VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 13 de novembro de 2010

Advogado brasileiro pode se tornar santo

Pedro Teixeira
Canção Nova Notícias

O traslado dos restos mortais do servo de Deus Franz de Castro foi feito nesta sexta-feira, 12, em Barra do Piraí, interior do Rio de Janeiro. Advogado morto em 1981, quando mediava a rebelião de presos da cadeia pública de Jacareí, interior de São Paulo, Franz de Castro pode se tonar o primeiro santo mártir dos presidiários. 
O traslado dos restos mortais de Franz de Castro foi feito do cemitério da cidade até a Igreja de Santana onde, logo em seguida, foi celebrado o Ofício Divino. Familiares e amigos estavam presentes na cerimônia de despedida.

Franz de Castro era advogado e morreu durante tentativa de mediar uma rebelião de presos na cadeia pública de Jacareí, interior de São Paulo, em 1981. O advogado trocou de lugar com um policial feito de refém pelos amotinados e foi morto dentro do carro juntamente com outros cinco presos. O corpo foi atingido por mais de trinta projéteis.

Padre Dimas de Paulo Inácio afirma que o advogado teve grande influência em sua caminhada como sacerdote, e que ficou admirado com a coragem do amigo.

Jacareí pertence à diocese de São josé dos Campos, interior de São Paulo, que entrou oficialmente este ano com o pedido de continuidade da segunda fase do processo de beatificação de Franz de Castro, já consagrado pela Igreja como servo de Deus.

Por amor a Jesus Sacramentado

 Do Blog do Pe. Alberto Gambarini

Uma história sobre o verdadeiro valor e zelo que devemos ter pela Eucaristia
 Alguns meses antes de sua morte, o Bispo Fulton J. Sheen foi entrevistado pela rede nacional de televisão: “Bispo Sheen, milhares de pessoas em todo o mundo procuram imitar o exemplo vossa eminência. Em quem o senhor se inspirou? Foi por acaso em algum Papa?”. O Bispo Sheen respondeu que sua maior inspiração não foi um Papa, um Cardeal, ou outro Bispo, sequer um sacerdote ou freira. Foi uma menina chinesa de onze anos de idade.
 Explicou que quando os comunistas apoderaram-se da China, prenderam um sacerdote em sua própria reitoria, próximo à Igreja. O sacerdote observou assustado, de sua janela, como os comunistas invadiram o templo e dirigiram-se ao santuário. Cheios de ódio profanaram o tabernáculo, pegaram o cálice e, atirando-o ao chão, espalharam-se as hóstias consagradas. Eram tempos de perseguição e o sacerdote sabia exatamente quantas hóstias havia no cálice: trinta e duas.
 Quando os comunistas retiraram-se, talvez não tivessem percebido, ou não prestaram atenção, a uma menininha, que rezando na parte detrás da igreja, viu tudo o que ocorreu. À noite, a pequena regressou e, escapando da guarda posta na reitoria, entrou no templo.
 Ali, fez uma hora santa de oração, um ato de amor para reparar o ato de ódio. Depois de sua hora santa, entrou no santuário, ajoelhou-se, e inclinando-se para frente, com sua língua recebeu Jesus na Sagrada Comunhão. (Naquele tempo não era permitido aos leigos tocar a Eucaristia com suas mãos).

Direito à vida é defendido pela leis brasileiras.


“A LEGALIZAÇÃO DO ABORTO”
Bruna Thalyta Ferreira Ramos

1. Introdução
O direito à vida, sem dúvida alguma, está entre os temas mais polêmicos de todos os tempos.
De forma particular, o debate sobre aborto tem aferventado discussões, não só entre políticos e profissionais do Direito, mas também em toda a sociedade.
Não é um tema de fácil decisão, uma vez que inúmeras são as divergências entre os grupos de discussão, cada um defendendo sua posição, de acordo principalmente com os valores que acreditam ser mais importantes.
O fato é que, em se tratando da Carta Magna, a legalização do aborto é inconstitucional, uma vez que atenta contra a vida, amparada por estar entre os direitos e garantias individuais. Além disso, decorre que o Brasil é signatário de Tratados Internacionais, como por exemplo, o Pacto de San José da Costa Rica, o qual defende que se respeite a vida.
Como resolver o problema de mais de 800 mil brasileiras que,por ano, submetem-se ao risco da prática clandestina de abortamento? Para elas, a legalização seria a melhor opção?
2. Metodologia
A fonte de estudo para análise foram artigos escritos por profissionais com experiência em relação ao assunto, tendo em vista que buscou-se posição jurídica e médica em relação à polêmica.  De grande contribuição também foi a entrevista da ginecologista e obstetra  Albertina Duarte Takiuti, a qual possui grande experiência teórica e prática em relação ao tema, uma vez que atende pacientes coniventes com a prática do abortamento. O estudo do posicionamento do mestre Herkenhoff também foi de grande incentivo para ratificar o posicionamento sobre o tema.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Santuário Nacional de Aparecida completa 55 anos do início de sua construção

Fonte: Gaudium Press

Quinta-feira, 11, foi um dia muito especial para os devotos de Nossa Senhora de Aparecida. O Santuário Nacional, que abriga a virgem, completou 55 anos do inicio de sua construção. Tudo começou a partir da concretagem da Nave Forte, do erguimento de sua torre e de sua parte central, onde hoje está localizada a cúpula.
Apesar de suas obras terem sido iniciadas em 1955, o Santuário de Aparecida, maior templo mariano do mundo e considerado o terceiro maior templo católico, só foi inaugurado em 4 de julho de 1980, pelo Papa João Paulo II, que estava pela primeira vez em solo brasileiro. Em outras passagens pelo país, o pontífice fez questão de abençoar o templo, que em 1984 foi alçado ao patamar de Santuário Nacional pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
Após todos estes anos, o Santuário de Nossa Senhora Aparecida continua em obras, visando a trazer mais conforto para o local, que chega a receber por ano mais de 10 milhões de romeiros. Conforme o administrador ecônomo do Santuário Nacional, Padre Luiz Cláudio Alves de Macedo, as obras são permanentes e são realizadas graças à Campanha dos Devotos, criada em 1999 para atender as necessidades dos fiéis.

DOR, PERDA, DOENÇAS – REALIDADES FACTÍVEIS

Pe. Roberto Vicente Leite Padre Roberto Vicente Leite é Chanceler da Diocese de Sete Lagoas
site: www.comunidaderesgate.com.br


Amados (as) irmãos (ãs) leitores (as),

No início de maio deste assumi a Capelania do Hospital Nossa Senhora das Graças, aqui em Sete Lagoas e, nesse tempo, começo a refletir com os olhos da retina esses aspectos supracitados no olhar cristalino da fé o sofrimento humano, o qual creio não deve ser diferente em similitude aos dos demais seres; contudo e, sobretudo, sabemos que sofremos, sabemos que perdemos, sabemos morremos e isso se torna mais doloroso talvez... Talvez! Pois os filhos e as filhas de Deus, resgatados em Nosso Senhor Jesus Cristo, devem ou deveriam perceber que jamais é da vontade de nosso Criador, que suas criaturas e, a nós seus filhos e filhas, pereçamos, soframos. Neste mundo vivemos num tempo e num espaço, tudo é limitado... Por mais que alguns tentem esconder o cronus de sua idade com plásticas, lipoaspiração, botox e outras quinquilharias da modernidade, não somos eternos nesse mundo. Doenças, dores, desilusões são sinais da morte a nos advertir que tudo nessa vida é passageiro. Mas para o homem e a mulher de fé, esse tempo de maturação, sejam alguns segundos vida para muitos ou longevidades para outros, é tempo de cultivarmos a ternura, o amor, a solidariedade, fraternidade que não são passaportes para a eternidade, mas o aperitivo do céu já aqui.

Voltando ao título desse artigo, quero salientar que, somente na força oração que alimenta nossa fé, na certeza de que Jesus Cristo realizou e realiza muitos milagres (e esses não são algo espetaculoso, mas sinais de que a missão de tal pessoa ainda não cessou e por isso se recuperou de tal doença ou escapou ileso (a) de algum acidente), seremos capazes enfrentar a cruz de pé, como Maria Santíssima no alto do calvário e o próprio Salvador que não foram poupados nem mesmo pelo próprio Pai.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Arte de 2011 estará disponível para baixar no Site RCC Brasil na próxima semana

fonte: RCC Brasil

No próximo ano, seremos convidados a, mais do que nunca, avançarmos para o alto mar e lançarmos as redes, por causa da Palavra de Jesus. Baseado nesta passagem do Evangelho segundo São Lucas, o tema de 2011 da Renovação Carismática será "Por causa da Tua Palavra, lançaremos as redes" (cf. Lc 5,5).
Além de um novo tema, passamos a ter uma nova identidade visual. A imagem deste ano será a dos apóstolos lançando suas redes para a pesca, acompanhados pelo Senhor.
A partir da próxima semana, no site do Encontro Nacional de Formação, os materiais gráficos do ENF estarão disponíveis para download. Serão banners de vários tamanhos, para serem utilizados na divulgação do encontro.
Além disso, poderá ser baixada a arte aberta, para que as coordenações locais também possam utilizar a identidade nos seus eventos.
Aguarde!

