VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 14 de julho de 2012

CONGRESSO MUNDIAL DE JOVENS DA RCC:Patty Mansfield pioneira da RCC fala de Amor


A manhã deste sábado (14) começou com a pregação da pioneira da RCC do mundo, Patty Mansfield. A temática abordada foi o Testemunho de Amor, ela falou a respeito desta virtude.
Logo no início de sua pregação, Patty contou que antes de vir para o Encontro Mundial de Jovens, estava na cidade de Lourdes, França,  onde também tinha sido convidado a pregar. Ela disse que em um momento de oração na gruta, teve uma visão de Nossa Senhora de Lourdes e que pediu a ela que intercedesse por todos os jovens que aqui estariam durante esses dias.
Usando como exemplo de amor a Deus, Santa Terezinha,  a pregadora citou e conclamou toda a juventude presente a proclamar em sua língua de origem a afirmação da Santa: minha vocação é o amor. Patty também usou como referência de amor incondicional a Deus a Virgem Maria: “Maria é um exemplo bonito deu amor, quando ela acolheu o Espírito Santo, Jesus se dez carne com a carne de Maria”.
Através do seu testemunho de vida,  Patty nos instiga a acolher o amor de Deus, acolher a visitação do Espírito Santo em nossas vidas e permitir que a Palavra se torne carne em nossa carne. “Sempre que nos doamos, nos tornamos evangelizadores”, completou. Dando o seu testemunho pessoal, ela afirmou ter compreendido o que é o verdadeiro Amor de Deus só depois dos acontecimentos de Duquesne, que marcam o início da RCC no mundo. Dessa forma, ela encaminhou a sua fala para uma reflexão sobre a submissão à vontade de Deus.

O que devemos fazer com as imagens quebradas?




Muitas pessoas perguntam o que deve ser feito com as imagens que se quebram em nossas casas, paróquias e comunidades.  Uns acham que devemos conservá-las mesmo muito danificadas, outros que devemos deixá-las nas portas de igrejas e até cemitérios.
                É importante termos em mente que o que veneramos não é a imagem e sim o que ela representa. Se a imagem cai e se quebra em muitos pedaços, ela deixa de representar Jesus, Maria ou algum Santo ou Santa de Deus. Não passará de cacos ou pedaços de madeira ou gesso, sendo assim podemos descartá-los sem nenhum problema.
                Vale lembrar que nós católicos não adoramos imagem, como às vezes somos acusados. Dizem isso porque em nossas igrejas existem imagens representando, Jesus, Nossa Senhora e os santos, e para muitos construir tais imagens seria uma desobediência a ordem de Deus em seus mandamentos.
                Examinado as Sagradas Escrituras e também a prática dos primeiros cristãos, transmitidas até os nossos dias pelo ensinamento da Igreja, encontramos algo diferente: Deus permitiu em determinados casos o uso de imagens, e nunca a Igreja católica levou os fiéis a adorá-las.
                Não deixemos de recordar nunca que as imagens não são sagradas, sagradas são as pessoas que elas representam para nós!
               
                Redação Encontro com Cristo
               
                (Você pode saber mais sobre este e outros assuntos no livro Católico pode ou não pode? Por que? Padre Alberto Gambarini)

Revigorar-se na palavra de Deus!




                No dia a dia de todos nós ocorrem ou podem ocorrer momentos de muitas lutas e problemas, que muitas vezes nos fazem desanimar, ficar frustrados e até mesmo tristes pensando em talvez desistir de fazer algo ou pior desistir da vida.
                Isto em hipótese alguma deveria acontecer. O que fazer então? O que você faz quando está desanimado?
                Em Neemias 8, 10 lemos: A alegria do Senhor será a vossa força. A palavra de Deus revigora, restaura a alma e alegra o coração de todos nós.
                A leitura da bíblia é o remédio mais eficaz para nos devolver o animo, porque ela é a palavra de Deus e Ele sabe como restabelecer as forças de cada filho seu.
                Lendo a bíblia conhecemos mais a Deus, mais o seu poder e sua misericórdia. A bíblia é sem dúvida a instrução do Criador para a nossa vida nos ensinando como viver melhor.
                A alegria que lemos em Neemias é a alegria de Deus doada para nós, nos fazendo perseverar naquilo que estamos fazendo, ou então, sob o olhar Dele, tomar outra direção.
                Esta alegria do Senhor é a paz interior que sentimos, por sabermos que Ele está conosco, que Ele nos ama e que Ele jamais nos abandonará, e que quando confiamos nele, ele nos conduz a vitória por meio de Jesus Cristo.

Oração Oficial da JMJ Rio 2013 é apresentada aos jovens

Na noite desta sexta-feira, 13, jovens do mundo inteiro, em especial os cariocas, puderam conhecer a Oração Oficial da Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013). Os jovens estiveram reunidos no Centro da capital carioca para testemunharem sua alegria e vida de oração para a sociedade. Junto com eles, o arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, rezou, louvou, adorou e agradeceu a Deus por mais esta graça de poder ter uma oração que possibilitará a unidade e a intercessão de todo o povo de Deus em favor da JMJ Rio2013.

