VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 5 de novembro de 2011

FESTA DO SENHOR BOM JESUS DOS NAVEGANTES

DE 10 À 20 DE NOVEMBRO EM CAMOCIM-CE
TEMA: "COMO MISSIONÁRIOS, QUEREMOS PROMOVER E DEFENDER A VIDA DO PLANETA".

PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA DA FESTA:

DIA 10/11/2011 (QUINTA-FEIRA) ABERTURA DA FESTA

5:30H - DESPERTAR COM ALVORADA FESTIVA.
9:00H - ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO.
19:00H - HASTEAMENTO DA BANDEIRA E CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA.
CONVIDADOS:TODOS OS PÓLOS E COMUNIDADES.
LITURGIA:PASTORAL LITÚRGICA DA MATRIZ.
MÚSICA: MINISTÉRIO DE MÚSICA DA MATRIZ.

DIA 11/11/2011(SEXTA)1ª NOVENA

09:00H - ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO
18:30 - TERÇO MARIANO
19:00 CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA COM A 1ª NOVENA
RESPONSÁVEL: POLO CRUZEIRO
CONVIDADOS: APOSTOLADO DA ORAÇÃO,IRMANDADE DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO.
LITURGIA COM MÚSICA:POLO CRUZEIRO

DIA 12/11/2011(SÁBADO)

09:00H -ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO
  18H –TERÇO MARIANO OU OFÍCIO DA IMACULADA CONCEIÇÃO
 19:00H - CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA COM A  2ª NOVENA
RESPONSÁVEL:POLO SÃO FRANCISCO
CONVIDADOS:OFS,OVS,JUFRA,IRMÃS MISSIONÁRIAS CAPUCHINHAS.
 LITURGIA COM MÚSICA: POLO SÃO FRANCISCO

DIA 13/11/2011-(DOMINGO)

09:00 - MISSA DAS CRIANÇAS.
 18:30H - TERÇO MARIANO.
19:00H -CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA COM  3ª NOVENA
RESPONSÁVEL: POLO MATRIZ
CONVIDADOS:PASTORAL CATEQUÉTICA,SSVP E JUCA.
LITURGIA: POLO MATRIZ
MÚSICA: GRUPO ÁGAPE

Tatuar-se é pecado ou.. “depende”?

posição do autor deve ser entendida como interpretação da passagem bíblica de Levítico.
O uso de tatuagem hoje extrapola o sentido idólatra do A.T. Extrapola mas não o nega porque HOJE também existem tatuagens de origem e motivação ocultista, sexista, nazista, pornográfica e mesmo como “marcação” corporal de pactos com demônios.Tem de tudo! da bonita a horrível, da tribal a “inocente” borboleta.
Ou seja, Tatuagem é pecado?? Bem…depende da tatuagem e da motivação de quem a usa.
O artigo abaixo só “peca” ao não citar que existem “tatuagens” e tatuagens.
***
Carlos Ramalhete
Alguns hoje, para condenar as tatuagens, citam Lv 19,28.
Evidentemente. Os próprios judeus reconhecem isso, aliás. O sábio judeu Maimônides (freqüentemente citado por S. Tomás como autoridade em assuntos judaicos, aliás; S. Tomás o chama “Rabi Moisés”, por ser seu nome hebraico Moisés Ben-Maimon) escreveu no Livro das Leis sobre a Idolatria da Mishné Torá (editada em português pela Imago, ISBN 85-312-0226-4; os números de página se referem a esta edição):

Congresso pró-vida no Brasil: Combater a cultura de morte promovendo a doutrina da Igreja.

ACI
Construir uma cultura de vida , segundo a doutrina da Igreja, em um mundo no qual avança a cultura de morte, sintetiza os temas tratados  no primeiro dia do II Congresso pela Verdade e pela Vida da Human Life International em São Paulo, apresentado nesta ocasião a mais de uma centena de sacerdotes, seminaristas e religiosos vindos de todo o Brasil.

O Congresso, que começou às 9:00h no Mosteiro de São Bento na capital paulistana, foi inaugurado pelo Prof. Felipe Nery, que preside o congresso, e que contou com a presença de Dom João Carlos Petrini, presidente da Comissão para Vida e a Família da CNBB, além do Pe. Shenan Boquet, presidente da HLI e Raymond de Souza, diretor de programações para a América Latina da mesma entidade, no primeiro painel de palestrantes do evento.

Falando sobre os desafios da luta pela defesa da vida e promoção da família, o Pe. Boquet não só mencionou a lamentável sentença Roe vs. Wade que despenalizou o aborto nos EUA, mas também recordou a campanha por métodos anti-concepcionais em seu país que vem ferindo a família e banalizando a sexualidade.

