VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 24 de março de 2012

Arrependimento é graça de Deus e decisão da nossa parte.



Vou me levantar e irei a meu pai, e lhe direi: Meu pai, pequei contra o céu e contra ti; já não sou digno de ser chamado teu filho. Trata-me como a um dos teus empregados. Levantou-se, pois, e foi ter com seu pai. Lc 15, 18-20.

Arrepender-se não é viver remoendo pecado, arrepender-se é atitude de mudança. O pecado é uma livre opção de viver sozinho, distante do Senhor, é o mesmo que dizer: Eu não preciso mais da sua ajuda, posso viver sozinho, do meu jeito, como eu quero, não preciso obedecer mais. Esta foi a atitude do Filho pródigo, ao tomar a decisão de sair de casa, essa é a nossa atitude quando pecamos.

Por um instante viver no pecado pode parecer interessante. Ser independente, gastar nossa energia, poder fazer tudo que queremos é uma idéia facinante e libertadora. Realmente, tudo me é permitido, posso fazer o que eu quiser...mas nem tudo me convém. I Cor 6, 12 Viver livre e independente, sem se importar com as consequências físicas e espirituais dos nosssos atos, é viver perigosamente, é viver correndo risco de vida física e espiritual, "porque o salário do pecado é a morte, enquanto o dom de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor" Rom 6, 23.

D. Odilo Scherer funda a União dos Juristas Católicos de São Paulo.



O cardeal D. Odilo Pedro Scherer fundou no dia 20 de março (terça-feira), a União dos Juristas Católicos de São Paulo (Ujucasp).
A entidade, composta por professores, magistrados, advogados e integrantes do Ministério Público de São Paulo, tem como objetivo afirmar os princípios cristãos católicos na atividade judiciária, administrativa e legislativa do Estado, bem como difundir a doutrina social da Igreja, desde o direito à vida até questões de justiça social.
Durante a sessão solene de criação da entidade, D. Odilo Scherer disse que a Igreja deve compartilhar seus ensinamentos com a sociedade.
“A Ujucasp pode ser muito significativa. A Igreja chama todos os seus membros para uma missão, que é a de levar a palavra e a lógica do Evangelho à sociedade. Nós católicos temos muito a contribuir, e isso tem de aparecer de uma forma positiva, pois lutamos por causas justas.”
O cardeal afirmou ainda que a ideia de criar a Ujucasp decorreu da necessidade de um fórum adequado para realizar discussões de natureza jurídica que tenham repercussão religiosa.

Europa: Aumenta intolerância contra cristianismo no continente.


O Observatório da Intolerância e Discriminação contra os Cristãos na Europa (OIDCE, no acrônimo em inglês) é uma organização não governamental com sede em Viena, Áustria, afiliada à Agência Europeia dos Direitos Fundamentais. Seu relatório 2011 indica que os casos de intolerância e discriminação contra os cristãos vêm aumentando no continente.
“[Intolerância e discriminação] são os termos que nós usamos para descrever a negação de direitos iguais e a marginalização social dos cristãos”, explicita a ONG no documento, falando da situação na Europa e no mundo ocidental.
O documento evita expressamente a palavra “perseguição”.
As estatísticas disponíveis são claras e mostram a amplitude do problema. Numa pesquisa feita no Reino Unido, 74% dos entrevistados consideram que “há mais discriminação negativa contra os cristãos do que contra pessoas de outros credos”. É um aumento de 8% em comparação com a mesma pesquisa feita em novembro de 2009 (66%).
Ainda mais eloquentes são os dados de um estudo do governo escocês, publicado em novembro passado, de acordo com o qual 95% da “violência religiosamente motivada” tem como alvo os cristãos. O fenômeno, em aumento, golpeia em mais da metade dos casos o catolicismo e a comunidade católica da região (58%).
Na vizinha França, os dados dos serviços de segurança e inteligência, os Renseignements Généraux, apontam na mesma direção. Dos atos de vandalismo no país, 84% são contra os lugares de culto cristãos. O fenômeno em 2010 atingiu 522 lugares, aumento de 34% sobre o ano anterior (389), que já apresentara aumento de 46% sobre 2008 (266).
O novo relatório do OIDCE subdivide os casos em categorias ou formas de discriminação e de intolerância.
A primeira categoria abrange os direitos negados com base na fé cristã das pessoas envolvidas e tem as seguintes subcategorias: violação da liberdade de religião (1.1), liberdade de expressão (1.2), liberdade de consciência (1.3) e atos discriminatórios no âmbito da igualdade (1.4).