Dom Orani, que também é Presidente do Comitê Organizador Local da Jornada (COL), anunciou a Oração Oficial da JMJ Rio2013 após uma Missa realizada no Largo da Carioca, no Centro da cidade. Além disso, o arcebispo enviou uma mensagem fraterna a todos os bispos do Brasil animando-os e convidando-os a promover a utilização da oração em suas dioceses em todas as missas dominicais, nos espaços em que os padres acharem oportunos.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

PARTCIPE DA FESTA DE SANTO EXPEDITO 2012

Teve início dia  (09), por volta das 06:00h da manhã, com uma alvorada festiva, a Festa de Santo Expedito, em Camocim. Em seguida foi servido um café comunitário na igreja. O hasteamento da bandeira e celebração eucarística às 19;00h. A festa é promovida todos os anos pela Comunidade Santo Expedito de Camocim. A Igreja fica localizada na Rodagem do Lago, próximo à Empresa Gelomar. Santo Expedito é um santo da Igreja Católica Apostólica Romana. Crê-se que o Santo ajuda pessoas com problemas urgentes e de difícil solução. O Santo é também protetor dos militares, estudantes, jovens e viajantes. 
No Brasil, os pagamentos de promessa a Santo Expedito estão profusamente associados ao mando de impressão e distribuição de milheiros, panfletos ou santinhos. A esta prática, associa-se a difusão da fé como argumento válido, além do custeio da impressão como uma forma de prova de despojamento material.  A Comunidade de Santo Expedito agradece a colaboração da Graficam, empresa responsável pela impressão dos folhetos com a programação e cânticos que serão entoados, de hoje, até o próximo dia 19 de julho, data de encerramento da festa. Confira  a programação completa da Festa abaixo de Santo Expedito e AQUI a história de sua vida.

 
PROGRAMAÇÃO DA FESTA DE SANTO EXPEDITO 2012

tema
  Guiados Pelo Espírito Santo Uniremos Força Pela Fé e A Vida.


Dia 13/07/12(sexta-feira)
15:00 - Terço da divina misericórdia
18:00 - Terço - novena a cargo dos terços dos homens do Polo Matriz
19:00h – Celebração Eucarística
Convidados:Polo Matriz,Irmãs Missionárias Capuchinhas,Pastoral catequética,Apostolado da oração e ECC.
Liturgia e Música: Polo Matriz

HISTÓRIA DE SANTO EXPEDITO


SERIE SAUDE: Depressão não é chilique

Imagem de Destaque
Junto com a tristeza, a pessoa se isola
 
Tristeza é uma coisa sadia e normal, o que não é normal é a tristeza se prolongar. Pessoa que tem pânico se isola, e a depressão vem como consequência. Depressão não é a pessoa ficar triste, mas sim, persistir na tristeza.

Junto com a tristeza, a pessoa começa a se isolar e não se alimenta. Depressão não é "chilique"; é doença! Existem depressões maiores e menores, mas o que mais chega aos consultórios são as depressões atípicas, e é difícil de diagnosticá-las porque elas fazem parte de outras doenças e atingem mais as mulheres depois da menopausa.

Depois dos 45 anos de idade, a incidência de doenças cardiovasculares nas mulheres é muito maior. A depressão na menopausa é muito séria, nessa faixa os filhos já se casaram e a mulher passa pela síndrome do "ninho vazio". A mulher tem como "dever" cuidar dos filhos, o tempo vai passando e ela coloca como foco de sua vida esse cuidado [dos filhos]. Mesmo que ela tenha várias funções, sempre quer cuidar dos filhos. Depois que estes saem de casa, ela sente um vazio, e se não tiver nada para preencher essa lacuna, ela entra em depressão. A mãe convida os filhos para almoçarem em casa aos domingos e prepara tudo. Chega o domingo, todos os filhos almoçam e vão embora e a deixam sozinha com tudo para limpar. Se essa senhora não tem Deus para preencher o vazio, ela entra em depressão.

"A depressão acontece quando a pessoa perde o sentido de vida", diz Victor Frankl. Viver é administrar perdas, porque nós vivemos perdendo. "A gente pode perder tudo, mas não podemos perder a fé", dizia padre Léo.

Congresso Nacional: Virtudes: um campo de verdes pastagens



Todo o batizado é chamado a ser santo. E nesses tempos de reconstrução da nossa espiritualidade e identidade carismáticas a reflexão sobre essa temática tem sua importância redobrada. Por isso, desde o Encontro Nacional de Formação 2012, que aconteceu em janeiro, a RCC do Brasil tem abordado o tema da santidade. Para aprofundar ainda mais tal assunto, a pregação dessa manhã no XXX Congresso Nacional tratou sobre as virtudes, como um campo de verdes pastagens que nos conduz a santidade. O arcebispo de Belém e assessor eclesiástico do Movimento no Brasil, Dom Alberto Taveira, foi o responsável por ministrar esse ensino.
Ele iniciou sua fala explanando sobre os dois passos ou dois regimes da vida espiritual cristã.  O primeiro regime diz respeito aos dons ou à mística. Sobre isso, Dom Alberto explica que a caminhada cristã começa no alto e declarando: “nossa espiritualidade não é uma escadinha pela qual se sobe, mas uma fonte que se abre. E por isso, devemos, em primeiro lugar, ser receptivos e abertos para a graça”. Nesse sentido, o bispo aproveitou para discorrer brevemente sobre a importância dos dons. Ele explicou sobre a ação dos dons na nossa razão e na nossa conduta prática.
Na sequência, Dom Alberto falou sobre o regime das virtudes ou ascese. Esse regime diz respeito à resposta humana ao amor de Deus. Fazendo alusão ao tema do ano da RCC comparou: “o Pastor que nos conduz para as águas refrescantes também ensina a ovelha a dar passos ”. Dessa forma, ele apresentou as virtudes como caminho para se chegar à perfeição evangélica ressaltando que tal medida deve dizer respeito primeiro ao amor evitando assim, que a santidade seja confundida com perfeccionismo.

