sábado, 18 de fevereiro de 2012

Um carnaval diferente: RCC Camocim realiza o XIII Despertai 2012


Paulo da comunidade Canção Nova de Fortaleza, comduzindo as pregações.

O DESPERTAI é um Retiro de Carnaval promovido pela Renovação Carismática Católica de Camocim  que  acontece há mais de dez anos em Camocim.
Muito Cristãos se retiravam para fazer retiros fechados durantes as festas carnavalescas, foi quando surgiu a inspiração de fazer um retiro aberto ao público com o objetivo de oferecer às pessoas uma experiência pessoal com a pessoa de Jesus Cristo, a experiência de um carnaval diferente cuja a alegria não se esgota na quarta-feira de cinzas.

A programação do Despertai consta de pregações, oração de súplica pedindo a Cura a Divina, atividades artísticas, Adoração ao Santíssimo Sacramento e Celebração Eucarística.
Os testemunhos de transformação de vida a partir da participação dos encontros se multiplicam a cada ano e atrai mais pessoas que desejam fazer a experiência de um carnaval diferente.
Adoração Ao Senhor durante a manhã deste sábado

O evento é aberto a todos os públicos tendo uma predominante participação dos jovens.
Este é um período por excelência de anúncio na renovação Carismática católica de Camocim.Participe  Conosco!

Atitudes curadoras

Imagem de Destaque
O elogio não pode ser confundido com a bajulação
 Muitos dos nossos erros são reações ao mal que nos fizeram. A compreensão, corretamente manifestada, é um excelente instrumento de cura e restauração. Sem uma palavra de elogio, ninguém tem forças para mudar um comportamento ou corrigir uma atitude.
Quando um apessoa comete um erro, nada a condena mais do que a sua própria consciência. O mais dificil é se perdoar, aceitar-se e redimensionar sua caminhada. As críticas não ajudarão em nada se não forem precedidas de um elogio sincero, honesto, maduro e equilibrado.
A crítica por si só gera frustração, decepção, desânimo e tristeza. O elogio, quando verdadeiro, injeta o ânimo necessário para que se possa refazer a vida. Isso deveria ser a maior função de uma família e uma comunidade: ressaltar valores. Das críticas e acusações, a sociedade já se encarrega.

Condenado a 98 anos de prisão pelo assassinato de Eloá, Lindemberg Alves teria se convertido na cadeia

Condenado a 98 anos de prisão pelo assassinato de Eloá, Lindemberg Alves teria se convertido na cadeia
No terceiro dia do julgamento e após mais de três anos do ocorrido, Lindemberg finalmente se pronunciou, dando sua explicação sobre o crime. O réu falou por mais de cinco horas, dando sua versão sobre os fatos, sobre mo momento da execução citou, “sem pensar, eu atirei.”. Ele ainda pediu perdão aos pais da vítima, “Causei grande dor a eles. Estou pagando por algo que fiz.”, disse o rapaz.
Em seu depoimento, Lindemberg ainda contou um pouco sobre sua rotina na penitenciária, acorda cedo, trabalha como montador de peças para box de banheiro, e joga futebol aos finais de semana. Com outros fatos relatados sobre seu cotidiano, Lindemberg Alves também deixa indícios de que teria se convertido na na cadeia, o jovem, que usava uma uma camiseta de uma banda gospel no dia do julgamento, afirmou estar arrependido de seus atos e que a fé tem sido seu apoio na prisão. Revelou estudar a Bíblia e participar de cultos na penitenciaria, e ainda citou, “Deus está me dando força”.

