VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Papa pede para católicos irem contra a corrente


Bento XVI deixou hoje um apelo aos católicos de todo o mundo, pedindo adesão à mensagem de Jesus para serem capazes se ir contra a corrente.

Na sua primeira aparição em público sem tala no punho direito, fraturado durante as suas férias em Les Combes, o Papa desafiou os fiéis a serem perseverantes e não se contentarem com uma pertença superficial à Igreja Católica.

"Jesus não se conforma com uma pertença superficial e formal, não lhe é suficiente adesão inicial entusiasta. É necessário, ao contrário, partilhar durante toda a vida do seu pensamento e do seu querer", afirmou perante os fiéis reunidos na sua residência de Verão de Castel Gandolfo, nos arredores de Roma.

O Papa admitiu que seguir o Evangelho comporta dificuldades e renuncias porque muitas vezes é necessário ir contra a corrente: “Também hoje, não são poucos aqueles que ficam escandalizados diante do paradoxo da fé cristã. O ensinamento de Jesus parece duro, demasiado difícil de acolher e de pôr em prática. Há então quem o recusa e abandona Cristo; há quem tenta adaptar a sua palavra às modas do tempo desnaturando-lhe o sentido e o valor”.

Bento XVI comentava um episódio evangélico em que uma multidão abandona Jesus depois do anúncio da sua morte. “Também vós quereis ir embora?”, perguntou Jesus aos doze apóstolos.

“Esta inquietadora provocação – salientou o Papa - ressoa no nosso coração e espera de cada um de nós uma resposta pessoal”.

Em conclusão, Bento XVI assegurou que “se abrirmos com confiança o coração a Cristo, se nos deixemos conquistar por Ele, podemos também nós experimentar juntamente com o Santo Cura d’Ars que a nossa única felicidade nesta terra consiste em amar Deus e saber que Ele nos ama, seguindo o exemplo da humilde menina de Nazaré, Mãe de Deus e mãe e modelo de todos os crentes”.

Depois da recitação do Ângelus o Papa recordou que este Domingo, na cidade italiana de Rimini, se inicia a XXX edição do Meeting para a amizade entre os povos que este ano tem como titulo «O conhecimento é sempre um acontecimento». Dirigindo a sua saudação aos participantes Bento XVI fez votos de que o encontro seja uma ocasião propícia para compreender que “conhecer não é um ato apenas material, porque em cada conhecimento e em cada ato de amor, a alma do homem experimenta um «extra» que se assemelha muito a um dom recebido, a uma altura para a qual nos sentimos atraídos”.

Nenhum comentário: