quinta-feira, 21 de julho de 2011

Missa de abertura do Festival Halleluya 2011 reúne milhares de pessoas no CEU



abertura

Adoração e louvor marcam a abertura do Festival Halleluya 2011

Foi dada a largada para o Festival Halleluya 2011 e muito louvor e adoração marcaram a abertura do evento, na noite desta quarta-feira. Milhares de pessoas compareceram ao Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU) para a celebração da missa, ministrada pelo Padre Antônio Furtado, que deu início ao Festival.

Acomodados no gramado do CEU, jovens, adultos e crianças festejaram ao som de louvores e ouviram atentos as palavras da Santa Missa. Marcou ainda a abertura do Festival Halleluya, a Adoração ao Santíssimo, que foi  levado por entre o público em momentos de emoção pelo local.

No fim da tarde, milhares de pessoas já se acomodavam no gramado do CEU para presenciarem o evento. Participaram ainda da missa de abertura do Festival Halleluya, o Padre Hewaldo Trevisan e o fundador da Comunidade Shalom, Moysés Azevedo.

Durante a missa de abertura do Festival Halleluya, onze pessoas receberam pela primeira vez a Eucaristia, após uma preparação de algumas semanas. Uma delas foi Maria das Graças Barbosa, de 63 anos, que nunca havia feito a Primeira Comunhão. “Não tenho nem palavras para expressar o que estou sentindo. Há vários dias em esperava ansiosa por esse momento”, confessou.

Confira as fotos dos principais momentos da missa de abertura do Festival Halelluya 2011  http://www.festivalhalleluya.org/galeria_fotos.php?acao=listarFotos&id=19&idCategoria=23
 

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Papa excomunga bispo chinês ordenado sem permissão

O papa Bento XVI excomungou o novo bispo de Shantou (China), Lei Shiyin, ordenado em 14 de julho sem a permissão da Igreja Católica Apostólica Romana, informou neste sábado o Vaticano.
Em comunicado, o órgão máximo da Igreja Católica explica que neste caso foram aplicadas as sanções previstas no artigo 1.382 do Código de Direito Canônico, que preveem a excomunhão automática. A lei estabelece a sanção a quem confira a consagração episcopal sem mandato pontifício e também a quem a receba.

Ex-padre surfista deixa a batina para se casar

Em agosto, José Luiz Jansen de Mello Neto subirá ao altar novamente. O ambiente é familiar para ele. Mas desta vez a emoção será diferente. O ex-padre Zeca ocupará uma posição distinta da que estava habituado há alguns anos: a de noivo.
Zeca vai se casar com uma americana, em Nova York. Atualmente, o ex-sacerdote está no interior do estado descansando numa propriedade de sua família. Ele negou que será pai, como já foi dito.
Desde 2007, quando afastou-se da Igreja Católica, Zeca trocou o sermões oferecidos aos fiéis pelas lições de gestão dadas aos estudantes. Atualmente ele é professor da área de administração na Coppe/UFRJ e na Fundação Dom Cabral. Também ministra palestras em empresas.

Câmara analisa criação de serviço telefônico do SUS para orientação sobre aborto.


Leonardo Prado
Roberto Britto
Britto quer orientar mulheres sobre o tema e prevenir o aborto.
A Câmara analisa o Projeto de Lei 1618/11, do deputado Roberto Britto (PP-BA), que cria um serviço telefônico para oferecer informações sobre métodos contraceptivos e aborto.
De acordo com a proposta, o governo criará um número de três algarismos, a ser adotado em todo o País. As informações serão prestadas por psicólogos da equipe do Sistema Único de Saúde (SUS).
A medida, segundo Britto, vai possibilitar “às mulheres que recorrem a abortos clandestinos receberem a devida orientação por parte de profissionais preparados”. Outro objetivo é prevenir o aborto, a partir do acesso a informações sobre saúde.

Rabinos israelenses decretam boicote à internet.


