sábado, 4 de agosto de 2012

PARABÉNS PE. EVALDO PELOS 21 ANOS DE SIM A DEUS


"O Sacerdote é o amor do Coração de Jesus. Quando virdes o padre, pensai em Nosso Senhor Jesus Cristo." (São João Maria Vianney).

Nossas homenagens ao nosso querido pároco Padre Evaldo. Essa data, 04 de Agosto sempre será lembrada pela sua família, também por todos os paroquianos de Camocim, da paróquia Senhor Bom Jesus dos Navegantes . Os sacerdotes são o suporte da Igreja, são dons de Deus, essenciais para a vida da igreja, missionária no mundo.Podemos afirmar que comemorar o aniversário de ordenação é comemorar a vida, pois o sacerdote não é apenas o homem da liturgia, mas faz da sua vida um culto litúrgico, uma entrega, uma doação, identificando-se com a realidade da cruz, que é doação e entrega, se entregando aos irmãos e à Igreja, fazendo de sua vida um sacramento intenso e fecundo.

Nosso querido padre Evaldo, hoje o senhor completa Vinte  anos de vida sacerdotal, e como tudo acontece por Deus na nossa vida, assim também não foi diferente entre o Senhor e o povo dessa comunidade que te ama, te quer bem, e está sempre ao seu lado. Por tanto esta data  é um dia festivo para todos nós e principalmente para Deus, ao ver que um filho amado ao qual escolhestes para trilhar em seus caminhos, tornou-se um pastor de muitas ovelhas, pois um dia ouviu esse chamado e disse seu sim .
E nós somos muito gratos, Pe. Evaldo, pelo seu sim, onde Deus nos presenteou com o senhor em nossa igreja de Camocim para que juntos, chegássemos mais próximos ao coração de Deus.Obrigado pelo seu esforço, dedicação e pelo seu carinho por todos nós.

Obrigado por ser este fiel amigo, este pai espiritual que conduz os nossos passos sempre em direção a Deus. Feliz é o povo que tem um sacerdote para conduzi-lo nos caminhos para a salvação com a proteção  do Senhor Deus. Por isso em nome do Blog do Grupo Renascer,  Renovação Carismática Católica de  Camocim e  todo povo desta paróquia,  queremos te desejar  força, saúde e perseverança nessa caminhada, e que o Espírito Santo te ampare para sempre como sacerdote. Maria esteja sempre contigo!!!

Deus o abençoe hoje e sempre. Nossos Parabéns!!!!

SERIE VIDA E SAUDE: O remédio para viver um pouco mais…

-

Comidas e bebidas lights, outras diets, ginásticas e coopers, remédios e vitaminas, antioxidantes... Diante de todas essas cuidadosas diligências, muitos se perguntam como fazer para achar uma maneira de robustecer a saúde, viver algum tempo a mais, ou pelo menos com maior qualidade de vida. Há até algumas pessoas que, não sem algum mérito, chegam a abandonar vícios que por muito tempo estavam enraizados, ao perceberem que o tempo vitalício que teriam diminuía a cada instante...

Certamente há problemas, os quais podem de alguma forma encurtar a vida, e em vista disso a ciência vem desenvolvendo inúmeros métodos a fim de que isso não aconteça.

Segundo uma pesquisa da Universidade Brigham Young, em Provo, Utah, publicada na revista científica PLoS Medicine, fraca interação social reduz 50% a taxa de sobrevivência. Resultado o equivalente a fumar 15 cigarros por dia. Viver isolado é ainda duas vezes mais prejudicial que ser obeso, alcoólatra ou não fazer exercício. Essa notícia nos faz lembrar "como é bom para os irmãos viverem juntos bem unidos"(Sl 133 (132), 1). Pois assim como o homem tem necessidade de alimentar-se, de cuidar da própria saúde quando se encontra em estado de enfermidade, assim é necessário que os homens estejam convivendo entre si. O que é viver senão estar juntos, olhar-se, e querer-se bem?
Mons. João S. Clá Dias, em uma de suas conferências sobre o instinto de sociabilidade, dizia que Deus fez o homem sem inúmeras qualidades que foram dadas a animais, como por exemplo, a força de um leão, a agilidade do tigre, o voo de uma águia. E por que Deus não as deu ao homem? Porque o homem seria autossuficiente e não necessitaria entrar em contato com os outros.
Portanto, agrada a Deus que os homens estejam em convívio, conhecendo-se, necessitando tantas vezes um do outro, e procurando encontrar nele os demais aspectos do Criador, pois em sua infinita Sabedoria, Deus não fez um ser igual ao outro, e por esta razão, devemos encontrar em cada um, o reflexo Dele.
Isto faz do homem um ser alegre, pois ao viver dignamente em sociedade está cumprindo com a vontade de Deus, e é para esta finalidade que foi chamado. Cumprindo com esses desígnio da Providência o homem vai se preparando para o mais agradável e excelente convívio, que os Bem-Aventurados terão no céu, onde cada um passará a eternidade inteira deliciando-se com as maravilhas da criação e os diversos aspectos que Deus pôs em cada um dos homens.
Aí se encontra a verdadeira doçura de viver, e o lado por onde as pessoas possam gozar dos gáudios do Céu, já aqui na terra, pois entram em contato uns com os outros na mesma intenção de conhecer, amar e servir a Deus. Sem este objetivo, a vida não se fundamenta em verdadeira alegria, mas em isolamento e frustração, onde se perde a vontade e a alegria de viver.



