VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 30 de maio de 2009

Você já ouviu a música tema do XXVIII Congresso?

Esta Canção foi composta para o Congresso
Trata-se de uma música de exaltação ao Senhorio de Jesus, e foi inspirada no credo Niceno-Constantinopolitano ou Símbolo Niceno-Constantinopolitano, uma declaração da fé cristã, datada do século IV.
A música “Jesus é o Senhor” é de Leonardo Vergara, instrumentista, arranjador e produtor, e foi feita numa época em que ele enfrenta problemas delicados de saúde, entre exames médicos, consultas e até uma cirurgia. Mas o músico tem encarado tudo isso com fé e confiança na graça de Deus.
Com uma longa caminhada musical, que teve início no Ministério de Música Nova Aliança e, posteriormente, no Eterna Aliança, Leonardo falou sobre a importância deste trabalho:
“Foi neste momento, em que passei por exames, avaliações médicas e cirurgias que me senti verdadeiramente ‘abraçado pelo Pai’, para assim deixar Ele realizar a sua obra. Fui apenas o canal.
Minha história não difere de nenhum outro irmão que foi tocado pelo Amor e Misericórdia de Deus. Bem, primeiro não me considero compositor. Fiz apenas duas composições com letras, incluindo esta. Meu trabalho é direcionado mais para arranjos e composições instrumentais. Minha esposa, Rita, é quem faz as composições para o Eterna Aliança, grupo no qual faço parte”.


Preparação:
“Como falei, anteriormente, nunca me senti tão amado por Deus. Após viver momentos difíceis, agarrei-me com todas as minhas forças em Deus, para Ele agir em profundidade. Assim, atravessando essas dificuldades, mas ao mesmo tempo me sentindo abraçado, cuidado, fui tecendo a letra e melodia da música. Neste momento entra a participação fundamental do Eterna Aliança para confirmar este chamado. Somos uma grande família, graças a Deus. Através da doação e cumplicidade de todos com a Obra de Deus, sentimos ao realizar este trabalho, a força para interpretar que ‘Jesus Cristo é o Senhor!’”


A música:
“Ela é baseada no Credo Niceno-Constantinopolitano, através de uma moção da Coordenadora da Comissão de Comunicação da RCC Brasil, Lúcia Zolin. Ela fez a sugestão e o Espírito Santo agiu e inspirou-me. E, acreditem, em poucos minutos surgiu letra e melodia. Nem eu mesmo acreditava. Uma mistura de sentimentos brotou em mim: alegria e lágrimas. Percebi, naquele momento, o verdadeiro poder da ação de Deus.”
Vida em Deus:
“Viver com Deus e para Deus é tudo! Sinto que Deus, em Sua Infinita Misericórdia, agiu para me tirar do foco da doença, da preocupação, para viver um profundo momento pessoal e íntimo com Ele”. Graças a Deus, soube viver este momento e principalmente reconhecê-Lo.
Futuro:
“Viver na presença, a serviço de Deus e para Deus! Reconhecendo minhas limitações, procurando fazer com que em cada dia eu possa amar mais, viver mais com minha família, amigos, irmãos de caminhada, exercendo plenamente o ministério que o Espírito Santo me deu, sob o Senhorio de Jesus”