BBC
Alguns dos rabinos mais importantes de Israel publicaram um anúncio proibindo o uso da internet, inclusive a navegação nos sites dedicados especialmente ao público judeu ortodoxo.
O rabino Yossef Eliashiv, considerado um dos principais líderes espirituais da corrente ultraortodoxa do judaísmo em Israel, assinou um decreto proibindo seus seguidores de usarem a internet e condenando, inclusive, os sites religiosos.
“Mesmo se os sites fossem totalmente limpos de tudo que é proibido, servem de entrada para a internet impura que já derrubou muitas almas em Israel”, diz o anúncio, encabeçado por Eliashiv e assinado por mais 20 rabinos.
Todos já ouvimos diversas histórias sobre Timothy Brown. Assistimos à suas entrevistas na TV. Para os que estiveram vivendo um casulo nos últimos meses, Tim, também conhecido com o “paciente de Berlim” é aquele que foi curado do HIV através de um longo e arriscado procedimento de quimioterapia, radiação e transplante de medula óssea com células CCR5-negativas.
Desde que vi o primeiro pôster que mencionava o seu caso, na conferência CROI 2007, tenho imaginado como seria estar curado. Até aquele momento, essa ideia nunca me ocorrera. Como seria não ter que tomar mais as cápsulas todos os dias, não ter mais que se preocupar com os efeitos colaterais, não ter que visitar médicos com tanta frequência, não ter que ter medo de rejeição, não ter que ler tanto sobre informações médicas, não ter que se preocupar com a resistência aos medicamentos e a morte, não ter que se sentir diferente dos outros?

Jornada Mundial da Juventude, você poderá “participar” de casa.


Quase 300 mil pessoas participaram da primeira Jornada Mundial da Juventude (JMJ), realizada em Roma em 1984.
Este ano já estão confirmadas mais de 410  mil inscritos.
O evento deste ano acontecerá em Madri (Espanha) e reunirá  o maior número de participantes nesses quase 30 anos de existência do evento.
Um comunicado de imprensa divulgado pela Conferência Episcopal dos Estados Unidos anunciou que, pela primeira vez, as pessoas terão a oportunidade de realizar uma peregrinação virtual e participar da JMJ das suas casas.
Usando as últimas tecnologias dos meios de comunicação, o departamento para as comunicações do episcopado americano e uma Fan Page do Facebook, bem como um site para que os que não usam oFacebook (www.virtualworldyouthday.org), permitirão “criar um avatar e usá-lo para participar da peregrinação virtual”.

“GENEROcídio”: Mais de 100 milhões de meninas e mulheres que deveriam estar vivas não estão.


Joseph Meaney
A grande imprensa e até a ONU “descobriram” a crise do “desaparecimento de meninas” num período de 30 anos.
O jornal The Economist (em recente edição intitulada “Gendercide” [generocídio]) e o Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PDNU) divulgaram a “notícia” de que mais de 100 milhões de meninas e mulheres que deveriam estar vivas não estão.
Os culpados são os pais que querem ter filhos somente do sexo masculino e usam sonogramas para identificar o sexo de seu bebê no útero. O resultado final é milhões de abortos de seleção sexual de indesejadas meninas a cada ano.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Halleluya elétrico "aquece" Fortaleza para o Festival

Cerca de 200 veículos percorreram na manhã de ontem as principais vias de Fortaleza aquecendo a cidade para o Festival
Algumas das principais ruas e avenidas de Fortaleza registraram, na manhã de ontem, uma movimentação diferente, envolvendo música e o colorido de dezenas de bandeiras. Um carreata denominada de HalleluyaElétrico, com cerca de 600 pessoas distribuídas em 200 veículos, "aqueceu" a cidade num convite à participação de pessoas de todas as idades na 14ª edição do Festival Halleluya, que será realizado no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), entre os dias 20 e 24 deste mês.

O operário alcoólatra que virou santo

Este é um capítulo do livro ELES ENCONTRARAM A FELICIDADE, E VOCÊ? Pe. Alberto Gambarini


Matt Talbot nasceu na pobreza e começou a trabalhar como operário em Dublín, Irlanda, sendo ainda um menino. Não teve acesso a nenhum tipo de instrução. O ambiente familiar era dominado pelo vicio de beber do pai e alguns de seus irmãos. A mãe era uma fervorosa católica, que sofria em ver o estado de sua família.
Aos 12 anos começa a trabalhar em um local onde eram engarrrafadas cervejas. Aí começa o vício do álcool. Aos 16 anos era um alcoólatra crônico, que tinha como único prazer beber. Ao mesmo tempo, começou a se afastar de toda a prática religiosa. A mãe e uma das irmãs jamais o abandonaram, acreditavam que um dia Deus operaria um milagre em sua vida.