Jesus teve mais irmãos?

Por: Padre Alberto Gambarini 

 



Diante das controvérsias se Jesus tinha irmãos ou não, sem entrar em polêmicas, quero ajudar o católico a entender o ensino da Igreja sobre este tema.
l.° — Entre o Povo Judeu, a palavra «irmão» era   usada   para.  designar,   também,   os   parentes próximos, como sobrinhos, primos, etc. Já no Antigo Testamento, o tio e o sobrinho são chamados «irmãos». Como vemos, por exemplo no diálogo entre Abraão e Lot em Gn 13,8 ( Abraão era tio de Lot) “Abrão disse a Lot: “Rogo-te que não haja discórdia entre mim e ti, nem entre nossos pastores, pois somos irmãos.”  O mesmo sucede com Jacó e Labão (cf. Génesis 29,10 com 29,15).
 Também primos também são chamados «irmãos», como lemos em 1Cro 23,22 (Bíblia de Jerusalém): “Eleazar morreu sem ter filhos, mas teve filhas que foram desposadas pelos filhos de Cis, seus irmãos.” Eleazar e Cis eram irmãos, logo as filhas do primeiro eram primas dos filhos de Cis. Ainda hoje, em muitos povos, a palavra «irmão» é usada para designar os primos e qualquer parente.
 2.° — Na Bíblia, são indicados como «irmãos» de Jesus, Tiago, José, Judas, Simão (cf. Marcos 6,3). Mas nós sabemos, pelo Evangelho de S. João, que a Mãe de Jesus tinha uma irmã (ou prima) também chamada Maria e que era mulher da Cléofas, João 19,25  lemos claramente: “Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena.”  Sabemos, também, que Maria, mãe de Tiago, o menor ,e de José, não é a Mãe de Jesus (cf. Marcos 15,40; Mateus 27,56). A mãe de Tiago e de José é «outra Maria», irmã ou prima da Mãe de Jesus. Foi esta «outra Maria», que, no «primeiro dia da semana», logo de manhã cedo, foi visitar o sepulcro de Jesus, como lemos em Mateus 28,1: “Depois do sábado, quando amanhecia o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o túmulo.” S. Marcos confirma que esta «outra Maria» é, de fato, a mãe de Tiago (Marcos 16,1). S. Lucas diz o mesmo (Lucas 24,10). Portanto, S. Tiago, que foi Bispo de Jerusalém e é chamado o «irmão do Senhor» (cf Gálatas 1,19), não é realmente irmão de Jesus, mas primo. O outro Tiago, de que fala o Novo Testamento, é irmão de João e filho de Zebedeu (Mateus 4,21). Por seu lado, Judas (o santo) apresenta-se como irmão de Tiago (Judas 1,1).

A Felicidade de Deus! Você a entende?


Deus Pai.jpg

Felicidade… Não há ser humano que não a procure. Desde os primeiros lampejos da razão, a todo momento, tal anseio move todos os nossos desejos e operações. A procura da felicidade está enraizada no próprio ser do homem, pois esta aspiração não se extirpa de nossa alma, nem mesmo com a morte. O que é propriamente ser feliz? Quantos o lograram? Onde encontrar a felicidade? Quando a encontramos, será verdadeira? Será perene ou simplesmente transitória?
As respostas a essas perguntas estão contidas na doutrina da Igreja a respeito da felicidade divina. Felicidade infinita da qual somos chamados a participar. Esta felicidade verdadeira e suprema não é passageira, nem falsa, nem oculta; ao contrário, é mais acessível do que se pensa. Da felicidade absoluta, eterna e perfeita goza o próprio Criador: “Deus é feliz” (1Tm 6,15). Nem os montes, nem as profundezas, nem qualquer vastidão podem ser usadas como termo de comparação à felicidade infinita do Criador.
Para entendermos algo desta Beatitude Divina, é necessário, antes, definir com clareza em que consiste a verdadeira felicidade humana. Entendendo nossa própria aspiração, compreender-se-á a beatitude divina.
O que significa ser feliz?
A felicidade é nossa aspiração constante, mola de todas as nossas ações e objetivo último de todos os nossos planos[1]. No entanto, para a obtenção desse fim, as opiniões dos homens divergem. Onde se encontra, pois, a felicidade?
GREECE-300x227.png

Já na Grécia antiga, alguns diziam estar a felicidade na prática da virtude (estóicos), outros, no prazer dos sentidos (epicuristas), outros ainda, na sabedoria, como Sócrates, Platão e Aristóteles. Todavia, para a Igreja, a felicidade está, no dizer de Boécio, “em um estado perfeito onde se assomam todos os bens”[2]. Santo Agostinho se refere a um tipo de felicidade superior, mais espiritual e que não se resume à felicidade dos prazeres terrenos. O Bispo de Hipona, na obra De Beata Vita, escrita no século V, defende que a felicidade está no conhecimento da verdade.
São Tomás distingue várias formas de ser feliz. Existe a felicidade dos prazeres terrenos, alguns lícitos, como comer um alimento saboroso ou ouvir uma boa música; outros que, embora deem ao homem gozo real, ofendem a Deus e a natureza, como o pecado da gula, da bebedeira e da impureza; existe a felicidade do mando e da riqueza, que, em última análise, mais do que mera sede de prazeres, funda-se no vício do orgulho e consiste no desejo de poder e glória.
Por outro lado, há também a felicidade da admiração e da contemplação. Degustamos dela ao considerar um belo e grandioso panorama, ou ao nos entretermos com o encanto de um animalzinho, ou, ainda, ao meditar em realidades superiores à vida cotidiana.