Por Lucas Alves Gramiscelli.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
por
GaudiumPress

Mártires franciscanos de Praga serão beatificados no dia 13 de outubro



O frei menor franciscano Bedrich Bachstein e mais 13 mártires da mesma ordem serão beatificados no próximo dia 13 de outubro. A data foi confirmada oficialmente nesta sexta-feira, 03, pelo Vaticano. O rito de beatificação será presidido pelo prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Cardeal Ângelo Amato, na Catedral de São Vitor, na cidade de Praga, capital da República Tcheca.
Os 14 freis franciscanos entraram para a história da Igreja Católica após serem assassinados no ano de 1611 durante invasão do exército de Passau à cidade de Praga. Na ocasião os sacerdotes foram acusados de colaborar com as tropas inimigas. Por isso, a população local voltou-se contra os religiosos, invadiu o mosteiro em que residiam, matando-os. Pouco tempo depois da morte dos sacerdotes, no entanto, começou a ser celebrada regularmente a adoração em memória deles.
O processo de beatificação dos 14 mártires de Praga teve início no século XVII, mas foi interrompido, sendo retomado em meados do século passado. Contudo devido ao regime comunista instaurado na época, os trâmites para transformá-los em beatos foram novamente deixados de lado, dessa vez, até a queda do regime em 1989.
As investigações para levar a cabo a beatificação se acentuaram no dia 30 de junho deste ano quando foram iniciadas pesquisas arqueológicas para encontrar os túmulos dos frades na Capela do Mosteiro de Nossa Senhora das Neves, onde foram enterrados. Duas semanas depois, seus restos foram encontrados e analisados por uma comissão de peritos, antropólogos e teólogos nomeados pelo arcebispo de Praga, Cardeal Dominik Duka, que esclareceram os eventos históricos e as circunstâncias da morte dos mártires. (BD)
Com informações da Rádio Vaticano.
Autor: Gaudium Press

Entre a grávida e o feto



                O tema "aborto" não é simples, nem fácil de enfrentar. Faz milhares de anos que deixou de ser brincadeira, se é que algum dia o foi. De um lado estão milhões de mulheres que não querem ser mães do feto concebido e que correm o risco de morrer se não o extraírem de maneira higiênica; do outro estão os fetos que fatalmente morrerão com o beneplácito da lei, a partir do momento que os políticos e seus partidos decidirem que interrompê-los não será mais crime!
                Como se pode perceber está longe, muito longe de ser apenas assunto de saúde pública. Interromper um feto humano é mais do que questão de assepsia. É sociologia, filosofia, teologia e ascese. Uma vida que se tornou problema será eliminada antes da 10ª ou 14ª semana porque uma junta de estudiosos decretou que ainda não são humanos. Ignora-se o que outra junta de estudiosos e religiosos disse sobre o direito de nascer.
                Um falacioso marketing decide carimbar como moderno quem apóia sua extração e ultrapassado e mezozóico quem defende seu direito de vir a ser pessoa. Defender a vida do feto tornou-se conservadorismo e defender a grávida que não o quer é modernidade... Só que tem que adjetivos e apupos não ajudam nem o feto nem a grávida. Nem ela é uma coitada, nem o feto é uma excrescência. Ela que pensa, deve ser ouvida e aconselhada, por menos conselho que aceite, e o feto, que não pensa nem pode pensar precisará de bons advogados. Passar uma lei do tipo "agora pode" não resolve a questão do ventre e da vida que ali se aninhou.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Orientações da Igreja Católica para as eleições municipais.