Apóstolos da efusão do Espírito Santo


Somos chamados a voltar ao Cenáculo, para ter um novo Pentecostes


Pela efusão do Espírito, a Igreja é manifestada ao mundo e impulsionada por Ele. O Espírito a inaugurou ao mundo. Ele [Espírito Santo] é dado em Pentecostes na grande efusão; por essa razão, o projeto de Deus é colocá-Lo em público. Às vezes, acontece certa confusão na cabeça das pessoas com relação a esta expressão: "efusão do Espírito Santo". Essa efusão é o acontecimento por meio do qual Deus nos dá uma nova graça de viver uma nova vida.
O Espírito Santo derrama muitos dons sobre a Igreja, mas nem o bispo nem o padre são proprietários d'Ele, muito menos a Renovação Carismática Católica (RCC)! O Espírito Santo não quer fechar as coisas, mas sim, abri-las. Por exemplo: é próprio dos bispos terem o dom do discernimento, ou seja, identificar o que o Espírito Santo fala à Igreja, mas isso não significa que só eles o tenham. Eles precisam estar abertos a novas moções.
O Espírito Santo de Deus é para todos. Deus dá graça própria para você exercer as suas funções. Ele nos dá os dons necessários. Muitos homens e mulheres descobriam que Pentecostes é um fato que se atualiza em suas vidas.
O perfil do apostolado da efusão do Espírito Santo é o de se abrir com docilidade aos dons do Espírito, acolhendo os carismas e não esquecendo que estes [os carismas] são dados para todos. Ser apóstolos da efusão, preparar as pessoas, é clamar o batismo do Espírito Santo, rezar pelas pessoas, impor as mãos. O carisma não é para atrair as pessoas para nós, para nos fazermos de "estrelas", mas é para levar as pessoas a Deus.
Em 1974, participei de um grupo de oração e ali recebi a efusão do Santo Espírito (eram os primeiros da RCC). Era uma graça para tantas e tantas pessoas, as quais hoje são pessoas maduras e treinadas na oração, porque tiveram suas vidas renovadas pelo Pentecostes.
É preciso haver grupos de oração e momentos de oração carismática, porque corremos o risco de transformar a Renovação Carismática em promoção de encontros de massa. Isso é bom, mas é preciso ter a experiência de grupo de oração.
Somos chamados a voltar ao Cenáculo, para ter um novo Pentecostes, pois é o Espírito que nos faz experimentar o fogo do amor. O Pentecostes nos impulsiona a levar para o mundo este vigor do Espírito e Ele dá vida à nossa Igreja. Quando nos abrimos à efusão do Espírito Santo, Ele reforça o nosso encontro.
Dom Alberto TaveiraArcebispo metropolitano de Palmas (TO)

quinta-feira, 28 de maio de 2009

O mundo inteiro espera a resposta de Maria - São Bernardo, abade e doutor da Igreja, séc. XII

Ouviste, ó Virgem, que vais conceber e dar à luz um filho, não por obra de homem – tu ouviste – mas do Espírito Santo. O Anjo espera tua resposta: já é tempo de voltar para Deus que o enviou. Também nós, Senhora, miseravelmente esmagados por uma sentença de condenação, esperamos tua palavra de misericórdia.Eis que te é oferecido o preço de nossa salvação; se consentes, seremos livres. Todos fomos criados pelo Verbo eterno, mas caímos na morte; com uma breve resposta tua seremos recriados e novamente chamados à vida.Ó Virgem cheia de bondade, o pobre Adão, expulso do paraíso com a sua mísera descendência, implora a tua resposta; Abraão a implora, Davi a implora. Os outros patriarcas, teus antepassados, que também habitam a região da sombra da morte, suplicam esta resposta. O mundo inteiro a espera, prostrado a teus pés.E não é sem razão, pois de tua palavra depende o alívio dos infelizes, a redenção dos cativos, a liberdade dos condenados, enfim, a salvação de todos os filhos de Adão, de toda a tua raça.Apressa-te, ó Virgem, em dar a tua resposta; responde sem demora ao Anjo, ou melhor, responde ao Senhor por meio do Anjo. Pronuncia uma palavra e recebe a Palavra; profere a tua palavra e concebe a Palavra de Deus; dize uma palavra passageira e abraça a Palavra eterna.Por que demoras? Por que hesitas? Crê, consente, recebe. Que tua humildade se encha de coragem, tua modéstia de confiança. De modo algum convém que tua simplicidade virginal esqueça a prudência. Neste encontro único, porém, Virgem prudente, não temas a presunção. Pois, se tua modéstia no silêncio foi agradável a Deus, mais necessário é agora mostrar tua piedade pela palavra.Abre, ó Virgem santa, teu coração à fé, teus lábios ao consentimento, teu seio ao Criador. Eis que o Desejado de todas as nações bate à tua porta. Ah! Se tardas e ele passa, começarás novamente a procurar com lágrimas aquele que teu coração ama! Levanta-te, corre, abre. Levanta-te pela fé, corre pela entrega a Deus, abre pelo consentimento. Eis aqui, diz a Virgem, a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1,38).(Das Homilias em louvor da Virgem Mãe, Hom. 4,8-9: Opera omnia, Edit. Cisterc. 4, [1966], 53-54)

O que é Pentecoste?