Sobre imagens e símbolos, no funeral de D. Eugenio Sales.

por Jorge Ferraz

A foto abaixo foi compartilhada à exaustão tanto no Facebook quanto na blogosfera católica. Pesquisando um pouco, cheguei à sua [mais provável] fonte original que é esta galeria de imagens da UOL, na qual podem inclusive ser vistas outras imagens da alva guardiã do féretro do Eminentíssimo cardeal brasileiro recém-falecido.
Como sempre, houve entre os críticos da religião quem se incomodasse com o fato de uma pomba branca ter passado tanto tempo ao lado do ataúde cardinalício. Depois das primeiras levianas acusações de montagem terem sido desmentidas pela profusão das fontes testemunhas primárias, passou-se rapidamente às buscas de causas naturais para o fenômeno, não raro chegando a acusações (igualmente levianas) de fraude deliberada. Isto como se nós, os religiosos, tivéssemos em algum momento insinuado que a pomba branca era uma demonstração cabal da existência de Deus ou coisa parecida, ou como se os inimigos de Deus tivessem perdido as aulas básicas de lógica elementar e acreditassem sinceramente, por algum irracional e nonsense ato de fé, que refutar uma demonstração é equivalente a demonstrar a falsidade da tese em análise.
E não é a primeira vez que isso acontece. Coisa idêntica foi feita diante, p.ex., da cruz em pé no meio dos escombros aos quais foi reduzida uma igreja no Haiti quando houve um terremoto, ou diante da pequena imagem de Nossa Senhora das Graças deixada em pé após as enchentes de Petrópolis no início do ano passado. Ou quando foi divulgada uma imagem de um batismo na Espanha na qual a água derramada pelo padre formava uma cruz. Eu aproveito a oportunidade da – belíssima! – imagem dos funerais de D. Eugenio Sales para repetir o que eu já falei algures sobre o assunto.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Testemunho imperdível de Conversão. Scott Hahn – Ministro protestante se converte ao catolicismo.



Um belo testemunho de conversão.
Um fato que sempre me chama atenção é a qualidade das conversões protestantes ao catolicismo. Os católicos que se “convertem” em protestantes normalmente saem de um imenso vazio teológico ( para muitos o termo “católico” não dizia muita coisa e por isso deixaram o pouco ou nada que tinham pelo muito pouco que receberam.) Quando os protestantes se convertem em católicos o fazem a partir da descoberta da Verdade e da Igreja, o fazem  dentro de um processo racional e lógico, são conquistados pela beleza da verdade que ilumina a inteligência e encanta o coração! Talvez isso explique porque nos Estados Unidos, ( terra do Scott), o catolicismo tem crescido tanto pela conversão de protestantes.
Cremos que é quase impossível alguém protestante que estude e pesquise a história da Igreja e sua doutrina, compreendendo exatamente o que a Igreja ensina, que não se torne católico. Os exemplos acontecem às centenas, alguns inclusive já divulgados aqui no Blog.
***
Tradução: Jaime Francisco de Moura
Muito obrigado. É muito bom estar com vocês. Eu nunca deixo a oportunidade de mostrar e compartilhar por que eu me tornei um Católico, e como Deus trabalhou em minha vida, na vida de minha esposa, e minha família.

É possível ser Católico e ao mesmo tempo acreditar em Horóscopo?


Dom Estevão Bettencourt
Para abordarmos devidamente a questão, faz-se mister em primeiro lugar dizer algo sobre o histórico e as doutrinas da Astrologia.
1. A Astrologia através da história
A Astrologia vem a ser a arte de predizer o futuro mediante a observação dos astros, observação interpretada à luz de certas normas filosófico-religiosas.
Embora até o fim da Idade Média Astrologia e Astronomia tenham sido .cultivadas conjuntamente, elas se distinguem uma da outra.
A Astronomia visa apenas observar os astros e, mediante a aplicação de cálculos matemáticos, de leis da Física e da Lógica, predizer condições climáticas, bom ou mau rendimento das colheitas e fenômenos cósmicos previsíveis estritamente segundo métodos científicos; a Astronomia permanece, pois, no setor das ciências naturais (por isto também é chamada «Astrologia natural ou meteorológica»).
A Astrologia propriamente dita, ao contrário, apela para crenças religiosas e místicas que não estão sujeitas ao controle da razão; é também denominada «Astrologia judiciária», porque não prediz fenômenos cósmicos apenas, mas pretende julgar o temperamento pessoal e a futura sorte dos homens.
O berço da Astrologia é a Mesopotâmia, onde, diz Diodoro da Sicilia (séc. I. d.C.), «inigualável limpidez atmosférica permite ver as estrelas como que mais próximas e mais nítidas do que em qualquer outra região». Encontraram-se na segunda metade do século passado, em arquivos do antigo reino da Babilônia, tabuinhas cuneiformes datadas da época do monarca Assurbanipal (668-626 a.C.), as quais já contêm oráculos de Astrologia. Os sacerdotes da Babilônia eram encarregados oficialmente de observar os astros e catalogar as predições que de tal arte se podiam colher; os vaticínios possuíam sempre caráter religioso, pois cada astro da abóbada celeste era tido como a figura concreta de determinado deus.
Nos séc. VI/V a. C. a Astrologia se propagou da Babilônia para a Pérsia, a Índia e o Ocidente greco-romano.
O Cristianismo, desde que começou a se afirmar, mostrou-se alheio às práticas astrológicas. Contudo no séc. VII da nossa era estas receberam notável impulso por parte do islamismo; com efeito, a religião de Maomé herdou algo do antigo culto dos astros praticado pelos árabes; além disto, ela acentua a absoluta dependência do homem em relação a Deus, ensinando mesmo o fatalismo. É o que explica tenham os maometanos experimentado especial afinidade com a Astrologia.
Por influxo dos árabes, encontraram-se durante a Idade Média pensadores latinos que aderiram à Astrologia (no séc. XIII tornou-se famosa a figura de Guido Bonatti, o qual, a serviço do nobre Guido de Montefeltro, subia a Forli sobre a torre de S. Mercurial, para interrogar as estrelas antes de cada empreendimento bélico). Como se sabe, a Cabala judaica contribuiu outrossim eficazmente para nutrir crenças astrológicas no Ocidente latino (a respeito desta corrente de pensamento, veja-se «P. R.» 10/1958, qu. 12).