Daniel Baez Brizueña
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), conjuntamente com a sua Regional Sul II – PR criou uma cartilha de orientação para seus fiéis e para todas as pessoas de boa vontade, com vista às eleições municipais de Outubro próximo.
A CNBB ressalta que “todos sonhamos com um mundo mais justo, uma sociedade inspirada nos princípios da verdade e da paz. Pois esse mundo feliz e bom somos nós mesmos que construímos. E as eleições são uma ocasião em que podemos de fato, dar a nossa contribuição para que isso aconteça” destaca a cartilha.
Por outro lado, a CNBB lembra que “nós cristãos, além do dever-cidadão, temos um compromisso a mais: é a fé que nos convoca a prestar a nossa colaboração”, com isto a CNBB quer contribuir para que os eleitores possam ter consciência do valor do seu voto.
É importante lembrar, ao mesmo tempo, que na 50ª Assembleia Geral realizada em Aparecida entre os dias 18 a 26 de abril de 2012, destaca que “em sintonia com os importantes acontecimentos que marcam o país neste ano, especialmente as eleições municipais no próximo mês de outubro.
Expressão de participação democrática, as eleições motivam-nos a dizer uma palavra que ilumine e ajude nossas comunidades eclesiais e todos os eleitores, chamados a exercerem um de seus mais expressivos deveres cidadãos, que é o voto livre e consciente”, destaca os Bispos do Brasil.

“Sem amor, a vida humana não tem sentido”!



Evento Life Happening 2012 é organizado pelo Movimento Italiano pela Vida
“O sim à vida envolve um compromisso de amor”, afirma a doutora P. Pellicano, do Centro de Regulação Natural da Fertilidade do Insituto Paulo VI, da Universidade Católica de Roma. A palestra de Pellicano abriu o segundo dia do evento Life Happening 2012, organizado pelo Movimento pela Vida, na Itália.
O homem não pode viver sem amor, porque a sua vida não teria sentido, diz ela. “A vida humana é uma experiência contínua de amor: desde a concepção, a criança se relaciona com a mãe graças a este vínculo profundo de amor”. Falar de amor, portanto, é falar de pessoa, e nele não há espaço para o egoísmo nem para o utilitarismo, que nos empurram a consumir em vez de doar.
Amar é doar-se. E aquilo que é doado só pode ser doado “totalmente” e “para sempre”, afirma a doutora Pellicano em sua palestra. Um doar-se parcial não seria doar-se de verdade, e doar-se com prazo seria o mesmo que emprestar-se. Só a totalidade do amor nos leva a compreender a beleza da vida humana e a reconhecer que o dom da fertilidade “é o momento da preparação, a fonte da vida”. É a fertilidade que expressa a capacidade de dar a vida, e é por isso que a união do amor e da vida explica a beleza da sexualidade.
A palestra seguinte, “Descobrir a maravilha da vida humana”, foi dada pela doutora B. Felicetta, ginecologista do Centro de Apoio à Vida, de Catanzaro. Ela aprofundou a maravilha da vida humana, “que é um caminho e um olhar”.
Toda pessoa é única e irrepetível, e é para isto que nós temos que olhar com estupor, com o mesmo olhar que nos faz acompanhar o crescimento da criança no útero da mãe e reconhecer a sua força e beleza. A vida, o amor e a sexualidade se tornam uma só coisa na explicação da maravilha da vida humana.
Para finalizar a sessão, o presidente italiano do Movimento Pela Vida palestrou sobre “O reconhecimento jurídico na Itália e na Europa da pessoa concebida”.

Porque cremos que a Igreja Católica é a Igreja de Cristo?