Masturbação: Considerações Pastorais e Psicológicas na superação do vício.



Por John F. Harvey, OSFS

Muito já se escreveu sobre masturbação, e alguém pode perguntar porque a necessidade de escrever mais sobre o assunto. Mas há novas maneiras de pensar o problema, bem como a minha própria experiência no contato e ajuda a pessoas que procuram deixar a masturbação, o que me deu vários “insights” sobre a psicologia da masturbação, a partir do estudo do vício em sexo, do qual a masturbação é um grande exemplo.

Fiquei também impressionado com grupos de suporte que levam a sério a questão da masturbação, tais como o “Sexaholics Anonymous (S.A.), Sex and Love Addicts Anonymous (S.L.A.A.), e Courage.
Outra razão para que eu escreva é que muitas pessoas que lutam contra essa fraqueza não recebem o adequado aconselhamento espiritual e moral. Em alguns casos eles são orientados de forma errada, dizem-lhes que a masturbação melhora a “performance” do ato conjugal, ou que faz parte do processo de recuperação de dificuldades sexuais. É bem sabido que o hábito da masturbação atinge pessoas de todas as idades, sendo encontrado entre crianças, adolescentes, adultos, casados, idosos..
Por favor observe que digo “tendência” (mais precisamente, tendência desordenada). Muitas pessoas têm encontrado, de diversas formas, controle sobre essa tendência com um programa espiritual. Outros, entretanto, lutam no escuro, e é para esse grupo que escrevo.
Considerações psicológicas sobre o hábito da masturbação
A masturbação é algumas vezes chamada de “auto-abuso”, ou onanismo, ou ainda em livros seculares, “auto-estimulação”. Quando a estimulação psíquica acontece durante o sono, é conhecida como polução noturna.

Tem como saber se estou amando de verdade?


Jason Evert
Nunca se pode avaliar uma relação pela intensidade dos sentimentos, porque eles vão e vêm, sobem e baixam.
Sentir-se apaixonado é emocionante, mas nunca se deve confundir a emoção com o amor. Por exemplo, um rapaz pode ter sentimentos verdadeiros por uma garota, mas isso não garante que ele a ame. A verdadeira medida do amor é fazer o bem à pessoa amada. Claro, isso não é fácil. Por isso o amor verdadeiro é algo escasso, e isso o faz mais belo e valioso.
O contrário de amar é usar. Por exemplo, os rapazes frequentemente usam as garotas para sua satisfação física, e as garotas usam os rapazes para sua satisfação social ou emocional. Mas nunca estão satisfeitos.
Tenho falado com milhares de alunas de colégio e de universidade e nunca encontrei uma garota sequer quer quisesse ter uma série de relações físicas. Mas encontrei, sim, um número incontável de mulheres que buscam o amor fazendo isso. Talvez estejam confundindo a atração física com o amor, ou buscam confirmar seu próprio valor, coisa que seus pais nunca lhes demonstraram. De qualquer maneira, essas garotas não encontraram o que buscavam.
Da mesma maneira, encontrei-me com “sedutores” que dizem que desejam saber como é amar a uma mulher em vez de usá-la ou de fazer-lhe mal. Não era sua intenção ferir as garotas, mas ninguém lhes ensinou como tratar as mulheres com reverência. Insatisfeitos com uma vida de “ficas” e sexo casual, no longo prazo se deram conta de que o conquistar uma mulher sexualmente era perder a razão pela qual são homens. Unicamente na entrega de si mesmos em um amor autêntico podiam se encontrar.

sexta-feira, 23 de março de 2012

JMJ Rio 2013 será um dos temas de encontro mundial em Roma

logojmj2012 

O Pontíficio Conselho para os Leigos irá promover um encontro com os representantes da Pastoral Juvenil para refletir sobre as Jornadas Mundiais da Juventude e preparar a do Rio de Janeiro, marcada para julho de 2013.