O que a Igreja católica pensa sobre a “esterilização” ?



A esterilização consiste em extinguir no ser humano a capacidade de reproduzir-se. É procedimento que mutila o corpo humano e, por isto, antiético, a não ser nos casos de terapia que exija esterilização para salvar a vida de um paciente. Geralmente ela é solicitada indiretamente com finalidades anticoncepcionais
* * *
A esterilização consiste sumariamente em ligadura de trompas na mulher e em vasectomia no homem. A forma mais freqüente de esterilização em nossos dias é a antiprocriadora ou anticonceptiva.
A esterilização anticonceptiva no mundo
Nas décadas de 1960 e 1970 registrou-se forte surto de esteriliza­ções no mundo inteiro, em virtude da explosão demográfica da época. Os países mais desenvolvidos incitaram os menos aquinhoados a que se empenhassem na contenção da natalidade, chegando a negar ajuda fi­nanceira aos povos que não seguissem tal orientação. A forma mais efi­caz naquela época parecia ser o recurso à esterilização. A índia foi parti­cularmente pressionada sob a presidência de Indira Gandhi.
Após a década de 1970 já não houve tanta insistência na esteriliza­ção, pois outros recursos foram propagados, de ordem química hormonal, mecânica… Na Europa ocidental e nos países desenvolvidos em geral a esterilização é prática comum, sem dificuldades para os interessados. Na Inglaterra e em outros países a intervenção cirúrgica é gratuita
A Organização Mundial de Saúde (OMS) não tem dados estatísti­cos precisos a respeito de tal prática; afirma, porém, que entre os meios contraceptivos a esterilização é dos principais.
Em meados da década de 1980 verificou-se que esterilização era praticada por 30% dos casais que praticavam a anticoncepção e recorriam à esterilização, resultando daí um total de 99 milhões de casais empenha­dos em tal procedimento no mundo inteiro.

terça-feira, 10 de julho de 2012

SIMBOLOS SATÂNICOS NA MODA JOVEM

A lemniscata é conhecida por quase todo mundo como sendo o símbolo do Infinito,aquele 8 deitado ∞ que aprendemos nas aulas de matemática..Mas seu significado é muito mais amplo e muito mais antigo…
A lemniscata é uma figura geométrica em forma de hélice que é o sinal matemático do “infinito”. Simbolicamente a lemniscata representa o equilíbrio dinâmico e rítmico entre dois polos opostos. Foi largamente usada nos desenhos celtas e insistentemente reproduzida em seus intrincados desenhos de formas. A lemniscata, principalmente em suas representações celtas, nos remete diretamente ao “Ouroborus”,símbolo antigüíssimo, resgatado pela tradição alquímica, onde se vê uma serpente que morde o próprio rabo e dovora-se a si mesma.

Comunidade Coração de Maria se prepara para o SEL 2012 em Sobral

A Comunidade Coração de Maria nasceu em 1992. Porém, teve suas raízes lançadas em 1989 com o surgimento da primeira casa da Renovação Carismática católica em Sobral: a Flor de Maria. Com o tempo a Comunidade cresceu e definiu seus rumos na RCC de Sobral. O carisma desta Comunidade é Adorar e Reparar o Sagrado Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria e tem como baluarte Santa Teresinha do Menino Jesus. Confira mais sobre a História da Comunidade. Atualmente, a Comunidade Coração de Maria está situada à Rua Randal Pompeu, nº 51, Centro, na cidade de Sobral-CE. Fica ao lado da Igreja da Sé, próxima à Margem Esquerda do rio Acaraú. Nesse local, acontecem os Grupos_de_Oração, onde há momentos de louvor, fraternidade, oração, pregação, testemunhos e adoração ao Santíssimo Sacramento.
O SEL- Sonho Eterno de Liberdade é um evento realizado todos os anos pela comunidade, e vem sendo marca registrada da comunidade na Evangelização de todos publicos, atraves de louvor, teatro, música e artes, o Sel tem levado Jesus Cristo Vivo e ressucitado. neste Ano o SEL trará a Banda Rosa de Saron, para o grande show de evangelização, veja abaixo:
TEMA DO SEL-2012: A MARCA DO ETERNO
DIAS; 7,8 E 9 DE SETEMBRO
EM SOBRAL-CE
LOCAL: Derby Clube Sobralense
INSCRIÇÕES ANTECIPADAS É : R$ 20,00
AS BLUSAS JÁ ESTÃO A VENDA É R$ 15,00
ATRAÇÕES DO SEL-2012 É : ROSA DE SARON
                                         DJ EMANUEL ( COMUNIDADE SHALOM )
                                        SWINGUEIRA DE CRISTO E MUITO MAIS
FAÇA A SUA SUA INSCRIÇÃO NA COMUNIDADE CORAÇÃO DE MARIA QUE FICA NA RUA ANTONIO MENDES CARNEIRO,PRO TRÁS DA EXTRAFARMA.
E EM BREVE NO NOSSO BLOG E GRUPO DE ORAÇÃO!
 por : Blog Grupo Renascer Camocim