A Fundação da Igreja
E eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; e eu te darei as chaves do reino dos Céus: e tudo o que desatares sobre a terra, será desatado também nos céus.” (Mt. 16, 18)
Como isso é claro e positivo! Jesus Cristo muda o nome de Simão, em pedra (aramaico: Kephas, significa pedra e pedro, numa única palavra, como em francês Pierre é o nome de uma pessoa e o nome do minério pedra).
Deus fez diversas vezes tais mudanças, para que o nome exprimisse o papel especial que deve representar a pessoa. Assim mudou o nome de Abrão em Abraão (Gn 17, 5), para exprimir que devia ser o pai de muitos povos.
Mudou ainda o nome de Jacob em Israel (Gn 32, 28) para significar a “força contra Deus“. Assim Jesus Cristo mudou o nome de Simão em Pedro, sobre a qual estará fundada a Igreja, sendo o seu construtor o próprio Cristo.
Em todo o trecho em que Nosso Senhor confirma S. Pedro como primeiro Papa, fica evidente que Ele se dirige, exclusivamente, a S. Pedro, sem um mínimo desvio: “Eu te digo… Tu és Pedro… Sobre esta pedra edificarei… Eu te darei… O que desatares…
S. Pedro é a pessoa a quem tudo é dirigido … é ele o centro de todo este texto.
Esse ponto é muito importante, pois a interpretação truncada dos protestantes quer admitir o absurdo de que Nosso Senhor não sabia se exprimir corretamente. Eles dizem que Cristo queria dizer: “Simão, tu és pedra, mas não edificarei sobre ti a minha Igreja, por que não és pedra, senão sobre mim.” Ora, é uma contradição, pois Nosso Senhor alterou o nome de Simão para “Kephas”, deixando claro quem seria a “pedra” visível de Sua Igreja.
A primazia de S. Pedro comprovada nas Sagradas Escrituras e na Tradição
Eu te darei as chaves do Reino dos Céus” [a S. Pedro] – (Mt. 16, 17-19) – Primazia de jurisdição sobre todos, pois é a ele que a sentença é dita.
O primado de S. Pedro sobre os outros fica claramente expresso quando ele: 1) preside e dirige a escolha de Matias para o lugar de Judas (At 1,1-25); 2) É o primeiro a anunciar o evangelho no dia de Pentecostes (At 2, 14); 3) Testemunha, diante do Sinédrio, a mensagem de Cristo (At 10, 1); 4) Acolhe na Igreja o primeiro Pagão (At 10,1); 5) Fala primeiro no Concílio dos Apóstolos, em Jerusalém, e decide sobre a questão da circuncisão: “Então toda a assembléia silenciou“(At 15, 7-12), etc.
Todos os sucessores dos apóstolos atestam o primado de Pedro e dos seus sucessores, como, por exemplo: 1) Tertuliano: “A Igreja foi construída sobre Pedro“; 2) S. Cipriano: “Sobre um só foi construída a Igreja: Pedro“; Santo Ambrósio: “Onde há Pedro, aí há a Igreja de Jesus Cristo“.
S. Mateus enumerando os apóstolos, confirma o primado de S. Pedro: “O primeiro, Simão, que se chama Pedro“(Mt 10, 2).
No século I, o Bispo de Roma, Clemente, escrevendo aos Coríntios, para chamar à ordem os que injustamente tinham demitido os presbíteros, declara-lhes que serão réus de falta grave se não lhe obedecerem. O procedimento de Clemente de Roma tem maior importância, se considerarmos que nessa época ainda vivia o apóstolo S. João que não deixaria de intervir se o Bispo de Roma estivesse no mesmo plano dos outros bispos.

Holanda, um passo para batismos ecumênicos.



Jornal La Croix.
Ao termo de três anos de reflexões promovidas pelo Conselho das Igrejas holandesas, nove Igrejas dos Países Baixos, entre as quais a Igreja católica, subscreveram uma declaração comum na qual elas reconhecem o mesmo batismo cristão.
Qual é gênese deste projeto?
Vista a diversidade das Igrejas cristãs holandesas, os reconhecimentos de batismo durante muito tempo colocaram problemas aos Países Baixos. No início dos anos 60, o casamento da princesa Irene – irmã da atual rainha Beatriz – com um príncipe católico, e seu batismo em Roma, após os quais ela teve que renunciar à Coroa holandesa, tinha provocado muita emoção nos Países Baixos. As discussões iniciadas após este episódio tinham contribuído para iniciar, desde o fim dos anos 60, uma sucessão de reconhecimentos bilaterais de batismo entre a Igreja católica romana e certas Igrejas protestantes neerlandesas.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