É a palavra grega que significa “qüinquagésimo”, porque esta festa era celebrada 50 dias após a Páscoa (Lv 23.15,16). Chamada em hebraico de “shavuot”, plural de “shavua”, significa “semana”, mas é também conhecida como a Festa das Primícias, pois coincidia com o fim da colheita de trigo. O nome “Festa de Pentecoste” ficou assim conhecido, por ser realizada no qüinquagésimo dia após a Páscoa. 4.2 “Reunidos no mesmo lugar” (At 2.1) Havia quase 120 discípulos, incluindo as corajosas e heróicas pessoas anônimas que tiveram participação efetiva na obra de Deus (At 1.15). O local era o cenáculo, em Jerusalém (At 1.13), onde perseveravam “unanimemente em oração e súplica” (At 1.14). À luz do contexto, “reunidos no mesmo lugar” fala da unanimidade de propósito, esperando a promessa do Pai.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Entremos com Maria, a Mãe de Jesus, no cenáculo!


Logo após ressuscitar, antes de sua ascensão, Jesus aparece a seus discípulos e ordena-lhes que não se afastem de Jerusalém, mas que permaneçam unidos em oração aguardando a “Promessa do Pai” e que em poucos dias eles seriam batizados no Espírito Santo. Assim eles o fizeram num mesmo sentimento e assíduos na oração, com Maria, a mãe de Jesus. (Atos 1, 1-14) Cinquenta dias depois se cumpriu a “Promessa do Pai” e eles foram batizados no Espírito Santo na festa de Pentecostes.
Quero hoje convidar você meu irmão, para que juntos, eu e você também entremos no Cenáculo com Maria e permaneçamos unidos num mesmo sentimento e assíduos na oração, nos preparando para um NOVO BATISMO NO ESPÍRITO SANTO, na Festa de PENTECOSTES.
Podemos nos preparar de muitas maneiras, mas quero sugerir uma em especial para que estejamos em oração e unidade com toda a RCC Brasil – a NOVENA de PENTECOSTES. Façam a novena, nos nove dias que antecedem a festa.
Faça a Novena com os membros de seu grupo de oração, grupo de profissionais, na sua república, com seus familiares, com os colegas de trabalho, não importa, contanto que você não deixe de entrar no Cenáculo e convidar tantos quantos você conseguir para entrarem com você! A
É um momento especial de Graças que a Igreja nos convida a viver – Graça constitutiva do mistério Pascal. “Pentecostes – o dom do Espírito para nós – é necessário para a continuidade da obra de salvação realizada por Jesus Cristo, que por haver se limitado assumindo a natureza humana, não poderia permanecer entre nós – ‘conosco e em nós’, conf. Jo. 14 17 – como o Espírito está e permanecerá até o fim dos tempos. Pois o Espírito Santo, na sua misteriosa ligação de divina comunhão com o Redentor do homem, é quem dá continuidade à sua obra .
Procure a Novena de Pentecostes aí na diocese com o seu coordenador diocesano da Renovação Carismática Católica ou faça seu pedido para o Escritório Nacional da RCC pelo telefone (53) 3227-0710 ou pelo e-mail: comercial@rccbrasil.org.br
Entremos juntos no Cenáculo, com Maria, a mãe de Jesus e nossa, com a mesma fé expectante dos apóstolos!
Finalizo com a oração de João XXIII:
“Renova em nossa época Senhor, os milagres e prodígios, como em um Novo Pentecostes; e concede que a Igreja santa, reunida em unânime e instante oração junto a Maria, mãe de Jesus, e guiada por Pedro, difunda o Reino do Divino Salvador, que é reino da Verdade, de Justiça, de Amor e de Paz. Assim seja.”
Beata Elena Guerra, rogai por nós!
IERECÊ GILBERTOCoordenadora Nacional do Ministério Universidades Renvovadas.