* Afinal, os cientistas sabem quando a vida começou?


Há vinte anos atrás John Horgan, escrevendo para o Scientific American, queria publicar um artigo com o título:
“Pssst! Não Digam Nada aos Criacionistas, mas os Cientistas Não Sabem como é que a Vida Começou”
O editor da altura não gostou do título e alterou-o. No entanto, Horgan esperou 20 anos e agora que o editor que não aprovou o seu título já não se encontra por lá, Horgan reutilizou o título para um artigo que ele escreveu em Fevereiro de 2001, duas décadas após a primeira tentativa.
O fato de Horgan poder acertadamente dizer que a comunidade científica não fazia ideia nenhuma há 20 anos como a vida tinha iniciado, e a situação se manter após duas décadas de pesquisa intensas, revela-nos muito sobre a mitologia da teoria da evolução e os cenários naturalistas para a origem da vida.

Brasil: Crescem denúncias de pastores evangélicos pedófilos.

No Brasil, país tido como o mais católico do mundo, a Igreja Católica não foi atingida pelo tsunami de denuncias de pedofilia que abalou a tradicional hierarquia religiosa de países como Alemanha, Bélgica, Holanda e Irlanda.
Aqui, tem havido no noticiário da internet muito mais casos de pastores pedófilos ou suspeitos dessa prática do que os seus colegas padres, sem que a grande imprensa dê conta disso.
Três exemplos recentes. No dia 20 de junho, a Polícia Civil de Duque de Caxias (RJ) prendeu o pastor Juarez Ferreira da Silva, 52, que estava foragido por ter sido condenado a 12 anos de prisão por ter estuprado quatro meninas. No dia 1º de julho, o pastor Dionísio da Silva Mattos, 55, de um templo da Assembleia de Deus em Magé, na Baixada Fluminense, foi preso sob a suspeita de ter abusado de uma menina de 12 anos. Dias depois, a imprensa portuguesa informou que o pastor Celso Miranda, 43, da mesma denominação, fugiu para o Brasil porque teria violentado um menino de 13 anos.

Vaticano critica “identidade do gênero” defendida pela ONU.” Os relacionamentos não são equivalentes do ponto de vista da natureza e moral”

Vatican Insider
A Santa Sé reitera o “não” a discriminações e violências contra homossexuais, mas condena a tentativa de impor a ideia segundo a qual qualquer tipo de relação seria equivalente do ponto de vista da natureza e da moral.
O Vaticano protesta contra o “mapa” da ONU sobre os direitos dos gays, pois não permitiria nenhuma distinção moral, política ou jurídica em relação ao casamento, à adoção ou à inseminação artificial.
A recente resolução das Nações Unidas sobre a orientação sexual e a identidade de gênero começou a fazer parte de um documento-manifesto que poderia limitar a liberdade da Igreja. Na prática, não seria considerado mais admissível ter uma opinião moral ou religiosa sobre a homossexualidade.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Vença as crises

Uma das maiores frustrações de um padre é ver ovelhas de seu rebanho viverem o seu compromisso com Cristo com entusiasmo e dedicação, e de repente, diante dos problemas da vida, desabarem como um prédio que não tem bom alicerce. Fica a impressão que a vida de oração, a participação nos sacramentos, de um modo especial a Eucaristia e Reconciliação, o engajamentos pastoral não são capazes de dar a força para reagir diante das dificuldades da vida. Quantos cristãos de linha de frente no meio da batalha ficam machucados emocionalmente, e permanecem por muito tempo ou para sempre nesta triste situação.
 Surge uma questão importante: Qual é a causa desta situação tão dolorosa que afeta a caminhada cristã de tantas pessoas?  Uma das principais é a ilusão de que cristão não passa por crises. Quantas vezes ouvi pessoas afirmando para os outros ou para si próprias: “ O verdadeiro cristão não fica deprimido, isso é falta de confiança em Deus.”. Diante desta afirmação surge o sentimento de culpa que bloqueia toda reação positiva. Também é comum o questionamento “ Como isso foi acontecer comigo?”. Aqueles mais pessimistas concluem: “ Deus esta me castigando por alguma coisa errada.”