SAUDADE DE MONSENHOR TIBURCIO


A Diocese de Tianguá está de luto. Na noite da ultima  sexta feira (27/07) por volta das 18:30 hs o Pe. Monsenhor Tibúrcio de Paula faleceu.
Monsenhor Tibúrcio foi a melhor referência de sacerdote integro e fiel da Diocese de Tianguá, dotado de uma inteligência e lucidez finíssimas, se destacava, no entanto, pelo testemunho de humildade, fidelidade e incansável dedicação ao povo de Deus.
Pela sua timidez e espirito introspectivo, nunca fez propaganda das inumeráveis obras que realizara e ainda realiza. Mesmo não sendo mais o pároco de Tianguá, desde agosto de 1971, é o grande responsável pela expansão da Paróquia, conquistando terrenos e construindo capelas pelos bairros e periferia da cidade.
No campo social e educativo, poucos fizeram tanto e tão bem quanto ele. No campo do ensino deve-se a ele a implantação do ginásio e da escola normal de Tianguá, e mais recentemente um Campus avançado da Universidade Vale do Acaraú. Não dá para descrever aqui em tão poucas linhas a vasta obra de Mons. Tibúrcio.
Necessário é, no entanto, que se diga, este homem nasceu para ser aquilo que foi enquanto vivência de sua peregrinação terrestre. Um sacerdote. Seu testemunho, seu exemplo, é um patrimônio incomensurável para as novas gerações de padres. Se Jesus, o Bom Pastor, é o modelo de sacerdote; Mons. Tibúrcio é, nas palavras e ações, manifestação do Cristo Bom Pastor.
Em 2012, Monsenhor Tibúrcio completou 70 anos de ordenação sacerdotal e declarou “O sacerdócio é uma graça tão preciosa, tão acima de nossas forças, é dom total de Nosso Senhor. O sacerdócio é o amor do Coração de Jesus”.

Começa adoração Eucarística permanente em Londres 2012



O sacerdote franciscano Francis Conway, do mosteiro de São Francisco de Assis em Stratford (Reino Unido), o templo católico que fica mais perto da vila olímpica, anunciou no dia 30 de julho o lançamento, em ocasião das Olimpíadas no país, de uma campanha de adoração eucarística durante as 24 horas do dia.
O Pe. Conway disse que durante este tempo de jogos esportivos, "estamos balançando a bandeira de Cristo".
"Teremos adoração Eucarística de nove da manhã às seis da tarde, quando outra paróquia da zona seguirá até tarde, e depois outra paróquia continuará durante a noite, até que nós retomemos a adoração às nove da manhã de novo" explicou o sacerdote.
As outras duas paróquias que participam são: Nossa Senhora e Santa Catarina de Sena, e Santo Antônio de Pádua.
Londres acolhe, até o dia 12 de agosto, mais de 10.000 atletas de mais de 200 países e ao redor de 5 ou 6 milhões de visitantes do Reino Unido e de outros lugares.
O Pe. Conway explicou que a paróquia trouxe alguns sacerdotes de Portugal, França, Colômbia, Singapura e de outras partes, para cobrir a demanda pastoral esperada tanto para os participantes nas Olimpíadas como para os turistas.

Olimpíadas 2012: Missionários cristãos levam “Ônibus do Louvor” para as ruas de Londres

Olimpíadas 2012: Missionários cristãos levam “Ônibus do Louvor” para as ruas de LondresUm grupo de missionários do projeto “Mais do que Ouro” (More than Gold), engajados na evangelização durante os jogos olímpicos de Londres, levou para as ruas do trajeto da tocha olímpica o “Ônibus do Louvor”.
Criado com uma ideia surgida entre os membros da Igreja Metodista Escalls, o ônibus de 2 andares, com o teto aberto para acolher os músicos e cantores, percorreu as ruas à frente da tocha olímpica desde quando ela chegou ao País de Gales, passando pela Escócia e finalmente Inglaterra (Londres).
Por mais de 13 mil quilômetros o ônibus levou louvor a Deus através de musicas cristãs, a todos que esperava a passagem da tocha Olímpica.
- A atmosfera em Londres era de muita alegria e foi absolutamente incrível. As pessoas dançavam na rua, até policiais foram movidos pela música, foi muito maravilhoso – afirmou Christine Bonfield, membro da Escalls que coordenou o projeto.
- Tivemos alguns músicos realmente fantásticos, incluindo uma banda brasileira. Alguns dos músicos disseram estar na estrada foi uma experiência de mudança de vida. Milhares de pessoas fotografaram o ônibus, já que ele passou em todo o país – completou.
As diversas bandas e músicos foram coordenados no palco móvel por Allison Humphries, que destacou a emoção provocada pelo trabalho.
- Os músicos vieram de diferentes igrejas e foi emocionante ver como eles interagiam uns com os outros. Mas a melhor coisa foi a reação das multidões. O ônibus foi aceito por todos – afirmou Humphries.

Vinte anos após o fim da URSS, Rússia volta a ter ensino religioso.



Igreja Ortodoxa conseguiu, segundo ela,
 acabar com monopólio do darwinismo 
Vinte anos depois que a URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) foi fendida, a religião volta a ser ensinada nos colégios da Rússia. Nestas duas décadas, a Igreja Ortodoxa vem ganhando proximidade com as instituições e presença entre uma população que durante quase todo o século XX foi oficialmente ateia. Sendo uma religião majoritária entre os russos, um de seus objetivos tem sido entrar nas escolas.

