCC Camocim e editor do blog grupo Renascer Camocim
Disponível: www.gruporenascer-rcc.blogspot.com

Política, com ofensas à Igreja, não!



                Na atual campanha eleitoral para os cargos do Poder Municipal, a Arquidiocese de São Paulo tem procurado manter uma postura coerente com as disposições canônicas da Igreja Católica e com suas próprias orientações pastorais. Instruções foram passadas ao clero, para que os espaços e os momentos de celebrações religiosas não sejam utilizados para a propaganda eleitoral partidária, nem para pedir votos para candidatos. Estas orientações também estão sintonizadas com as próprias normas da Justiça Eleitoral.
                Entretanto, a mesma Arquidiocese, através de seu Arcebispo e dos Bispos Auxiliares, também deu orientações e critérios sobre a participação dos fiéis na campanha eleitoral e na vida política da cidade e sobre a escolha de candidatos idôneos, embora sem citar nomes ou partidos. Essas orientações estão amplamente divulgadas. Entendemos que o voto dos cidadãos é livre e não deve ser imposto aos fiéis, como por "cabresto eleitoral", pelos ministros religiosos; nem devem nossos templos e organizações religiosas ser transformados em "currais eleitorais", reeditando práticas de uma política viciada, que deveriam estar superadas. A manipulação política da religião não é um benefício para o convívio democrático e pluralista e pode colocar em risco a tolerância e a paz social.
                Também com este propósito, enquanto organização presente de maneira capilar na cidade, a Arquidiocese de São Paulo convidou os 5 candidatos, atualmente mais bem posicionados nas pesquisas eleitorais, sem distinção de partido, para um colóquio com o clero e os religiosos, no próximo dia 20 de setembro, para que os candidatos tenham a ocasião de apresentar seus projetos e propósitos de governo e, da parte do clero e dos religiosos, possam ouvir os questionamentos sobre assuntos que interessam muito o povo de São Paulo e dizem respeito a realidades e questões, nas quais as organizações da nossa Igreja estão profundamente inseridas e envolvidas.

Todas as Bíblias são Iguais?



                1. Existe diferença entre a Bíblia católica e a protestante?
                Sim. Esta diferença está no número de livros contidos no Antigo Testamento. Na Bíblia católica temos no Antigo Testamento quarenta e seis livros, e na protestante trinta e nove. Faltam, portanto, sete livros (Tobias, Judite, Baruc, Eclesiástico, Sabedoria, 1,2 Macabeus), além de certos trechos de outros livros (Daniel 3,24-90; 13,13 e Ester 16,24). Infelizmente, esta diferença de livros não é tão simples quanto imaginamos, pois gera diferenças naquilo que acreditam católicos e protestantes.

                2. Por que existe esta diferença de livros?
                A versão do Antigo Testamento usado pelos primeiros cristãos foi uma tradução grega conhecida pelo nome de versão dos Setenta (LXX, Septuaginta). Nesta tradução dos Setenta estão os quarenta e seis livros do Antigo Testamento usados pela Igreja Católica. Estes livros foram traduzidos do hebraico, língua original da Bíblia, para o grego, pelos judeus que moravam em Alexandria (Egito).
                Esta tradução foi sendo feita entre os anos 300 e 150 a.C., com a finalidade de tornar acessível o texto bíblico àqueles judeus que não mais conheciam o hebraico. Quando os primeiros cristãos começaram o seu trabalho de pregação da Palavra, precisavam de uma tradução do Antigo Testamento que fosse entendida por todos os homens daquele tempo, assim usaram a versão dos Setenta.