“A contracepção também é uma realidade que se tornou muito comum, de tal forma que os médicos prescrevem-nos facilmente, como se fosse uma vitamina”, afirmou.
Padre Shenan partilhou sua experiência de seis anos como pároco nos Estados Unidos, um período em que o sacerdote não fez sequer um casamento sacramental, chamando a atenção para o crescente número de casais que convivem fora do matrimônio religioso.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Cruz da JMJ peregrina por Minas Gerais neste mês

A cruz da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e o ícone de Nossa Senhora continuam sua peregrinação pelo país. Agora, os símbolos da JMJ percorrem as Arquidioceses do Regional Leste 2 da CNBB (Minas Gerais e Espírito Santo).  

O itinerário foi delimitado às Províncias Eclesiásticas, devido à impossibilidade de agendar visitas à todas as arquidioceses e dioceses dos estados.

Neste mês, os símbolos da jornada percorrem algumas províncias de Minas Gerais: Diamantina, Montes Claros, Belo Horizonte, Mariana e Juiz de Fora. A Província Eclesiástica de Vitória, no Espírito Santo, recebeu a cruz e o ícone de Nossa Senhora no final do mês de outubro.

Aumento de jovens sem religião indica que Brasil caminha para o secularismo

por John L. Allen Jr., do site National Catholic Reporter

Dois terços da população católica do mundo, hoje, está no hemisfério Sul, uma parcela que deve chegar a três quartos até a metade do século. Para discernir para onde a igreja está direcionada, é fundamental olhar para o que está borbulhando no Sul, e algumas histórias recentes merecem estar na tela do radar católico mundial.

Uma delas vem do Brasil, uma superpotência católica, entre os quatro principais países católicos em termos de população, destinado a ser um definidor do ritmo da Igreja do século 21.

No Brasil, um respeitado instituto nacional de pesquisa, a Fundação Getúlio Vargas, publicou um novo estudo que sugere que o secularismo – definido, neste caso, como o ato de jogar a toalha em termos de fé e prática religiosas – está fazendo rápidas incursões entre os jovens brasileiros.
Com base em 200 mil entrevistas realizadas para o Censo do Brasil de 2010, o estudo conclui que a parcela católica da população brasileira caiu para 68%, seu nível mais baixo desde que os dados do censo começaram a ser coletados em 1872, em parte por causa do elevado percentual de jovens que negam ter qualquer filiação religiosa.

A principal conclusão é a seguinte: o número de pessoas com menos de 20 anos que dizem não seguir nenhuma religião está crescendo três vezes mais rapidamente do que entre as pessoas com mais de 50 anos, sendo que 9% dos jovens brasileiros dizem não pertencer a nenhuma religião.

Esses resultados vão no rastro de outros dados do Brasil. Em 2007, o padre  José Oscar Beozzo, que dirige o Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular, em São Paulo, disse que, entre 1980 e 2000, o percentual da população brasileira que se identifica como protestante, cuja maioria é pentecostal, subiu de 12% para 17%. No mesmo período, o percentual de pessoas sem filiação religiosa passou de 0,7% para 7,3%, um aumento de dez vezes.

Minúscula relíquia cristã de 1,4 mil anos encontrada em Jerusalém


Uma minúscula caixa de 1,4 mil anos foi encontrada em uma escavação em Jerusalém. A relíquia é um símbolo da fé cristã, de acordo com arqueólogos israelenses.
A caixa, primorosamente confeccionada, foi esculpida a partir do osso de uma vaca, cavalo ou camelo e decorada com uma cruz na tampa. Ela mede apenas 2 por 1,5 centímetros.
O item foi feito provavelmente por um cristão no final do século 6. Quando a tampa é removida, são ainda visíveis os restos de dois retratos com detalhes em ouro. Um homem e uma mulher estão representados, possivelmente uma imagem de santos cristãos ou de Jesus e Maria.
A caixa foi encontrada fora dos muros da Cidade Antiga de Jerusalém nos restos de uma estrada que data da era bizantina. Descoberta há dois anos, a caixa foi tratada por especialistas e extensivamente pesquisada antes de ter sido revelada em uma conferência arqueológica na semana passada.
A relíquia é importante porque oferece a primeira evidência arqueológica de que o uso de ícones não se limitava às cerimônias da igreja na era bizantina. Parte de uma caixa semelhante foi encontrada há três décadas na Jordânia, mas esse é o exemplar mais preservado encontrado até agora. Ícones semelhantes ainda são feitos hoje por alguns cristãos, especialmente os das igrejas orientais ortodoxas.
 