O casamento “indissolúvel” como “escolha livre” é MAIS UMA contribuição do Cristianismo para a civilização humana.

fonte: Zenit
Em 23 de janeiro de 1961, durante o pontificado de João XXIII, a Santa Sé estabeleceu a festa do casamento da Virgem Maria e de São José. É uma oportunidade para todos os casais renovarem seus votos de matrimônio e também para relembrar a importância do casamento cristão, único em seu gênero.
Se pensarmos na situação da sociedade no advento do cristianismo, a posição da Igreja foi nada menos do que inovadora, emancipada e contra-corrente do que dizia respeito ao casamento. A Igreja sustentava que este sacramento devia ser uma escolha livre e, portanto, poderia ocorrer única e exclusivamente com o consentimento de ambos os cônjuges. A liberdade de escolha das mulheres de hoje parece óbvia, mas no passado, especialmente antes do cristianismo, a mulher era considerada inferior ao homem e tratada como escrava e objeto de prazer.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Os valores cristãos e o carnaval

participe conosco!!!!
                Espetáculo para turistas e oportunidade aos menos escrupulosos

                O carnaval é uma realidade. Ele aí está e penetra pelos olhos. Melhor dizendo, já vivemos esse clima há várias semanas.
                Todo indivíduo sente necessidade de alegria. Sem ela, a existência se torna insuportável. A própria saúde física se ressente. Diz a Sagrada Escritura, no livro Eclesiastes (9, 15ss): "Por isso louvei a alegria, visto não haver nada de melhor para o homem (...) é isto que o acompanha no seu trabalho, durante os dias que Deus lhe outorgar debaixo do sol". E o Senhor, nos Provérbios (2,14-15), lembra que há limites, pois são reprovados os "que se alegram por terem feito o mal e se regozijam na perversidade do vício, cujos caminhos são tortuosos e se extraviam por vias oblíquas".
                Os festejos carnavalescos têm remota e obscura origem eclesiástica. Tanto assim que dependem de uma data móvel do calendário litúrgico. Antecedem sempre o início da Quaresma. Terminam - quando terminam - com as cinzas da quarta-feira. E a Igreja, em seu ritual, recorda ao homem a fragilidade de sua condição: "Lembra-te, ó homem, que és pó e ao pó hás de tornar".

Você é jovem? Então conheça Pedro!

fonte: Blog Carmadelio
Pedro Calungsod (1654-1672), leigo, catequista, jovem mártir das Filipinas, beatificado por João Paulo II, faz parte dos futuros santos, cuja canonização será aprovada por Bento XVI, no sábado próximo, 18 de Fevereiro.
Tendo sido reconhecido o seu martírio, sua causa não precisava de outro milagre para a beatificação. No entanto, foi documentada uma primeira cura que aconteceu depois de invocá-lo: a cura de uma mulher que tinha câncer nos ossos. Ela participou da sua beatificação, no dia 5 de março de 2000, na Praça de São Pedro.
Mas era preciso outro milagre, acontecido depois de sua beatificação para abrir o caminho para a canonização. O milagre que permitiu este passo aconteceu em 2003 no hospital na cidade de Cebu: uma mulher considerada morta, depois de duas horas, voltou à vida após a invocação do bem-aventurado mártir jovem.

Quais são as diferenças entre os Sacramentos e os Sacramentais?

altar1.jpg

BLOG CARMADELIO 
Quando entramos em uma igreja e impulsionados pelos imponderáveis do ambiente, nos ajoelhamos diante do Sacrário, rezamos o Pai-Nosso, ou quando fazemos uso da água benta, temos uma noção bem exata desse ato que praticamos?

Muito ao nosso alcance e de grande benefício espiritual, está a riqueza dos sacramentais.

“Chamam-se sacramentais os sinais sagrados instituídos pela Igreja cuja finalidade é preparar os homens para receberem os frutos dos sacramentos e santificarem as diferentes circunstâncias da vida” (CEC 1677).
“Os sacramentais não conferem a graça do Espírito Santo à maneira dos sacramentos, mas oferecem aos fiéis bem-dispostos a possibilidade de santificarem quase todos os acontecimentos da vida por meio da graça divina que deriva do mistério pascal da paixão, morte e ressurreição de Cristo” (CEC 1670).
Diferenças entre os Sacramentos e os Sacramentais
Há distinções substanciais entre o sacramento e o sacramental.
Os sacramentos produzem seu efeito ex opere operato (”pela obra realizada”) por sua própria virtude, quando devidamente ministrados e recebidos ; a eficácia dos sacramentais, ex opere operantis (”pela ação daquele que opera”) pela disposição dos que os recebem. Assim, para que haja um frutuoso efeito das graças dos sacramentais, são necessárias também nossa plena consciência e boa disposição ao recebê-los.