Mulher cristã acusada de blasfêmia recebe pena de morte no Paquistão

FONTE: ACI Digital



O jornal The Daily Telegraph denunciou o caso de Asia Bibi, uma mãe de família de 45 anos de idade que professa a fé cristã e que esta segunda-feira foi condenada a morrer na forca no Paquistão sob a polêmica Lei de Blasfêmia, usada para perseguir as minorias religiosas.


Em junho de 2009, Asia cumpria trabalhos de operária em Sheikhupura, perto de Lahore, Paquistão. Em uma ocasião lhe pediram que procurasse água potável para suas companheiras. Algumas das trabalhadoras -todas muçulmanas- se negaram a beber a água por considerá-la "impura" devido a que tinha sido provida por uma cristã.

Um dia mais tarde Bibi foi atacada por um bando, denunciou o caso à polícia e foi levada a uma delegacia de polícia para sua segurança. Uma fonte citada pelo jornal inglês explicou que a polícia recebeu pressões "da máfia muçulmana, incluindo clérigos, que pediram para a Asia a morte porque (supostamente) tinha falado mal do profeta Maomé".

CNBB lança CD com hino da Campanha da Fraternidade 2011


cartazcf2011.jpg
Letra do Hino deve despertar uma profunda reflexão sobre a sustentabilidade da vida no planeta/ Foto: CNBB

FONTE:Autor: Gaudium Press

O CD com o hino da Campanha da Fraternidade 2011 já está às vendas nas livrarias católicas de todo o país. O disco, que contém ainda oito faixas inéditas para as celebrações quaresmais para o ano A (2011) e cantos do Hinário Litúrgico da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), é da gravadora Paulus e está sendo comercializado juntamente com material da CF-2011.
Sobre o hino, intitulado "Fraternidade e a Vida no Planeta", o assessor de música litúrgica da CNBB, Padre José Carlos Sala, explica que não há momento certo para executá-lo na cerimônia, ficando sua utilização a critério da equipe musical e do sacerdote que preside a liturgia. "O hino poderá ser executado, por exemplo, em algum momento da homilia, o que facilitará a vinculação da liturgia da palavra do orador com a vida - tema da CF 2011"(...)", disse. O hino certamente enriquecerá o discurso do sacerdote, já que sua letra, segundo a CNBB, suscita uma profunda reflexão sobre a sustentabilidade da vida no planeta, tema da CF 2011.

A Igreja já foi a favor da escravidão humana? Que nos diz a História?

Por Rafael Diehl

Proponho-me aqui a tratar da visão da Igreja Católica acerca da escravidão, bem como o papel desta nesse processo. Para isso, introduzirei o texto tratando da questão escravista nos pensamentos que influenciaram a ideologia cristã: a teologia hebraica antiga e a filosofia clássica greco-romana.
1. A escravidão no pensamento greco-romano e no pensamento hebraico.
Para a mentalidade greco-romana, a escravidão era considerada lícita, concedendo ao senhor amplo domínio sobre seus escravos, inclusive o direito de vida e morte sobre os mesmos. Havia duas justificativas principais:
Aristóteles considerava que a escravidão era determinada fisicamente, ou seja, ele cria que alguns seres humanos nasciam com condições físicas propícias ao ofício escravo: com muita força física e pouca inteligência. Para tanto, cria-se que os homens eram desiguais quanto à natureza e aos acidentes.
Já a filosofia estóica pregava uma explicação metafísica: a do Destino. Para eles, alguns indivíduos nasciam destinados à escravidão e não poderiam alterar sua sorte [1]. Por outro lado, os hebreus consideravam lícito escravizar estrangeiros, mas não outros hebreus. Isso porque os gentios eram considerados acidentalmente, não naturalmente, inferiores ao “povo escolhido” da Revelação Divina [2]. A escravidão de hebreus eram permitidas apenas temporariamente [3].
2. A doutrina Cristã sobre a escravidão.
A doutrina cristã, de modo geral, era contrária à escravidão e ao comércio de escravos. Já nos primórdios do Cristianismo, São Paulo Apóstolo (séc. I d.C.) ensinava a igualdade de natureza entre os homens, judeus e gentios (não-judeus), visto que a Nova Aliança possuía um caráter universalista. Entretanto, não tendo grande influência na sociedade romana imperial, a Igreja recomendava aos escravos serem obedientes e não se revoltarem contra os seus senhores, mas também admoestava os senhores ao bom trato com seus escravos.
A escravidão, era também vista como uma conseqüência acidental do pecado, tal como expõe Santo Agostinho de Hipona (século IV-Vd.C.) que dizia ser todo homem escravo de seus pecados, e que alguns também eram castigados tornando-se escravos de senhores temporais [4]. Mas também considera que os escravos devem aceitar sua condição como punição pelos seus vícios, bem como serem obedientes e amarem seus senhores para não darem razão aos maus-tratos por eles provocados [5]. Pensa, contudo, que a condição escrava era temporária e chegaria um tempo na qual não seria mais necessário o escravismo [6].
Durante a Antiguidade Tardia (séculos IV-VII), apesar de ainda existir (inclusive fundamentada no direito da época) no Oriente, o escravismo foi, aos poucos sendo substituído pelo sistema do colonato, que por volta do ano 1000 gerou o feudalismo. No senhorio feudal, alguns camponeses estavam submetidos ao regime de servidão, que difere-se da escravidão propriamente dita, já que o servo medieval recebia um pequeno lote de terra para cultivar e possuía um vínculo semi-voluntário com seu senhor [7]. Possuindo um ligação de dependência com sua terra, o servo não poderia ser vendido separado de sua terra.