No próximo período escolar, que começa no dia primeiro de setembro, todos os colégios russos contarão com uma disciplina a mais: “Fundamentos das culturas religiosas e da ética laica”. Um chamativo nome pelo qual o Kremlin encontrou uma solução salomônica para acomodar as principais religiões do país.

A disciplina será de caráter trimestral, nos quartos e quintos anos (10 e 11 anos). Além disso, é obrigatória, desta forma, ninguém poderá ficar sem cursá-la se não quiser ficar sem o diploma escolar. No entanto, os pais têm a possibilidade de escolher um dos seis módulos pelos quais a disciplina está dividida.

João Paulo II, Um homem para os outros



-

No dia 02 de abril é lembrada a páscoa de João Paulo II. Nesta ocasião pude mais uma vez rezar a Deus em louvor e gratidão pela vida e pontificado deste incansável servo de Deus. Recordo-me das suas palavras dirigidas a um grupo de seminaristas no início do seu pontificado em que ele dizia: “O sacerdote é um homem para os outros!”.

Sim, João Paulo II viveu o seu sacerdócio, a sua missão de pastor de forma incansável até às últimas conseqüências. Viveu para os outros! Esta é a melhor definição da sua vida e seguimento a Cristo. Nele se observa o que é dispor tudo para Deus. Ofertou seus dons, seus talentos, sua inteligência, seu corpo, suas esperanças, alegria e sofrimento. Fez tudo isso não numa existência individual, mas como corpo, como Igreja, família de Deus. Presidindo a missa de aniversário de morte de João Paulo II, aos Jovens, na Basílica de São Pedro, disse o Papa Bento XVI: “Quantas vocações ao sacerdócio e à vida consagrada, quantas jovens famílias decididas a viver o ideal evangélico e a tender à santidade estão unidas ao testemunho e à pregação de João Paulo II! Um pontificado de muita fecundidade espiritual e de uma intensa comunicação da esperança”.

Recordo-me das palavras de João Paulo II na sua primeira encíclica (O Redentor do Homem, 04 de março de 1974) quando diz: “A Igreja de Cristo, que nós formamos, é ‘para os homens’, no sentido de que, baseando-nos no exemplo do mesmo Cristo e colaborando com a graça que ele nos obteve, nós podemos atingir o ‘reinar’ (serviço real), que significa tornar madura a humanidade em cada um de nós. Humanidade madura significa pleno uso da liberdade recebida de Deus no ato da criação, feito Sua imagem e semelhança. O dom da liberdade encontra a sua plena realização na doação, sem reservas, de toda a própria pessoa humana de amor esponsal a Cristo e, com o mesmo Cristo, a todos aos quais ele envia” (cf. 21).

Respeito pelos presos: a intenção de oração do Papa para agosto



“Para que os presos sejam tratados com justiça e seja respeitada a sua dignidade.” Esta é a Intenção Geral proposta pelo Santo Padre para o mês de agosto ao Apostolado da Oração.

No caso do Brasil, a superlotação carcerária é um dos principais desafios a serem enfrentados, como nos explica o Padre Ney Brasil Pereira, que é membro da Pastoral Carcerária do Estado de Santa Catarina e membro da Pontifícia Comissão Bíblica, com sede aqui no Vaticano:

Há um fenômeno muito preocupante que é o aprisionamento que cresce cada vez mais. O número de presos tem crescido muito. O Brasil tem quase 500 mil presos. Nosso Estado, Santa Catarina, quando comecei, em 1973, não havia três mil presos. Agora são 17 mil, em questão de 30 anos. E isso vai aumentando sempre mais rapidamente, então o governo não consegue acompanhar esse número maior de presos com novas construções. E a meu ver, nem para que se reabilite. Esse trabalho de recuperação está muito falho.

Já a juventude está no centro da Intenção Missionária, que é “Para que os jovens, chamados ao seguimento de Cristo, se disponham a proclamar e testemunhar o Evangelho até aos confins da terra”. 


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
por
Rádio Vaticano

Um testemunho impactante de uma ex “atéia” convertida à verdade!!