JMJ 2013: delegação do Vaticano aguardada no Rio.


No dia 27 deste mês, o Presidente do Pontifício Conselho para os Leigos (PCL), Cardeal Stanislaw Rylko (foto) , irá ao Rio de Janeiro para se reunir com os representantes do Comitê Organizador Local da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) RIO 2013, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), além de se encontrar com representantes dos movimentos juvenis do Rio de Janeiro.

O Presidente do Pontifício Conselho para os Leigos visitará também alguns locais da cidade onde possivelmente serão organizados oficiais da JMJ RIO 2013.

Adolescente comove Itália ao oferecer sua vida pela Igreja e pelo o Papa.


Em outubro de 2006, Carlo Acutis tinha 15 anos de idade e sua vida se apagou por uma agressiva leucemia.O adolescente, oriundo de Milão, comoveu familiares e amigos ao oferecer todos os sofrimentos de sua enfermidade pela Igreja e pelo Papa.
Seu testemunho de fé, que em alguns anos poderia valer o início de um processo de beatificação, sacode nestes dias a Itália, com a publicação de sua biografia.
“Eucaristia. Minha rodovia para o céu. Biografia de Carlo Acutis” é o título do livro escrito por Nicola Gori, um dos articulistas de L’Osservatore Romano, e publicado pelas Edições São Paulo.
Segundo os editores, Carlo “era um adolescente de nosso tempo, como muitos outros. esforçava-se na escola, entre os amigos, era um grande apaixonado por computadores. Ao mesmo tempo era um grande amigo de Jesus Cristo, participava da Eucaristia diariamente e se confiava à Virgem Maria. Morto aos 15 anos por uma leucemia fulminante, ofereceu sua vida pelo Papa e pela Igreja. Sua vida suscitou profunda admiração em quem o conheceu. O livro nasce do desejo de contar a todos sua simples e incrível historia humana e profundamente cristã”.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

A mensagem do Evangelho está acabando com “Templo da Prostituição” na Índia

Porém a mensagem do Evangelho está destruindo essa prática no país. Ao terem contato com a mensagem transmitida pelo cristianismo, essas mulheres têm transformado suas vidas e se tornado grandes testemunhas de Cristo.
De acordo com a publicação cristã Charisma, o Evangelho está ganhando muita força e se difundindo rapidamente entre as servas dessa trágica prática.
De acordo com a Junta de Missões Mundiais a devadasi é uma prática que oficialmente foi banida do país há 30 anos, mas que mesmo assim permanece. Até hoje muitas mulheres são consideradas casadas com a deusa e forçadas a viver como prostitutas ao atingirem a maturidade. Sendo, inclusive, proibidas de se casar com um homem depois disso.
Em face a essa situação muitos cristãos estão trabalhando para levar a mensagem do Evangelho a essas mulheres.

MP quer que o Banco Central exclua frase “Deus seja louvado” das cédulas do Real

MP quer que o Banco Central exclua frase “Deus seja louvado” das cédulas do Real
A notificação, segundo o jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, foi elaborada e enviada pelo procurador substituto Antonio de Oliveira, cobrando explicação para a “ofensa à laicidade da República Federativa do Brasil”, pois para o procurador, a frase é incompatível com a condição do Estado, que não faz associação a nenhuma religião.