Fontes:REIS, Reinaldo Beserra; Celebrando Pentecostes; Editora RCC Brasil; 3ª edição; pg. 19João XXIII; HUMANAE SALUTIS; na convocação do Concílio Ecumênico Vaticano II; natal de 1961.
Leia mais:

Renovação Carismática se prepara para Festa de Pentecostes


A Renovação Carismática Católica do Brasil – comungando com o Projeto “Pentecostes para as Nações” que foi proposto pelo Escritório Internacional da RCC – o ICCRS –, dá continuidade ao seu Projeto CELEBRANDO PENTECOSTES/Novena, que nada mais é que a propagação da Cultura de Pentecostes em nosso meio, objetivando a construção da civilização do amor. Cada um deve perguntar-se: o que, enquanto líder ou servo, pode concretamente fazer para colaborar com a difusão da espiritualidade de Pentecostes, e o estabelecimento de sua cultura.“A cada um é dada a manifestação do Espírito para proveito comum”. Que ninguém, pois, permaneça indiferente ao Projeto Celebrando Pentecostes; que ninguém fique “assistindo” ao operar do Espírito na vida dos outros; que ninguém deixe de apresentar-se como “operário da primeira hora” para colaborar nessa tarefa que é de todos nós...Que cada um estabeleça como meta própria, o reavivamento de seu “Pentecostes pessoal”, e que se cumpra em nós aquilo que Elena Guerra, a “Apóstola da devoção do Espírito Santo dos tempos modernos”, predisse: “Que o coração de cada um de nós se torne um novo e verdadeiro Cenáculo no qual o Espírito Santo habite como o mais doce dos hóspedes e o mais fiel dos amigos”.Um convite a todos: participe ou organize a Novena preparatória à Celebração de Pentecostes Unindo-nos às celebrações do Pentecostes das Nações, celebremos em nossos grupos, ou casas, a NOVENA PREPARATÓRIA DE PENTECOSTES. A seguir confira os temas:1º DIA: "O Espírito Santo no seio da Santíssima Trindade"
2º DIA: "O Espírito Santo é Deus"
3º DIA: "O Espírito Santo é uma Pessoa"
4º DIA: "O Espírito da Promessa no Antigo Testamento"
5º DIA: "A Catequese de Jesus sobre o Espírito Santo"
6º DIA: "Espírito Santo, Dom de Deus"
7º DIA: "Sereis batizados no Espírito Santo"
8º DIA: A efusão do Espírito Santo"
9º DIA: Capacidade para Servir"Para adquirir a novena entre em conta com o Escritório Nacional da RCC pelo telefone (53) 3227-0710 ou pelo e-mail: comercial@rccbrasil.org.brVIGÍLIA DE PENTECOSTESA vigília deverá ser realizada na noite de 30 de maio de 2009, sendo programada conforme as condições da comunidade onde se realizará. Algumas Comunidades costumam celebrar um “ Tríduo de Pentecostes”, que, se for o caso, poderá acontecer de 28 a 30 de maio – incluindo-se, nesse caso, a vigília do sábado. Também para o tríduo pode-se lançar mão do livro “Celebrando Pentecostes”, condensando-se as reflexões (três por dia).Sempre de acordo com as possibilidades – e lembrando-se de que o importante é prepararmo-nos de alguma forma para a celebração do Pentecostes.Os Cenáculos e Congressos a serem realizados em todo o território brasileiro considerarão em suas temáticas o Projeto “Celebrando Pentecostes”. Os demais Projetos da RCC Brasil agregados ao Projeto Celebrando Pentecostes integram suas atividades, conveniente e adequadamente, inclusive as atividades dos Grupos de Oração. Lembrando que neste segundo ano de novena, a reflexão proposta é a de disseminar a Cultura de Pentecostes e, aqui no Brasil essa cultura esta sendo propagada através de temas relacionados ao Senhorio de Jesus.Que o nosso envolvimento nas atividades desse Projeto manifeste o nosso empenho nos preparativos do Jubileu de Ouro da RCC, a ocorrer em 2017. Que cada Diocese e Grupo de Oração observem as orientações e direcionamentos da Coordenação Nacional quanto à temática a ser trabalhada e desenvolvida em cada um desses anos, e encaminhe ao Escritório Nacional sugestões e relatos de experiências vividas em sua realidade com o Projeto.

domingo, 24 de maio de 2009

VIGÍLIA DE PENTECOSTES, EM CAMOCIM...


Sábado, dia 30 de Maio, a partir das 22 horas (10 da noite), na Igreja de São Pedro. Encerramento previsto para as 06 da manhã do dia 31. Você não pode perder este rico momento de graças!