Clinica de Aborto fechada em Fortaleza.

 fonte: Diario do Nordeste
Veja vídeo com reportagem Clicando AQUI !!!!!

O Ministério Público Estadual e a Polícia civil desencadearam, nesta quarta-feira (10), a Operação Exterminador do Futuro, para coibir a prática do aborto. Foram cumpridos 6 mandados de prisão preventiva e 3 de busca e apreensão.
Entre os presos, está o médico e ex-prefeito de Maracanaú, Dionísio Broxado Lapa Filho. A clínica Dionísio Lapa e Associação Beneficente Médica da Pajuçara que funcionavam no distrito de Pajuçara, em Maracanaú, foram fechados.
Dionísio Broxado Lapa Filho era dono de um hospital em Maracanaú e de uma clínica particular no Bairro de Fátima, em Fortaleza.
Estratégia: médico atendia depois das 18h e realizava 5 abortos por dia
Os promotores explicaram que o médico usava de uma estratégia para livrar-se de uma eventual prisão durante o cumprimento de mandado de busca em sua clínica. Geralmente, ele realizava os procedimentos (abortos) após às 18 horas, quando não é permitido por lei o cumprimento de mandados de busca.
Broxado foi preso com mais cinco pessoas. Além do médico, também foram presos Adriana Fernandes Vieira (secretária), Ricardo Henrique de Lima (diretor de hospital), Antônia Deusanira Mota Teixeira (atendente), Francisco José de Lima (Segurança) e José Wilton do Carmo (também segurança).
O último acusado foi preso, em flagrante, por portar arma de fogo e munição, sendo autuado no plantão do 34º DP (Centro).

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

SANTO DO DIA

São Leão Magno


São Leão nasceu em Toscany. Como um diácono ele foi enviado para Gaul como mediador pelo Imperador Valentiniano III. Ele reinou como Papa entre 440 e 461. Ele persuadiu o Imperador Valentianino a reconhecer a primazia do Bispo de Roma e em um Édito em 445 o Imperador reconheceu oficialmente a independência de Roma.
A Doutrina da Encarnação foi formada por ele numa carta ao patriarca de Constantinopla, convencendo-o ,visto que o mesmo já a havia condenado. No Concílio de Chalcedon esta mesma carta foi confirmada como expressão de Fé Católica no que concerne a “Pessoa de Cristo”. Todos os tratados históricos elogiam seus esforços durante a invasão dos bárbaros no século V.O seu encontro com Átila, o Rei dos Unos, no portão da Cidade de Roma, persuadindo os invasores a irem embora, desistindo da pilhagem da cidade e do massacre dos seus habitantes, é tido como uma memória a sua eloqüencia. (Átila teria dito no início do cerco a Roma: “arrancarei um olho de cada romano”).São Leão morreu em 461 deixando um valioso número de cartas e escritos, os mais notáveis e de grande e valor histórico.


Fonte: www.comshalom.org

PALAVRA DO COORDENADOR

Por Cássio José
Membro da Rcc e da Catequese
Coordenador do Grupo de Oração: Renascer

No mundo atual as pessoas andam totalmente desnorteadas, sem rumo. Muitos colocam o seu referencial em ideologias, facções, pessoas, falsas doutrinas e seitas diabólicas e até mesmo, há aqueles que declaradamente, cultuam os demônios, tratando-os como seus senhores. Além disso, está diante dos nossos olhos uma verdadeira adesão de muitas pessoas em colocarem as drogas, prostituição, sexo anti-bíblico, dinheiro, fama, entre muitas outras diversas coisas como senhores na modernidade. A Bíblia nos diz que “as pessoas se perdem por falta de conhecimento” (Os 4,6) e que “Ninguém pode servir a dois senhores” (Mt 6,24).
A NOÇÃO DE SENHOR


O SENHOR é aquele que tem direito e autoridade sobre tudo. Ele é o dono! Quando se estuda, por exemplo, a historia dos senhores feudais, sabe-se que esses senhores eram DONOS de espaços de terras. Eles tinham domínio e autoridade sobre as terras e propriedades dessas terras, com seus bens materiais, plantações e seus escravos. Eles mandavam e desmandavam em tudo. Eram eles que ditavam as regras da vida dos escravos. A própria eleição do rei, na época, antes deste absolutizar o poder para si, era feita entre os senhores feudais.
Geralmente, as características dos senhores do mundo terrestre são essas: abuso de poder, autoritarismo, não-compreensão e comprometimento com o que se passa com a vida de seus escravos...