Pastor é o dono dos R$ 100 mil escondidos no carro incendiado


Pastor da Universal fugiu, deixando carro e dinheiro
A Polícia Civil de Barra Mansa, no sul fluminense, descobriu que o dono do carro Mitsubishi Airtreck, placa MQS-6870 (SP), que pegou fogo no dia 1º na rodovia Presidente Dutra, no sul fluminense, com R$ 100 mil escondidos no motor é de José Rodrigo da Costa, pastor da Igreja Universal do Reino de Deus.

A polícia obteve a informação de Emerson Pereira, 32, dono em São Paulo da revendedora de veículos Barut, da qual o pastor tinha comprado o carro importado com dinheiro à vista no dia 30 de junho. O carro ainda está no nome da revendedora.

Pereira não informou por quanto vendeu o Mitsubishi Airtreck, cujos preços variam bastante, de acordo com o modelo e ano de fabricação. Um de cor prata, com 8.000 km, quatro portas, 16V, 2007/2008, por exemplo, é oferecido pelo mercado por R$ 45.900,00.

Capital paulista tem 70 mil ateus e 21 mil agnósticos, mostra Censo


Há mais ateus do que 
budistas ou umbandistas
Na cidade de São Paulo, o número de ateus é de 70 mil e o de agnósticos, 21 mil, de acordo com o Censo de 2010. É possível que esses números sejam maiores, tendo em vista que muitos descrentes não se declaram como tais.

Não há dados referenciais para estabelecer o percentual de crescimento ou de decréscimo desses números nos últimos anos.

De modo geral, os ateus não gostam de ser comparados com os religiosos, mas tal confronto é inevitável quando se analisa os dados do Censo.

Nesse sentido, na cidade de São Paulo os ateus se destacam em relação aos fiéis de religiões minoritárias. Eles são mais representativos do que os budistas, que são 66,5 mil, umbandistas (51 mil), judeus (43 mil) e islâmicos (8 mil).

Em todo o país, os ateus são 615,1 mil e os agnósticos, 124,4 mil.

O grupo dos sem religião apresenta o total de 15,3 milhões de brasileiros, ou 8% da população. Pode parecer pouco, mas há 50 anos esse percentual era de apenas 0,6%.


Dom Eugênio Sales falece no Rio de Janeiro

Da Redação Canção Nova, com CNBB


Arquivo / CNBB
Dom Eugênio Sales morreu na noite de segunda-feira, dia 9, aos 91 anos.
A Arquidiocese do Rio de Janeiro informou no fim da noite desta segunda-feira, 9, a morte do Arcebispo Emérito do Rio de Janeiro, Cardeal Eugênio de Araújo Sales, aos 91 anos, vítima de um infarto enquanto dormia em sua casa no bairro do Sumaré, na capital carioca. “Foi um homem que seguiu Jesus Cristo, que soube estar presente nos momentos do Brasil”, avaliou dom Orani João Tempesta, em entrevista ao Jornal da Globo,  na madrugada desta terça-feira, 10.

Atualmente, Dom Eugênio era o mais antigo cardeal da Igreja Católica. Teve uma presença importante na questão dos refugiados, e foi uma referência para o Vaticano em relação à Igreja no Brasil. “Lembramos de sua atuação na Favela do Vidigal, ajudando os mais necessitados. Foi alguém que nunca deixou a fidelidade ao seu amor à Igreja e ao Santo Padre”, recordou dom Orani.

Segunda a Arquidiocese do Rio, o velório ocorrerá durante toda esta terça-feira na Catedral Metropolitana de São Sebastião, no centro do Ri, com Missas a cada duas horas. O enterro será na quarta-feira, 11, também na Catedral.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

"Não coloquem Deus de férias!". Papa saúda os fiéis após rezar o Angelus

Depois de rezar a oração dominical do Angelus, o Papa se disse feliz em receber os peregrinos em Castel Gandolfo, aonde chegou esta semana para passar parte da temporada de verão. Em primeiro lugar, Bento XVI saudou a comunidade local e desejou a todas as famílias que desfrutem estes momentos de descanso para se ‘carregarem’ física e espiritualmente.

Em italiano, saudou as irmãs de Santa Isabel, provenientes de vários países do mundo, que estão vivendo um especial encontro, dez anos depois da Profissão Perpétua.

Em francês, o Pontífice deu as boas-vindas às religiosas Adoradoras do Santíssimo Sacramento de Senegal e Congo, e os jovens da Capelania do Golfo de St. Tropez. “Nesta temporada de verão, não coloquem Deus de férias! Pensem em rezar e em ir à missa aos domingos!”.

Já em polonês, o Papa cumprimentou os jovens bolsistas da Fundação Obra do Novo Milênio, reunidos em Lublin. Na cidade polonesa, fiéis de várias religiões se reunirão no ex-Campo de Concentração de Majdanek na noite deste domingo, 08, para elevar orações pela paz.