Blog Grupo Renascer com informações do MSN

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Deus presente no momento de angústia

Dando continuidade à série de catequeses “Escola de Oração”, do papa Bento XVI, apresentamos, a seguir, o texto do Santo Padre no qual ele reflete sobre o salmo 22 (21).

Queridos irmãos e irmãs:
Na catequese de hoje, eu gostaria de falar sobre um salmo de fortes implicações cristológicas, que continuamente aflora nos relatos da paixão de Jesus, com sua dupla dimensão de humilhação e de glória, de morte e de vida. É o salmo 22, segundo a tradição judaica, 21 segundo a tradição greco-latina, uma oração sincera e comovente, de uma densidade humana e uma riqueza teológica que o convertem em um dos salmos mais rezados e estudados de todo o Saltério. Trata-se de uma longa composição poética (nós nos deteremos em particular na primeira parte), concentrada no lamento, para aprofundar em algumas dimensões significativas da oração de súplica a Deus.
Este salmo apresenta a figura de um inocente perseguido e cercado por adversários que querem a sua morte; ele recorre a Deus, em um lamento doloroso que, na certeza da fé, se abre misteriosamente ao louvor. Em sua oração, a realidade angustiante do presente e a lembrança consoladora do passado se alternam, em uma sofrida tomada de consciência da própria situação desesperadora que não quer renunciar à esperança. Seu grito inicial é um chamado dirigido a Deus, que parece distante, que não responde e que parece tê-lo abandonado:
“Meu Deus, meu Deus, por que me abandonastes?
E permaneceis longe de minhas súplicas e de meus gemidos?
Meu Deus, clamo de dia e não me respondeis;
imploro de noite e não me atendeis.”(v. 2-3)
Deus se cala e este silêncio fere o ânimo do orante, que clama incessantemente, mas sem encontrar resposta. Os dias e as noites se sucedem na busca incansável de uma palavra, de uma ajuda que não chega; Deus parece muito distante, muito esquecido, muito ausente. A oração pede escuta e resposta, solicita um contato, busca uma relação que possa dar-lhe consolo e salvação. Mas, se Deus não responde, o grito de ajuda se perde no vazio e a solidão se torna algo insuportável. Além disso, o orante do nosso salmo chama o Senhor três vezes de “meu Deus”, em um extremo ato de confiança e de fé. Não obstante as aparências, o salmista não pode acreditar que o vínculo com o Senhor tenha se rompido totalmente e, enquanto pede um porquê do suposto abandono incompreensível, afirma que o “seu” Deus não pode abandoná-lo.

Dia dos Fiéis Defuntos

s
Dia de Finados

Em Finados recordamos nossos mortos, todos os que partiram desta vida. O desaparecimento de um parente, de um amigo, atinge em profundidade o ser humano.
Esta comemoração religiosa lembrando dos fiéis defuntos é salutar e milenar na tradição cristã. A Igreja traz à memória e de forma eficaz, esses momentos de dor. Ensina-nos o Concílio Ecumênico Vaticano II: "Diante da morte, o enigma da condição humana atinge o seu ponto alto. O homem não se aflige somente com a dor e a progressiva dissolução do corpo, mas também, e muito mais, com o temor da destruição completa" ("Gaudium et Spes", nº 18). A afirmativa nos leva a uma reflexão com consequências positivas em nossa maneira de ser e agir.
O Santo Padre Bento XVI nos exorta a pensarmos profundamente sobre esse tema quando diz: "Gostaria de convidar a viver esta data segundo o autêntico espírito cristão, isto é, na luz que provém do Mistério pascal. Cristo morreu e ressuscitou e abriu-nos a passagem para a casa do Pai, o Reino da vida e da paz. Quem segue Jesus nesta vida é recebido onde Ele nos precedeu. Portanto, enquanto visitamos os cemitérios, recordemo-nos que ali, nos túmulos, repousam só os despojos dos nossos entes queridos na expectativa da ressurreição final. As suas almas - como diz a Escritura - já 'estão nas mãos de Deus'(Sb 3, 1). Portanto, o modo mais justo e eficaz de os honrar é rezar por eles, oferecendo atos de fé, de esperança e de caridade (...) em união ao Sacrifício Eucarístico" ("Angelus", 01 de novembro de 2009).
Há uma dimensão pessoal e comunitária da morte, que tem no pecado uma raiz comum. Somente no mistério da Cruz e da Ressurreição no Senhor encontraremos o adequado e eficaz remédio. Todavia, a verdadeira esperança, fundamento e elemento integrante da vida cristã, surge, contra todas as expectativas, da palavra de Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida" (Jo 11,25). A certeza de que a atual existência perdura na eternidade é um elemento insubstituível para o momento atual. E nos conduz à compreensão do contexto em que nos inserimos, dá explicação às dúvidas que surgem em nosso íntimo. Sem elas surge o desespero e a revolta.