Não existe LIBERDADE VERDADEIRA sem a possibilidade de escolha!

Carlos Ramalhete
Eu gosto muito de café, mas só de café sem açúcar. A maior parte das pessoas prefere o café doce, com abundantes colheradas daquele pó branco que me enjoa e, para mim, estraga o sabor de um bom café.
Dizem alguns que o café deve ser tomado sem açúcar, por questões de saúde, de paladar, de estética, que sei lá eu. Eu sei é que eu gosto dele sem açúcar. Esse gosto, contudo, é meu. Gostos podem e devem ser diferentes: que se tome café com açúcar, com aquelas tristes gotinhas penitenciais, com sal, com mel, com rapadura e canela, mas que, sobretudo, cada um possa escolher como o prefere.

Conheça os “caminhos” que a Internet segue em todo o mundo.

O Globo

E se fosse possível ter um mapa dos cabos submarinos pelos quais passam os dados de internet e telecomunicações do mundo inteiro? Pois esse planisfério existe e está no seguinte endereçohttp://www.cablemap.info .
O site, indicado pelo Slashdot, mostra os percursos das redes subaquáticas no planisfério.
Quando o internauta clica numa rede, aparecem informações sobre ela no painel no lado direito da página. São exibidos links sobre a rede em questão – inclusive para verbetes na Wikipédia – e a lista das cidades por onde ela passa. Também é possível dar zoom no mapa para ver melhor a geografia submarina do trajeto da informação.
O mapa, no entanto, não mostra as redes dentro dos terrítórios dos países, apenas nos oceanos.

Ator “global” ateu agradece a Jesus pela cura do câncer.

O ator da TV Globo, Herson Capri, afirmou que Jesus foi o grande responsável pela sua salvação e pela cura de um câncer. Em entrevista à revista Quem, o ator que é ateu revelou que a 13 anos atrás foi salvo de um câncer no pulmão esquerdo, que segundo ele mata em 90% dos casos e que só é curável quando diagnosticado previamente antes de qualquer sintoma. “Essa foi minha sorte” disse ele.
Herson Capri descobriu o câncer previamente, quando teve de encenar Jesus Cristo em um espetáculo da Paixão de Cristo, em Nova Jerusalém. Ele diz que na ocasião estava fora de forma e que para melhor se identificar com o papel de Jesus Cristo, tinha resolvido fazer uma lipoaspiração.

A Assunção da Virgem Maria e os outros dogmas marianos.