A Obra foi fundada há 12 anos pela Conferência Episcopal Polonesa em comemoração do pontificado do Beato João Paulo II, para divulgar seus ensinamentos e ajudar jovens sem possibilidades econômicas a prosseguir os estudos.

No culto desta noite, trechos do discurso proferido por João Paulo II em sua visita ao ex-Campo de Majdanek, em 9 de junho de 1987, serão lidos por cinco representantes religiosos: um católico latino, um ortodoxo, um protestante, um greco-católico e um judeu.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
por
Rádio Vaticano

ONU: esforço global para reduzir disperdício de 1,3 bi de tonelada de comida



A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, está buscando mais parceiros para a campanha "Salve a Comida". A iniciativa é um esforço global para reduzir 1,3 bilhões de toneladas de alimentos perdidas por ano. A campanha tem 50 parceiros, mas a agência trabalha para envolver o setor privado e organizações sem fins lucrativos.

Excesso

Em entrevista o economista de agronegócios da FAO, Carlos da Silva, explicou que uma parte substancial dos alimentos é perdida entre a produção até a chegada ao consumidor.

"Existe a perda, que é aquilo que acontece com uma quantidade do produto que chega ao consumidor, inferior a que foi produzida, e tem o problema do desperdício. Ou são comprados (alimentos) em excesso – o consumidor não usa tudo e joga fora – ou algumas vezes, o próprio supermercado, no fim do dia, não consegue vender e descarta aquela produção."

domingo, 8 de julho de 2012

FORMAÇÃO PAROQUIAL - Porque queremos bem ao Papa?




por:Padre Sebastião de Lima – Vigário Paroquial da Paróquia Senhor Bom Jesus dos Navegantes de Camocim-CE

Somos igreja Católica Apostólica Romana: Católica quer dizer que está no mundo  Inteiro, seguindo a Ordem de Jesus: “Ide pelo mundo Inteiro”. Apostólica que dizer que ela é fundada por Jesus e seus apóstolos, do qual Pedro foi o primeiro Papa, missão que continua até hoje. Romana quer dizer que a sede de nossa igreja é Roma, lugar onde São Pedro e São Paulo foram martirizados, foram mortos. Na basílica de São Pedro em Roma, onde mora o Papa, lá está o túmulo de Pedro. Em Mateus 16,18 Jesus escolhe Pedro como chefe da Igreja: ”Tu és Pedro e sobre esta Pedra eu edificarei a minha igreja, as portas do inferno não prevalecerão sobre Ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus, tudo que desligares na terra será ligado no céus.”
A igreja celebra São Pedro no dia 29 de junho, dia em que ele foi morto em Roma, por causa da sua fé em Jesus Cristo. São Pedro e São Paulo foram mortos no meus dia, martirizados por sua fé. Paulo foi decapitado, cortaram-lhe a cabeça e Pedro foi pregado numa cruz, de cabeça para baixo, pois Ele disse: “Eu não sou digno de morrer como Jesus Morreu.” O tumulo de São Pedro está na Brasílica de são Pedro, no vaticano, onde mora o Papa.
Então por que a Igreja católica deu nome de Papa a este cargo que Pedro ocupou?
Porque a palavra Papa quer disser Pai, se diz : “Io Santo Padre” igual: O santo Pai, o Papa. O pai cuida dos filhos, como Jesus disse “Apascenta  as minhas Ovelhas” (Jo 21,17), nosso querido Papa Bento XVI.

Evangelho de Domingo

Ano B - Dia: 08/07/2012



Admiração pela falta de féEvangelho Mc 6,1-6
 Leitura
Ez 2,2-5
2Cor 12,7-10
Salmo
Os nossos olhos estão fitos no Senhor.

Sl 123(122)
 

Oração
Pai, abre minha mente e meu coração, para que eu possa compreender que tu te serves de meios humanamente modestos para realizar as tuas maravilhas.
A difícil missão do profeta

 


Esta narrativa de Marcos tem como núcleo a proclamação de Jesus: "Um profeta só não é valorizado na sua própria terra". É a sua rejeição pelos frequentadores da sinagoga e por seus familiares. É uma ruptura com as tradicionais estruturas sociorreligiosas de parentesco do judaísmo, que se afirma como povo eleito a partir dos vínculos carnais de consanguinidade, comprovados por genealogias. Já João Batista em sua pregação advertia: "Produzi fruto de arrependimento e não penseis que basta dizer: 'Temos por pai Abraão'". Com Jesus a família fica caracterizada pela união em torno do cumprimento da vontade do Pai.
No evangelho de Marcos, esta é a terceira e última vez que Jesus vai a uma sinagoga, cada vez tendo ocorrido um conflito com os chefes religiosos. Jesus exerce seu ministério na Galileia e territórios gentílicos vizinhos, tendo a "casa" como centro de irradiação da missão.

Halleluya 2012: Ensaio do Flashmob movimenta Diaconia

shalom_ensaio_flash_mob_do_halleluya_2012_511_2_20120706144300.jpg

Colaboradores  da Diaconia Geral em Aquiraz pararam suas atividades nesta tarde de quinta-feira para dançar o jingle do Festival Halleluya 2012.