No encontro, que acontecerá na cidade de Rocca di Papa, província de Roma, na Itália, entre os dias 29 de março e 1º de abril, participarão delegações de 98 países, além dos Comitês Organizadores da JMJ de Madri, realizada em 2011, e do Rio de Janeiro.

Em um comunicado à imprensa, publicado nesta quinta-feira, 22, o Pontifício Conselho explica que se trata de "um importante momento de reflexão" para os representantes que somam mais de 300, e representam 45 comunidades, associações e movimentos juvenis católicos. 

Qual o papel do amigo?


A amizade comporta realidades Humanas e Divinas. Lembra-se daquele fato no qual Jesus chorou quando seu amigo Lázaro morreu? (cf. Jo 11,35). Um amigo é alguém próximo que conhece nosso coração, que sabe a realidade que nossa alma se encontra. Nesta hora de dor (perda de um amigo como no caso de Jesus) podemos ver o confronto do humano com o divino. E se pode perceber que só se conhece aquilo que se ama e Jesus amava seu amigo Lázaro. A amizade comporta grandes descobertas e também é refúgio, sim isso mesmo, um amigo é refúgio poderoso e quem o descobrir encontra um grande tesouro, uma riqueza sem igual. A dor da perda não pode fazer você deixar de amar. Ela precisa ser um trampolim para uma vida nova. Se Jesus parasse só no seu humano ele não ouviria a Deus e o milagre não aconteceria.

quarta-feira, 21 de março de 2012

No México, Bento XVI realizará um sonho de João Paulo II

Mirticeli Medeiros com Rádio Vaticano em italiano
Canção Nova


Bento XVI cumpre no México sua 23ª viagem apostólica internacional
Oração cotidiana, revisão dos discursos e um grande amor pela Virgem de Guadalupe. Deste modo Bento XVI transcorre os dias que o separam de sua 23ª viagem apostólica a México e Cuba. Por este motivo, os compromissos semanais do Papa - inclusive a audiência geral de desta quarta-feira, 21 -  foram anulados.


Em entrevista à rede de televisão mexicana Televisa, o secretário de estado do Vaticano, Cardeal Tarcísio Bertone, explicou o que levou o Papa a escolher tal destino.


"A escolha pelo Mexico, sem duvida, é um grande ato de amor do Papa pelo país, este grande país da América Latina, um grande país católico, uma país em pleno desenvolvimento, mas que ao mesmo tempo atravessa problemas e desafios, sobretudo os desafios da violência, os desafios da corrupção, do narcotráfico, que exigem o empenho de todos (...) O Papa quer levar uma mensagem de encorajamento diante de tudo isso e quer falar sobretudo aos jovens para que eles não desanimem", explicou.

Bento XVI visitará o estado de Guanajuato, considerado o coração geográfico e espiritual do México. O cardeal revela que Bento XVI escolheu a cidade motivado por um sonho antigo de João Paulo II.
"Sabemos os motivos desta escolha do Papa. Uma escolha, confesso, extraordinária, que me tocou desde quando soube das motivações do Papa. João Paulo II, recordamos, desejava muito ir em peregrinação àquele santuário e não poderia fazê-lo por muitos motivos. Sendo assim, Bento XVI disse: 'Eu devo realizar este desejo de João Paulo II e ir lá, como seu sucessor, àquele Santuário que é o coração da fé heróica do povo mexicano' ", afirmou Bertone.

Valdemiro desafia repórter a mostrar patrimônio de Edir Macedo

Rezende foi acusado de burlar 
pagamento de pensão alimentícia
Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, desafiou o repórter Marcelo Rezende (foto), da TV Record, a mostrar o patrimônio de Edir Macedo, chefe da Igreja Universal e dono da emissora.