A Assunção da Virgem Maria e os outros dogmas marianos
Quando proclama um dogma, o Magistério da Igreja empenha toda sua
autoridade para definir uma verdade de fé que deve ser objeto da adesão
irrevogável de todos os fiéis. A verdade proclamada precisa ter uma conexão
necessária ou estar explicitamente enunciado na Palavra de Deus Escrita
(Sagrada Escritura) ou na Palavra de Deus Oralmente Transmitida (Sagrada
Tradição). Logo, os dogmas guardam uma profunda coerência entre si, uma
vez que são referências obrigatórias para iluminar a caminhada na fé de todos
os fiéis católicos. A harmonia entre os dogmas marianos fornece um exemplo
ímpar da beleza da unidade existente entre as verdades da fé.
No III Concílio de Ecumênico de Éfeso, em 431, a Igreja proclamou
que a Virgem Maria é Mãe de Deus (Theotókos). Este é o dogma mariano
matricial, pois todos os outros dele se originam. Trata-se de um dogma
essencialmente cristológico. Nestório apregoava que a humanidade de Jesus
estava acidentalmente ligada à Segunda Pessoa da Santíssima Trindade,
que é realmente divina. Logo, Deus não se teria feito homem, mas habitado
em um homem. A Sagrada Escritura, entretanto, deixa claro que o sangue
daquele em quem habita toda plenitude foi o preço pago para reconciliar os
homens com Deus (Col 1,19-20). Uma pessoa estritamente humana não teria
a capacidade de pagar tal preço e uma pessoa estritamente divina não verteria
o sangue redentor. Nosso Senhor Jesus Cristo é uma única pessoa na qual
devemos reconhecer a natureza humana e a natureza divina, porém sem
confusão, mudança, divisão e separação. Quando proclamou a Santíssima
Virgem Teotokós, a Igreja, a um só tempo, salvaguardou a unidade da pessoa
de Jesus e a eficácia da salvação que ele operou em favor do gênero humano.
Com alegria incontida e João Batista estremecendo no seu ventre, Isabel
perguntou: ‘Donde me vem que a mãe do meu Kyrios me visite’ (Lc 1, 43).
Kyrios corresponde a Senhor e Deus em português.
No Concílio de Latrão, em 649, foi definido o dogma da virgindade
perpetua de Maria, a qual já era defendida desde o primeiro século da era
cristã. Maria é virgem antes do parto, durante o parto e depois do parto. A
Virgem Maria é a origem humana do Salvador. Jesus foi concebido pela ação
do Espírito Santo, sua Santíssima Mãe não conhecia homem, mas viveu
plenamente a fecundidade da Palavra Divina que se fez carne em seu seio (Lc
1, 6-38; Mt 1,20). A virgindade de Maria não foi violada durante o parto. O
dogma não versa sobre os aspectos físicos da questão, mas o evangelho
indica que ‘Maria deu à luz o seu filho primogênito, e o enfaixou e o reclinou
em um presépio’ (Lc 2,7), o que é incompatível com o tipo de cansaço que
normalmente decorre do trabalho de parto. Em Maria, Deus reverte a punição
infligida a Eva: “na dor darás a luz filhos’ (Gn 3,16). Por isso, o Papa Gregório
Magno afirmou que não deveria causar admiração o fato de que o corpo do
Senhor atravessava portas fechadas, pois Ele veio até nós através do seio
fechado da Virgem Maria. A virgindade posterior ao parto é evidenciada pelo
fato de que inexistem nos evangelhos referências à Mãe de Jesus com os seus
filhos. As referências aos irmãos de Jesus dizem respeito aos filhos de
Cleofas, irmão de São José, e de sua esposa Maria, que estava diante do
Cristo crucificado (Jo 19,25) juntamente com Nossa Senhora e Maria de
Mágdala. Maria de Cleofas é apresentada com mãe de Tiago e de José (Mt
27,56), os quais são apresentados como irmãos do Senhor noutra passagem
(Mt 15,35). Fica evidente que eles não são filhos da Santíssima Virgem, mas
são primos de Jesus. Há em grego palavra para designar primo, mas a
tradução das Escrituras do hebraico para o grego, a famosa tradução dos LXX,
adotou a palavra adelphós para traduzir irmãos e parentes. No próprio hebraico
a palavra ah corresponde a irmão, mas pode significar, também, parente. Por
não ter irmãos em sentido estrito, pouco antes de morrer, o Salvador entregou
sua Mãe a João, que era de outra família (Jo 19, 26-27). A Mãe do Senhor
obteve Dele copiosas graças em favor de um casamento em Caná, o que
mostra seu grande apreço pelo matrimônio (Jo 2, 1-11). São Paulo nos
adverte, entretanto, de que a virgindade favorece uma unidade de propósito e
evita dispersões que obstaculizam o trabalho em favor do Reino de Deus (I Cor
7, 30-40). Para cooperar com a sublime encarnação do Verbo Divino, Maria –
criatura excepcional que era, mas de qualquer modo criatura – precisou reunir
todas as forças espirituais, psicológicas, afetivas e físicas, sem as quais não
lograria realizar a contento a sua missão de Mãe de Deus, o que só foi possível
porque Ela permaneceu virgem. De outro modo, a dinâmica dos afetos e a
dispersão das atenções fariam com que o Divino Redentor não assumisse uma