É uma história maravilhosa de conversão nos nossos dias, aquela de Leah Libresco, a popular blogueira americana atéia responsável do “Patheos Atheist Portal”.
No passado 18 de Junho uma postagem desta jovem filósofa, formada em Yale e colaboradora do Huffington Post, definitivamente chocou muitos seguidores – especialmente ateus – do seu blog, chegando rapidamente a todas as partes do mundo.
“Esta é a minha última postagem” anunciava dramaticamente o título do artigo, onde a blogueira declarava ter finalmente encontrado a resposta para aquela sua “moral interna” que até agora o ateísmo não conseguia satisfazer: o cristianismo. A resposta que durante anos Leah refutava e rejeitava com “explicações que buscam colocar a moralidade no mundo natural.”
“Durante anos eu tentei argumentar a origem da lei moral universal que reconhecia presente em mim” explicou a blogueira; uma moralidade “objetiva como a matemática e as leis da física”. Nesta busca contínua de respostas, Leah se refugiou, por exemplo, na filosofia ou na psicologia evolutiva.
“Eu não pensava que a resposta estivesse ali” admite, mas ao mesmo tempo “não podia mais esconder que o cristianismo demonstrava melhor do que qualquer outra filosofia aquilo que reconhecia já como verdadeiro: uma moral dentro de mim que o meu ateísmo, porém, não conseguia explicar”.
Os primeiros “sinais” de conversão vieram no dia de Domingo de Ramos, quando a blogueira participa de um debate com os alunos de Yale para explicar de onde deriva a lei moral. Durante a explicação, foi interrompida por um jovem que “buscava fazer-me pensar – como ela mesma lembra – pedindo-me para não repetir a explicação dos outros, mas para dizer o que eu pensava sobre isso”.
“Não sei, não tenho uma idéia” é a resposta da Leah diante de uma pergunta simples, mas inquietante. “A sua melhor hipótese?”, continuou o jovem, “não tenho uma”, ela responde.
“Terá talvez alguma idéia”, continua ele; “não o sei… mas acho que a moral tenha se apaixonado por mim ou algo parecido” tenta falar a filósofa, mas o rapaz neste momento diz-lhe o que pensava.
Refletindo, a mulher diz: “Percebi que, como ele, eu acreditava que a moral fosse objetiva, um dado independente da vontade humana”. Leah descobre portanto que também ela crê “numa ordem, que implica alguém que o tenha pensado” e “na existência da Verdade, na origem divina da moral”.
“Intuí – explica ainda – que a lei moral como a verdade pudesse ser uma pessoa. E a religião católica me oferecia a estrada mais razoável e simples para ver se a minha intuição era verdadeira, porque diz que a Verdade é vivente, que se fez homem.”

domingo, 29 de julho de 2012

Evangelho de Domingo




Jesus alimenta uma multidão
Leitura Orante
Novo mandamento de Jesus, a partilha

No evangelho de João, na narrativa da última ceia de Jesus em Jerusalém, não há menção à partilha eucarística do pão. A grande ação de Jesus nesta ceia é o lavar os pés dos discípulos, como exemplo de serviço para eles. Este gesto de partilha se realiza neste momento de encontro com a grande multidão no alto da montanha e tem um caráter universalista, pois aí estavam presentes gentios da Galileia e de territórios vizinhos.
Foi no alto de uma montanha que Deus deu os dez mandamentos a Moisés. Agora é o novo mandamento de Jesus, mandamento da partilha, do amor. O personagem central é um menino (paidárion, jovem escravo), com cinco pães de cevada e dois peixes. Jesus dá graças (eukharistésas) pela partilha, e ela acontece a partir dos mais humildes. Somos convidados a viver a eucaristia como partilha concreta do pão e da vida.
Nesta narrativa é destacada, logo de início, a grande multidão de excluídos que segue Jesus e que merece sua atenção. Vemos aí, também, uma contraposição entre este encontro de Jesus com a multidão e "a Páscoa, a festa dos Judeus". Nesta Páscoa celebrava-se a morte dos egípcios, que eram oprimidos pelo faraó, e a saída do povo de Israel do Egito para a invasão e o extermínio dos povos de Canaã. Em oposição a esta celebração da violência, Jesus revela o Deus da vida e do amor. Sempre no meio da multidão, Jesus comunica a vida.

Católicos americanos veem Maria em rachadura de árvore

Árvore em Nova Iorque tem
sido reverenciada por fiéis
Católicos de Nova Iorque (EUA) têm reverenciado uma árvore no bairro de Westchester porque conseguem enxergar no tronco dela a imagem sagrada da Virgem Maria. 

Diante da árvore, os fiéis acendem velas, rezam e se benzem. Alguns tocam a rachadura da casca da árvore a qual acreditam que compõem uma tradicional imagem da santa. Muitos são hispânicos.

Moradores do bairro afirmaram que a Virgem apareceu no tronco após um mexicano ter morrido ali perto, vítima de acidente.