Necrópole vaticana amplia percurso até o Sepulcro de São Pedro.


O Presidente da Fábrica de São Pedro do Vaticano, o Cardeal Angelo Comastri, inaugurou um novo espaço turístico e de peregrinação religiosa sob a Basílica de São Pedro no Vaticano, uma nova parte da Necrópole Vaticana que data dos primeiros séculos depois de Cristo e que leva até a tumba de São Pedro.
Na apresentação do espaço, celebrada no dia 12 de outubro, participaram o Presidente da Fundação Pró Música e Arte Sacra, Hans Albert Courtia; e o diretor científico dos trabalhos para a Fábrica de São Pedro, Pietro Zander.
A Fundação Música e Arte Sacra financiou a restauração do “Mausoléu Phi ou dos Marci” – do Século II e III depois de Cristo-, situado dentro da Necrópole Vaticano e que forma parte do percurso que leva ao lugar exato onde descansam as relíquias do Apóstolo São Pedro.
O Cardeal Comastri explicou aos jornalistas que a restauração da Necrópole Vaticana “é um trabalho realmente importante, mas também difícil porque restaurar obras que foram enterradas por séculos, requer claramente uma delicadeza de restauração extraordinária”.
“Se Constantino decidiu construir a primeira Basílica Vaticana em um lugar impermeável, em um lugar já ocupado por uma necrópole teria uma razão, a razão é a interna tumba de São Pedro, além disso este é um fato que nos reconfirma aqueles que dizem as fontes literárias, que este é o sítio do martírio do Pedro, e o lugar da sepultura do Apóstolo no ponto onde hoje surge o altar papal, e isto é realmente importante”, indicou.

7 bilhões de pessoas no mundo! maldição ou bênção?

AP
Danica Camacho, bebê número 7 bilhões. Mitos sobre demografia buscam respaldar iniciativas da cultura da morte, como aborto e esterilização em massa

Leonardo Meira
Da Redação canção nova notícias

7 bilhões de habitantes no planeta. A filipina Danica May Camacho nasceu dois minutos antes da meia-noite do domingo, 30, e é um dos bebês símbolos de um número que divide opiniões e ideologias mundo afora.

Há duas principais correntes de interpretação dos dados relacionados à população mundial. De um lado, estão os defensores da chamada explosão demográfica ou superpopulação. De outro, há quem fale sobre inverno demográfico e indique a drástica perspectiva de diminuição das taxas de natalidade.

Não é fácil se posicionar frente a argumentos tão diferentes. Os seguidores da primeira corrente aproveitaram a marca dos 7 bilhões de habitantes no planeta para levantar a bandeira do controle populacional, sob o pretexto de que o mundo não seria capaz de suprir as necessidades de tantas pessoas. Aí, até mesmo o aborto é apresentado como uma “solução”, especialmente para os países pobres.

No entanto, há outros segmentos que apontam a capacidade do mundo de atender a todas as demandas de seus habitantes. O mal residiria mais no egoísmo humano, que leva a reter as coisas somente para si, do que na falta de capacidade da terra.
O nascimento do bebê sete bilhões não é uma maldição, mas uma bênção para todos. Não é um problema, e sim um recurso. O problema a longo prazo da humanidade não é o excesso, senão a escassez de crianças”, explica o presidente do Population Research Institute (PRI), Steve Mosher, no último boletim do Instituto.

“A solução das questões conexas ao crescimento demográfico deve ser antes perseguida no simultâneo respeito tanto da moral sexual quanto da moral social, promovendo uma maior justiça e autêntica solidariedade para dar por todo lado dignidade à vida, a começar por condições econômicas, sociais e culturais”, sentencia o Compêndio da Doutrina Social da Igreja.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Mau-olhado existe?

Imagem de DestaqueQuem é que gosta de receber um olhar malvado ou de desprezo?
Muitas pessoas me perguntam: - “Padre, mau-olhado existe?” Meu primeiro impulso é sempre responder que se Deus é por nós QUEM será contra nós? Digo que quem está sob o manto de Deus não tem o que temer. Mas, no fundo, no fundo, as pessoas continuam desconfiadas que este tal de mau-olhado exista. Pois bem. Existe mesmo. Quem é que gosta de receber um olhar malvado, invejoso, raivoso, de desprezo? Um olhar mau sempre nos faz mal. Incomoda. Deixa-nos cismados, tristes.

Mas descobri que a palavra “providência” significa “olhar favorável”. A Divina Providência é olhar amoroso e “cheio de graça e paz” com que Deus contempla cada um de nós. Precisamos ter esta “visão beatífica” todos os dias. No céu seremos acalentados eternamente por este olhar de bênção. Mas já aqui na terra precisamos viver sob o signo da Divina Providência, ou seja, som o olhar favorável de Deus.