Antes de morrer, Whitney Houston disse a amigos que “queria ver Jesus” e que sua hora estava chegando

Os relatos remontam à Sexta-Feira, 10/02, quando após cantar “Yes, Jesus Loves Me” na casa noturna “Tru”, em Hollywood, quando Whitney teria confessado tais sentimentos a amigos.

Padre Paulo Ricardo chama protestantes de otários e orgulhosos por acreditarem que podem falar diretamente com Deus

Pertencente ao clero da Arquidiocese de Cuiabá, o padre fala em sua ministração sobre a virgem Maria, e enumera as virtudes de Maria como intercessora diante de Deus, e aproveitando o tema, critica os cristãos protestantes por não aceitarem intermediários perante Deus. “E porque eu preciso dela, e porque não posso ir direto pra Deus padre Paulo? Pare de ser orgulho criatura, porque você tem que ir direto? Isso é um negocio assim, o principio protestante é um principio orgulhoso. Existe protestante humilde, mas não existe protestantismo humilde. O protestantismo é orgulhoso”, afirma o padre.

Quantos anos você tinha quando seus pais se separaram? O drama da separação conjugal vivido pelas crianças afetadas


Artigo de Rafael Navarro-Valls, membro do Conselho Pontifício para a Família, sobre a tragédia dos divórcios e seu impacto na vida das maiores vítimas, as crianças.

*****
Por Rafael Navarro-Valls via blog do carmadelio
Acabo de participar de um Congresso de interesse especial. Os protagonistas eramos um grupo de especialistas de todo o mundo reunidos em Roma pelo Conselho Pontifício para a Família. A ocasião do encontro foi o 30 º aniversário de um dos documentos mais interessantes do pontificado do beato João Paulo II. Refiro-me à Constituição Apostólica Familiaris Consortio (22.XI.1981). Ao receber a assembléia, Bento XVI destacava a importância do evento com estas palavras: “O Eclipse de Deus é devido à propagação de ideologias contrárias à família.”

Mais de cinco milhões de abortos no mundo até 14 de Fevereiro de 2012!

clique para ampliar a imagem

Mais que AIDS, câncer, cigarro, álcool e acidente de trânsito… O aborto mata mais! De acordo com o site Worldmeters.com, que registra um número aproximado de estatísticas mundiais, somente em 2012 o aborto matou 5.078.405 seres humanos até as 02h03 da manhã desta terça-feira.
O número é superior a QUALQUER UMA das estatísticas de mortalidade apresentada na catergoria “saúde” do site. Os números registrados pelo site são baseados em fontes oficiais como o departamento de estatísticas da ONU e outros. O site é referência para a BBC News e revista WIRED.
As estatísticas sobre aborto têm como fonte principal a Organização Mundial de Saúde.

fonte Blog Carmadelio

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

O amor tem seu tempo

Sonhos são muito bonitos nas novelas; na vida real, os caminhos não são prontos
Imagem de Destaque
 
A urgência dos nossos dias nos faz pensar exatamente na urgência do amor. Quando o sentimento se faz presente entre duas pessoas é muito comum a necessidade imediata de dizer: “Eu te amo”.  Algumas pessoas dizem: “Que loucura! Isso não é amor”; outras afirmam: “Pra que esperar, eu amo e digo!”.

Avaliar nossos sentimentos e todas as implicações que ele [amor] envolve também nos faz pensar que os caminhos para o amor nunca são ou estão prontos, mas, certamente, passam por nossa maturidade.

A maturidade biológica nem sempre está relacionada à maturidade psicológica. As expectativas dos pais nem sempre serão concretizadas nos desejos dos filhos. Da mesma forma, o que foi vivido no passado nem sempre será válido para as experiências atuais.