Você já rezou por sua sogra?

por Salette Ferreira
Comunidade Canção Nova


Estamos juntos mais uma vez, meus amigos internautas! Hoje nós vamos refletir e rezar no nosso grupo de oração sobre uma questão importante para nós que somos casados e também para aqueles que estão caminhando para o casamento: a respeito da presença da sogra.
Atualmente a imagem da sogra é muito distorcida, até pelos meios de comunicação. Nós vemos que todas as brincadeiras com as sogras são negativas. Nós precisamos fazer um caminho diferente, porque a sogra existe na vida do marido antes de nós [esposas]. É claro que depois que nos casamos passamos a estar em primeiro lugar na vida deles; é claro depois de Deus, mas precisamos conservar o respeito por aquela que gerou o (a) seu (sua) esposo (a), porque a relação é diferente, não tem como comparar.
Eu, por exemplo, tenho uma experiência maravilhosa com a minha sogra, mas eu sempre me coloco no lugar de filha e não de adversária. Quando você se coloca na vida da sua sogra como adversária as coisas se tornam difíceis. Então se coloque na vida dela como filha (o). Na casa dela por que não se tornar mais uma (um) filha (o)? Mas sem abrir mão do seu lugar de esposa, isso também a sua sogra sabe diferenciar.

Shalom promove super evento de Natal

Comunidade Católica Shalom
 Seguindo a tradição da realização de grandes eventos, a Comunidade Católica Shalom presenteia Fortaleza com a EXPONATAL e a apresentação do musical natalino Filho de Deus Menino Meu.
Shalom realiza mais um grande evento
 A Comunidade Católica Shalom promove dos dias 9 a 12 de dezembro, no centro de convenções Edson Queiroz, a EXPONATAL, neste ano com a apresentação do musical natalino Filho de Deus Menino Meu. A Feira tem início às 16h e o espetáculo às 20h.
A origem do evento
Tudo começou com uma simples idéia, aproveitar o clima natalino e oferecer ao fortalezense um  espaço integrado que reunisse arte, entretenimento e exposição de marcas e serviços de qualidade aos participantes. Assim foi se desenhando a EXPONATAL que hoje conhecemos.
Seu primeiro nome foi Feira da Providência e aconteceu em 1997. Foi crescendo e formando identidade, cativando um público fiel. Em 2007 os primeiros parceiros aderiram à EXPONATAL. A participação do público superou as expectativas. Foram mais de sete mil visitantes.

Bento XVI defende que ser humano vale pelo que é, não pelo que faz

Fonte: CN Notícias -
 
"O ser humano vale por aquilo que é, e não só por aquilo que faz", destacou Bento XVI na Catequese desta quarta-feira, 10.

O Papa dedicou o encontro a uma espécie de resumo de sua recente Viagem Apostólica a Santiago de Compostela e Barcelona, na Espanha, realizada no último final de semana.

"Dirigi-me até lá para confirmar na fé os meus irmãos; fi-lo como testemunha de Cristo Ressuscitado, como semeador da esperança que não defrauda e não engana, porque tem a sua origem no infinito amor de Deus por todos os homens"
, complementou.

O Santo Padre definiu Santiago de Compostela como 'Casa do Apóstolo Tiago o Maior', "o qual continua a repetir, a quem ali chega necessitado de graça, que, em Cristo, Deus veio ao mundo para reconciliá-lo consigo, não imputando aos homens as suas culpas".

Sobre o tradicional gesto de abraçar a imagem do santo, o Pontífice disse que isso é um sinal forte de configuração com a mensagem apostólica, que, "de um lado, compromete-nos a sermos fiéis guardiões da Boa Nova que os Apóstolos transmitiram, sem ceder à tentação de alterá-la, diminuí-la ou desviá-la com outros interesses, e, por outro, transforma cada um de nós em anunciadores inestancáveis da fé em Cristo, com a palavra e o testemunho da vida em todos os campos da sociedade".

O Papa afirmou também ter rezado para que os peregrinos do Caminho de Santiago "continuem a manter vivo o genuíno significado religioso, espiritual e penitencial, sem ceder à banalidade, à distração, às modas".