A Doutrina sobre o batismo das crianças



A DOUTRINA TRADICIONAL SOBRE O BATISMO DAS CRIANÇAS

Uma prática imemorial
4. Tanto no Oriente como no Ocidente, a prática de batizar as crianças é considerada uma norma de tradição imemorial. Orígenes e, mais tarde, Santo Agostinho consideravam-na uma "tradição recebida dos Apóstolos» . Quando no século II aparecem os primeiros testemunhos diretos, jamais algum deles apresenta o Batismo das crianças como uma inovação. Santo Ireneu, de modo particular, considera óbvia a presença entre os batizados "das crianças e dos pequeninos", ao lado dos adolescentes, dos jovens e das pessoas adultas . O mais antigo ritual conhecido, aquele que descreve, no início do século III, a Tradição Apostólica, contém a prescrição seguinte: 'Batizar-se-ão em primeiro lugar as crianças; todas aquelas que podem falar por si mesmas que falem; quanto às que não podem fazê-1o, os pais ou alguém da sua família devem falar por elas" . São Cipriano, estando num Sínodo com os Bispos da África, afirmava que "não se pode negar a misericórdia e a graça de Deus a nenhum homem que vem à existência"; e esse mesmo Sínodo, recordando "a igualdade espiritual" de todos os homens, seja qual for a "sua estatura ou idade", decretou que se podiam batizar as crianças "já a partir do segundo ou terceiro dia após o seu nascimento" [5].

5. É verdade que na prática do Batismo das crianças se verificou um certo retrocesso, no decurso do século IV. Nessa época, em que os próprios adultos adiavam a sua iniciação cristã, levados pelo temor dos pecados futuros e com o medo da penitência pública, muitos pais, movidos pelas mesmas razões, adiavam o Batismo dos seus filhos. Mas deve-se observar também que Padres e Doutores, como um São Basílio, um São Gregário de Nissa, um Santo Ambrósio, um São João Crisóstomo, um São Jerónimo ou um Santo Agostinho — que tinham sido eles próprios batizados na idade adulta, em virtude deste estado de coisas — reagiram em seguida vigorosamente contra uma tal negligência, pedindo com insistência aos adultos para não retardarem o Batismo , necessário para a salvação , e muitos de entre eles insistiram igualmente para que o mesmo fosse administrado também às criancinhas .

África: Cristianismo ultrapassa islamismo: 46,53% da população africana em comparação a 40,46% de muçulmanos e 11,8% dos membros de religiões tradicionais africanas.



O Cristianismo é a primeira religião da África e já ultrapassou nitidamente o Islamismo. É quanto emerge dos novos dados apresentados na conferência “Religião em um contexto globalizado”, organizado na Universidade de El Jadida, no Marrocos, pelo CESNUR (Centro de Estudos de Novas Religiões), a rede internacional de estudiosos do pluralismo religioso dirigido pelo sociólogo de Turim Massimo Introvigne.
Segundo dados da conferência – onde se expressam 70 oradores de 18 países de todos os continentes – os cristãos representam 46,53% da população africana em comparação a 40,46% de muçulmanos e 11,8% dos membros de religiões tradicionais africanas. Dos 59 países africanos, 31 têm uma maioria cristã, 21, maioria muçulmana, e 6 de religiões tradicionais. Em 1900, os cristãos na África eram 10 milhões, em 2012 chegaram a 500 milhões.
Em 1900, os africanos eram 2% dos cristãos no mundo, hoje são de 20%, nos próximos dez anos, serão o maior bloco continental dentro do cristianismo, superando a Europa e as Américas. “Estes dados são ainda muito pouco conhecidos – diz Introvigne – mas têm um grande significado histórico, cultural e político. Hoje há mais cristãos praticantes na África do que na Europa. Com o passar do tempo, isso vai mudar não só a África, mas também o cristianismo, como havia entendido João Paulo II, de quem deve ser lembrada a grande atenção à África, retomada por Bento XVI, que visitou o continente duas vezes”.

Hospital Pio XII divulga boletim oficial sobre o padre Zezinho

pezezinho
O hospital Pio XII, divulgou um boletim sobre o estado de saúde do padre Zezinho, assina o boletim o Dr. Elisio Barros Avidago, que é o médico responsável. Leia a íntegra do documento:

Hospital Pio XII – São José dos Campos
Padre Zezinho

São José dos Campos, 20 de setembro de 2012, 17h
O paciente José Fernandes de Oliveira (Padre Zezinho, SCJ) apresentou episódio súbito de leve disfunção neurológica, já estando em tratamento e evoluindo com melhora progressiva, apresentando quadro clínico muito bom e estável. Encontra-se internado neste Hospital para realização de exames complementares.
 