Divórcio e filhos: novo estudo confirma a gravidade do trauma


Nos Estados Unidos, mais de um milhão de crianças por ano são vítimas inocentes do divórcio dos pais. O divórcio machuca os pais, mas são as crianças as que mais sofrem, conforme demonstrado por pesquisas recentes.
O estudo Efeitos do Divórcio sobre as Crianças, de Patrick F. Fagan e Aaron Churchill, foi publicado em janeiro pelo Marriage and Religion Research Institute (Instituto de Pesquisas sobre Casamento e Religião).
Baseando-se numa vasta gama de pesquisas já publicadas sobre os efeitos do divórcio, o relatório analisa uma série de áreas em que o dano é evidente para as crianças. A primeira área é a da relação entre pais e filhos. Como esperado, o divórcio tem efeito negativo sobre a capacidade dos pais de interagir com os filhos.
Um estudo descobriu que o estresse causado pelo divórcio prejudica a relação entre mãe e filhos no caso de 40% das mães divorciadas. O dano é mais pronunciado quando as crianças estão na escola e na faculdade.

“É hora de admitir que a Igreja sempre esteve certa sobre a contracepção”, afirma “Business Insider”.


Fonte: Contra o Aborto.

O artigo abaixo, aqui disponibilizado em uma livre tradução foi publicado no site Business Insider e mostra o que qualquer pessoa honesta pode concluir por si mesma: os efeitos da mentalidade contraceptiva em voga mundialmente foram devastadores na sociedade, na família, nos relacionamentos, na afetividade.
O Papa Paulo VI, com sua Humanae Vitae, atuou como um verdadeiro profeta dos dias atuais ao admoestar o mundo sobre as conseqüências da contracepção desenfreada e é exatamente isto que é abordado neste breve artigo de autoria de Michael Brendan e Pascal-Emmanuel Gobry.
***
É hora de admitir que a Igreja sempre esteve certa sobre a contracepção
Michael Brendan Dougherty e Pascal-Emmanuel Gobry
Retratar a Igreja Católica como “sem noção” é tão fácil quanto atirar em peixes em um barril. E nada torna isto tão fácil quanto a posição da Igreja contra a contracepção.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

"Vós sóis a esperança da Igreja”

Essa foi a frase que nosso amado Papa João Paulo II falou aos jovens em 1987, na II Jornada Mundial da Juventude, em Buenos Aires. Era a primeira jornada fora de Roma, onde 1 milhão de participantes se reuniu para ouvir o pastor e receber dele estas palavras: “Repito ante vós o que venho dizendo desde o primeiro dia do meu pontificado: que vós sois a esperança do Papa, a esperança da Igreja”
E tem sido assim desde então: de 2 em 2 anos, milhares de jovens têm atendido ao convite do Pontífice e feito das jornadas um grandioso evento de fé. E  em 2013 o Papa Bento XVI se reunirá com os jovens aqui no Brasil, no Rio de Janeiro, e certamente ficaremos impressionados com o que veremos.
Mas o que atrai tantos jovens assim?
Por que uma instituição tão antiga, que dizem ser tão ultrapassada, desatualizada e fechada ao pensamento moderno, consegue atrair tantos jovens de uma só vez?
Como um “velhinho de 84 anos” pode reunir e contagiar tantos jovens?
São perguntas que o mundo faz e parece não encontrar repostas porque ainda não entendeu que a força que impulsiona o Papa, a força que move e sustenta a Igreja, que impele e atrai os jovens é o Espírito Santo. É Ele que faz da Igreja Católica esta instituição sempre viva e atual, que não tem medo de lançar desafios aos jovens, de apresentar-lhes propostas de vida plena, porque da mesmice e do vazio do mundo, já estamos cansados! O jovem tem sede de Deus! É por isso que as Jornadas Mundiais são o que são!
Andréa Taisa de Moura Camargos
Comunidade Canção Nova
blog.cancaonova.com/bemdahora

Pesquisadores americanos afirmam que jejum pode ajudar a combater câncer

A pesquisa, liderada pelo professor Valter Longo, professor de Gerontologia e Ciências Biológicas da universidade, constatou que em cinco de oito tipos de câncer em ratos o jejum atuou de forma positiva, e que aliado à quimioterapia aumenta substancialmente o índice de sobrevida dos pacientes.
Em todos os casos estudados “a combinação de ciclos de jejum com a quimioterapia foi mais ou muito mais eficaz que a quimioterapia sozinha”, disse Longo explicando que a privação de alimentos tornou o crescimento dos tumores mais lento.