Em duas semanas, essa é a segunda “aparição” de uma santa nos Estados Unidos. A primeira, afirmam os fiéis, foi a Nossa Senhora de Guadalupe, em West New York, defronte a uma igreja.

Esse tipo de delírio coletivo ocorre principalmente em épocas de crise econômica, porque representa a expectativa dos fiéis de que seus problemas, como o desemprego, possam ser resolvidos com a ajuda divina.

Igreja de Mississippi proíbe pastor de casar noivos negros

Charles Wilson e Te'Andrea
O casal foi avisado da proibição um dia antes do casamento
Constrangido, o pastor Stan Weatherford (foto abaixo) teve de informar Charles Wilson e Te'Andrea (ambos na foto acima) que não poderia casá-los no dia seguinte na Igreja Batista de Crystal Springs porque a congregação proibiu que ali se realizasse esse tipo de cerimônia entre pessoas negras. Crystal Springs é uma cidade com cerca de 6.000 habitantes do Estado de Mississippi, nos Estados Unidos. 
pastor Stan Weatherford
Weatherford teve celebrar
a união em outra igreja
Os noivos tiveram um baque porque jamais imaginaram que seriam vítimas de racismo na igreja que frequentavam, embora não fossem fiéis assíduos. Mas o pai de Te'Andrea é membro ativo da igreja, paga dízimo, e um tio dela trabalha lá.

Como não dava para mudar a data do casamento — já estava tudo preparado e seria um transtorno avisar os convidados —, o pastor celebrou o casamento na igreja mais próxima. Mas ficou o ressentimento do casal.

BC muda cédulas de 10 e 20 reais, mas mantém 'Deus seja Louvado'

Louvação fere o Estado laico determinado pela Constituição 
O Banco Central alterou as cédulas de R$ 10 e R$ 20, “limpou” o visual e acrescentou elementos de segurança, mas manteve a expressão inconstitucional “Deus seja Louvado”. As novas cédulas, que fazem parte da segunda família do real, começaram a entrar em circulação no dia 23.

Desde 2011, o Ministério Público Federal em São Paulo está pedindo ao Banco Central a retirada da frase das cédulas, porque ela é inconstitucional. A laicidade determinada pela Constituição de 1988 impede que o Estado abone qualquer tipo de mensagem religiosa.

Família pega caranguejo com imagem imagem do rosto de Jesus Cristo gravada no corpo


Família pega caranguejo com imagem imagem do rosto de Jesus Cristo gravada no corpo
Durante um passeio num estuário para observar caranguejos, em Seattle, no Estado americano de Washington, uma família filmou um caranguejo que acabou chamando atenção em relação aos outros animais observados no local. Um caranguejo pescado pela família Canfield tinha em seu ventre uma imagem do rosto de Jesus Cristo.
De acordo com o Huffington Post, John Canfield afirma só ter percebido a imagem em casa, quando revia as gravações feitas com a família durante o passeio. A gravação é a única evidência sobre o animal, que foi devolvido ao mar por se tratar de uma fêmea, visto que a pesca de fêmeas desse crustáceo é proibida no local.
Diferente dos Canfield, algumas pessoas, como os editores do site Gawker, afirmam que a imagem na verdade se trata do rosto do terrorista Osama Bin Laden.
Pesquisadores da Northwestern University estão tentando explicar por que as pessoas estão vendo as imagens de Cristo em alimentos como pizza e torrada e em outros objetos. O pesquisador Joel Voss disse à NBCNews.com que isso acontece porque o cérebro humano tem a tendência de buscar familiaridade em imagens abstratas.

Os ateus também estão entre os prediletos da misericórdia de Deus



O Arcebispo Emérito de Corrientes (Argentina), Dom Domingo Castagna, afirmou que os ateus têm fome daquele Deus que negam, e por isso também formam parte dos prediletos da misericórdia divina. “Os mais afastados de Deus, pela prática e confissão de incredulidade ou por ateísmo aberto, são os prediletos de sua ação misericordiosa, por causa da necessidade que têm Dele”, assinalou o Prelado.Dom Castagna, que desde seu retiro escreve semanalmente propostas de homilia para os sacerdotes, disse que “o mais ferido dos filhos atrai a delicada atenção da mãe.

A simples vista parece discriminatório o esmero materno em favor do doente ou ferido, mas, não é assim. Deus é um Bom Pai. A compaixão que manifesta Jesus expressa, com o gesto humano mais íntimo, o amor de Deus pelos homens, incapazes de amar por causa do pecado”.
 

©2012 Grupo Renascer | Template Grupo Grupo Renascer by