Aconteceu na tarde desta quinta-feira, 5, na Diaconia Geral da Comunidade Shalom em Aquiraz/CE o ensaio do Flashmob dos colaboradores da Diaconia, Sede do Governo Geral da Comunidade e divulgação do Festival Halleluya 2012, em sua edição comemorativa de 30 anos da comunidade.
Cerca de 40 funcionários se mobilizaram  na praça central da Diaconia para ensaiar e posteriormente coreografar o jingle do Halleluya 2012, que acontece do próximo dia 18 até 22 de julho, no Condomínio Espiritual Uirapuru.
Os funcionários se movimentaram, divertiram e divulgaram o Halleluya com dança e muita animação vivenciando o clima de Halleluya. “Unidade, esta é a palavra que foi vivenciada hoje na Diaconia. Pessoas de várias idades mostrando que também abraçaram a evangelização através do Halleluya”,  comenta Maria Neide, funcionária da Biblioteca da Diaconia.
A coreografia apresentada na Diaconia é a mesma que será apresentada na manhã do próximo dia 14 de julho na Av. Beira Mar, a partir 9h, como estratégia de divulgação para o Festival Halleluya Shalom 30 anos.

Evento "Talitha Kumi" prepara jovens para a JMJ 2013

A pouco menos de um ano de seu início, os preparativos para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Rio de Janeiro estão intensos. O evento acontecerá entre os dias 23 e 28 de julho de 2013.

De segunda, 9, a domingo, 15, as ruas da capital carioca serão palco da 4ª missão de evangelização 'Talitha kumi', expressão hebraica que significa "Jovem, levanta-te", que traz o mesmo lema da Jornada: "Ide e fazei discípulos entre todas as nações" (Mt 28,19).

Promovido pela Comunidade Aliança de Misericórdia, o trabalho de evangelização conta com a participação de aproximadamente 350 missionários católicos, que prometem mostrar a alegria do jovem que escolhe ter a sua vida pautada na Pessoa e no Evangelho de Jesus Cristo. O ápice da missão será a celebração litúrgica na sexta-feira, 13, presidida pelo arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta.

Na Itália, os jovens católicos também se preparam. O Serviço Nacional para a Pastoral Juvenil elaborou uma série de subsídios dirigidos a todos, sejam os que seguirão o Papa no Rio de janeiro, como os que acompanharão a Jornada a partir da Itália.

O “trono de ouro” do Papa e a caridade da Igreja. Uma resposta!




Blogueiro Jorge Ferraz

Voltou a circular no Facebook uma imagem retratando a suposta contradição entre a “opulência” do Papa sentado em um trono (alegadamente) de ouro e a miséria de uma criança passando fome na África. A imagem recente provoca mais comoção, imagino, por conta do olhar da criança: a foto mostra o menino faminto ostentando dois olhos enormes e brilhantes, no melhor estilo Gato-de-Botas, acrescentando assim à (já comovente, é lógico) tragédia uma apelo visual que faz com que seja impossível não se compadecer imediatamente. É uma obra-prima de propaganda, forçoso reconhecer.
Contudo, nem tudo o que reluz é ouro e nem toda boa peça publicitária divulga a verdade. Aliás, o que acontece neste caso é exatamente o contrário.
Sobre este assunto já se falou antes.  No entanto, fez-se uma confusão com as imagens que convém esclarecer.
O que se disse anteriormente (e que é verdade) é que nem mesmo a Cathedra Petri, encrustrada n’A Glória de Bernini, é de ouro. A obra do famoso escultor italiano é de madeira revestida por bronze dourado. Contudo, este não é o trono que aparece nas fotos divulgadas no Facebook, como qualquer um que compare as duas imagens pode ver.Aliás, creio que nenhum Papa se senta na Cathedra Petri por óbvias razões ergonômicas: a obra é alta e imponente, e é perceptível que foi confeccionada visando mais a razões estéticas do que ao uso prático quotidiano.

Por amor a Verdade: Cronologia Universal de algumas mentiras protestantes contra a Igreja Católica.



Por Fernando Nascimento
via blog Carmadelio
Uma vez protestante, ensinava Lutero: “Que mal pode causar se um homem diz uma boa e grossa mentira por uma causa meritória e para o bem da Igreja (luterana).” (Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960- pág 522).
O teólogo e humanista Erasmo de Rotterdam (1467-1536), amigo contemporâneo de Lutero, assim chegou a se expressar diante da vil conduta do pai do protestantismo: “Revelarei a todos que mestre insigne és em falsificar, exagerar, maldizer e caluniar. Mas já toda gente o sabe… Na tua astúcia sabes torcer a própria retidão, desde que o teu interesse o requeira. Conheces a arte de mudar o branco em preto e de fazer das trevas luz”. (Grisar, Luther, II, 452 e ss, apud Franca, IRC: 200, nota 96) Diante de tamanho testemunho que comprova a aversão de Lutero à verdade, vejamos então as maiores mentiras e sabotagens históricas protestantes, forjadas ao longo de 500 anos contra a Igreja Católica:
1520 – Inventam a primeira mentira contra o celibato: Lutero no final de 1520, fez uso de uma notória fábula para macular o bispo Ulrich, de Augsburg, publicando-a em Wittemberg com seu prefácio. Essa publicação pretendia ser uma efetiva arma contra o celibato dos padres e religiosos. Nessa carta  o bispo Ulrich é representado narrando como cerca de 3000 (de acordo com outros, 6000) cabeças de crianças que teriam sido descobertas num reservatório de água do convento de freiras de São Gregório em Roma. (…) (Jerome) Emser desafiou Lutero a publicar essa questionável carta, e ele respondeu que não confiava muito nela. (sic!) Todavia, graças a seu patrocínio, a fábula pôde continuar sua destruidora carreira e foi zelosamente explorada.
(Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960 pág. 177).