Dr. Elisio Barros Avidago
Médico responsável

ATENÇÃO: Três passos para escolher bem seu candidato. Leia e repasse.





I. O primeiro passo é examinar o Partido a que ele pertence.

Os partidos que se dizem comunistas ou socialistas são incompatíveis com a Doutrina Social da Igreja:

Socialismo religioso, socialismo católico são termos contraditórios: ninguém pode ser ao mesmo tempo bom católico e verdadeiro socialista
(Pio XI, Quadragesimo Anno, n.º 119).
Entre comunismo e cristianismo, o Pontífice [Pio XI] declara novamente que a oposição é radical. E acrescenta não poder admitir-se de maneira alguma que os católicos adiram ao socialismo moderado” (João XXIII, Mater et Magistra, n.º 31).
O erro fundamental do socialismo é de caráter antropológico. De fato, ele considera cada homem simplesmente como um elemento e uma molécula do organismo social
(João Paulo II, Centesimus Annus, n.º 13).

A Fé e a Ciência: A Existência de Deus a partir das evidências cientificas estabelecidas.



O Princípio Antrópico (*)
De como a crença em Deus hoje pode não ser do âmbito  apenas da fé, mas de evidências científicas estabelecidas.
No outono de 1973, os astrônomos e físicos mais eminentes do mundo se reuniram na Polônia para a comemoração do 500º aniversário do pai da astronomia moderna, Nicolau Copérnico.
Agrupados para a série de simpósios que durariam duas semanas encontravam-se algumas das mais ilustres mentes científicas de nosso tempo: Stephen W. Hawking, Roger Penrose, Robert Wagoner, Joseph Silk, John Wheeler, só para citar alguns. O clima era festivo, mas apesar das inúmeras palestras apresentadas durante as festividades, somente uma seria lembrada décadas depois, ecoando muito além do salão de convenções em Cracóvia, onde foi pronunciada, por ter ido muito além do campo da astronomia ou mesmo da própria ciência.  Seu autor, Brandon Carter, um astrofísico e cosmólogo bem estabelecido na Universidade de Cambridge, amigo íntimo e antigo estudante de doutoramento e companheiro do posteriormente famoso Stephen Hawking.
Carter denominou sua noção de “Princípio Antrópico”, do grego anthropos, “homem”. O nome era um pouco desconcertante, e a definição de Carter sobre a ideia apresentou-se altamente técnica. Basicamente, o Princípio Antrópico traz à observação que um sem número de leis físicas foram orquestradas ordenadamente desde o início propriamente dito do universo até a criação do homem  - o universo que habitamos aparenta ser explicitamente planejado para o surgimento da vida e dos seres humanos.

ONU: Posição do Vaticano é acatada pelo Brasil, que identifica a ‘família natural e o matrimônio, formado por um homem e uma mulher.


Luciana Lima e Luciano Nascimento
Repórteres da Agência Brasil
Brasília – As posições expressadas pelo Brasil frente ao Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) em relação ao conceito de família, à educação religiosa e ao incentivo das chamadas unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) são alvo de críticas da organização não governamental (ONG) Justiça Global.
Em nota divulgada a instituição, que atua na defesa de direitos humanos junto a organismos internacionais, se colocou contrária à posição do Vaticano, acatada pelo Brasil, que identifica a ‘família natural e o matrimônio, formado por um marido e uma mulher, como a unidade básica da sociedade que provê as melhores condições para educar as crianças’.
O Brasil apresentou apoio parcial à recomendação do Vaticano, ponderando que as ‘instituições brasileiras reconhecem outras formas de arranjo familiar também dignas de proteção, como a criação de uma criança por uma mulher sozinha’.
Na opinião da Justiça Global, essa posição não é suficiente e a posição do Vaticano deveria ter sido rejeitada integralmente pelo Brasil. ‘A colocação do Vaticano claramente não se dirigia à família monoparental, mas sim às uniões entre pessoas do mesmo sexo e outros modelos de família que não fossem de base heteronormativa’, diz a nota.
A Justiça Global disse também que o Estado brasileiro ‘tem ignorado sistematicamente o direito à consulta prévia dos povos tradicionais’.

DEUS É FIEL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTE N°