Nesse contexto, "conservar e reforçar a abertura ao transcendente, assim como um diálogo fecundo entre fé e razão, entre política e religião, entre economia e ética, permitirá construir uma Europa que, fiel às suas imprescindíveis raízes cristãs, possa responder plenamente à própria vocação e missão no mundo", afirmou.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Relacionamento consigo mesmo - parte 2

Fonte: RCC Brasil

Esta formação é a continuação do texto da semana passada. Para ver o artigo anterior, clique aqui.

A superação das feridas afetivas e das carências requer também o exercício constante do perdão, pois “recusando-nos a perdoar nossos irmãos e irmãs, nosso coração se fecha, sua dureza se torna impermeável ao amor misericordioso do Pai” (CIC 2840/2841). Note-se que não só o perdão ao irmão se faz necessário, mas por vezes também o perdão a Deus e a nós mesmos.

Precisamos, por vezes, perdoar a Deus para que, com o coração curado, possamos com Ele voltar a ter um bom relacionamento após sofrimentos atribuídos a Ele, ainda que erroneamente. Note-se que, como afirma Pe. Alírio Pedrini, “é preciso compreender e saber que Deus não precisa do seu perdão, mas você precisa perdoá-lo para que seu coração fique curado. Deus não precisa de sue perdão porque efetivamente não errou, Ele não é culpado do seu problema” (PEDRINI, Alírio. Oração de Amorização – A Cura do Coração, 2001,pg.86).

Biblioteca do Vaticano exibe raridades e permite manuseio

Da Redação CN, com Reuters


Rádio Vaticano
Biblioteca Vaticana abriga mais de 1,6 milhão de livros raros, manuscritos, moedas, primeiras edições e lacres de cera.
Os apreciadores de livros antigos, pergaminhos e ilustrações poderão simular que são pesquisadores e estão tocando alguns dos documentos mais raros do mundo numa nova exposição dos tesouros da Biblioteca do Vaticano. Não há necessidade de levar luvas brancas de algodão; elas serão fornecidas pela biblioteca a fim de aumentar a sensação de autenticidade, embora os documentos que poderão ser tocados sejam fac-símiles de alta qualidade.
A exposição, que será aberta ao público nesta quarta-feira,10, na Praça São Pedro, recria uma miniversão dos afrescos da Biblioteca Vaticana, que abriga mais de 1,6 milhão de livros raros, manuscritos, moedas, primeiras edições e lacres de cera.
Entre os fac-símiles de documentos passíveis de serem tocados estão os manuscritos do Borgianus Latinus, missal de Natal feito para o papa Alexandre VI, que se tornou pontífice em 1492, no mesmo ano em que Colombo descobriu a América.

“ENEM”, inquisição e a “homofobia”.


POR: Julio Severo

Na prova do Enem do sábado passado, a questão da “homofobia” entrou como pergunta, que definiu “homofobia” como “a rejeição e menosprezo à orientação sexual do outro”.

Lendo a pergunta, o jovem é induzido a fazer um autoexame para ver se ele sente ou não “rejeição e menosprezo”.Uma resposta politicamente incorreta recebe uma classificação reduzida no Enem.

Vejamos pois a pergunta que o MEC elaborou — da forma mais tendenciosa possível — e impôs no último Enem:

“Pecado nefando” era expressão correntemente utilizada pelos inquisidores para a sodomia. Nefandus: o que não pode ser dito. A Assembleia de clérigos reunida em Salvador, em 1707, considerou a sodomia “tão péssimo e horrendo crime”, tão contrário à lei da natureza, que “era indigno de ser nomeado” e, por isso mesmo, nefando.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