Imagino como não foi para aquela mulher surpreendida em adultério e que seria apedrejada. Jesus decretou: - “Quem não tiver pecado atire a primeira pedra”. A mulher ao chão… com o rosto escondido, tremia de medo esperando a morte certa. Mas a pedra não veio. Ela teve coragem de olhar para cima quando ouviu Jesus a dizer: - “Mulher, ninguém te condenou? Nem eu te condeno. Vai e não voltes a pecar!” Imagino o olhar que ela viu nos olhos de Jesus Misericordioso.

Líderes cristãos repercutem a morte de Khadafi, ex ditador da Líbia

Khadafi foi morto após ser capturado pelas tropas do Conselho Nacional de Transição da Líbia. Ele foi encontrado refugiado em sua cidade natal, Sirte. Ainda não há certeza se Khadafi morreu vítima de bala perdida, ou se foi executado pelos seus captores. Os líbios, que ficaram sob a ditadura dele por 42 anos, comemoraram sua morte nas ruas.
Em um podcast (programa gravado em áudio e disponibilizado para download) o presidente do Seminário Teológico Batista do Sul, dos Estados Unidos, Dr. Richard Albert Mohler afirmou que da mesma maneira que chegam ao poder, os ditadores caem. “Nós já vimos essa história antes. Os tiranos tendem a ganhar o seu poder apenas por meios militares e eles tendem a perder seu poder apenas por aqueles mesmos meios militares”.
Segundo Mohler “a morte de Muammar Khadafi põe fim a uma das vidas mais vilãs do nosso tempo. O dia da sua morte não só pertence aos líbios, mas ao mundo”, ele acrescentou. O teólogo ainda ressaltou que “o mundo se livra de mais um tirano”. Sobre as imagens do ditador ensangüentado, Mohler disse que “moralmente falando, ele tinha uma grande quantidade de sangue em suas mãos”.

Filme sobre pastores ladrões se inspira na Igreja Universal do Reino de Deus, afirmam roteristas

Filme sobre pastores ladrões se inspira na Igreja Universal do Reino de Deus, afirmam roteristas
Em resumo, essa é a história da comédia Dios me libre (Deus me livre) que acaba de ser lançada no Chile. As gravações foram feitas em Santiago e em São Paulo. Há uma cena na praça da Sé.
O roteirista Juan José Hurtado e o cineasta Martin Duplaquet informaram que a inspiração veio de tele-evangelistas americanos da década de 80 e da Iurd (Igreja Universal do Reino de Deus). Viram muitos vídeos do Youtube.
Duplaquet disse que, antes da estreia do filme, foi advertido de que poderia ter problema com líderes religiosos. Mas ele acredita que isso não ocorrerá porque a Transprofética, afirmou, é uma ficção, ainda que concebida com base na realidade.
Ele espera que nenhum devoto se sinta ofendido. No filme, não aparece nenhuma vez a palavra “evangélico”.
“O filme não é sobre uma seita em particular, mas sobre os dois primos e como o marketing às vezes é capaz de nos convencer de qualquer coisa.”
Não há previsão de o Dios me Libre passar no Brasil.

Moral cristã é disciplina obrigatória no colégio que fraudou o Enem

No Colégio Christus, de Fortaleza (CE), a moral cristã é uma disciplina obrigatória no currículo dos estudantes. O estabelecimento está sendo acusado pelo MEC de ter antecipado 13 questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), em um procedimento exemplar de falta de moral e ética.

O colégio tem na edução religiosa um
diferencial em relação aos concorrentes
A Polícia Federal está investigando como o Christus obteve as questões. A direção do colégio informou que foi “coincidência”. Por decisão da Justiça, as questões que vazaram foram anuladas, prejudicando os estudantes que as responderam com bom índice de acerto.

O Christus não pertence a nenhuma ordem religiosa, mas é assumidamente católico. Em sua principal sede, tem uma capela e oferece formação para primeira comunhão e crisma.

No site da colégio, abaixo do logotipo, há uma citação bíblica: "Quem respeita o seu pai obterá o perdão de seus pecados e acumula um tesouro, aquela que honra a sua mãe". (Eclo 3:3s).

O relativismo e as “crenças religiosas” do Século XXI.