centralidade absoluta na sua vida, o que seria incompatível com a dignidade do
Rei dos Reis e Senhor dos senhores. Tudo aquilo que é mais natural, mais
íntimo na vida de Maria pertence a Deus e somente a Ele. Ela é a Porta
Oriental pela qual o Messias entrou na história humana. Deus concedeu a Ela
a ventura de ter no seu santo esposo José um protetor, provedor, servo e
conselheiro, o que o alça a dignidade elevadíssima de ter colaborado
eximiamente para a realização de sua missão de Mãe do Redentor e de ter
sido o pai adotivo de Jesus.
Aos 8 de dezembro de 1854, na Bula Ineffabilis Deus, o Papa Pio IX definiu o
dogma da Imaculada Conceição, segundo o qual a Bem-Aventurada Virgem
Maria, ‘por singular graça e privilégio de Deus Todo-Poderoso e em vista
dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano’ foi preservada
da mancha original. Os primeiros pais romperam a aliança com o Criador e
perderam o estado de justiça original em que gozavam dos dons necessários
para terem com Ele uma relação filial (Gn 3, 1-7). Destituídos da graça
santificante, os primeiros pais transmitiram uma natureza decaída aos seus
descendentes. Nestes, o pecado original não é uma culpa pessoal, mas uma
incapacidade de comungar da vida divina decorrente do desordenamento dos
afetos. É extremamente problemático supor que a Virgem Maria teria sido
manchada pela culpa original, pois Ela é a origem humana do Corpo Santo do
Senhor. Além disso, ao referir-se a Ela como ‘cheia de graça’ (Kecharitomene),
(Lc 1, 28), o anjo Gabriel sugere uma realidade integralmente preenchida
pelo fator divino no passado e no presente, o que é incompatível com uma
natureza decaída. Na antiga festa da Concepção de Maria, ela já era saudada
como ‘panaghia’, isto é, mulher toda santa. O povo cristão há muito tempo
via como uma realidade a Imaculada Conceição de Maria, mas a maioria
dos teólogos afirmava que a aceitação da Imaculada Conceição implicaria a
rejeição da realidade de Cristo como autor universal da salvação (Rm 3, 23-
25). No século XIV, o franciscano Duns Scotus argumentou, contudo, que
Deus aplicou, antecipadamente, os méritos de Cristo para isentar a Virgem
da mácula original. Em virtude de sua excelsa missão, Ela teve uma remissão
preventiva e não restauradora como os demais cristãos. Entretanto, continuou
sendo uma serva dependente da graça do Senhor que não está submetido ao
tempo.
O dogma da Assunção de Maria é uma conseqüência lógica dos anteriores.
Não é razoável supor que o corpo virginal do qual o Senhor foi gerado fosse
corrompido pelos agentes naturais e consumido pelos vermes. A vitória sobre
a serpente que a Sagrada Escritura promete (Gn 3, 15), implica vitória sobre
a morte, que é a consequência mais funesta do pecado (Rm 4, 25 e I Cor
15, 3). Por isso, em 1º de novembro de 1950, Pio XII declarou solenemente
que a Virgem Santíssima ao terminar o curso desta vida foi elevada em
corpo e alma à glória celeste. Maria é a Nova Eva que, dócil e obediente a
Deus, acompanhou o Novo Adão (I Cor 15,22) nos momentos cruciais da
sua peregrinação terrestre da Anunciação ao Calvário e favoreceu com a sua
presença a Igreja nascente em Pentecostes. Ela venceu plenamente a morte
antes dos demais justos, pois a glória é a completude da graça e Ela, já na
anunciação, era cheia de graça. Totalmente aberta ao Espírito Santo e em
perfeita comunhão com o Pai e com o Filho, a Mãe do Senhor não precisou
esperar a ressurreição final e foi assunta ao céu. Cristo ascendeu ao céu em
virtude do seu próprio poder, Ela foi assunta em virtude do poder de Deus.
Mulher missionária, Maria foi para Judá servir sua prima Isabel depois de ouvir
as doces palavras do anjo Gabriel na Anunciação e, glorificada em corpo e
alma, permanece servindo o povo de Deus com sua maternal intercessão. Ela
se apresenta agora como um sinal grandioso no céu, uma mulher que enfrenta
as forças hostis ao Reino de Deus e sofre as dores da geração de Cristo na
vida dos membros da Igreja (Ap 12, 1s).
Desde o século VI que se comemora no oriente a festa da Dormição de
Maria no dia 15 de agosto. A festa foi introduzida no século VII em Roma e,
posteriormente, passou a chamar-se de Festa da Assunção de Maria. Se a
Arca da Aliança deve ser glorificada, muito mais deve ser glorificado o lugar
em que o Verbo de Deus se fez carne e habitou entre nós. Maria é o território
santo onde o divino e o humano convergem de forma magnífica. Ela aponta
para o destino reservado a todo discípulo de Cristo. Ela é, portanto, um sinal
de esperança para os que crêem. A cidade de Fortaleza tem, pois, razão
para regozijar-se por ter Nossa Senhora da Assunção como sua padroeira.
Parabéns Fortalezenses.
Prof. Dr. Átila Amaral Brilhante – UFC
Curso de Filosofia – ICA