O «céu» como plenitude de intimidade com Deus

 texto: Papa João Paulo II

Queridos irmãos e irmãs,


1. Quando tiver passado a figura deste mundo, aqueles que acolheram Deus na sua vida e se abriram com sinceridade ao seu amor pelo menos no momento da morte, poderão gozar daquela plenitude de comunhão com Deus, que constitui a meta da existência humana. Como ensina o Catecismo da Igreja Católica, «esta vida perfeita, esta comunhão de vida e de amor com a Santíssima Trindade, com a Virgem Maria, com os anjos e todos os bem-aventurados chama-se "Céu". O Céu é o fim último e a realização das aspirações mais profundas do homem, o estado de felicidade suprema e definitiva» (n. 1024). 
Queremos hoje procurar captar o sentido bíblico do «céu», para podermos compreender melhor a realidade a que esta expressão remete.  
2. Na linguagem bíblica o «céu», quando está unido à «terra», indica uma parte do universo. A respeito da criação, a Escritura diz: «No princípio, Deus criou os céus e a terra» (Gn 1, 1).  
No plano metafórico o céu é entendido como habitação de Deus, que nisto se distingue dos homens (cf. Sl 104, 2 s.; 115, 16; Is 66, 1). Do alto dos céus Ele vê e julga (cf. Sl 113, 4-9), e desce quando é invocado por nós (cf. Sl 18, 7.10; 144, 5). Contudo, a metáfora bíblica faz bem entender que Deus nem Se identifica com o céu nem pode estar encerrado no céu (cf. 1 Rs 8, 27); e isto é verdadeiro, apesar de nalgumas passa- gens do primeiro livro dos Macabeus «o Céu» ser simplesmente um nome de Deus (1 Mac 3, 18-19.50 e 60; 4, 24-55). 
À representação do céu, como habitação transcendente de Deus vivo, acrescenta-se a dum lugar ao qual também os crentes podem chegar por graça, como no Antigo Testamento emerge das vicissitudes de Henoc (cf. Gn 5, 24) e de Elias (cf. 2 Rs 2, 11). Assim, o céu torna-se figura da vida em Deus. Neste sentido, Jesus fala de «recompensa nos céus» (Mt 5, 12) e exorta a «acumular tesouros no céu» (Ibid.,6,20;cf. 19, 21). 

Atividades do Papa nos próximos meses

A Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou a agenda das celebrações que serão presididas pelo Papa Bento XVI até janeiro de 2011. Entre elas destaca-se o Consistório para a criação de 24 novos cardeais que foram anunciados por ele mesmo no último 20 de outubro.

Eis a relação de celebrações que serão presididas pelo Santo Padre:

Novembro
- Sábado 20: Às 10h30 (hora de Roma) na Basílica de São Pedro, Consistório ordinário público para a criação de 24 novos cardeais, entre os quais, está o Arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno.

- Domingo 21: Na Basílica de São Pedro, às 9h30, Santa Missa e entrega do anel cardinalício aos novos cardeais.

- Sábado 26: Às 18h na Basílica de São Pedro, celebração das primeiras vésperas de Advento.

Dezembro
- Quarta-feira 8: Solenidade da Imaculada Concepção da Virgem Maria. Às 16h na Praça de Espanha, ato de veneração à Imaculada.

- Domingo 12: Visita pastoral à paróquia romana São Maximiliano Kolbe. Santa Missa às 9h.

- Quinta-feira 16: Na Basílica vaticana, às 18h celebração das vésperas com os universitários dos ateneus romanos.

- Sexta-feira 24: Solenidade do Natal do Senhor. Às 22h na Basílica de São Pedro, o Papa celebrará a Santa Missa do Galo.

- Sábado 25: Solenidade do Natal do Senhor. Às 12h do balcão central da basílica vaticano, o Papa concederá a bênção "Urbi et Orbi".

- Sexta-feira, 31: Às 18h, na Basílica de São Pedro, o Santo Padre presidirá as primeiras Vésperas em ação de graças pelo ano transcorrido.

Janeiro

- Sábado 1º: Solenidade da Santa Maria Mãe de Deus e 44° Dia Mundial da Paz. Às 10h na Basílica de São Pedro, Santa Missa.

- Quinta-feira, 6: Solenidade da Epifania do Senhor. Às 10h na Basílica vaticana, Santa Missa.

- Domingo 9: Festividade do Batismo do Senhor. Na Capela Sistina, às 10h, Santa Missa e Batismo de crianças.

- Terça-feira 25: Festividade da conversão de São Paulo Apóstolo. Na Basílica de São Paulo fora dos Muros, às 17h30, celebração das Vésperas.
 
Fonte: Rádio Vaticano

“Defenda” a existência de Deus e ainda ganhe um Prêmio em euros. Veja como.



A página web Filosofiahoy.com anunciou a entrega de um prêmio para os jovens que através de um artigo (em espanhol) defendam a existência de Deus à luz da razão.
O galardão, que leva por nome o mesmo que a página Web, está dirigido a jovens entre 16 a 18 anos que terão que redigir uma tese de 5 páginas em espanhol na que apresentem uma tese à luz da razão para explicar a existência de Deus.
O prazo de entrega dos trabalhos se inicia em 15 de novembro e conclui no 25 de dezembro de 2010. Está aberto aos estudantes de qualquer parte do mundo e tem um prêmio único de 750 euros (uns mil dólares).
A entrega do trabalho se faz por meio do correio eletrônico pozcoidi@gmail.com. Cada participante deverá dar o nome de um professor de filosofia ou de religião que lhe tenha servido de apóio em seu trabalho.
O prêmio se outorgará na primeira semana de fevereiro e será decidido por um jurado constituído por três especialistas no tema. Ao entregar seu trabalho, todo participante dará sua autorização para que este seja publicado no site ou em outro meio que os organizadores considerem oportuno.
A página Web Filosofiahoy.com foi criada pelo Pe. Pablo María Ozcoidi García-Falces, licenciado em Direito nas Universidades de Navarra e Sevilha. Foi ordenado sacerdote em 1974.
Em 2000 publica seu primeiro ensaio “O Rastro da Trindade no Arqué da Natureza”. Em breve publicará um livro titulado “Origem e fundamento do Universo”.
Mais informação sobre o concurso:http://www.filosofiahoy.com/seccion/premio