Por Pe. John Flynn, L.C.
Dois livros recentes oferecem uma interessante perspectiva sobre a situação da religião nos Estados Unidos e o que podemos esperar de quem está chegando à idade adulta.
O primeiro, FutureCast: What Today’s Trends Mean for Tomorrow World (Barna Books), foi escrito por George Barna, um prolífico escritor que fundou o Barna Research Group. Baseado em pesquisas de opinião, o livro analisa onde está a sociedade atual numa série de temas sociais.
Três dos capítulos tratam da prática religiosa. A pertença religiosa se manteve estável, com 84% das pessoas se considerando cristãs em 1991 e 85% em 2010. Barna observa, porém, que muitos se consideram cristãos mas não praticam a religião.
Por exemplo, só 45% crêem “firmemente” que a bíblia acerta em todos os princípios que ensina. Esta cifra cai para 30% entre os nascidos de 1984 em diante. Só 34% dos adultos acreditam que existe uma verdade moral absoluta.
Barna indica que entre os adultos pertencentes a uma igreja cristã só a metade afirma estar comprometida de modo profundo com a fé cristã.
Espiritual
Uma das últimas mudanças na identidade religiosa é o aumento dos que se consideram “espirituais mas não religiosos”. Cerca de um quarto dos adultos se qualificam assim; entre os menores de 30 anos, esta é a norma.
Também há um aumento de formas alternativas de igreja. As igrejas-lar, de grupos de pessoas que se reúnem numa casa, começam a ficar populares nos Estados Unidos. Outras formas alternativas incluem o que Barna denomina cyberigrejas, com reuniões via internet.
Tornou-se também comum que os norte-americanos mudem de igreja. Barna descobriu que não são os fatores doutrinais os que mais motivam a trocar de igreja, e sim razões muito mais subjetivas, ligadas a personalidades, conveniência, potencial de relações e experiências.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Deus sempre está perto

Apresentamos, a seguir, a catequese que o Papa Bento XVI dirigiu hoje aos fiéis reunidos para a audiência geral na Praça de São Pedro. A catequese de hoje continua o ciclo sobre a oração.

Queridos irmãos e irmãs:
Eu gostaria de começar meditando sobre alguns salmos que formam o “livro de oração” por excelência. O salmo no qual eu gostaria de me deter é um salmo de lamentação e de súplica, imbuído de uma profunda confiança, no qual a certeza da presença de Deus é o fundamento da oração que se produz em uma condição de extrema dificuldade do orante. Trata-se do salmo 3, que a tradição judaica atribui a Davi no momento em que ele foge de Absalão (cf. vers. 1). É um dos episódios mais dramáticos e sofrentes da vida do rei, quando seu próprio filho usurpa o trono real e o obriga a abandonar Jerusalém para salvar a vida (cf. 2 Sam, 15 ss). A situação de angústia e de perigo experimentada por Davi é o pano de fundo desta oração e uma ajuda para a sua compreensão, apresentando-se como a situação típica em que um salmo é recitado. No grito do salmista, todo homem pode reconhecer estes sentimentos de dor, de amargura, e ao mesmo tempo de confiança em Deus, que, segundo a narração bíblica, acompanhou Davi em sua fuga da cidade. O salmo começa com uma invocação ao Senhor.

As mulheres esquecidas da Reforma protestante


Catarina Von Bora
Homens e mulheres tiveram papel importante no movimento da Reforma protestante no século XVI. Mas enquanto a história registra a contribuição de Martim Lutero, João Calvino, João Knox, Ulrico Zwinglio, Felipe Melanchton e outros, quem é capaz de mencionar a participação de mulheres no movimento?

Catarina Von Bora, Catarina Schutz Zell, Claudine Levet, Marie Dentèrem, Rachel Specht ocuparam espaços na Reforma protestante, destaca a pastora reformada Sonia Motta, da Igreja Presbiteriana Unida (IPU), em artigo que escreveu para o Centro de Estudos Bíblicos (Cebi).
“Se na Idade Média o ideal feminino era o de monja, na época da Reforma o ideal era ser esposa e mãe”, assinala Sonia. Lutero tinha essa postura, entendendo que a esposa e mãe estavam sujeitas ao marido. João Knox foi ainda mais radical, não aceitando qualquer tipo de governo de mulheres, pois isso contrariaria a natureza da Escritura e usurparia a autoridade masculina.

Famoso ex-nazista americano retira tatuagens da face após 25 cirurgias.

Grupo Renascer com informações de G1
Um famoso ex-neonazista dos Estados Unidos que comandava movimentos de supremacia branca violentos, terminou de se submeter recentemente a uma série de cirurgias na face que apagaram suas tatuagens, muitas delas de cunho racista. Fotos de Bryon Widner mostrando a evolução do processo foram divulgadas neste final de semana.
Widner foi um dos fundadores do grupo de skinheads conhecido como ‘Vinlanders’, que costumava promover ações violentas.
Evolução das cirurgias que removeram as tatuagens na face de Bryon Widner (Foto: AP/Duke Tribble/cortesia da MSNBC e da Bill Brummel Productions)
Arrependido de suas antigas convicções, o pai de dois filhos se mudou com a família para um lugar não divulgado e tentou reconstruir sua vida, mas as tatuagens eram um enorme impecilho para o convívio social e para arranjar emprego. Sua mulher, Julie, que também era uma líder neonazista de referência, diz que chegou a temer que o marido usasse ácido na própria face em desespero.