No programa "Domingo Espetacular" desta semana, da Record, Rezende apresentou reportagem de 26 minutos na qual denuncia que Valdemiro comprou com dinheiro dos fiéis duas fazendas no Mato Grosso, pagando o total de R$ 50 milhões, incluindo gado e benfeitorias.

Valdomiro disse que Rezende mentiu ao mostrar uma fazenda e aviões teco-tecos que não são da Mundial. Falou que o repórter “vai ter de provar tudo na Justiça”.

“Você [Rezende] é burro. Como é que eu poderia ir até a África com um monte de teco-tecos?” O pastor tem pelo menos um avião com autonomia para voos internacionais.

O religioso falou que a TV Record vale R$ 4 bilhões, quantia que não veio de “dinheiro de cafezinho”. “Foi dinheiro da igreja (Universal)”, disse. “Chame o seu patrão e mostre o patrimônio dele.”

M.I.S.S.A: evento ofensivo à Igreja se realiza no Rio, bloggers católicos pedem reação



No próximo sábado, 24 de março, no Rio de Janeiro, será promovido novamente o evento M.I.S.S.A. (a sigla para Movimento dos Interessados em Sacudir a Sua Alma), que ofende os sentimentos e a simbologia católicos vestindo de padres os DJs e as recepcionistas de freiras, em claras e desrespeitosas alusões a símbolos religiosos católicos contrariando ademais o art. 208 do Código Penal que tipifica a conduta de "vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso" como crime.

A festa já aconteceu em vários pontos do país causando indignação dos católicos por onde passou, como já foi denunciado anteriormente por ACI Digital.

O evento já foi condenado uma vez pela Justiça do próprio Estado do Rio em 2011, mas vem se realizando em distintos estados brasileiros, apesar das manifestações contrárias por parte de grupos católicos brasileiros. Se bem agora os organizadores tomam maiores precauções para não ofender o catolicismo, a essência do evento segue sendo ofensiva aos católicos, denunciou recentemente o Guia de Blogs Católicos em uma postagem.

João Paulo II: legislador da Igreja

Um Congresso que mostra um novo rosto do Beato João Paulo II acontecerá em Lugano, na Universidade Suíça italiana na quinta-feira, 22 de março, e na sexta-feira, 23.
O Congresso está sendo organizado pela Fundação João Paulo II de Roma, presidida por Sua Eminência o cardeal Stanislao Rylko, presidente do Pontifício Conselho para os leigos, em colaboração com o instituto internacional de Direito Canônico de Direito comparado das religiões (DiReCom) da Faculdade de teologia de Lugano, dirigida pelo prof. Libero Gerosa.
O Congresso quer mostrar não só o Pontífice que criou dois Códigos, o novo código de Direito Canônico para a Igreja Latina (CIC) em 1983 e o código dos cânons das Igrejas Católicas Orientais (CCEO) em 1990; mas o Congresso também quer mostrar o Papa que colocou as bases para uma nova hermeneutica canonista.
João Paulo II sempre concebeu os dois códigos como documentos complementares do Concílio Vaticano II, e justo por isso, como o primeiro documento da Nova Evangelização, afirmou o prof. Gerosa.
O Congresso prestará muita atenção "ao modo como João Paulo II sempre concebeu e interpretou o direito internacional, o direito entre os povos", lembrou o prof. Gerosa.

É hoje!! O que Deus e a Igreja esperam de Nós??


É amanhã! VAMOS FAZER NOSSA PARTE!!

Jorge  Ferraz
Certamente a maior parte dos meus leitores já o sabe – afinal, além de estar bombando nas redes sociais, o assunto ganhou destaque na “grande mídia alternativa” religiosa (ACIDigital ) e secular (Reinaldo Azevedo ) -, mas faço questão de fazer coro ao chamado de S. E. R. Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, bispo emérito de Guarulhos: por uma “CPI da verdade sobre o aborto”!
O pedido está oficialmente publicado no site de Dom Bergonzini . A idéia é manifestar a insatisfação popular com as políticas assassinas que vêm sendo – há anos! – consistentemente adotadas pelos nossos poderes públicos. É cobrar por transparência, por verdade, por decência; é pedir para que os nossos governantes deixem de ser subservientes a interesses estrangeiros e passem a governar os brasileiros em conformidade com os valores do povo brasileiro. Que é – nunca é demais repetir – maciçamente contra o aborto.