Prof Átila Amaral Brilhante – UFC
Curso de Filosofia – ICA

Quando proclama um dogma, o Magistério da Igreja empenha toda sua
autoridade para definir uma verdade de fé que deve ser objeto da adesão
irrevogável de todos os fiéis.
A verdade proclamada precisa ter uma conexão
necessária ou estar explicitamente enunciado na Palavra de Deus Escrita
(Sagrada Escritura) ou na Palavra de Deus Oralmente Transmitida (Sagrada
Tradição). Logo, os dogmas guardam uma profunda coerência entre si, uma
vez que são referências obrigatórias para iluminar a caminhada na fé de todos
os fiéis católicos.

414 mil jovens, de 182 países.744 Bispos! Jornada Mundial da Juventude está “bombando”.

Fonte: ACI 
 
Brasil, México e Argentina se encontram entre os 10 países que contarão com maior número de participantes na próxima Jornada Mundial da Juventude 2011 que se realiza entre os próximos dias 16 e 21 de agosto em Madri (Espanha). Segundo informação oficial até o momento há 414 000 jovens inscritos de 182 países e as dez nações com as delegações de maior número são: Itália, Espanha, França, Estados Unidos, Alemanha, Brasil, Portugal, México, Polônia e Argentina. A delegação brasileira poderia chegar aos 14 mil jovens, constituindo-se na maior delegação já reunida no país para uma JMJ. No continente africano os países com mais jovens inscritos são África do Sul e Nigéria; na Ásia a maior delegação é a das Filipinas enquanto na Oceania a Austrália levará o grupos mais numeroso. Também estarão presentes 799 jovens da Terra Santa: 535 provêm da Jordânia; 44 de Israel; 173 dos territórios Palestinos e 47 do Chipre. Mais de 25 000 religiosos, sacerdotes e seminaristas se inscreveram para comparecer à Jornada onde muitos deles se ofereceram como confessores e ministros da comunhão nas principais missas da JMJ. Na Jornada também participarão 744 Bispos de diferentes partes do mund

domingo, 17 de julho de 2011

Retiro do Grupo Renascer Camocim

Primeiro retiro do ano de 2011 do Grupo Renascer -RCC Camocim, realizado nos dias 16 e 17 de Julho, num sítio em uma Bairro de nossa cidade, onde pudemos aprender e contemplar as maravilhas de Deus. Tivemos momentos de grande aprendizado, Oração, interiorização e encontro com Deus. 
Parabéns a todos os servos  do grupo Renascer RCC Camocim que participaram deste grande momento de Comunhão e de Escuta a Deus, que o Nosso Senhor  continue derramando graças, e nos iluminando com o seu Espírito Santo.
Editorial Grupo Renascer

Igreja Anglicana revela que irá acabar em 20 anos se não atrair jovens

Andreas Whittam Smith, um dos líderes da igreja, disse que os anglicanos vão ter de desarmar essa bomba-relógio demográfica com urgência.
Em recente encontro nacional de líderes anglicanos, ele disse que o declínio no número de fiéis vinha ocorrendo nos últimos anos de maneira tão lenta, que passou despercebido. “Nós não estávamos conseguindo enxergá-lo com bastante clareza.”
 

©2012 Grupo Renascer | Template Grupo Grupo Renascer by