domingo, 7 de novembro de 2010

A Igreja nunca renuncia à verdade nem à liberdade, afirma Bento XVI na Catedral de Compostela

.- Em sua saudação na Catedral de Santiago de Compostela, o Papa Bento XVI destacou que a Igreja serve sempre à autêntica verdade e liberdade, às quais nunca renuncia, porque está em jogo o ser humano, cuja salvação é sua tarefa fundamental.

Logo depois de rezar diante do Sacrário da Catedral de Santiago de Compostela e após saudar os milhares de fiéis presentes na Praça do Obradoiro que o receberam em meio de vivas e aplausos, o Papa se aproximou com paternal afeto a algumas das crianças presentes neste templo as quais abençoou. Bento XVI saiu da Igreja para voltar a entrar nela, esta vez pela Porta Santa vestido com a capa do peregrino, aberta por ocasião do Ano Santo Compostelano ou Xacobeo.

O Papa se dirigiu depois a rezar em silencio ante a tumba do Apóstolo Tiago, acompanhado pelo Arcebispo Julián Barrio. Logo depois desta oração saudou um grupo de religiosas e caminhou para a venerada imagem do Apóstolo a qual abraçou, tradicional ato que cumprem os peregrinos em Compostela.

Você fala uma Linguagem pró-vida ou pró-aborto? Saiba distinguir.



“Todo o mundo se servia de uma mesma língua e das mesmas palavras” (Gn 11,1)

Tende-se, às vezes inconscientemente, a pensar na criança no ventre materno como um ente que ainda não existe, que ainda não vive, que ainda não é pessoa. Isso é denunciado na linguagem coloquial. Pergunta-se a uma mulher grávida: “quando é que você vai ser mãe?”. Ora, se ela está grávida, ela já é mãe. A maternidade não é futura e incerta, mas presente e certa.
Quando Santa Isabel, “cheia do Espírito Santo” (Lc 1,41) ouviu a saudação da Virgem Maria, exclamou: “Donde me vem que a mãe do meu Senhor me visite?” (Lc 1,43). Note-se que ela não chamou a visitante de “futura mãe do meu Senhor”, mas de “mãe do meu Senhor“. Jesus ainda não havia nascido, mas Maria Santíssima já era sua mãe.
Às vezes ainda se pergunta a uma gestante: “quando é que você vai ter a criança?”. Ora, durante a gravidez, a mulher já tem a criança; aliás, nunca a terá tão perto de si quanto nessa fase da vida. O nascimento fará com que aquela criança que ela já tem possa ser contemplada e carregada ao colo pelos outros. Dar à luz, em vez de ter, é entregar.

Cristo Redentor polonês é inaugurado.Veja!

Swiebodzin, cidade no oeste da Polônia, inaugurou neste sábado a maior estátua de Cristo do mundo, com 36 metros.

Zoolatria protestante

por ancoradouro
Escultura da formiga que caiu no gosto dos evangélicos
Uma das acusações mais veementes feita contra os católicos pelos protestantes  é a de chamá-los adoradores de imagens. A Bíblia é interpretada ao pé da letra para justificar a denúncia.
Esquecem-se os delatores que em seu meio cresce a zoolatria, ou seria a insetolatria? Explico-me. Um personagem que percorre todas as milhares de denominações evangélicas, a famigerada formiga Smillinguido, um ente idealizado para transmitir mensagens religiosas, recebe a as honras de milhares de crentes.
Não vou generalizar a conduta de nossos co-irmãos na , existem os moderados, mas são poucos, uma minoria. Prevalece a mentalidade de muitos ex-católicos que após súbitas conversões arrogam-se de salvos e não raras vezes assoberbam-se e como juízes cruéis decretam o inferno como destino de todo católico, uma tolice sem igual.
Já ouvi alguém dizer e com razão que prefere ter a imagem de um santo em seu caderno a de uma formiga. Claro, não somos tolos de não compreender o sentido metafórico do tal inseto, a relevância que respalda nossa observação é a do fundamentalismo protestante que se levado a cabo contradiz-se com a existência smilliguística no mundo supra-terreno de algumas denominações.

DEUS É FIEL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTE N°