Vaticano adverte os teólogos: “não é lícito a um teólogo opor-se ao Magistério da Igreja”

Prof. Felipe Aquino
O Vaticano retomou um tema importante em um novo pronunciamento através da “Sagrada Congregação da Fé” e da sua “Comissão Teológica Internacional”, onde deixa claro que os teólogos devem se submeter aos bispos porque são “os autênticos intérpretes da fé”.
O documento é intitulado “Teologia hoje: Perspectivas, princípios e critérios”, com 35 páginas, foi aprovado em novembro passado e sua publicação foi autorizada pelo cardeal William Levada, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, com o aval do Papa Bento XVI.
O novo documento da Comissão Teológica Internacional propõe  “critérios metodológicos determinantes para a teologia católica em relação a outras disciplinas afins, como as ciências religiosas”. E faz isso em três capítulos:
a teologia pressupõe a escuta da palavra de Deus amparada na fé (capítulo 1);
se realiza em comunhão com a Igreja (2);
tem como fim dar razão à verdade de Deus (3).

terça-feira, 20 de março de 2012

Papa Bento XVI se encontra com Fidel Castro em uma Cuba que muda, forçada pela História.


Mauro Castagnaro, publicado na revista Popoli, Itália
A  Visita do Papa a cuba, do dia 26 a 28 de março, irá ocorrer em um contexto bastante diferente daquele em que ocorreu a visita de João Paulo II em 1998.

Além da mudança dos principais protagonistas (os dois pontífices, Fidel e Raúl Castro), as diferenças referem-se, acima de tudo, às relações entre a Igreja local e o governo, que melhoraram nesses últimos 14 anos, até culminar na inédita mediação feita pelo cardeal Jaime Ortega y Alamino, arcebispo de Havana, e pelo presidente da Conferência dos Bispos de Cuba (COCC), Dom Dionísio Garcia, bispo de Santiago de Cuba, para a libertação de 126 prisioneiros, incluindo todos os considerados “prisioneiros de opinião” pela Anistia Internacional.
A eles, se juntaram os quase 3 mil destinatários do indulto, decidido pelo governo a pedido das Igrejas Católica e Protestante, também em vista da chegada do papa.

O cardeal e Raúl

Esse resultado é atribuído pelos observadores, em grande parte, à estratégia de relações com as autoridades assim sintetizada pelo primaz cubano: “O caminho é o diálogo. Com pressão, não se chaga a lugar algum”.

COMPREENSÃO ESPIRITUAL


"Se a trombeta só der sons confusos, quem se preparará para a batalha?" (I Cor. 14,8)

"Tudo o que eu fizer bem como os movimentos de minha missão devem, sem sombras de dúvidas, mostrar o Cristo que habita em mim" (Regra Beatitudes)

Este texto de São Paulo sugere a todo bom cristão que aspire aos dons espirituais, especialmente ao dom da profecia. A profecia é necessária para que que o povo de Deus seja edificado, consolado, instruído...

E nós, como bom servos, somos e fazemos "as obras" para a edificação da Igreja e nunca, repito, nunca para edificação própria.

A diferença do servo para o ídolo é que um pensa na Igreja e o outro pensa em si, basicamente.

A profecia também nos concede a "compreensão espiritual" das coisas. É esta compreensão, este olhar espiritual, esta "ciência da vida" que nos faz enxergar além dos problemas, dos adultérios, dos pecados enfim.

Seria chover no molhado te avisar que estamos vivendo "tempos ruins"... Só analfabetos espirituais não conseguem ler o tempo e os movimentos. O dias são maus e precisamos urgentemente viver os dons espirituais em nossa vida para que tenhamos uma compreensão das coisas sob a ótica Divina.