Foto de sobrevivente de aborto torna-se viral no facebook.


Uma foto de um garoto com síndrome de Down tem sido uma das fotos mais populares no Facebook nos últimos dias. Milhares de usuários da rede social compartilharam a imagem do garoto segurando uma placa que descreve como ele sobreviveu a um aborto .
O menino da foto tem cinco anos e seu nome é Boaz Reigstad. O cartaz que ele segura diz: “Eu posso não ser perfeito, mas estou feliz. Fui criado por Deus à sua imagem. Sou abençoado. Eu sou os 10% das crianças nascidas com síndrome de Down que sobreviveram à lei que permite o aborto”.
A mensagem lembra que a média de aborto para crianças afetadas com esse tipo de doença é superior a 90%. A foto de Boaz é um sucesso, um viral no Facebook, e tem inspirado movimentos pró-vida em todo o mundo. Ela tem atraído milhares de pessoas envolvidas na luta contra o aborto em todos os lugares do mundo, incluindo muitos que “curtiram” a imagem em páginas como “Vamos encontrar 100.000 pessoas contra o aborto”.
A foto também foi publicada na página do Facebook do filme “180″, um documentário que pretende “mudar de visão que os EUA têm do aborto.”

Você sabe quantas igrejas cristãs já foram atacadas no Iraque? Veja lista.

Fonte: gofbw
Esta lista compilada a partir de fontes fornecidas pela Agência de Notícias Assíria Internacional e fontes de notícias que documentam a violência contra os cristãos no Iraque.
Setenta igrejas foram atacados ou bombardeados desde junho de 2004: 43 em Bagdá, 19, em Mosul, 7 em Kirkuk e 1 em Ramadi. A seguir está uma lista dos bombardeios.
15 agosto, 2011. Santo Efrém da Igreja Ortodoxa Siríaca foi bombardeado.
02 de agosto de 2011. Um carro-bomba explodiu em frente a uma igreja católica no centro de Kirkuk, no Iraque, nesta terça-feira, ferindo pelo menos 20 pessoas.
24 de abril de 2011. No domingo de Páscoa uma bomba explodiu em frente a igreja do Sagrado Coração em Bagdá. Um tiroteio ocorrido fora da  Igreja Católica Virgem Maria quando os  fiéis estavam reunidos dentro.
31 de outubro, 2010. Terroristas da Al Qaeda atacaram Nossa Senhora do Livramento Igreja Católica Caldéia em Bagdá no domingo à noite durante um culto na igreja. Quando a polícia invadiu a igreja os terroristas incendiaram seus explosivos, matando 58 fiéis, em última análise, incluindo dois sacerdotes.
23 de dezembro de 2009. Em Mosul a igreja de St. George e da igreja de St. Thomas foram bombardeadas, matando três pessoas.
15 de dezembro de 2009. O Gahera Al (Nossa Senhora da Pureza) Igreja Ortodoxa Síria na cidade de Mosul centro foi bombardeada e significativamente danificadas. 4 pessoas morreram e 40 ficaram feridas. O Beshara Al (Anunciação) Igreja Católica Síria em Mosul foi bombardeada.

domingo, 30 de outubro de 2011

E a festa do Halloween?

Dom Estevão Bettencourt

Em síntese: A festa dos Halloween é de origem céltica; tem sua inspiração no druidismo ou na religião dos sacerdotes celtas, que muito marcaram o pensamento dos povos da Irlanda, da Escócia e de regiões da Inglaterra. Supunha que os mortos vinham à terra visitar seus familiares na noite de 31/10 para 1º/11; em conseqüência os homens e mulheres se vestiam com trajes fantasiosos a fim de não ser reconhecidos e arrebatados pelos visitantes do além. A estas concepções se associava o festival de fim do ano celta celebrado a 31/10 com presentes e orgias. Este fundo de idéias e práticas pagãs foi, tanto quanto possível, cristianizado pela Igreja, que instituiu a festa de Todos os Santos a 1º/11 e a comemoração de Finados a 2/11. Ainda hoje os Halloween são festejados nos Estados Unidos, levados para lá pelos imigrantes irlandeses. Todavia muitos abusos se têm registrado em tais celebrações. No Brasil a festa dos Halloween toma o caráter de um pequeno Carnaval, em que as crianças trajam suas fantasias e recebem presentes. O apreço dessa festa em alguns lugares decorre da onda neo-pagã que tem invadido a civilização ocidental.
À tarde de 31/10 celebra-se em alguns lugares a vigília da festa dos Halloween (Allhallowseven).
Muitas pessoas, um tanto estupefatas, perguntam: que festa é essa?
É a tal pergunta que se dará resposta nas páginas seguintes.