Igreja Católica vai usar internet contra a pedofilia.


A Igreja Católica apresentou na quinta-feira(08/02/2012), um projeto de ensino digital destinado a ajudar clérigos de todo o mundo a erradicarem a pedofilia de suas fileiras e a protegerem menores de potenciais abusos.
Ao final de quatro dias de conferência sobre o tema em Roma, o padre François-Xavier Dumortier informou que o projeto de 1,2 milhão de euros (US$ 1,6 milhão) fornecerá aconselhamento em várias línguas e acesso a pesquisas sobre o que é pedofilia e como reagir a ela.
"Isso vai ajudar a desenvolver uma cultura de escutar (...), um rosto diferente da cultura do silêncio", disse Dumortier, reitor da Pontifícia Universidade Gregoriana, onde se realizou a conferência.
Uma associação de vítimas de abusos disse, sem comentar diretamente o projeto para a internet, que a conferência em Roma foi uma mera "vitrine", e que o melhor que o Vaticano tinha a fazer seria entregar ao Tribunal Penal Internacional (TPI), em Haia, toda a documentação que possuir sobre os abusos.

Estado do Vaticano completa 83 anos de sua instituição.

O Estado da Cidade do Vaticano assinala o seu aniversário, 83 anos depois da assinatura, a 11 de fevereiro de 1929, do tratado que decretou a sua instituição.
O acordo (Vale a pena ler o tratado no link ao lado) insere-se nos denominados Pactos de Latrão, negociados quando o rei de Itália era Victor Manuel III, tendo sido assinado pelo primeiro-ministro Benito Mussolini e pelo cardeal Pietro Gasbarri, secretário de Estado do Papa Pio XI, e posteriormente ratificados por este e pelo monarca.
Além de consignar a independência da Santa Sé e a criação do Estado da Cidade do Vaticano, os Pactos de Latrão incluíram uma Concordata que definiu as relações civis e religiosas entre o Governo e a Igreja na Itália.
Os Pactos Lateranenses compreenderam também uma convenção financeira que proporcionou à Santa Sé a compensação pelas perdas sofridas na anexação dos Estados Pontifícios por parte da Itália, em 1870.
Os protocolos foram revistos quando o socialista Bettino Craxi era primeiro-ministro da Itália, em 1984, ano em que a Unesco concedeu à Cidade do Vaticano o estatuto de Património da Humanidade.

A Igreja e a escravidão no Brasil.

Fonte: Presbíteros
A recente ocorrência do Centenário da Abolição no Brasil oferece-nos ocasião de voltar ao assunto, valendo-se de obras recém-editadas sobre o mesmo e portadoras de novos dados, extraídos de Arquivos, que põem em mais claro relevo a ação humanizante da Igreja perante o fato escravagista. De modo especial referimo-nos a três publicações:

Cônego José Geraldo Vidigal de Carvalho, A Escravidão. Convergências e Divergências. Ed. Folha de Viçosa 1988.
Idem, A Igreja e a Escravidão. As Irmandades de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos. Instituto Histórico e Geográfico do Brasil, Rio de Janeiro 1988.

Jaime Balmes, A Igreja Católica em face da Escravidão, com Adendo do Côn. José Geraldo Vidigal de Carvalho: A Igreja e a Escravidão no Brasil, São Paulo 1988.

Estas três obras apresentam informações e documentos pouco divulgados, que passamos a resumir ou ocasionalmente transcrever nas páginas subseqüentes.
 

©2012 Grupo Renascer | Template Grupo Grupo Renascer by