1. As origens da festa
À primeira vista, quem considera a festa dos Halloween como é celebrada no Brasil dirá que é celebrada folclórica, popular e inofensiva: as crianças então se vestes de fantasias (quase carnavalescas) e põem seus sapatos à porta da residência dos vizinhos, para que estes lhe dêem presentes. Há, porém, quem levante suspeitas sobre o significado de tais celebrações, suspeitas, aliás, justificadas, dada a origem dos Halloween.

Maria: modelo de louvor

Padre Eliano
Fraternidade Jesus Salvador

O 'Magnificat' nos faz viver cheios do Santo Espírito
A mulher e homem de louvor têm total adesão ao Senhor. Deus, de toda a eternidade, chamou o homem para o Seu louvor; essa é a nossa vocação, o nosso chamado. Infelizmente, o homem se afastou da glória por conta do pecado; mas Deus, como é fidelidade, quer salvá-lo desse mal [pecado]. A nossa vida precisa se tornar um eterno louvor. Aquela pessoa, que é chamada por Deus para o louvor, deve escolher a melhor parte. Qual é parte que você tem escolhido? Qual é o centro da sua opção? Isso toca na base da nossa história, muitas escolhas são feitas para a superficialidade.
Só pode amar quem realmente faz uma experiência com Deus. Peça ao Altíssimo a graça de uma visão sadia da vida. Esse louvor que nos alcança nos abre para o relacionamento, no qual nós vivenciamos a sinceridade, a verdade e a gratuidade; daí a comunidade se torna uma expressão de louvor.
Só o "homem novo" conhece o "canto novo" de louvor. Quem está preso canta um "canto velho", mas o "homem novo" canta com sua vida um "canto novo", em toda e qualquer circunstância.
Você foi criado para o louvor da glória de Deus, por isso não jogue o dom da sua vida fora! Seja você casado, consagrado, solteiro, seja em qual realidade de vida estiver, que você busque um coração unido a Deus, pois é próprio da alma que ama estar com o Amado.
O místico é aquele que, na intimidade, vai eleger o absoluto de Deus em Jesus Cristo. O místico é alguém aberto ao Espírito Santo. O místico, pela ação do Espírito Santo, faz do fiel que fala com Deus um orante, um homem de oração; do que fala a respeito de Deus, um teólogo; do que fala no lugar de Deus o Espírito Santo torna essa pessoa um profeta; daquele que fala em Deus o Espírito Santo o torna um místico, aquele que faz todas as coisas em Deus. Essa é a obra do louvor.
Como viver tudo isso? Precisamos de um modelo e a Virgem Maria é o nosso modelo. Mergulhemos na vida de Nossa Senhora para entender como se manifesta esse louvor. A Santíssima Virgem é modelo porque ela é toda transparente a Deus; aquele que quer viver o louvor da glória de Deus precisa ser uma pessoa transparente. Maria é modelo do anúncio profético da Igreja e para a Igreja. O "Magnificat", cantado por ela, expressa tudo isso. O "Magnificat" é o verdadeiro kairós, um tempo novo instaurado na história.

Exigem que Pepsi que não use restos de bebês eliminados por aborto

Grupo Renascer com informações de ACI Digital

A denúncia de um grupo pró-vida de que a empresa internacional de refrigerantes PepsiCo estaria usando linhas celulares de fetos humanos abortados para a investigação e o melhoramento de seus produtos, fez que um de seus acionistas apresentasse uma resolução para que esta companhia internacional suprima esta prática.

Em agosto de 2010 PepsiCo assinou um acordo de quatro anos com a companhia Senomyx para desenvolver adoçantes potencializados para suas bebidas. Por este trabalho PepsiCo paga 30 milhões de dólares pela investigação e futuras regalias de seus produtos que no futuro sejam manufaturados com esta tecnologia.

Muitas das patentes de Senomyx envolvem a linha celular de fetos abortados com o código HEK-293, originada a partir de células dos rins.

O aborto provocado é a eliminação ou assassinato de um ser humano dentro do ventre da mãe. A doutrina católica e a lei natural coincidem em que nunca é justificado, pois ninguém tem direito a decidir sobre a vida de outra pessoa, menos ainda a dos mais fracos e inocentes, como os não nascidos.

DEUS É FIEL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTE N°